Urso-pardo de volta a Portugal?

trevinca

Cirrus
Registo
8 Mar 2009
Mensagens
91
Local
Espanha
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Resposta:


Algunhas cousas das que comenta o Belem son tratadas polo Grande del Brío no livro que estamos referendo. Outras polos outros autores.

Hei de decir que o Grande del Brío foi un compañeiro e colaborador de Félix Rodríguez de La Fuente, pois Grande estibo na Cabrera estudando os lobos, a partires do ano 1969. Desde entón, coñece informacions que referen a presenza do urso destes lares do sul da provincia de Leon.

Na famosa enciclopedia do Félix "Fauna Ibérica" xa Grande escrebe algunhas cousas en relacion co lobo destas montañas do noroeste ibérico.

O último que sei del e que finou un traballo de seguimento do lince nas zonas montañosas das provincias españolas de Cáceres e Salamanca, perto da vosa fronterira. Este traballo podese ollar na rede.

Un saludo.-
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Resposta:


Algunhas cousas das que comenta o Belem son tratadas polo Grande del Brío no livro que estamos referendo. Outras polos outros autores.

Hei de decir que o Grande del Brío foi un compañeiro e colaborador de Félix Rodríguez de La Fuente, pois Grande estibo na Cabrera estudando os lobos, a partires do ano 1969. Desde entón, coñece informacions que referen a presenza do urso destes lares do sul da provincia de Leon.

Na famosa enciclopedia do Félix "Fauna Ibérica" xa Grande escrebe algunhas cousas en relacion co lobo destas montañas do noroeste ibérico.

O último que sei del e que finou un traballo de seguimento do lince nas zonas montañosas das provincias españolas de Cáceres e Salamanca, perto da vosa fronterira. Este traballo podese ollar na rede.

Un saludo.-

Olá Trevinca

Obrigado pelas informações sempre interessantes. :thumbsup:
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Em Espanha, juntam-se voluntários, amigos do ambiente, para plantar árvores frutícolas silvestres ( arando (Vaccinium myrtillus ); castanheiro ( Castanea sativa); pilriteiro ( Crataegus oxycantha/monogyna)) assim como para colocar colmeias nas imediações para garantir uma melhor polinização dos frutos e uma fonte extra muito importante de alimento para os ursos-pardos. O Governo espanhol financia apicultores com prejuízos por causa dos ursos, mas a atitude do voluntariado tem garantido que tal seja necessário menos vezes.
Assim ninguém fica mal e ninguém perde com isso.

http://www.fapas.es/


E é curioso que basta investigar um pouco mais, junto dos locais, para encontrar coisas interessantes ( já nem falo das variadas provas encontradas, porque alguns irão dizer que não é nada):

http://www.pglingua.org/index.php?option=com_content&view=article&catid=3&id=1190&Itemid=36

Ao sectarismo desenvolvido em negar a existência dos ursos em zonas raianas, gostaria de perguntar: Estão à espera de quê? De que alguém se assuste a sério, fique ferido ou morra?
Não seria mais fácil enfrentar a realidade, informar as pessoas e ter uma atitude adulta e sensata ( protegendo o ambiente e incentivando actos coordenados e úteis para todas as partes), como em Espanha?
Não é que estes ursos peninsulares sejam amigos de andar por aí a espalhar o caos, pois normalmente são até secretivos, nocturnos e bastante cautelosos, mas em certos casos podem assustar e levar a acontecimentos desnecessários como o de 1946, com um tal urso que deveria tar extinto há séculos, mas que afinal se levantou dos mortos e decidiu dar uma lição a 2 homens. Não esquecendo que hoje em dia os ursos são mais numerosos e o abandono dos campos é evidente e muito mais notório do que nessa altura.
Porque não colaborar com Espanha em actividades proteccionistas do urso raiano? Porquê querer esconder a realidade? Há algum benefício com essa atitude infantil?
 

trevinca

Cirrus
Registo
8 Mar 2009
Mensagens
91
Local
Espanha
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Olá a tudos:

É certo que no ano 1946 os ursos ibéricos eram poucos. De feito, foi necessario ponher unha coutada xeral ca finalidade de evitar sua extinçao. Assim, no ano 1952, foi prohibida as caçadas a os ursos na Espanha por uns 5anos, que despois só foron permitidas nas Reservas Nacionais o en supostos moi especiais. Mais, a partires do 1973 extendeuse a tudo.
Hoje eisisten mais ursos ibéricos que antes pelas razoes expostas polo Belem, anque os peligros sob sua viavilidade son maiores. Porén, as posibilidades de desastre non podem esquecerse.

Até logo.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Olá a tudos:

É certo que no ano 1946 os ursos ibéricos eram poucos. De feito, foi necessario ponher unha coutada xeral ca finalidade de evitar sua extinçao. Assim, no ano 1952, foi prohibida as caçadas a os ursos na Espanha por uns 5anos, que despois só foron permitidas nas Reservas Nacionais o en supostos moi especiais. Mais, a partires do 1973 extendeuse a tudo.
Hoje eisisten mais ursos ibéricos que antes pelas razoes expostas polo Belem, anque os peligros sob sua viavilidade son maiores. Porén, as posibilidades de desastre non podem esquecerse.

Até logo.


Tem havido uma diminuição notória da população humana local e a caça ao lobo, por exemplo, já não se realiza em algumas aldeias de Montesinho, como há umas décadas, em que até se distribuíam oferendas a quem matasse um lobo e desfilasse com a sua pele, pelas aldeias. O número de presas como o veado, o corço e o javali aumentaram e também o numero de castanheiros e carvalhos.
Referes-te aos parques eólicos, auto-estradas e caça ilegal? O que tenho notado é que ainda por vezes aparecem casos de envenenamento e recentemente foi visto e fotografado um urso-pardo a atravessar uma auto-estrada em Espanha. Felizmente não foi morto.:)
 

frederico

Super Célula
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
9,989
Local
Porto
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Belém falas acima de acçõe no nosso país para propicionar condições para as populações de urso.

Pessoalmente acho que precisamos urgentemente de mais activismo na área do ambiente. Penso que já houve mais, e que há cerca de 10 anos as coias começaram a morrer um bocado. Pelo menos tenho essa sensação.

Não vale a pena esperarmos que o Ministério do Ambiente faça muita coisa de jeito, nem as autarquias. Se isto não for com voluntários e activismo «não vai lá».
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Belém falas acima de acçõe no nosso país para propicionar condições para as populações de urso.

Pessoalmente acho que precisamos urgentemente de mais activismo na área do ambiente. Penso que já houve mais, e que há cerca de 10 anos as coias começaram a morrer um bocado. Pelo menos tenho essa sensação.

Não vale a pena esperarmos que o Ministério do Ambiente faça muita coisa de jeito, nem as autarquias. Se isto não for com voluntários e activismo «não vai lá».

Isto é um assunto também do Parque Natural de Montesinho e da cooperação que devia ter com a FAPAS e as autoridades espanholas.
 

frederico

Super Célula
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
9,989
Local
Porto
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Isto é um assunto também do Parque Natural de Montesinho e da cooperação que devia ter com a FAPAS e as autoridades espanholas.

Não estou dentro do que sucede no Parque de Montesinho. Posso apenas falar pela minha zona. Há uns anos tentei fazer um projecto, quando andava no secundário, para limpar uma ribeira na minha zona, tirar as canas e plantar freixeiros. Não arranjei ninguém e a Câmara que inicialmente se mostrou interessada depois nunca mais me deu resposta. E custou-me imenso, porque a dita ribeira tem um importante património à escala local. As sociedades recreativas locais recebem milhares de euros da Câmara para assarem frangos e fazerem bailes de música pimba, mas a ribeira está toda cheia de entulhos há anos!

PS: há cerca de 15 anos atrás, uma associação local cujos membros não eram da terra mas sim pessoas de Lisboa e estrangeiros fez uma limpeza da ribeira e uma plantação de vegetação ripícola. Em poucos meses, as árvores plantadas foram todas destruídas.
 

trevinca

Cirrus
Registo
8 Mar 2009
Mensagens
91
Local
Espanha
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Olá a tudos de novo.

Refero-me non so a ises senon a outros coma as actividades ina terra da Cabrera e O Bierzo. En calquer caso, a presenza do urso na terra de Montesinho e muito posibel pois no livro de que estamos falando ven un mapa da distribuson do urso pardo nos anos de 1960 donde se sinala os montes da Cabrera. Isto fai pensar que xa desde enton algun bicho chegaba ate a fronteira, pois o val do Tuela e da localidade española de Hermisende en aqueles anos encontraban-se bastante ben conservados.

O Grande del Brió, Hernado Ayala e Piñeiro sosteñen co urso fai inverno na Serra da CABRERA, no ano 2002 cando publicaron seu livro conxunto. Pois ben, un urso que inverne na Serra da Cabrera pode camiñar até o Norte o até o Sul...

Un urso so necesita moi poucas horas para chegar desde Pena Trevinca (2.124 m.s.m.) até vosos montes da Coroa...

Entra dentro das posibilidades ca especie leve varios anos chegando a Montesinho e poucas persoas o sabiam.
So algun caçador, algun dono de ovellas o vitelas poden sabelo...

Anda de noite e exceptuando cando fai pegadas na neve recente o no barro e dificil de descobrir sua presenza.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Não estou dentro do que sucede no Parque de Montesinho. Posso apenas falar pela minha zona. Há uns anos tentei fazer um projecto, quando andava no secundário, para limpar uma ribeira na minha zona, tirar as canas e plantar freixeiros. Não arranjei ninguém e a Câmara que inicialmente se mostrou interessada depois nunca mais me deu resposta. E custou-me imenso, porque a dita ribeira tem um importante património à escala local. As sociedades recreativas locais recebem milhares de euros da Câmara para assarem frangos e fazerem bailes de música pimba, mas a ribeira está toda cheia de entulhos há anos!
PS: há cerca de 15 anos atrás, uma associação local cujos membros não eram da terra mas sim pessoas de Lisboa e estrangeiros fez uma limpeza da ribeira e uma plantação de vegetação ripícola. Em poucos meses, as árvores plantadas foram todas destruídas.
Pois é, é muito importante trabalhar com as populações locais, senão não dão valor ao esforço e boa vontade dos outros ( com algumas excepções).
A tua boa vontade é de louvar e rara nos dias que correm.
Espero que haja uma solução para essa ribeira ( eu salientei ainda há pouco tempo o quanto importante são os cursos de água noutro tópico).
Ainda não me esqueci, que tens que me enviar a lista da fauna e da flora locais, que é para eu ver se posso dar uma ajuda ( conheço e sou amigo de algumas pessoas que podem possivelmente fazer algo nesses casos). :)
O que as pessoas devem fazer, quando têm interesse em que um local deva ser protegido ou « melhorado» é justificar os seus pontos de vista de forma racional e informada ( por exemplo, podem aceder à lista de espécies que dão direito a alteração de estatuto de uma dada região, na internet, no ICN...) e depois contactar autoridades competentes ( o próprio ICN, grupos ambientalistas, profissionais na área,etc...).
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,323
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Olá a tudos de novo.

Refero-me non so a ises senon a outros coma as actividades ina terra da Cabrera e O Bierzo. En calquer caso, a presenza do urso na terra de Montesinho e muito posibel pois no livro de que estamos falando ven un mapa da distribuson do urso pardo nos anos de 1960 donde se sinala os montes da Cabrera. Isto fai pensar que xa desde enton algun bicho chegaba ate a fronteira, pois o val do Tuela e da localidade española de Hermisende en aqueles anos encontraban-se bastante ben conservados.

O Grande del Brió, Hernado Ayala e Piñeiro sosteñen co urso fai inverno na Serra da CABRERA, no ano 2002 cando publicaron seu livro conxunto. Pois ben, un urso que inverne na Serra da Cabrera pode camiñar até o Norte o até o Sul...

Un urso so necesita moi poucas horas para chegar desde Pena Trevinca (2.124 m.s.m.) até vosos montes da Coroa...

Entra dentro das posibilidades ca especie leve varios anos chegando a Montesinho e poucas persoas o sabiam.
So algun caçador, algun dono de ovellas o vitelas poden sabelo...

Anda de noite e exceptuando cando fai pegadas na neve recente o no barro e dificil de descobrir sua presenza.

Olá Trevinca

Esse registo recente de hibernação na Serra da Cabreira, é uma excelente notícia!
Os ursos pardos são muito selectivos quanto aos locais de invernada, pois ficam bastante vulneráveis durante esse período.
Essa montanha tem continuidade geográfica em Portugal e entra no Parque Natural de Montesinho. A proximidade é evidente.
Obrigado pelas boas notícias.
Concordo contigo, muitas vezes são os locais que sabem da existência destes elusivos animais.

Algumas fotos de Montesinho, já apresentadas neste fórum:

http://www.meteopt.com/forum/portugal/neve-p-n-montezinho-6-fevereiro-2009-a-3074.html


http://rotadacastanha.utad.pt/percursos/fotos/2 - Fagaceae/16_Carvalhal_Serra Nogueira.JPG
 

trevinca

Cirrus
Registo
8 Mar 2009
Mensagens
91
Local
Espanha
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Olá Belem:


Boas fotos.
Ponho-vos uma referenza moi nova, da enciclopedia Wikipedia em lingua inglesa, de nome cantabrian brown bear.

"There are recent reports (2005) about the presence of brown bears near the Portuguese border (less than 20km) on Sanabria ( Trevinca) based on footprints left on a big mud pad. It is very plausible that brown bears, nowadays, cross the border on some occasions".

O anonimo autor nao escrebe a bibliografía correspondente, mais só pode ser a do libro (1) mais enrriba mencionado, onde na pagina 109 dí que foron descubertas pegadas do urso no ano 2005 en Pena Trevinca sobre terra com fango.




(1) Informe sobre el oso pardo y las Montañas Galaico-Leonesas.
 

Lisboa001

Cirrus
Registo
25 Nov 2009
Mensagens
70
Local
Lisboa, Loures, Vale de Figueira
Re: Urso-pardo de volta à Peneda Gerês?

Acredito plenamente que já haja ursos-pardos em Portugal.
As autoridades espanholas têm estado a fazer grandes esforços para manterem a espécie em salvo e o seu numero tem estado a subir, e para além de tudo PORTUGAl ainda tem muitas áreas de florestas e regiões rochosas propícias à criação e protecção destes grandes animais!!!
Quer para o Norte do Pais quer para os restantes pontos do país!!!:)