Arquivo de eventos históricos

Tópico em 'Eventos Meteorológicos' iniciado por Aurélio 28 Nov 2007 às 17:40.

  1. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,729
    Local:
    Portalegre
    Infelizmente, nem o IPMA, nem noutras base de dados com temperaturas d'antanho, têm dado relativos a esse dia. Pode ser que no Arquivo Municipal ou Biblioteca Municipal haja algum jornal regional com alguma referência a esse dia e uma temperatura aproximada. ;)
     
    Davidmpb gostou disto.
  2. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,729
    Local:
    Portalegre
    Os açorianos devem fazer um abaixo assinado para o NOAA retirar o nome Gordon das tempestades atlânticas, não venham a ter a visita de outro Gordon :D
     
    mcpa gostou disto.
  3. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa
    Penso tratar-se de valores do dia 31 de Julho de 1944.
     
  4. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa
    Discordo, desta afirmação, os dados do Instituto Geofísico da Universidade de Coimbra são absolutamente razoáveis...naquele tempo não havia a barragem da Aguieira, nem o espelho de água actual no Mondego, junto à cidade.
     
    lserpa e DaniFR gostaram disto.
  5. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    3,078
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    CHEIAS 1967

    [​IMG]2016-11-24 (IPMA)



    Na noite de 25 e madrugada de 26 de Novembro de 1967, há 49 anos, uma grande tempestade assolou o país. Na região da Grande Lisboa, mais de 500 pessoas perderam a vida, perto de 900 foram desalojadas e verificou-se um sem número de danos em infraestruturas, nomeadamente pontes, estradas e edifícios de diversa natureza.

    A passagem de um sistema de baixa pressão sobre a região caraterizado por uma forte convecção e forte instabilidade, associada a uma atmosfera rica em vapor de água, traduziu-se num evento extremo cuja quantidade de precipitação registada num período de 4 a 9 horas foi compatível com um período de retorno superior a 100 anos.

    A precipitação total ocorrida foi observada essencialmente num período de 5 horas, o que em algumas estações correspondia ao seu valor médio mensal.

    A estação de São Julião do Tojal em 5 horas registou 110,6 mm (entre as 19 e as 24h), tendo tido um pico de 30 mm entre as 22 e as 23h da noite de 25 de novembro. Nessa noite, entre as 21 e as 22h, foram registados 42 mm em Sassoeiros, 60 mm no Monte Estoril e 33 mm em Sintra/Pena.

    A elevada quantidade de precipitação originou este evento de cheias rápidas (as chamadas flash floods), no entanto o que o tornou num dos mais mortíferos em Portugal, foi principalmente a construção inadequada em leitos de cheia e a coincidência com a hora de pico da maré alta.

    A maior parte das vítimas, residente ao longo de bacias de pequenos rios e ribeiras da região, muitas em habitações precárias e clandestinas, foi apanhada durante o sono, o que se traduziu num aumento substancial de mortos e desalojados.

    Este evento corresponde ao segundo mais intenso de precipitação em 24h para a área da grande Lisboa entre 1950 e 2008, com uma média de precipitação de 86 mm. O evento mais intenso de precipitação na mesma área ocorreu em 1983 com média de precipitação de 95 mm, porém com impacto consideravelmente menor.



    Nota: notícia elaborada com base no artigo: “The deadliest storm of the 20th century striking Portugal: Flood impacts and atmospheric circulation”, publicado no Journal of Hydrology, de Ricardo M. Trigo et all.; e na publicação “Contribuição para o estudo da cheia da região de Lisboa em 25-26 de Novembro de 1967” do Serviço Meteorológico Nacional de Silvério F. Godinho.
    http://www.ipma.pt/pt/media/noticias/news.detail.jsp?f=/pt/media/noticias/textos/cheias-1967.html
     
    guisilva5000 gostou disto.
  6. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    5,203
    Local:
    Arronches, Portalegre (272m)
    Não sei se alguma vez foi falado no fórum sobre um suposto tornado que ocorreu no dia 7 de dezembro de 2010 aqui na zona mas com mais incidência na serra.
    Achei que este seria o tópico correto para colocar isto...
    Lembro-me de nesse dia os meus pais me contarem que entre Arronches e Portalegre, a quantidade de chuva e granizo era tanta que tiveram de parar o carro porque não conseguiam ver nada e claro para os vidros não se partirem. Como aconteceu durante a noite nunca se visualizou nada por isso nunca se confirmou se foi tornado ou não.
    Arronches salvou-se e apanhou apenas uma ponta da célula mas o aparato eléctrico era incrível.
    Como é óbvio nesse dia a quantidade de água foi tanta que o rio ia galgando algumas pontes:
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Entretanto no dia seguinte, os estragos eram bem visiveis, na serra:
    Muitas árvores com uma grande quantidade de anos arrancadas pela raiz...
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #246 joralentejano, 28 Nov 2016 às 15:01
    Última edição: 28 Nov 2016 às 15:12
  7. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    3,078
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    Eu por aqui não me lembro de ter passado qualquer tornado ou algum fenómeno extremo de vento, o que me lembro desse dia foi a intensidade da trovoada, trovões bastante fortes, houve um que até fez abanar o contador da luz, incrível, penso que essa trovoada terá sido já o final da tarde por volta das 5/ 6h.
     
    luismeteo3 e joralentejano gostaram disto.
  8. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,011
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Boas,

    Alguem me sabe localizar no tempo, uma onda de frio bem agressivo no país, em particular na AML?
    Recordo-me foi entre 2003 e 2005, julgo foi em Janeiro.
    O frio foi tanto que no lago da escola secundária de Alcabideche formou-se uma camada de gelo, a temperatura caiu aos -2ºC.
    Deve ter sido a minima mais baixa dos ultimos 15/20 anos, pelo menos .

    Obrigado pela ajuda.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #248 jonas_87, 17 Dez 2016 às 11:59
    Última edição: 17 Dez 2016 às 12:05
    luismeteo3 gostou disto.
  9. remember

    remember
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jan 2016
    Mensagens:
    2,298
    Local:
    Póvoa de Santa Iria (12 m)
  10. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,536
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar gostou disto.
  11. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,188
    Local:
    Bragança (675m)
    Janeiro de 2005 foi bastante frio e teve uma onda de frio no final do mês, que foi particularmente intensa no sul do país.

    Janeiro de 2003 também teve uma onda de frio, pelo menos aqui no interior norte.

    Os valores mais baixos dos últimos 20 anos, na maior parte das estações, ocorreram num episódio em Março de 2005.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar e jonas_87 gostaram disto.
  12. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,011
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Obrigado Dan, estive a consultar os dados no OGIMET, foi mesmo 1 de Março de 2005.
    A estação do Gago Coutinho,Lisboa registou uma mínima de -0,4ºC.
    A estação do Cabo Carvoeiro registou uma minima de 1,6ºC

    Valores espectaculares especialmente o do Cabo Carvoeiro.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #252 jonas_87, 26 Dez 2016 às 23:41
    Última edição: 26 Dez 2016 às 23:50
    guisilva5000 e Thomar gostaram disto.
  13. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    9,039
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Lembro-me bem, esse final de Janeiro 2005 foi particularmente gélido :cold:

    Olhando à sinóptica é fácil perceber porquê :cold:

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    guisilva5000 gostou disto.
  14. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    O primeiro semestre desse ano de 2005 foi interessantissimo. Em maio desse ano, ainda para mais a meio do mês, nevou a cotas médias.
     
  15. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,484
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa

Partilhar esta Página