Seguimento Previsão do Tempo e Modelos - Junho 2009

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Aurélio terá que ler melhor:).


" No dia em que cairem não 30 mas 200 mm ou 300 mm acontecerá uma tragédia "
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,953
Local
Olhão (24 m)
Quando ?? em que cidade?

O máximo que li do IM foi algures em 1983 em Tavira (183mm?) e Faro com 164 mm (1989) !!!! Mas em 24 horas

Foram esses valores só que o valor de Faro em 1989 o registo é de 24 horas, mas ocorreu 160 mm entre as 14h30m e as 18h00m nessa tarde do dia 13 de Outubro de 1989, informação recorrida no DN de 14/10/1989.
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,449
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
Estou a ver que isto tem estado animado .. pois nem tenho vindo aqui porque aqui pelo Algarve o tempo não engana :D

Contudo o que tenho a dizer é que jamais meros 20 mm de precipitação deveria causar inundações. Contudo tal facto resume-se a duas situações:

1) os solos estão duros que nem pedra, ou seja, a permeabilidade é zero !!
2) As sarjetas estão completamente entupidas pelas folhas de árvore aí em Lisboa pelo jeito;
3) Aqui no Algarve as inundações que tivemos em Setembro foi devido a isto que disse, mais o pessimo planeamento urbano, como o corte dos leitos de água, entupimento de valas, ribeiras, ect ...

Fiquem bem e acalmem-se, fazem-me lembrar os treinadores de bancada sempre achando que sabem mais que os verdadeiros treinadores ;)

Quando e onde ????? Vince

Quando ?? em que cidade?

O máximo que li do IM foi algures em 1983 em Tavira (183mm?) e Faro com 164 mm (1989) !!!! Mas em 24 horas


Eu penso que o Vince quis dizer que quando choverem 200 ou 300 mm será uma tragédia , disse isto a titulo de exemplo antevendo uma situação extrema... e não como algo que já ocorreu no passado em Lisboa.... e nem era preciso tanto....Imaginem esses 183 mm de Tavira em Lisboa? era uma situação bem complicada de certeza ....sensivel como a capital é a grandes chuvadas e com tudo entupido:disgust:...imaginem o efeito, o caos, e eventualmente a desgraça....:disgust:

E alguém pode afirmar com segurança que um dia não vão cair 200/300/400 mm de chuva em Lisboa? Isso sim era a tragédia do século.....:disgust: o futuro é incerto....para isso serve a prevenção...


O grande problema aqui é a falta de planeamento urbanístico e de limpeza das ruas por parte das câmaras na generalidade do País....ninguém se interessa até a desgraça ocorrer isso é a atitude típica Portuguesa....por isso é que bastaram 30 mm para alagar logo certos locais na capital...

continuem assim que vão bem....:disgust:
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Estou a ver que isto tem estado animado .. pois nem tenho vindo aqui porque aqui pelo Algarve o tempo não engana :D

Contudo o que tenho a dizer é que jamais meros 20 mm de precipitação deveria causar inundações. Contudo tal facto resume-se a duas situações:

1) os solos estão duros que nem pedra, ou seja, a permeabilidade é zero !!
2) As sarjetas estão completamente entupidas pelas folhas de árvore aí em Lisboa pelo jeito;
3) Aqui no Algarve as inundações que tivemos em Setembro foi devido a isto que disse, mais o pessimo planeamento urbano, como o corte dos leitos de água, entupimento de valas, ribeiras, ect ...

Fiquem bem e acalmem-se, fazem-me lembrar os treinadores de bancada sempre achando que sabem mais que os verdadeiros treinadores ;)

Quando e onde ????? Vince

Quando ?? em que cidade?

O máximo que li do IM foi algures em 1983 em Tavira (183mm?) e Faro com 164 mm (1989) !!!! Mas em 24 horas

Caro Aurélio, os 200 ou 300mm que falei foram obviamente de forma mais ou menos figurada. De algo que pode perfeitamente acontecer um dia, pois já aconteceu no passado ou esteve perto disso. Vê os tópicos das cheias rápidas de 67, 83 ou 97. Mas fiquei surpreendido por desconheceres os 274,7mm que caíram em 5 horas precisamente no teu Algarve, não muito longe de ti, a 26 de Outubro de 1997. Até há um tópico na secção de Eventos que eu propositadamente abri no fórum sobre esse evento:
http://www.meteopt.com/forum/evento...monchique-274-7mm-26-outubro-1997-a-1768.html

A maioria das pessoas não se apercebe quanto frágil é num dia de instabilidade a fronteira entre um dia de seca/monotonia e um pequeno ou grande dilúvio numa zona urbana urbanisticamente caótica. E a maioria das pessoas não se apercebe que quando chegar um dilúvio desse tipo, não são os alertas que as vão safar, atempadamente ou não. Era apenas aí que eu queria chegar, pelos vistos, sem grande sucesso. Na minha opinião, este tipo de pequenas inundações como as dos últimos dias devem ser encaradas como algo de terapêutico, ou sacrilégio (fuzilem-me!), mesmo benéficas, até saudável, para ver e perceber que algo está mal, pois se 30mm fazem estragos, urge pensar sobre isso e modificar as coisas para estarem preparados para uma coisa que um dia poderá ser bem pior. Pelo menos se fosse comigo, seria assim que pensaria. Se 30mm fizessem entrar água em minha casa, eu jamais pararia até perceber porquê e de como poderia evitar isso no futuro.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Caro Aurélio, os 200 ou 300mm que falei foram obviamente de forma mais ou menos figurada. De algo que pode perfeitamente acontecer um dia, pois já aconteceu no passado ou esteve perto disso. Vê os tópicos das cheias rápidas de 67, 83 ou 97. Mas fiquei surpreendido por desconheceres os 274,7mm que caíram em 5 horas precisamente no teu Algarve, não muito longe de ti, a 26 de Outubro de 1997. Até há um tópico na secção de Eventos que eu propositadamente abri no fórum sobre esse evento:
http://www.meteopt.com/forum/evento...monchique-274-7mm-26-outubro-1997-a-1768.html

A maioria das pessoas não se apercebe quanto frágil é num dia de instabilidade a fronteira entre um dia de seca/monotonia e um pequeno ou grande dilúvio numa zona urbana urbanisticamente caótica. E a maioria das pessoas não se apercebe que quando chegar um dilúvio desse tipo, não são os alertas que as vão safar, atempadamente ou não. Era apenas aí que eu queria chegar, pelos vistos, sem grande sucesso. Na minha opinião, este tipo de pequenas inundações como as dos últimos dias devem ser encaradas como algo de terapêutico, ou sacrilégio (fuzilem-me!), mesmo benéficas, até saudável, para ver e perceber que algo está mal, pois se 30mm fazem estragos, urge pensar sobre isso e modificar as coisas para estarem preparados para uma coisa que um dia poderá ser bem pior. Pelo menos se fosse comigo, seria assim que pensaria. Se 30mm fizessem entrar água em minha casa, eu jamais pararia até perceber porquê e de como poderia evitar isso no futuro.

Sim lembro-me perfeitamente ... dessa situação, desconhecia era o seu valor, contudo o factor altitude tira algum relevo á situação, ainda que admirável.
Creio que foi a situação que matou 10 pessoas no Alentejo que se formou com intensidade na zona de Monchique e foi avançando pelo Baixo Alentejo causando cerca de +100 mm a "baixa altitude " no Alentejo e tendo causado imensos estragos e diversas mortes em Badajoz e Alentejo a não ser que eu já esteja confundido tudo :huh::angry:

Já tive melhores dias de memória, mas acho que não estou enganado !!
 

Levante

Cumulus
Registo
17 Fev 2008
Mensagens
452
Local
Olhão
Caro Aurélio, os 200 ou 300mm que falei foram obviamente de forma mais ou menos figurada. De algo que pode perfeitamente acontecer um dia, pois já aconteceu no passado ou esteve perto disso. Vê os tópicos das cheias rápidas de 67, 83 ou 97. Mas fiquei surpreendido por desconheceres os 274,7mm que caíram em 5 horas precisamente no teu Algarve, não muito longe de ti, a 26 de Outubro de 1997. Até há um tópico na secção de Eventos que eu propositadamente abri no fórum sobre esse evento:
http://www.meteopt.com/forum/evento...monchique-274-7mm-26-outubro-1997-a-1768.html

A maioria das pessoas não se apercebe quanto frágil é num dia de instabilidade a fronteira entre um dia de seca/monotonia e um pequeno ou grande dilúvio numa zona urbana urbanisticamente caótica. E a maioria das pessoas não se apercebe que quando chegar um dilúvio desse tipo, não são os alertas que as vão safar, atempadamente ou não. Era apenas aí que eu queria chegar, pelos vistos, sem grande sucesso. Na minha opinião, este tipo de pequenas inundações como as dos últimos dias devem ser encaradas como algo de terapêutico, ou sacrilégio (fuzilem-me!), mesmo benéficas, até saudável, para ver e perceber que algo está mal, pois se 30mm fazem estragos, urge pensar sobre isso e modificar as coisas para estarem preparados para uma coisa que um dia poderá ser bem pior. Pelo menos se fosse comigo, seria assim que pensaria. Se 30mm fizessem entrar água em minha casa, eu jamais pararia até perceber porquê e de como poderia evitar isso no futuro.

Inteiramente de acordo Vince. Acho que quer neste quer no post anterior focaste a essência da questão, e nao é preciso uma grande dose de sensatez para entender e, claro está, concordar com tudo o que disseste. E atenção, isto vindo de um crítico do IM, nao raras foram as vezes que critiquei os alertas (ou falta deles) e se for preciso volto a criticar. Mas apenas critiquei no que se refere a temperaturas e tempo de verão, e dum ponto de vista muito "local". Aliás acho que neste ponto muitos concordaram (e concordarão comigo), especialmente a malta aqui da zona. Não é preciso ser-se um expert na matéria para desde logo entender e aceitar a enorme imprevisibilidade destes fenómenos extremos de tempo severo (chuva, inundações trovoadas) e as inerentes dificuldades em lançar os alertas adequados atempadamente. O problema vem de fundo e de mentalidades. Sei que parece cliché, mas é a pura verdade, como o vizinho algarvio disse. É a cultura do deixa andar e distrair o portuguesinho com manobras de diversão. A "nossa" memória é curta e passado umas semanas já ninguem liga a isto. É uma pena mas é assim que se passa, felizmente ainda há umas raras excepções por esse país fora que tentam remar contra a maré. Quanto a treinadores de bancada... acho que o objectivo destes ultimos posts nao é mandar "bitaites" mas sim tentar focar um pouco a triste realidade, de modo a alertar para situações futuras.

Já vamos com umas páginas de offtopic, tal é a estabilidade deste cantinho :D
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Inteiramente de acordo Vince. Acho que quer neste quer no post anterior focaste a essência da questão, e nao é preciso uma grande dose de sensatez para entender e, claro está, concordar com tudo o que disseste. E atenção, isto vindo de um crítico do IM, nao raras foram as vezes que critiquei os alertas (ou falta deles) e se for preciso volto a criticar. Mas apenas critiquei no que se refere a temperaturas e tempo de verão, e dum ponto de vista muito "local". Aliás acho que neste ponto muitos concordaram (e concordarão comigo), especialmente a malta aqui da zona. Não é preciso ser-se um expert na matéria para desde logo entender e aceitar a enorme imprevisibilidade destes fenómenos extremos de tempo severo (chuva, inundações trovoadas) e as inerentes dificuldades em lançar os alertas adequados atempadamente. O problema vem de fundo e de mentalidades. Sei que parece cliché, mas é a pura verdade, como o vizinho algarvio disse. É a cultura do deixa andar e distrair o portuguesinho com manobras de diversão. A "nossa" memória é curta e passado umas semanas já ninguem liga a isto. É uma pena mas é assim que se passa, felizmente ainda há umas raras excepções por esse país fora que tentam remar contra a maré. Quanto a treinadores de bancada... acho que o objectivo destes ultimos posts nao é mandar "bitaites" mas sim tentar focar um pouco a triste realidade, de modo a alertar para situações futuras.

Já vamos com umas páginas de offtopic, tal é a estabilidade deste cantinho :D

Isto é o país das novelas ... o que é que querem ????
Esta gente só ve novelas, com tantos canais a dar o mesmo .. e o pessoal distrai-se das questões realmente importantes. Cuidar de nós e dos outros .

Ok .. pronto já sabem, não gosto de novelas e não tenho TV CABO!!

O que quero dizer é que falta muita prevenção e preocupações ambientais em Portugal !!
Não devia ser necessário avisar para limpar valas, ribeiras, quintas, sarjetas, ect....
Não devia ser necessário esperar pelos ditos alertas do IM para limpar o que tem que ser limpo !!
Tanta gente com falta de trabalho e tanta coisa para ser feita !!
Falta espirito de voluntariado e solidariedade nas pessoas !!
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Isto é o país das novelas ... o que é que querem ????
Esta gente só ve novelas, com tantos canais a dar o mesmo .. e o pessoal distrai-se das questões realmente importantes. Cuidar de nós e dos outros .

Ok .. pronto já sabem, não gosto de novelas e não tenho TV CABO!!

O que quero dizer é que falta muita prevenção e preocupações ambientais em Portugal !!
Não devia ser necessário avisar para limpar valas, ribeiras, quintas, sarjetas, ect....
Não devia ser necessário esperar pelos ditos alertas do IM para limpar o que tem que ser limpo !!
Tanta gente com falta de trabalho e tanta coisa para ser feita !!
Falta espirito de voluntariado e solidariedade nas pessoas !!

Os alertas que nós aqui tão afincadamente seguimos, criticamos, arrasamos ou aplaudimos, na verdade são uma espécie de mistificação. É um mundo virtual, dos "meteoloucos", ou vá lá, passadas 24 ou 48 horas depois os Media também se interessam pela "coisa", isto apenas se algo de muito mal já ocorreu. Façam vocês mesmo o exercícios junto dos vossos familiares e amigos. Não preciso que acabem os vossos inquéritos pessoais para saber o resultado, a conclusão será cruel. Ninguém liga nada a estas coisas dos alertas . Quanto mais preocuparem-se com os reais problemas por detrás das potenciais tragédias. Estas discussões intermináveis sobre a a oportunidade dos alertas, os erros ou acertos, seria espectacular e útil, se fosse algo de massificado e abrangente, com real impacto e assimulação pela população. Mas infelizmente não é assim, pelas razões que acima citei. Alguém duvida ?

A minha única esperança é que em situações mesmo complicadas, ao menos que a informação flua de forma decente para a protecção civil e outras entidades locais no terreno como os bombeiros. Que acabarão sempre por ser apenas um bode expiatório, por pouco ou muito que façam, quando as coisas correm mal o alvo é fácil. Falo pela voz de um amigo meu, bombeiro, que já ofereceu de bandeja imensas vezes a própria vida a tentar salvar outras, e mesmo assim foi criticado no final. Muitas vezes arriscar a vida das formas mais idiotas que se possam pensar, supostamente que não deveria ser assim aqui em Portugal.

Tudo isto para dizer o quê ?
Para dizer que certamente que muito falta para fazer em Portugal, e que a nossa luta dos "meteoloucos" é transversal a muitas outras entidades. Seja no IM, seja na Protecção Civil, em todas essas organizações há gente talentosa (entre outros eventualmente incompetentes) que precisa do nosso apoio, precisa de todos estejam a empurrar para o sítio correcto.

Se pensarem seriamente nestes assuntos, facilmente chegam à conclusão de que a inacção, imobilismo e facilitismo são os caminhos mais rápidos para não errar, e todos ficam alegremente satisfeitos se assim for. Eu não fico, garanto-vos que quase nunca é esse o caminho mais certo ! O risco na ciência meteorológica é enorme, e pelo menos para mim, prefiro uma previsão catastroficamente errada, mas assumida em fundamentos científicos, do que uma previsão de "prateleira" só "para despachar".
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
Vince;151597 Tudo isto para dizer o quê ? Para dizer que certamente que muito falta para fazer em Portugal disse:
A origem do "debate intenso" , ainda se lembram?
Pois é. Acho que aqui ,estará tudo dito...
Ainda assim acrescento : Evoluimos quando debatemos assim.
Neste Forum há tópicos de discussão , de debate , de aprendizagem até,pois então,varidíssimos temas, diversos ritmos, há polémica, há discussão e há regozijo
de participarmos numa coisa assim.
Vamos preservá-lo.
Neste tópico , não será admissível , julgo eu, acusações graves sem provas , espaço de lamúrias pessoais, ou queixas familiares...
Que diabo :
É apenas de seguimento de Previsão do Tempo e Modelos.
É assim tão difícil entender?

Novo mês , nova corrida,nova viagem.
Assim parece que irá ocorrer .
De acordo com os modelos a mudança limitar-se-á a pouco mais que uma alteração de rumo dos ventos .
A Ocidental Praia que estava (está) nas Arábias, regressará aos poucos à Nortada,à normalidade.
Um pouco mais de calor no interior centro sul .
Normal...Tudo normal, assim parece, quando olhamos para o que aí vem.
 

ajrebelo

Nimbostratus
Registo
5 Fev 2006
Mensagens
1,189
Local
Lisboa, Ericeira, Sesimbra, Gerês
Os alertas que nós aqui tão afincadamente seguimos, criticamos, arrasamos ou aplaudimos, na verdade são uma espécie de mistificação. É um mundo virtual, dos "meteoloucos", ou vá lá, passadas 24 ou 48 horas depois os Media também se interessam pela "coisa", isto apenas se algo de muito mal já ocorreu. Façam vocês mesmo o exercícios junto dos vossos familiares e amigos. Não preciso que acabem os vossos inquéritos pessoais para saber o resultado, a conclusão será cruel. Ninguém liga nada a estas coisas dos alertas . Quanto mais preocuparem-se com os reais problemas por detrás das potenciais tragédias. Estas discussões intermináveis sobre a a oportunidade dos alertas, os erros ou acertos, seria espectacular e útil, se fosse algo de massificado e abrangente, com real impacto e assimulação pela população. Mas infelizmente não é assim, pelas razões que acima citei. Alguém duvida ?

A minha única esperança é que em situações mesmo complicadas, ao menos que a informação flua de forma decente para a protecção civil e outras entidades locais no terreno como os bombeiros. Que acabarão sempre por ser apenas um bode expiatório, por pouco ou muito que façam, quando as coisas correm mal o alvo é fácil. Falo pela voz de um amigo meu, bombeiro, que já ofereceu de bandeja imensas vezes a própria vida a tentar salvar outras, e mesmo assim foi criticado no final. Muitas vezes arriscar a vida das formas mais idiotas que se possam pensar, supostamente que não deveria ser assim aqui em Portugal.

Tudo isto para dizer o quê ?
Para dizer que certamente que muito falta para fazer em Portugal, e que a nossa luta dos "meteoloucos" é transversal a muitas outras entidades. Seja no IM, seja na Protecção Civil, em todas essas organizações há gente talentosa (entre outros eventualmente incompetentes) que precisa do nosso apoio, precisa de todos estejam a empurrar para o sítio correcto.

Se pensarem seriamente nestes assuntos, facilmente chegam à conclusão de que a inacção, imobilismo e facilitismo são os caminhos mais rápidos para não errar, e todos ficam alegremente satisfeitos se assim for. Eu não fico, garanto-vos que quase nunca é esse o caminho mais certo ! O risco na ciência meteorológica é enorme, e pelo menos para mim, prefiro uma previsão catastroficamente errada, mas assumida em fundamentos científicos, do que uma previsão de "prateleira" só "para despachar".

Boas

Uma das minhas lutas aqui, neste fórum e em outros locais, é sem duvida uma maior sensibilização do " povo " O que acho difícil, se já é difícil obter resposta desta comunidade para coisas que realmente acho interessante, desculpem o desabafo, também acho difícil sensibilizar o povo para as nossas questões.

Abraços
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Boas

Uma das minhas lutas aqui, neste fórum e em outros locais, é sem duvida uma maior sensibilização do " povo " O que acho difícil, se já é difícil obter resposta desta comunidade para coisas que realmente acho interessante, desculpem o desabafo, também acho difícil sensibilizar o povo para as nossas questões.

Abraços



Nem imaginas o que é dificil:) sensibilizar seja quem for, ou porque os orgãos de informação deturpam termos meteorologicos, ou dão as previsões desactualizadas, e para isso existe esta comunidade em que este forum tem este topico, e outro(analises) que é mais profundo em termos tecnicos.

Existe também o Meteoalerta no qual o Ajrebelo é um dos divulgadores desta ciencia;).

O que nunca se pode fazer, e foi ai que chamei atenção a um dos intrevinientes que aqui postou, é que não se levantam suspeitas, e se as tem expôem noutro(abre) topico, e faz prova de como funciona o sistema de proteção civil em Portugal. Porque o ai que diz, está o mundo farto de...

Desculpem mais uma vez este off topic.

Voltando ao que interessa no GFS a partir do dia 5 de julho a nortada se instalará na costa oeste de Portugal:D(como tenho saudades dela:rolleyes:)