Episódio Sísmico nas Furnas

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,388
Local
Ponta Delgada - Açores
Que tipo de "bolhinhas"?
Se forem "bolhinhas" como El Hierro, já tivemos a Serreta à 15 anos que foi uma erupção parecida com o El Hierro. Esta actividade sísmica está a ocorrer em terra, na zona central da ilha.."bolhinhas" nas Furnas há em diversos sitios, é a zona dos Açores com mais vulcanismo secundário.
 

Zé Carapau

Cirrus
Registo
23 Mai 2014
Mensagens
46
Local
Galamares
Será inevitável uma futura erupção em São Miguel, mas creio que não será por esta "crise" sísmica, recordo-me de há uns anos, creio que foi em 2006, estive 3 semanas em Água de Pau, há data existia muita actividade, numa noite senti mais de 10 sismos, foi uma semana muito complicada e, devo de confesar algo assustadora, passados quase 10 anos, nada aconteceu.
 

vamm

Cumulonimbus
Registo
26 Set 2014
Mensagens
2,149
Local
Ourique
Que tipo de "bolhinhas"?
Se forem "bolhinhas" como El Hierro, já tivemos a Serreta à 15 anos que foi uma erupção parecida com o El Hierro. Esta actividade sísmica está a ocorrer em terra, na zona central da ilha.."bolhinhas" nas Furnas há em diversos sitios, é a zona dos Açores com mais vulcanismo secundário.
Das vermelhas :D

Mas isso nas caldeiras não fazem verificações das temperaturas, etc.? Se fosse mais do que sismos, não existiria mudanças nisso?
 

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,388
Local
Ponta Delgada - Açores
Devem fazer de certeza, e provavelmente neste período de maior sismicidade devem fazer mais regularmente. Tb existem estações de GPS, de CO2 (provavelmente não tantas como o CVARG gostaria). Não sou a pessoa mais indicada para falar de vulcanologia, mas acho que sismos mesmo de origem tectónica podem provocar alterações nas caldeiras, isto porque um sismo causa sempre alterações geológicas.

Aí à uns tempos tive a ideia de colocarem uns quantos sensores de temperatura enterrados à volta de um vulcão, a uma profundidade onde existe menos alterações (dia/noite), e monitorizava-se a temperatura da câmara magmática, em alturas que um vulcão entrasse num estado de "unrest" com deformação e sismicidade, verificava-se se alguns dos sensores tinha alterações de temperatura. E se o vulcão entrasse num estado de pre erupção, podia-se verificar qual o sensor com maior alteração, significando que o magma estaria dirigir-se para esse local e muito provavelmente iria entrar em erupção nesse local. A ideia não é medir a temperatura, mas sim monitorizar alterações.
Não sei se isto iria resultar, pois não tenho conhecimentos (de física) para desenvolver a teoria.. Isto são ideias que uma pessoa tem no café do zé, valem pela conversa :)
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

Wessel1985

Nimbostratus
Registo
21 Set 2013
Mensagens
1,389
Local
Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
Mais um comunicado ...

10430427_798407973561675_7361830956979639911_n.jpg


Confirma-se que a mudança no título não foi lapso já que continuam com o mesmo título desde o comunicado em que mudaram para "Actividade no Vulcão das Furnas" ... Sigamos os próximos capítulos desta actividade que já dura há sensivelmente uma semana ...
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

AzoresPower

Cumulus
Registo
17 Set 2013
Mensagens
460
Local
Angra do Heroísmo
Pois, essa mudança de título leva-me a crer que é uma crise sísmica de origem vulcânica e não tectnónica.

O CIVISA podia esclarecer isso, não querem 'assustar' a população, mas acho que já merecia alguma explicação. Vivendo numa zona vulcânica e com atividade sísmica constante, o povo devia ser melhor informado em relação a esta situação.
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
Não se trata de assustar a população, mas sim informar e manter as pessoas da ilha ao corrente do que se está passando.
Em outros locais do mundo igualmente propensos a actividade vulcânica, as entidades competentes por norma não costumam "iludir" o povo para estas coisas. Estão à espera que o Vulcão acorde para depois tentarem evacuar a ilha quando nem existem planos de salvamento a esse nível?
Ou melhor, o existir eles até existem, só que ninguém faz caso.
Quem vive nos Açores arrisca se de tempos a tempos a ter de passar por situações destas, só que as pessoas preferem fingir que está tudo bem e que as desgraças só acontecem na terra dos outros.
Vivemos em cima de magma incandescente, e as Furnas e área envolvente são uma autêntica panela de pressão prestes a arrebentar a qualquer momento.
É lamentável que só agora mudem o título.
Enfim,... com bananas e bolos se enganam os tolos!
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
Será inevitável uma futura erupção em São Miguel, mas creio que não será por esta "crise" sísmica, recordo-me de há uns anos, creio que foi em 2006, estive 3 semanas em Água de Pau, há data existia muita actividade, numa noite senti mais de 10 sismos, foi uma semana muito complicada e, devo de confesar algo assustadora, passados quase 10 anos, nada aconteceu.

Isso é tão certo como 2 e 2 são 4.
Desde o início do povoamento de S. Miguel, há registo de pelo menos 8 erupções vulcânicas em terra e quatro no mar.

Posso até adiantar que a zona oeste da ilha (onde hoje se situa a grande caldeira das sete cidades), era um pico muito alto (o mais alto da ilha), mas em 1444 quando as caravelas do infante aqui chegaram vindas do continente, já não encontraram a tal grande montanha, mas sim muita pedra pomes e muitos troncos de árvores pelo mar, fruto da violenta explosão que ali houve enquanto a ilha estava desabitada.
É preciso ver uma coisa: As ilhas dos Açores nasceram da lava, e assim como foram criadas, também podem ser destruídas pelas mesmas forças que as criaram.

2015_01_11_1332.png
[/url]





 

vamm

Cumulonimbus
Registo
26 Set 2014
Mensagens
2,149
Local
Ourique
Tinha na minha ideia que quem vive nos Açores sabe que a qualquer momento as coisas podem mudar. Pelo menos acho que se eu morasse num sítio "de risco", digamos assim, estaria sempre atenta a essas coisas.
 

vamm

Cumulonimbus
Registo
26 Set 2014
Mensagens
2,149
Local
Ourique
Isso é tão certo como 2 e 2 são 4.
Desde o início do povoamento de S. Miguel, há registo de pelo menos 8 erupções vulcânicas em terra e quatro no mar.

Posso até adiantar que a zona oeste da ilha (onde hoje se situa a grande caldeira das sete cidades), era um pico muito alto (o mais alto da ilha), mas em 1444 quando as caravelas do infante aqui chegaram vindas do continente, já não encontraram a tal grande montanha, mas sim muita pedra pomes e muitos troncos de árvores pelo mar, fruto da violenta explosão que ali houve enquanto a ilha estava desabitada.
É preciso ver uma coisa: As ilhas dos Açores nasceram da lava, e assim como foram criadas, também podem ser destruídas pelas mesmas forças que as criaram.

2015_01_11_1332.png
[/url]






O que a natureza dá, também tira quando quer :)
 

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
Tinha na minha ideia que quem vive nos Açores sabe que a qualquer momento as coisas podem mudar. Pelo menos acho que se eu morasse num sítio "de risco", digamos assim, estaria sempre atenta a essas coisas.

As entidades como o CIVISA ou SRPCBA, geralmente não têm (ou quase nunca tiveram que me lembre) diálogo construtivo ou educativo algum com a população para falar como deve ser acerca deste assunto. Falar aqui numa eventual erupção vulcânica para algumas pessoas da politica e da sociedade açorianas é ainda tabu.
Toda a gente enterra a cabeça na areia e passam a vida brincando ao "faz de conta" , preferindo fingir nem falar acerca disso. Mas a população local já está bastante familiarizada com estas coisas.
Há pessoas que têm as suas casas e bombas de gasolina construídas em cima de fumarolas. Toda a gente sabe que eventualmente um dia poderá acontecer alguma coisa, mas se fossemos a pensar todos os dias nisso não fazíamos as nossas vidas. As pessoas por aqui aprenderam a lidar com esses fenómenos quase que diariamente. O grande problema aqui a meu ver é a falta de profissionalismo do CIVISA com a população destas ilhas, porque parece que brincam com fogo, escondendo a informação, ou então não contando toda a verdade por completo. Há sempre algo ou alguma coisa que nunca contam como deve de ser, e eu como açoriano e vivendo numa ilha que ainda por cima é sismica e vulcanicamente muito activa, acho que tenho (bem como todos os meus conterrâneos) o direito de estarmos mais sensibilizados e educados para o que se passa, tal como fazem na Islândia, nos Estados Unidos, Nova Zelândia ou em Itália com o Monte Vesúvio.
É que se houver algo (como já aconteceu por diversas vezes no passado), só temos o mar á nossa volta como escapatória, porque as ilhas mais próximas (Terceira, Santa Maria e Pico) ainda ficam uns bons kms de distância...
 
  • Gosto
Reactions: Wessel1985

vamm

Cumulonimbus
Registo
26 Set 2014
Mensagens
2,149
Local
Ourique
As entidades como o CIVISA ou SRPCBA, geralmente não têm (ou quase nunca tiveram que me lembre) diálogo construtivo ou educativo algum com a população para falar como deve ser acerca deste assunto. Falar aqui numa eventual erupção vulcânica para algumas pessoas da politica e da sociedade açorianas é ainda tabu.
Toda a gente enterra a cabeça na areia e passam a vida brincando ao "faz de conta" , preferindo fingir nem falar acerca disso. Mas a população local já está bastante familiarizada com estas coisas.
Há pessoas que têm as suas casas e bombas de gasolina construídas em cima de fumarolas. Toda a gente sabe que eventualmente um dia poderá acontecer alguma coisa, mas se fossemos a pensar todos os dias nisso não fazíamos as nossas vidas. As pessoas por aqui aprenderam a lidar com esses fenómenos quase que diariamente. O grande problema aqui a meu ver é a falta de profissionalismo do CIVISA com a população destas ilhas, porque parece que brincam com fogo, escondendo a informação, ou então não contando toda a verdade por completo. Há sempre algo ou alguma coisa que nunca contam como deve de ser, e eu como açoriano e vivendo numa ilha que ainda por cima é sismica e vulcanicamente muito activa, acho que tenho (bem como todos os meus conterrâneos) o direito de estarmos mais sensibilizados e educados para o que se passa, tal como fazem na Islândia, nos Estados Unidos, Nova Zelândia ou em Itália com o Monte Vesúvio.
É que se houver algo (como já aconteceu por diversas vezes no passado), só temos o mar á nossa volta como escapatória, porque as ilhas mais próximas (Terceira, Santa Maria e Pico) ainda ficam uns bons kms de distância...

Isso é certo, quem aí vive sabe bem onde mora e só têm é que seguir a sua vidinha na mesma. Eu julgava é que havia isso mesmo, alguma entidade que esclarece-se a população quanto a um possível plano de fuga ou quanto a simples medidas de segurança. Mas sendo assim é o mesmo que estar às escuras :unsure:
 
  • Gosto
Reactions: Wessel1985

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,388
Local
Ponta Delgada - Açores
Freedom A única informação oficial sobre o que fazer em caso de uma erupção:
http://www.prociv.azores.gov.pt/?pagina=riscos&subPagina=erupcoes

Concordo contigo @Azor, é preciso educar as pessoas sobre estas situações, mas a verdade é que a maioria das pessoas não liga..pois "nunca" irá acontecer nada. Apesar de que hoje em dia consegue-se perceber muito melhor o comportamento de um vulcão, ainda há surpresa desagradáveis, como a erupção do ano passado no vulcão do Japão, em que num dia começou a ocorrer actividade sísmica (não muito intensa) e entrou em erupção no dia seguir.

Para quem tiver curiosidade, deixo aqui o código de alerta vulcânico do CVARG (Fonte: Waybackmachine - CVARG)..
alerta_vulcanico_cvarg.png


O problema das Furnas, é que quando ocorre uma erupção, é em grande..o magma (estima-se que a câmara magmática do vulcão das Furnas está a uma profundidade de 4km) tem um teor muito alto de sílica que o torna muito explosivo, a última erupção de 1630 estima-se que foi VEI5..

Mas até agora não temos nada que indique isto tenho origem vulcânica e que possa desenvolver para algo mais, e apesar de continuar a ocorrer sismicidade na zona, o número de sismos de magnitude >ML1.0 diminuiu ao longo dos dias..
 

Zé Carapau

Cirrus
Registo
23 Mai 2014
Mensagens
46
Local
Galamares
Compreendo de todo a preocupação que o Azor tem, porque uma erupção não é brincadeira nenhuma.
Infelizmente entidades como o IPMA, CIVISA e Protecção civil, são apenas entidades sugadoras de dinheiro dos contribuintes, que já verificamos por diversas vezes, que de servem muito pouco a sociedade
Sei que utilizei palavras fortes, mas é a verdade, e no dia que aconteça uma erupção ou um sismo de maior intensidade irão concordar comigo ( basta analisar os incêndios florestais, que por respeito ás vitimas de eventos recentes não em irei alongar)
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
15,203
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)

Se estes são efectivamente os eventos vulcânicos historicamente mais recentes e com consequências ao nível das populações, então estou preocupado, porque já lá vão quase quatro séculos sem actividade vulcânica significativa em S.Miguel e, pelos registos, durante dois séculos após a sua descoberta houve muita actividade. Só não sabemos quanto tempo terá durado o último período de repouso antes da descoberta das ilhas. Os estudos sobre os referidos episódios curtos durante os últimos 5000 anos adiantarão uma cronologia útil para esta recorrência de actividade?
http://w3.ualg.pt/~rrocha/cat.htm
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: vamm e Wessel1985