Ciclogénese explosiva - Depressão "Gong" - 19 de janeiro de 2013

Gil_Algarvio

Nimbostratus
Registo
23 Mar 2009
Mensagens
1,772
Local
Manta Rota - Algarve
Definição cientifica de ciclogénese explosiva referida por Marcelo Fragoso (Geógrafo Físico e professor auxiliar do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, Universidade de Lisboa - Investigador do Centro de Estudos Geográficos). Tendo em contra outros autores também.

"O conceito de ciclogénese explosiva, estabelecido por SANDERS e GYAKUM (1980), tem vindo a ser aplicado por diferentes autores (BOSART e LIN, 1984; ROGERS e BOSART, 1986; UCCELLINI et al, 1984; ROGERS e BOSART, 1991; GYAKUM, 1991), para classificar uma categoria particular de depressões extra-tropicais, notáveis pela sua intensidade ciclónica, que se poderá traduzir em elevada vorticidade nas baixas camadas e taxas de aprofundamento na ordem de 24 hPa/dia (1 “bergeron”) ou superiores. Embora este tipo de evoluções tenha sido descrito e bastante estudado nas regiões da Costa Leste dos Estudos Unidos, são igualmente conhecidos eventos semelhantes respeitantes à Europa Ocidental, como os que sucederam em França, em Dezembro de 1999. Estas depressões descritas como pertencentes ao tipo bomba “ocorrem mais frequentemente sobre o oceano, durante o Inverno, a jusante de vales em altitude (móveis e difluentes), sob ou no lado polar de uma corrrente de jacto” (BLUESTEIN, 1993, p.119).
Apesar da diversidade de condições que poderão anteceder este tipo de evoluções ciclogenéticas, as conclusões dos estudos realizados sobre as condições precursoras dos eventos do tipo “bomb” convergem na importância associada, no contexto de escala sinóptica, à existência de uma interação entre uma perturbação ciclónica pré-existente, aos níveis baixos, com um vale depressionário que se estabelece e aprofunda na alta e média troposfera (ROGERS e BOSART, 1986 e 1991; GYAKUM, 1991)."

Fonte: Fragoso M (2004) O contexto atmosférico dos episódios de precipitações intensas no sul de Portugal. Centro de Estudos Geográficos. Área da Geografia Física e Ambiente. Relatório 39.
 

kelinha

Cumulus
Registo
26 Jan 2009
Mensagens
203
Local
London, UK | Pombal, PT
Boa tarde. Por forma a accionar um seguro da casa, questionaram-me sobre qual a velocidade do vento no Meco no dia 19/01 - dia de verdadeiro vendaval! Conseguem indicar-me onde posso obter esta informação bem como imagens de eventos ocorridos (árvores caídas e outros) na zona do Meco - Sesimbra? Obrigada.

Olá. No ano passado tive de ativar o seguro da casa, não por causa do vento, mas por causa da trovoada, porque caiu um raio num recetor da PT a 200m de minha e estoirou-me os eletrodomésticos e as fichas elétricas todas de casa.

Na altura, mandaram a minha mãe dirigir-se à Junta de Freguesia, porque eles tinham de ter esses registos. Só que depois o seguro empurrava a responsabilidade para a PT, a PT para o seguro, enfim. Acabou a minha mãe por assumir a despesa, para não ter mais chatices.

Mas experimente ir à Junta de Freguesia e perguntar se eles terão algum registo dos dados do vendaval. Eles próprios devem ter feito um levantamento, devido aos danos que têm de ser assumidos pela Junta...

EDIT: Finalmente fez-se luz, há cerca de uma hora atrás! Mas só graças a vários geradores que a EDP andou a colocar em vários pontos da freguesia, para fornecer energia às casas. Os cabos ainda andam espalhados pelo chão, e não conseguem fazer uma previsão de quando irão repor todos. Os cabos da PT também andam ainda espalhados, pelo que ainda não há telefone. Mas já há rede de telemóvel, voltou hoje à tarde! :)
 

Lousano

Cumulonimbus
Registo
12 Out 2008
Mensagens
3,635
Local
Lousã/Casais do Baleal
Olá. No ano passado tive de ativar o seguro da casa, não por causa do vento, mas por causa da trovoada, porque caiu um raio num recetor da PT a 200m de minha e estoirou-me os eletrodomésticos e as fichas elétricas todas de casa.

Na altura, mandaram a minha mãe dirigir-se à Junta de Freguesia, porque eles tinham de ter esses registos. Só que depois o seguro empurrava a responsabilidade para a PT, a PT para o seguro, enfim. Acabou a minha mãe por assumir a despesa, para não ter mais chatices.

Mas experimente ir à Junta de Freguesia e perguntar se eles terão algum registo dos dados do vendaval. Eles próprios devem ter feito um levantamento, devido aos danos que têm de ser assumidos pela Junta...

No teu caso, geralmente um seguro de recheio (dependente das exclusões ou clausulas)cobre os danos provocados por acção de trovoada.
Apenas exigem um documento do fornecedor de energia (no nosso caso EDP) como não se tratou de um caso de negligência ou erro deles (sobrecarga por reparação).
 

kelinha

Cumulus
Registo
26 Jan 2009
Mensagens
203
Local
London, UK | Pombal, PT
No teu caso, geralmente um seguro de recheio (dependente das exclusões ou clausulas)cobre os danos provocados por acção de trovoada.
Apenas exigem um documento do fornecedor de energia (no nosso caso EDP) como não se tratou de um caso de negligência ou erro deles (sobrecarga por reparação).

Sim, o seguro cobria isso, por isso é que eles pediram para irmos à junta pedir um registo das descargas elétricas na freguesia (?), com data e hora, já nem sei... Mas pronto, isso ficou em águas de bacalhau, como se costuma dizer :) Agora já foi!

Boa sorte é para aqueles que precisam agora de accionar seguros!
 

Pisfip

Cumulus
Registo
8 Fev 2008
Mensagens
244
Local
Batalha, Leiria
Deste lado, ainda não há rede vodafone. Logo, está comprometido o uso de telemóvel e de internet.
Está mesmo bom para apanhar a lenha e os troncos nos pinhais, embora seja já uma corrida perigosa porque a GNR anda em cima deles :D
 

romeupaz

Cumulus
Registo
5 Set 2008
Mensagens
418
Local
Leiria (76 m)
Imprensa Leiria
wp000242.jpg

wp000246e.jpg

wp000247.jpg

wp000248k.jpg

wp000249p.jpg

wp000250x.jpg
 

Brigantia

Cumulonimbus
Registo
20 Jan 2007
Mensagens
2,204
Local
Norte de Portugal
Boas,

Regressei à Nazaré na Terça mas só ontem à noite é que a EDP conseguiu restabelecer a normalidade na minha zona.

Aquilo que encontrei nesta zona é de facto terrível. A zona da Marinha Grande, Pataias e Nazaré devem ter passado um péssimo fim de semana.

Já tenho alguns registos da destruição na Nazaré mas deixo aqui um vídeio da Nazaré TV que mostra muito melhor a violencia do evento.



Que não se repita.
Um abraço para todos os afectados pelo evento.


Deixo ainda uma pergunta. Quando se lança um alerta vermelho não se devia determinar o fecho de todas as lojas nas zonas mais expostas como a marginal?
 
Editado por um moderador: