Aumento da temperatura acelera degelo

Seringador

Cumulonimbus
Registo
29 Ago 2005
Mensagens
2,984
Local
Canelas - Vila Nova de Gaia
Duvido que tenha sido algum calhau, e acabaste por dar a resposta, a Antártida já teve clima tropical porque esta placa continental já esteve mais para Norte, mas com a deriva das placas ao longo de milhares de anos a colocou no local onde hoje se encontra - mas não ficará por ali, irá prosseguir a sua deriva! Quanto ao Ártico nunca teve clima tropical nem nunca há-de ter, porque este é o nome do Oceano onde se localiza o polo Norte geográfico, e para haver clima tropical nestas latitudes a terra teria de se inclinar muito mais que os 23º actuais, algo que nunca aconteceu.
A única parte sólida do Ártico é a parte central do Oceano que está congelada, embora ali mesmo ao lado tenha a Gronelândia que também já teve um clima muito mais ameno:) .
Os fosséis o provam, mas análises de gelo não o podem provar, porque numa zona tropical o gelo não se podia manter, e só se mantém a altitudes para cima dos 3000, 4000 metros. O que se pode analizar no gelo nas várias camadas, são por exemplo as concentrações de CO2, monóxido de carbono ... e verificar o que ocorria no mundo, como deposição de cinzas e gases de grandes vulcões e outros dados.
Quanto ao magma mais fluído - o que se provou é que é mais "líquido" do que pensavamos, embora já o fosse dessa fluidez antes de o termos descoberto. Quanto a vulcões, sempre os ouve e sempre haverá (não existe hoje mais vulcões do que à milhões de anos atrás), e encontram-se maioritariamente no limite das placas tectónicas, tanto perto do Ártico, como no anel de fogo do Pacífico, como nas Caraíbas..., mas isto foi sempre assim...
Os supervulcões como o de Yellowstone a entrar em erupcão seria uma grande catástrofe, e é provável que dentro de anos (dezenas ou milhares de anos quem pode saber?) assim aconteça, mas olhando para uma escala geológica maior este vulcão já entrou em erupção durante diversas vezes com períodos calmos pelo meio (talvez para se recarregar!), e outros de grande actividade.
O aquecimento dos Oceanos pode se explicar pelo sol, talvez pela menor camada de ozono na Terra deixe entrar mais radiação e assim mais calor, agora para os Oceanos alterarem a sua temperatura devido a vulcões, só mesmo em locais imediatamente próximos de algum vulcão, com influência quase nula para a restante massa de água.:)

Meus amigos agora o que está a ser discutido devermos de pensar numa evolução em milhões de anos e não milhares:p
Agora as alterações, com uma influência antrópica, poderão ser acelaradas mas, acho que ainda se especula muito sobre isso, também ao ponto de alguns defenderem que a Lua é que vai ter um papel importante no desenrolar da situação, inclusive o deslocamento das plataformas continentais;)
http://news.nationalgeographic.com/news/2006/01/0124_060124_moon.html

Senão poderão verificar também aqui outras opiniões
http://geomag.usgs.gov/
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Meus amigos agora o que está a ser discutido devermos de pensar numa evolução em milhões de anos e não milhares:p
Agora as alterações, com uma influência antrópica, poderão ser acelaradas mas, acho que ainda se especula muito sobre isso, também ao ponto de alguns defenderem que a Lua é que vai ter um papel importante no desenrolar da situação, inclusive o deslocamento das plataformas continentais;)
http://news.nationalgeographic.com/news/2006/01/0124_060124_moon.html

Senão poderão verificar também aqui outras opiniões
http://geomag.usgs.gov/

Vários milhares também fazem milhões, mas tens toda a razão, nesta escala de tempo é preferível utilizar o termo milhões, a diferença é enorme embora às vezes percamos a noção disso...
Quanto à Lua, já esteve mais perto da terra e com maior influência para esta, com marés do dobro do tamanho, a longo prazo o que a Lua irá influênciar será a duração do dia. (O dia já teve 16 horas de duração e pelo efeito de maré causado pela Lua tem atrasado a cada século vários seg., espera-se que um dia, 1 dia!:confused: possa vir a ter mais de 48 h.) Além disto estou céptico a acreditar em outra influência de maior.
 

Seringador

Cumulonimbus
Registo
29 Ago 2005
Mensagens
2,984
Local
Canelas - Vila Nova de Gaia
Vários milhares também fazem milhões, mas tens toda a razão, nesta escala de tempo é preferível utilizar o termo milhões, a diferença é enorme embora às vezes percamos a noção disso...
Quanto à Lua, já esteve mais perto da terra e com maior influência para esta, com marés do dobro do tamanho, a longo prazo o que a Lua irá influênciar será a duração do dia. (O dia já teve 16 horas de duração e pelo efeito de maré causado pela Lua tem atrasado a cada século vários seg., espera-se que um dia, 1 dia!:confused: possa vir a ter mais de 48 h.) Além disto estou céptico a acreditar em outra influência de maior.

Eu compreendo o teu cepticismo, mas acho que há muito por descobrir acerca da LUa, talvez por despezo, pq antigamente a lua era adorada e tida em conta e no século passado tentavam não conectar com essa ideia.
Contudo desde há uns anos para cá alguma cominidade cientifica começou a pegar em conhecimento tácito e experimentá-lo para ver se de facto alguma coisa se comprove, isto em inumeras áres cintificas;)
exemplo de influência na vulcanologia, no clima (estou incluído:D ), comportamento da circulação oceânica,comportamento dos seres vivos, entre outros...´
Na minha opinião, penso que se decifrarmos muito do conhecimento tácito seremos beneficiado, no que toca à compreensão desses mesmo conhecimentos
http://jrscience.wcp.muohio.edu/nsfall99/progress99Articles/humanbehaviorwithrelation.html

http://news.nationalgeographic.com/news/2002/02/0215_020215_volcanohunter.html
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Eu compreendo o teu cepticismo, mas acho que há muito por descobrir acerca da LUa, talvez por despeze, pq antigamente a lua era adorada e tida em conta e no século passado tentavam não conectar com essa ideia.
Contudo desde há uns anos para cá alguma cominidade cientifica começou a pegar em conhecimento tácito e experimentá-lo para ver se de facto alguma coisa se comprove, isto em inumeras áres cintificas;)
exemplo de influência na vulcanologia, no clima (estou incluído:D ), comportamento da circulação oceânica,comportamento dos seres vivos, entre outros...

http://jrscience.wcp.muohio.edu/nsfall99/progress99Articles/humanbehaviorwithrelation.html

http://news.nationalgeographic.com/news/2002/02/0215_020215_volcanohunter.html

Ok, mas essa influência não é de agora, acreditar que nestes últimos tempos a influência da Lua pode ter sido determinante em algumas áreas da ciência, implica que esta estive a sofrer algumas alterações como distância ou outro fenómeno, e o apogeu e o perigeu da Lua dificilmente explicam isso.
Se a Lua está a ter influência no Clima, então sempre teve...
 

Bruno Campos

Nimbostratus
Registo
7 Out 2005
Mensagens
646
Local
V. N. Famalicão
;)
Ok, mas essa influência não é de agora, acreditar que nestes últimos tempos a influência da Lua pode ter sido determinante em algumas áreas da ciência, implica que esta estive a sofrer algumas alterações como distância ou outro fenómeno, e o apogeu e o perigeu da Lua dificilmente explicam isso.
Se a Lua está a ter influência no Clima, então sempre teve...

desculpem intrometer-me na conversa :)

E provavelmente já teve mais influência do que aquela q tem agora :p
Como o seringador disse, os adágios e sabedoria popular a este respeito, só muito recentemente tem sido confrontados e testados cientificamente, apresentando correlações por vezes surpreendentes.
julgo que a influência n está a aumentar, mas sim o conhecimento dessa influência.;)
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
;)

desculpem intrometer-me na conversa :)

E provavelmente já teve mais influência do que aquela q tem agora :p
Como o seringador disse, os adágios e sabedoria popular a este respeito, só muito recentemente tem sido confrontados e testados cientificamente, apresentando correlações por vezes surpreendentes.
julgo que a influência n está a aumentar, mas sim o conhecimento dessa influência.;)

Completamente de acordo, atendendo ao distanciamento da Lua em relação à terra é provável cada vez um menor influência, isto claro, num espaço de tempo de vários milhões de anos :cool:
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Encotrei também este artigo na net da BBC sobre o degelo, este no Ártico:

Um satélite da Nasa registrou mudanças drásticas na camada de gelo do Oceano Ártico entre 2004 e 2005.

A área de gelo permanente --a camada que fica congelada durante todo o ano-- foi reduzida em 14%, o equivalente a mais de 700 mil quilômetros quadrados. A média das últimas décadas é de redução de 0,7% da área congelada por ano.

De acordo com um estudo da agência espacial americana Nasa, publicado na revista científica "Geophysical Research Letters", o padrão pouco comum de ventos registrados em 2005 é um dos principais fatores para o fenômeno.

O aquecimento global também pode estar entre os motivos. As temperaturas no Ártico têm aumentado o dobro da média mundial.
 

kimcarvalho

Nimbostratus
Registo
19 Nov 2005
Mensagens
1,775
Local
Elvas
Está fixe Tiago!:D :lmao: :lmao:

Já agora espreitem este estudo sobre o degelo na Gronelândia:eek: :eek: :cold: :hehe: :huh:

http://news.bbc.co.uk/1/hi/sci/tech/6069506.stm

Impecável Tiago :lmao: !

No interessante e curioso artigo que indicaste Seringador no último parágrafo o que poderá ser isto!??

"Thus according to the recent mass-balance estimates, the ice sheets presently contribute little to sea-level rise. However, great uncertainty remains, mainly because of incomplete coverage by remote-sensing surveys, spatial and temporal undersampling, measurement errors, and perturbation from unrelated signals."

O que serão este tipo de perturbações?:unsure:
 

LUPER

Nimbostratus
Registo
20 Nov 2005
Mensagens
1,945
Local
Aveiro
Impecável Tiago :lmao: !

No interessante e curioso artigo que indicaste Seringador no último parágrafo o que poderá ser isto!??

"Thus according to the recent mass-balance estimates, the ice sheets presently contribute little to sea-level rise. However, great uncertainty remains, mainly because of incomplete coverage by remote-sensing surveys, spatial and temporal undersampling, measurement errors, and perturbation from unrelated signals."

O que serão este tipo de perturbações?:unsure:

Estas pertubarções são a tábua de salvação de qualquer estudo, claro:lol: .

Mas já ninguem se lembra da GREENLAND, ou seja da terra verde. Sim há 1000 anos aquilo era verde e fértil, e segundo consta, não veio grande mal ao mundo. Porquê este alarido todo do aquecimento?:disgust:
 

dj_alex

Nimbostratus
Registo
14 Dez 2005
Mensagens
1,913
Local
Lisboa
Estas pertubarções são a tábua de salvação de qualquer estudo, claro:lol: .

Mas já ninguem se lembra da GREENLAND, ou seja da terra verde. Sim há 1000 anos aquilo era verde e fértil, e segundo consta, não veio grande mal ao mundo. Porquê este alarido todo do aquecimento?:disgust:

Não havia a pressão sobre o litoral como há neste momento....E não acredito que o nível do mar suba pouca....
 

Seringador

Cumulonimbus
Registo
29 Ago 2005
Mensagens
2,984
Local
Canelas - Vila Nova de Gaia
Não havia a pressão sobre o litoral como há neste momento....E não acredito que o nível do mar suba pouca....

Boas,

Alex,
Não há dúvida que existe pressão, sobretudo a causada pela intervenção antrópica, que por consequência aumenta ainda mais uma pressão normal neste tipo de alterações!:angry: :sad:
Com isto não estou a dizer que o nível do mar não suba, só simplesmente estou elucidar que a nossa costa é uma das mais vulneráveis do Mundo:( e, que face a pequenas alterações ou comportamentos atmosféricos normais e sobretudo extremos, como de 30 em 30 anos ou mais, poderão ser um duro golpe, espero este ano a repetição de um desses eventos tais como a tempestade de Fev, de 78:hehe: :rolleyes:
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Outras consequências do aquecimento global...
Citando o Ciberia:

"Aquecimento da Terra pode levar ao desaparecimento de alguns países
A ministra dos Negócios Estrangeiros britânica, Margaret Beckett, acredita que o aquecimento da Terra vai exacerbar as disputas pelos acessos à água e aos recursos alimentares e levar ao desaparecimento de alguns países.

Em entrevista ao Financial Times, a ministra dos Negócios Estrangeiros britânica, Margaret Beckett, demonstrou-se preocupada com as repercussões do aquecimento da Terra, afirmando que este vai exacerbar as disputas pelos acessos à agua e aos recursos alimentares e levar ao desaparecimento de alguns países.
«Há algumas nações em situação muito delicada e o aquecimento do planeta poderia conduzir algumas delas para um desaparecimento», afirmou Beckett ao jornal, a propósito da sua visita à Alemanha, a primeira desde que ocupa o cargo."
 

kimcarvalho

Nimbostratus
Registo
19 Nov 2005
Mensagens
1,775
Local
Elvas
Outras consequências do aquecimento global...
Citando o Ciberia:

"Aquecimento da Terra pode levar ao desaparecimento de alguns países
A ministra dos Negócios Estrangeiros britânica, Margaret Beckett, acredita que o aquecimento da Terra vai exacerbar as disputas pelos acessos à água e aos recursos alimentares e levar ao desaparecimento de alguns países.

Em entrevista ao Financial Times, a ministra dos Negócios Estrangeiros britânica, Margaret Beckett, demonstrou-se preocupada com as repercussões do aquecimento da Terra, afirmando que este vai exacerbar as disputas pelos acessos à agua e aos recursos alimentares e levar ao desaparecimento de alguns países.
«Há algumas nações em situação muito delicada e o aquecimento do planeta poderia conduzir algumas delas para um desaparecimento», afirmou Beckett ao jornal, a propósito da sua visita à Alemanha, a primeira desde que ocupa o cargo."


Hoje a BBC1 abriu os seus noticiários precisamente a falar deste assunto, claro que tendo como preocupação principal a economia, mas pronto foi agradável ver tanto destaque que deram ás possiveis alterações climáticas.