Furacão LESLIE (Atlântico 2018 #AL13)

Dematos

Cumulus
Registo
2 Jan 2014
Mensagens
383
Local
Louriçal - Pombal (40m)
OpDxIKm.jpg

Mais uns estragos do Leslie!!
 

dahon

Nimbostratus
Registo
1 Mar 2009
Mensagens
1,646
Local
Viseu(530m)
OpDxIKm.jpg

Mais uns estragos do Leslie!!
Tens a certeza que os estragos desta foto são referentes a esta tempestade?

É que essas torres são de muito alta tensão, e pela foto até parecem linhas de 400kV e eu não me lembro de a REN reportar estragos na rede de transporte.

Além disso para provocar esses estragos as rajadas de vento teriam de ser muito superiores a 200Km/h.
 

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,291
Local
Portalegre (400m)
Tens a certeza que os estragos desta foto são referentes a esta tempestade?

É que essas torres são de muito alta tensão, e pela foto até parecem linhas de 400kV e eu não me lembro de a REN reportar estragos na rede de transporte.

Além disso para provocar esses estragos as rajadas de vento teriam de ser muito superiores a 200Km/h.
Há mais fotos assim, inclusive tiradas pela EDP nas notícias dos 2 dias seguintes à tempestade. Sim, é provável que tenham havido rajadas de 200 km/h ou superiores porque há muito que se diga sobre um sting jet, já foi sorte a estação da Figueira reportar os 174 km/h.
 

dahon

Nimbostratus
Registo
1 Mar 2009
Mensagens
1,646
Local
Viseu(530m)
Há mais fotos assim, inclusive tiradas pela EDP nas notícias dos 2 dias seguintes à tempestade. Sim, é provável que tenham havido rajadas de 200 km/h ou superiores porque há muito que se diga sobre um sting jet, já foi sorte a estação da Figueira reportar os 174 km/h.
Certo. Isso eu também vi. Mas essas torres são das linhas de 60kV da rede de distribuição EDP. As que aparecem na foto são muito maiores, pois são da rede de transporte REN. A mim parecem torres das linhas de 400kV. Aliás seriam as linhas de saída do que parece ao fundo da foto uma central termo- eléctrica.
 
Registo
18 Dez 2007
Mensagens
24
Local
Figueira da Foz
Podes dizer qual é o local?


Estrada que vai de Castela para o Alqueidão ( margem sul do Mondego, vê-se a Central de Lares em fundo ). Passei lá às 9 da manhã de bicicleta. É exactamente isso que se vê, além de muitos outros impactos em árvores. Exemplo: uma "plantação" de choupos, todos partidos a cerca de 1 metro da base. E sim, concordo que em muitos sítios, as rajadas tenham chegado e ultrapassado os 200 kms/h. A rajada "histórica" de 176 kms/h foi registada em Vila Verde, um pequeno ponto - e não dos mais expostos - na extensão total da área atingida.
 

dahon

Nimbostratus
Registo
1 Mar 2009
Mensagens
1,646
Local
Viseu(530m)
Estrada que vai de Castela para o Alqueidão ( margem sul do Mondego, vê-se a Central de Lares em fundo ). Passei lá às 9 da manhã de bicicleta. É exactamente isso que se vê, além de muitos outros impactos em árvores. Exemplo: uma "plantação" de choupos, todos partidos a cerca de 1 metro da base. E sim, concordo que em muitos sítios, as rajadas tenham chegado e ultrapassado os 200 kms/h. A rajada "histórica" de 176 kms/h foi registada em Vila Verde, um pequeno ponto - e não dos mais expostos - na extensão total da área atingida.

Nesse caso isto já é revelador da possível intensidade do vento. Digamos que os 176 km/h estão muito abaixo da realidade em certos locais do distrito de Coimbra.
 

Scan_Ferr

Nimbostratus
Registo
8 Ago 2010
Mensagens
1,262
Local
Maceda (Ovar)
Tens a certeza que os estragos desta foto são referentes a esta tempestade?

É que essas torres são de muito alta tensão, e pela foto até parecem linhas de 400kV e eu não me lembro de a REN reportar estragos na rede de transporte.

Além disso para provocar esses estragos as rajadas de vento teriam de ser muito superiores a 200Km/h.
Sim, são apoios da REN e de 400kV.
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,105
Local
Belas
Reportagem a dar agora na RTP1: Linha da Frente.

Dá para ver o nível extremo dos estragos, não só materiais mas também emocionais, na região litoral centro, muito graves. Com certeza, a pior tempestade na região.

Imagino que o IPMA esteja a fazer um relatório extenso.