Construir um sismómetro

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Quando tiver mais tempo, vou ver se me informo mais sobre o assunto e se faço para aqui umas experiências.

Um acelarómetro acoplado a um oscilador mecânico ou semelhantes, deverá produzir um bom resultado...
O problema é a certificação de funcionamento, pois pois ele regista, mas será complicado quantificar o que ele regista.


Quando tiver tempo e acabar o "satélite" tenho de começar a ler sobre este tema ;)
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,383
Local
Ponta Delgada - Açores
Boas.

Um acelerómetro acoplado, terá o problema dos fios..vão criar alguma tensão e provocar movimentos desnecessários e claro que qualquer coisa que oscile tem que ter damping. Alguns sistemas pessoais usam Led´s como alternativa à bobine de cobre+iman.

Sismometros profissionais usam muitas vezes um sistema "force feedback" de forma a extender o período natural..é uma técnica que vale a pena investir para quem tem conhecimento de electrónica e com acesso a material de corte de precisão.

Sobre o que regista é muito fácil, sugiro que o output do microcontrolador seja em ASCII para puderes trabalhar com o software AmaSeis, a partir daí..verificas a resposta do sensor usando spectrum, aplicas os filtros para extrair alguns movimentos.

Ontem houve um sismo de M2.9 a 200km, nenhum sensor registou. E às 23:53(utc), registei qualquer coisa nos dois sensores..acho que é um sismo de reduzida magnitude, mas não consigo confirmar.
A ideia é deixar o sensor "homemade" na minha casa (vai precisar de manutenção de vez em quando) e instalar o comercial noutro local..mas estou à espera de confirmação com alguns sismos, para ver como se comporta.
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,383
Local
Ponta Delgada - Açores
Bem, o sensor funciona:)

Sismo Ml2.5, +-95km de distância:
Sensor vertical
25formigas19032013.png

Sensor comercial
25formigas19032013l4.png



O único problema, é que não consigo encontrar a onda P no sensor vertical, garantidamente que está misturado com o ruído. Ainda há muita coisa a melhorar, mas é sempre bom uma confirmação :)
 

*Dave*

Nimbostratus
Registo
29 Jun 2008
Mensagens
1,912
Local
ASM (Idanha-a-Nova) - Covilhã
Oias...

Vocês estão a usar sensores de efeito de hall para detectar o movimento de um íman?

Estou aqui com uma teoria... já vêm alguns sensores a caminho.

A ideia é ter um pêndulo com um íman na ponta, dentro de um tubo de PVC e detectar movimentos no pêndulo.

Vocês estão a usar algum método semelhante? Ou usam somente geofonos?

:thumbsup:
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,383
Local
Ponta Delgada - Açores
Oias...

Vocês estão a usar sensores de efeito de hall para detectar o movimento de um íman?

Estou aqui com uma teoria... já vêm alguns sensores a caminho.

A ideia é ter um pêndulo com um íman na ponta, dentro de um tubo de PVC e detectar movimentos no pêndulo.

Vocês estão a usar algum método semelhante? Ou usam somente geofonos?

:thumbsup:

Boas Dave.

Desculpa lá a resposta com um mês de atraso:unsure:

O exemplo do tubo de PVC que mostrei uns posts atrás é mesmo isso, só que em vez do pêndulo tem uma mola. A diferença entre um pêndulo e a mola, é que o pêndulo irá detectar movimentos horizontais e a mola movimentos verticais.

Pessoalmente prefiro sensores verticais (quando se fala em sensores verticais, é que detectam movimentos verticais)..mas o problema do meu sensor, é que a mola nunca está estável, isto porque carece de um bom sistema damping.

Sensores horizontais são mais fáceis de contruir, já vi muitos exemplos que com um simples arame com um peso no fim, consegue obter resultados. Vou continuar a investir no sensor vertical, mas se não conseguir obter bons resultados, vou experimentar em substituir a mola por um arame..esta semana devo modificar o meu sensor, depois tiro umas fotos do sistema por dentro.
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,383
Local
Ponta Delgada - Açores
À uns tempos atrás quando tentei pela primeira vez construir um geofono vertical (sem grande sucesso) procurei formas de provocar movimentos com frequências semelhantes a sismos, para verificar a resposta do sensor e comparar com outros geofonos que tenho, a melhor forma para fazer isto é usando uma "shake table", mas é complicado construir uma. Mas depois lembrei-me deste vídeo...

https://www.youtube.com/watch?v=PAf3p9otexI

A frequência que pretendia era à volta de 0.05Hz e teria que ser um subwoofer já de dimensões astronómicas, mas lá peguei num subwoofer de 12cm velho e comecei a fazer experiências com ondas sinusóides a baixas frequências encostado a um geofono de 4.5Hz..reparei que em frequências >5Hz facilmente conseguia provocar ondas sinusóides (com amplitudes muito pequenas), mas por alguns instantes e usando diferentes "tweeks" no audacity consegui por o subwoofer a fazer um ruído longo (ar a passar pelo elemento ?) que correspondia à onda sinusóide a 0.05Hz (5s), consegui registar com o geofono isto..

4_5hz_5s.png


Muito longe de ser uma onda sinusóide perfeita mas acho que o princípio está lá, mas acho que com um bom subwoofer consegue-se resultados interessantes :)

Agora não tenham ideias de fazer máquinas de provocar sismos com subwoofers, como fez um americano à umas décadas atrás numa tentativa de criar uma arma:confused:
 
  • Gosto
Reactions: CptRena