Vinha queimada por geada no Poceirão

Brunomc

Nimbostratus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
1,977
Local
Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,321
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
lol

Venham de lá os subsídios, como é costume.
Realmente não entendo é a variedade de cultivares que têm eles lá, que não aguentam uma geada, ainda por cima num local tão propício a amplitudes como o Poceirão.
As temperaturas nocturnas nesse local específico, são bem baixas muitas vezes...
 

Daniel Vilão

Super Célula
Registo
22 Mar 2007
Mensagens
6,978
Local
Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
Algo que é comum num local onde os arrefecimentos nocturnos se impõem com bastante regularidade e intensidade.
Bastante raros são os dias sem geada no Poceirão, durante o Inverno.
Há uns tempos, no Instituto de Meteorologia, consultei um mapa em que a zona do Poceirão aparecia dentro de um círculo onde a média de dias de geada no Inverno era de cerca de 75, durante todo o Inverno, o que representa praticamente a totalidade dos dias dessa estação.
 

Brunomc

Nimbostratus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
1,977
Local
Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
Algo que é comum num local onde os arrefecimentos nocturnos se impõem com bastante regularidade e intensidade.
Bastante raros são os dias sem geada no Poceirão, durante o Inverno.
Há uns tempos, no Instituto de Meteorologia, consultei um mapa em que a zona do Poceirão aparecia dentro de um círculo onde a média de dias de geada no Inverno era de cerca de 75, durante todo o Inverno, o que representa praticamente a totalidade dos dias dessa estação.



é um sitio muito frio..:cold:
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
A escolha da plantação das vinhas até boa, devido a ter muito calor no verão o que é bom.
 

Lousano

Cumulonimbus
Registo
12 Out 2008
Mensagens
3,635
Local
Lousã/Casais do Baleal
Pela zona de Miranda do Corvo também se queixaram de geada nas vinhas, não por ser anormal nesta época do ano, mas sim devido ao calor de Março que fez com que as vinhas estivessem mais desenvolvidas e assim mais sensíveis a fenómenos como o da geada.