Auriol Weather Station

Tópico em 'Instrumentos Meteorológicos' iniciado por Pedro 24 Jan 2010 às 18:17.

  1. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,275
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    O mais complicado é mesmo descodificar o protocolo RF, mas as Oregon acho que são das estações com mais suporte no Arduino, até existe um software para essas estações com arduino..
    http://wmrx00.sourceforge.net/

    Vou ver se tb consigo infiltrar a Auriol nesse software:)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Uma vez telefonei para lá e disseram-me que podem mandar vir os produtos da loja de outras localidades :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Os clones da Auriol diferenciam na consola ou nos instrumentos de medição exteriores ?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. jpproenca

    jpproenca
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2011
    Mensagens:
    126
    Local:
    Lajes do Pico - Açores
    Pelo que me parece, as consolas e os anemómetros são iguais, e apenas há diferença nos pluviómetros, tanto no formato como no próprio funcionamento e emissão.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Obrigado :thumbsup:

    Pensei que se fossem diferentes se justificasse as descalibrações dos aparelhos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    O colega JPProença chamou-me a atenção para uma informação que se encontra nas FAQ da Estação Ventus...Eu fui pesquisar e tal como ele disse podemos aceitar uma diferença de 2ºC. Isso não é muito ?:shocking:

    » My indoor temperature in the monitor for W155 shows too low/too high compared to another weather station or thermometer I have, why?

    * All electronic weather stations are calibrated after the following procedure: A very accurate thermometer gives you a temperature X. From this given temperature X all weather stations are tested and an inaccuracy on + - 2 degrees Celsius is accepted. That is why two weather stations can both be right even though there is a difference of 4 degrees Celsius between them. If one weather station is accepted with minus 2 degrees Celsius and another weather station is accepted with plus 2 degrees Celsius, you have the 4 degrees Celsius difference.
    * To compare two thermometers you must accept a difference of 4 degrees Celsius and they have to be located in the exact same spot under the same conditions.

    Ventus FAQ
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,275
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Acho que 2º de diferença é aceitável..não estamos a falar de estações profissionais que custam mais de 2000€, uma estação amadora é uma estação para ter uma aproximação dos valores, se queres ter valores reais, vais ter que desenbolsar e bem..

    Mesmo a Davis publicou um artigo sobre Radiation Shields em que fazem comparação dos seus RS com o de outras marcas, pelos testes demonstraram que os seus RS tem uma menor taxa de erro, mas não são "perfeitos" por isso tb há uma margem de erro (menor do que a Auriol, certamente :) )

    http://www.davisnet.com/news/ars_vs_c.pdf


    Convenci o autor do software WSDL a criar um protocolo genérico para micro-controladores, ou seja, podem criar a vossa própria estação (um anemómetro da Lacrosse com um sensor de humidade/temperatura da Oregon, etc) e ao programarem o micro-controlador (ex: arduino) com base no protocolo genérico, podem obter os dados no WSDL. :)

    Já estou a trabalhar no código da Auriol para ser compatível com WSDL, a grande vantagem do WSDL com a Auriol, será a comunicação directa..ao contrário do Cumulus que precisa de ter um software em background para converter os dados.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. jpproenca

    jpproenca
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2011
    Mensagens:
    126
    Local:
    Lajes do Pico - Açores
    ACERCA DO TERMO-HIGRÓMETRO DE EXTERIOR (3)
    (No seguimento do comunicado # 760 - página 51)

    COMUNICAÇÕES

    Introdução:
    Nas comunicações sem fios, a informação é normalmente compilada em pacotes contendo também indicação sobre a identidade do emissor e uma chave de validação.
    O presente comunicado limita-se a sintetizar alguns dados sobre o assunto, que vão para além do indicado no manual ou revelado pelo fabricante.

    De acordo com o manual, a comunicação para a consola é feita via rádio a 434 MHz
    Há notícia de que a portadora da comunicação é emitida a 433,920 MHz
    Nos ensaios efectuados, a recepção foi sintonizada nesta frequência.

    A comunicação é feita por telegramas com a periodicidade constante de 31 segundos e com duração aproximada de 1 segundo.
    Esta periodicidade é indiciada por indicação luminosa e foi verificada com e sem alteração de medições.

    Há notícia de que, em cada seis telegramas consecutivos, um diz respeito ao termo-higrómero e integra um conjunto de 6 comunicações digitais iguais e seguidas, cada uma composta por 36 bits com a seguinte informação:
    - Bits 1 a 8 – identificação do emissor (número aleatório escolhido no momento de colocação das pilhas e firmado pela consola aquando da pesquisa de periféricos);
    - Bit 9 – estado das pilhas;
    - Bits 10 a 12 – identificação do tipo de informação (termo-higrómetro);
    - Bits 13 a 24 – temperatura;
    - Bits 25 a 32 – humidade;
    - Bits 33 a 36 – chave de controlo para validação da comunicação ao ser recebida.

    Exemplo de uma comunicação (repetida 6 vezes num telegrama):
    1111 0010 1000 0000 1111 0110 0000 0110 1011 --» sentido da emissão (bit 1 à direita)
    Correspondente informação: Pilhas em bom estado / Temperatura 24,6 ºC / Humidade 28 %

    Alcance das comunicações:
    25 m em espaço aberto, de acordo com a informação do manual
    Em ensaio realizado no início de operação, foi confirmada comunicação estável entre um piso 1 e um piso 3 separados por um pavimento de betão armado e um de madeira.

    No caso de falha na recepção, os dados são perdidos.
    Efectuado ensaio de falha por afastamento excessivo dos aparelhos.
    Efectuado ensaio de falha por sobreposição com outra emissão na mesma frequência.

    Observações:
    As comunicações foram sintonizadas em receptor áudio com informação digital da frequência.
    Os elementos de notícia referidos foram obtidos no seguinte sítio:
    http://www.tfd.hu/tfdhu/files/wsprotocol/auriol_protocol_v20.pdf

    (Disponível na página 47 / # 692 um índice desta colecção de apontamentos.)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Agora é que reparei que essa diferença se refere à temperatura do sensor interior. Será que o sensor exterior está sob o mesmo efeito ?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. c.bernardino

    c.bernardino
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    31 Dez 2010
    Mensagens:
    654
    Local:
    Loures
    Auriol lado a lado com Davis vantage pro2.

    comparação de valores (informal)

    temperatura interior:
    auriol 21.6ºC, davis 22ºC
    valores concordantes

    temperatura exterior:
    Auriol sempre 3ºC acima do valor medido com a Davis durante o dia,
    de noite a auriol marca cerca de 1,xºC acima.
    ora a questão do RS...

    higrometro interior:
    auriol: 77% Davis 74%
    valores concordantes

    Barómetro:
    o da minha auriol não é calibrado à muito tempo,
    há uma diferença auriol / Davis de 3 mbar que é constante, se uma sobe a outra sobe.
    (indicia que a minha auriol é fiável, está é descalibrada)

    higrometro exterior:
    Auriol está louco, nasceu deprimido dá sempre 30-40%
    (a pro2 marca valores normais 60-90%)

    anemometro : nem se deve comparar... penso que os algoritmos de calculo de valor médio são diferentes, mas os valores instantaneos não diferem muito.

    Em breve darei noticias noutros tópicos, mas gostava de deixar uma mensagem ao Geiras, que já passei em privado, e que está em acordo com a do fablept:
    Nenhum instrumento te dá os valores reais, todas as medições vêm acrescidas de erros, sistemáticos ou não.

    Ninguém se deve envergonhar ou esconder os valores medidos pela auriol. Deve é compreender as limitações (RS) e tentar calibrar aferindo os valores.
    :thumbsup::thumbsup::thumbsup::thumbsup:

    cps

    bernardino
     
    #790 c.bernardino, 18 Abr 2011 às 12:24
    Última edição: 18 Abr 2011 às 12:31
  11. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra

    Muito obrigado por essa informação que me ajudou bastante. :thumbsup:
    Aproveito então para dizer que, vou continuar a reportar os dados apurados pela Auriol, mas se quiserem, tirem no máxima 1ºC à temperatura reportada por mim. Ou seja, na assinatura tenho uma mínima registada de -1.1ºC. Talvez se tivesse uma outra estação a mínima fosse de -2ºC. Apurando a grande eficácia do meu RS que já me foi permitido verificar, a minha máxima até ao momento foi de 31.7ºC. Quem quiser poderá subtrair a esse valor 1.0ºC, visto que consegui descobrir que o erro máxima é de 1.0ºC. :thumbsup: Interessante é eu já ter tido a mesma temperatura no sensor externo e na consola e também comparando com um termo de mercúrio... Por isso é que vou continuar a reportar a temperatura apurada pela Auriol em que o erro varia 1ºC.

    Em relação ao anemómetro acho que os dados comparando com no mínimo 2 estações mas que estão a mais de 10km daqui, uma delas dá valor muito superiores, a outra dá valores muito semelhantes. Mas isso tudo depende de localidade para localidade e da sua orografia.

    O pluviometro podem confiar nos meus dados pois já procedi à sua calibração manualmente com vários testes gota a gota :thumbsup:

    Cumprimentos, Geiras
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Já agora, pode depois informar também sobre os dados de ambos os pluviometros?
    A também da diferença entre as rajadas.
    Obrigado
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. c.bernardino

    c.bernardino
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    31 Dez 2010
    Mensagens:
    654
    Local:
    Loures
    O meu pluviometro aurioliano...:pray::sad: morreu. apesar de ainda mandar uns bits de vez em quando . snif.
     
  14. fhff

    fhff
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Jan 2010
    Mensagens:
    701
    Local:
    Merceana, Alenquer / Nafarros, Sintra
    O meu também já andou, por duas vezes, moribundo. Retirar e voltar a por as pilhas, seguido de channel search resultou. Quais os sintomas do teu?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. c.bernardino

    c.bernardino
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    31 Dez 2010
    Mensagens:
    654
    Local:
    Loures
    para ser honesto nem me dei ao trabalho e (despesa) de lhe meter pilhas novas :P porque chegou uma nova estação.

    os sintomas era não enviar os dados, e por vezes envia o total de contagem e tem 320mm nesse dia. lol

    bernardino
     

Partilhar esta Página