Vulcanismo - 2010

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Esta imagem já tem quase dois meses, mas é fabulosa. É do «Soufrière Hills», estratovulcão da ilha de Montserrat (Caraíbas) que entrou em erupção no passado dia 5 de Fevereiro 2010.

A fotografia foi tirada a bordo de um avião comercial em cruzeiro (altitude 10/12 mil metros) por uma turista (Mary Jo Penkala) do Canadá, e só nestes dias foi difundida pela Net e agências de comunicação. A pluma terá chegado aos 15 mil metros.



vulcaox.jpg



A Calgary woman's Caribbean holiday snapshot has gone viral, but it's no photo of beachside frolicking that's made Mary Jo Penkala famous.

The Calgary hairdresser was aboard a WestJet flight to St. Lucia when she peered out the window and saw a "funky-looking" plume billowing above the rest of the clouds.

Penkala began snapping photos furiously as the mushroom-shaped cloud shot higher in the sky.

It wasn't until the captain made an announcement urging passengers of the Boeing 737 to peek out the left side of the airplane that Penkala realized she had a perfect, birds-eye view of a volcano erupting.

And as the lower clouds parted, Penkala got the perfect shot, too: thick plumes of ash streaming thousands of metres into the sky from the Caribbean island below, all captured on the Canon Sure Shot camera Penkala kept focused on the view.

The spectacular photo was picked up by a U.K. press agency and has now found its way into news publications around the world.

"It's going all over. It's nuts. I'm excited," Penkala said Thursday.

"I'm not any big-time photographer. I just got so lucky, and I got a perfect shot."

Penkala and her partner, Barry Steinfeld, boarded the flight to St. Lucia on Feb. 11 to escape Calgary's dreary winter.

They were flying over the Caribbean when they first noticed the unusual sight.

"It boggled your mind," said Steinfeld, a Calgary lawyer.

"We were 35,000 or 40,000 feet (10,500 to 12,000 metres) in the air, there was this huge cloud coming from this little island that you could see under the cloud formation.

"At first when I looked at it, it sort of reminded me of a nuclear bomb cloud. It was pretty spectacular."

Penkala was in the window seat on the left side of the plane, which had the best view of the eruption of the Soufriere Hills volcano on the island of Montserrat.

Apparently, the volcano's lava dome had begun to collapse, shooting the massive cloud of ashes far into the sky, Steinfeld said.

When the passengers arrived at their St. Lucia resort, they were buzzing about the incredible scene.

Though the couple's plane didn't fly close enough to the volcano to be in any danger, a number of later flights were cancelled because of the volcanic ash, which can seize up an aircraft's engine, Steinfeld said.

Back in Calgary a couple weeks later, Penkala decided to send her photo to National Geographic online.

That's where it was picked up by the U.K. agency, which then distributed it to a number of international publications.

Penkala said the experience has given her a good holiday tale to tell family and friends back home.

"I never felt unsafe for one minute. I just thought it was a neat thing of nature we got to see. We got front-row seats."

Steinfeld said the aerial view of the volcano was one of the most amazing he's ever seen, even if he wasn't the one to capture the now-famous shot.

Though, as he pointed out, laughing: "It was my camera."



Satélite Aqua

aquaa.jpg
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Foto fantástica, Vince.
Não sabia que nas Caraíbas também tinha começado uma erupção.
 

AndréFrade

Cumulonimbus
Registo
6 Jun 2009
Mensagens
4,623
Local
Lisboa (70m) / Montijo (10m)
Esta imagem já tem quase dois meses, mas é fabulosa. É do «Soufrière Hills», estratovulcão da ilha de Montserrat (Caraíbas) que entrou em erupção no passado dia 5 de Fevereiro 2010.

A fotografia foi tirada a bordo de um avião comercial em cruzeiro (altitude 10/12 mil metros) por uma turista (Mary Jo Penkala) do Canadá, e só nestes dias foi difundida pela Net e agências de comunicação. A pluma terá chegado aos 15 mil metros.



vulcaox.jpg







Satélite Aqua

aquaa.jpg

Esta imagem deixou-me sem palavras:surprise:.
 

Thomar

Cumulonimbus
Registo
19 Dez 2007
Mensagens
2,455
Local
Cabanas - Palmela (75m)
Mais um vulcão em erupção!
Guatemala: Governo decreta estado de calamidade devido a erupção de vulcão Pacaya
28 de Maio de 2010, 06:27

Guatemala, 28 mai (Lusa) - O governo da Guatemala decretou na quinta feira à noite o estado de calamidade pública na zona centro do país devido à crescente actividade do vulcão Pacaya, situado a 50 quilómetros a sul da capital.

Anteriormente, a autoridade aeronáutica civil do país tinha já anunciado a suspensão de todos os voos no aeroporto da capital, a cidade de Guatemala.

O vulcão Pacaya, com 2552 metros e altitude, entrou em erupção na quarta feira e na quinta a actividade do vulcão intensificou-se e este começou a expelir areia, pedras e cinzas que atingiram um raio de mais de 100 quilómetros.

fonte: LUSA
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Cerca de 12 mil fogem de vulcão na Indonésia
O vulcão Sinabung, no norte da Ilha da Sumatra, Indonésia, entrou em erupção este fim-de-semana, forçando 12 mil pessoas a deslocarem-se para as cidades vizinhas..

A coluna de fumo e cinza tornou-se visível a cerca de 1500 metros de altitude e o fenómeno continua em forte actividade desde a noite de sábado.De acordo com a imprensa internacional, é a primeira vez que o Sinabug, situado a 1300 quilómetros a noroeste de Jacarta, expele lava e cinzas desde há 400 anos. Algo que obrigou ao plano de evacuação das regiões circundantes, bem como à declaração de alerta vulcânico máximo pelas autoridades do país.As 12 mil pessoas que tiveram de sair das suas casas encontram-se alojadas em edifícios públicos ou em centros religiosos. A evacuação exigiu dezenas de camiões, autocarros e ambulâncias.

Destak
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Sumatra em alerta vermelho. Vulcão já matou duas pessoas

Pelo menos duas pessoas morreram devido à erupção do vulcão Sinabung na ilha de Sumatra na Indonésia. O vulcão, que estava parado desde 1600, continua a fazer estragos, depois de já te deixado 12 mil pessoas desalojadas. Uma das mortes está relacionada com problemas respiratórios, enquanto a outra foi consequência de um enfarte. O tráfego provocado pela operação de evacuação provocou ainda um acidente na estrada que resultou em dois feridos.
As autoridades da indonésia, com ajuda de ambulâncias, camiões e autocarros, conseguiram retirar 12 mil moradores das 17 vilas da região afectada pelo vulcão a norte da ilha de Sumatra. O fumo provocado pela lava vulcânica atingiu quase quatro mil hectares de floresta e terreno agrícola da região.

I
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Sumatra: vulcão adormecido há 400 anos entra em erupção

Vulcão Sinabung, inativo desde 1600, entra em erupção e provoca alerta máximo na ilha de Sumatra, Indonésia. Milhares de pessoas foram obrigadas a deixar as suas casas.

Já ninguém esperava. Após mais de 400 anos de inatividade, o vulcão do monte Sinabung , na ilha de Sumatra, voltou a expelir lava e nuvens de cinza a 1.500 metros de altura. Ontem, pelo menos 10 mil pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas.

De acordo com o jornal local "The Medan Tribune", um dos moradores da ilha admitiu ter entrado em pânico ao ver a lava correr em sua direção "como se fosse uma bola de fogo".

Especialistas intrigados

O alerta máximo na ilha de Sumatra foi emitido pelas autoridades na madrugada de sábado para domingo, após o Sinabung ter começado a expelir lava, fenómeno visível a vários quilómetros de distância. Já no sábado, o vulcão havia passado todo o dia a soltar fumo, mas os níveis de alerta até então não eram elevados.

São ainda desconhecidas as razões pelas quais o vulcão voltou a entrar em atividade.

O arquipélago que forma a Indonésia está situado numa área do Oceano Pacífico conhecida como "Anel de Fogo", com 129 vulcões ativos.

O monte Sinabung fica a 60km de Medan , a principal cidade da ilha de Sumatra. O vulcão começou a expelir lava na madrugada de sábado para domingo, surpreendendo os moradores. Esta é a sua primeira erupção desde 1600.

Expresso
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Vulcão adormecido durante 400 anos com nova explosão violenta

Depois de 400 anos adormecido, o vulcão do Monte Sinabung entrou em actividade na semana passada e nesta terça-feira expeliu nuvens de cinza negra que cobriram 25 quilómetros ao seu redor. Esta foi a erupção mais violenta desde a semana passada

«Ouviu-se um som aterrador, como se fossem centenas de bombas a explodir ao mesmo tempo. E depois a terra começou a tremer. Nunca tinha vivido nada parecido», conta Ita Sitepu, de 29 anos, que fugiu para longe da base do vulcão, estando agora num dos abrigos de emergência.

Testemunhas que se encontravam perto afirmam que, pela primeira vez, surgiram fendas ao longo do vulcão de um cor-de- laranja brilhante, presumivelmente magma.

Na semana passada, a primeira erupção do Monte Sinabung apanhou os cientistas desprevenidos. Com 129 vulcões activos para monitorizar no arquipélago indonésio, os vulcanólogos descuraram a montanha de magma que estava adormecida há quatro séculos.

Devido à sua localização, a Indonésia é uma região com uma forte actividade sísmica e teme-se que a explosão desta manhã seja apenas o prelúdio do que ainda está para vir nas próximas semanas ou meses. Nas 24 horas que se seguiram à explosão, que foi sentida a oito quilómetros, registaram-se 80 tremores de terra.

Registaram-se na Indonésia algumas das maiores erupções da história. Em 1815 a explosão do Monte Tambora sepultou em cinza, gás e rocha 88 mil pessoas na ilha de Sumbawa.

SOL com agências
 

Gil_Algarvio

Nimbostratus
Registo
23 Mar 2009
Mensagens
1,772
Local
Manta Rota - Algarve
sexta-feira, 1 de Outubro de 2010 | 22:29

Colômbia: Vulcão que matou milhares em 1985 entra em actividade

O vulcão colombiano Nevado del Ruiz, que há 25 anos matou 23 mil pessoas, está novamente em actividade sísmica, registando desde quinta-feira 1100 movimentos, informou hoje o Observatório Vulcanológico e Sismológico de Manizales.
Segundo o organismo, a magnitude máxima registada foi 1.93 da escala de Richter e ocorreu às 05:26 de hoje (11:26, hora de Lisboa).

A actividade sísmica verificou-se na cratera Arenas, tendo aumentado a quantidade de dióxido de enxofre libertado para a atmosfera.

Habitantes das aldeias circundantes ao vulcão sentiram um forte cheiro a enxofre e, às primeiras horas da manhã, foi observada uma coluna de gás, de cor branca, sobre o cume do Nevado del Ruiz.

O Observatório de Manizales já alertou para o facto de o vulcão retomar "o seu nível de actividade anterior se aumentar o seu desequilíbrio".

A 13 de novembro de 1985, o vulcão Nevado del Ruiz entrou em erupção e causou uma avalancha de lava que soterrou o município de Armero, na província de Tolima, matando 23 mil pessoas.

Na altura, foi considerado o pior desastre natural da Colômbia.

Diário Digital / Lusa
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Actualização da actividade vulcânica na Islândia:

O tremor nas proximidades do vulcão Grimsvotn na Islândia continua elevado. Existe igualmente elevada actividade sísmica no vulcão vizinho, Bardarbunga, nomeadamente na zona sudoeste da fissura, onde se localiza o vulcão Loki-Fogrufjöll, que pertence ao complexo do Bardarbunga. Ambos vulcões costumam ter erupções frequentes e moderadas, embora no passado histórico já tenham tido erupções de impacto mundial (VEI=6).

Os dois constituem um par um pouco como o Katla e o Eyjafjallajökull, estando separados por pouca distância, e localizado no mesmo glaciar (ou sendo correcto, na mesma ice cap), que é a maior da Europa.

A inflação (medida com GPS) no glaciar que cobre o Grimsvotn aumenta rapidamente, o que pode indiciar uma erupção eminente. De acordo, com os cientistas islandeses uma erupção no Grimsvotn deverá ocorrer em breve, ainda este Outono ou neste Inverno

Em 2004 o vulcão causou algumas disrupções nos voos europeus. Para dar uma ideia o Grimsvotn tem tido erupções a cada 5-6 anos nas últimas décadas, a última foi a acima mencionada.

Noutro lado do país, o vulcão Katla continua a mostrar actividade sísmica elevada mas constante, indicando movimento de magma, embora com uma erupção ainda não eminente.

Em conclusão: o vulcão Grimsvotn poderá entrar em erupção muito em breve. Katla é o outro candidato para uma erupção no próximo ano. Nota: erupções em simultâneo na Islândia é algo que já aconteceu antes.

volcano-map-of-iceland.jpg

Grimsvotn está localizado à direita do Loki-Fogrufjöll e abaixo do Bardarbunda no mapa.

Outros dois vulcões mostrando actividade sísmica crescente são o Kverfjöll (à direita do Bardarbunga) e o Askja (mas apenas na sua fissura e não na cratera central).

Não esquecer ainda que o Hekla tem tido erupções a cada 10 anos nas últimas décadas (última erupção 2000) e geralmente entra em erupção sem quaisquer sinais sísmicos preliminares.

Para não assustar (ou criar desilusões) em ninguém; devo dizer que este comportamento sísmico é normal. Os vulcões islandeses são muito activos, e adivinhar qual é o próximo é uma lotaria, embora haja indicações seguras das erupções próximas do Grimsvotn e do Katla. Aliás, a Islândia é responsável por um terço de toda a lava expelida no planeta durante os últimos 10000 anos!

Fontes: http://en.vedur.is
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
As coisas ultimamente tem andado animadas na Islândia, depois de alguns sismos mais fortes e inflação crescente no vulcão Grimsvotn (que entretanto parou de aumentar), agora é a vez das estações em redor do Katla e Eyjafjallajökull mostrarem tremor que aumentou subitamente. Ora a última vez que isto aconteceu foi antes da erupção de Março/Abril.

Por vezes o sinal pode ser também ruído devido a mudanças no gelo/ou mau tempo, mas de momento o tempo está bom na Islândia, portanto poderá significar algo geológico. Outra coisa no Katla apesar de haver constantes sismos nos últimos dias, ainda não houve nenhum maior.

De qualquer modo, isto parece indiciar que um destes dois vulcões ou ambos irão ter uma erupção no espaço dos próximos meses.
 

Pirata

Cirrus
Registo
18 Set 2010
Mensagens
80
Local
Ipswich - UK
Nunca me tinha apercebido da quantidade de vulcoes na islandia... Deve sinceramente ser a ilha ou massa de terra com mais vulcoes por kilometro quadrado. :eek::shocking::surprise:

se so um vulcao em erupcao na Islandia deu as dores de cabeca que deu, imagino o que acontece se mais que um entra em erupcao. E sem falar na quantidade de cinzas e gazes que iria lancar para a atmosfera, o que poderia tornar os nossos invernos na europa AINDA mais frios e gelados.
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Existem cerca de 130 vulcões na Islândia, mas apenas 18 tiveram erupções desde 940, altura em que a lha foi colonizada. Muitos deles são vulcões activos com erupções nos últimos milhares de anos.

Depois há ainda centenas de outras montanhas, fora da região vulcânica, as quais são todas de origem vulcânica, mas que estão extintos desde há milhões de anos.

A parte central da ilha émuito nova geologicamente falando; tem algumas dezenas de milhares de anos. A parte oeste e leste é antiga, entre 1 a 15 milhões de anos, ou seja 15 milhões antes não havia Islândia.

Exemplos dos vulcões mais activos (e explosivos) são: Katla, Hekla, Grimsvotn, Askja, Bardarbunga, e Krafla.

Vê aqui uma lista http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_volcanoes_in_Iceland

Nunca me tinha apercebido da quantidade de vulcoes na islandia... Deve sinceramente ser a ilha ou massa de terra com mais vulcoes por kilometro quadrado. :eek::shocking::surprise:

se so um vulcao em erupcao na Islandia deu as dores de cabeca que deu, imagino o que acontece se mais que um entra em erupcao. E sem falar na quantidade de cinzas e gazes que iria lancar para a atmosfera, o que poderia tornar os nossos invernos na europa AINDA mais frios e gelados.