Horas de insolação VS precipitação-Nova ciência:Socio-meteorologia

Tópico em 'Meteorologia Geral' iniciado por SocioMeteo 25 Fev 2010 às 13:59.

  1. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    O que procurei aqui demonstrar no meu Post e a forte convicção que tenho que em no Litoral português julgo não se deverá ignorar a influencia das Massas de ar provenientes do Atlântico no nosso clima, obviamente que não questiono as definições das tipologias climatéricas e os modelos científicos existentes(Köppen ), sei perfeitamente que os factores que definem um clima Mediterrâneo:
    Precipitação- Estação seca 3 meses secos/ com precipitação Media anual volta dos 500mm; máximo 800 mm
    Temperatura:com menos de 4 meses no ano com temperatura media de 10º e com Verões com temperaturas medias superiores aos 22º

    Sei objectivamente que o clima da cidade de Lisboa se insere no clima Mediterrâneo, mas também sei objectivamente que os normativos climáticos definem que Lisboa tem uma precipitação bem superior a 500mm e que em muitos anos e anos com frequência supera os 800 mm e que são menores os anos em que chove menos de 500 mm anuais.

    Julgo que Portugal está inserido geograficamente numa zona muito rica do ponto vista climático e foi nesse sentido que comparei Lisboa com Atenas, foi uma tentativa de tentar demonstrar aqui no meu entender que Atenas tem muitos mais pre-requisitos de clima mediterrâneo que propriamente Lisboa e demonstrar que a nos geograficamente junto ao Oceano Atlântico que influencia e determina o nosso clima mas não é por estarmos juntos ao Oceano Atlântico que somos isto ou aquilo, mas sim pelas massas de ar as baixas pressões que estamos sujeitos devido a proximidade e progressiva exposição que temos a essas massas de ar. e reparem Lisboa está a uns escassos 150 Kms de Leiria/Pombal região que eu ai já poucas duvidas tenho da serra de Montejunto para cima o clima muda e a partir dai julgo que a influencia atlântica já é mesmo significativa e ai entre Leiria e o Porto estamos de facto numa região de clima de transição.

    O que eu quero dizer é que no meu entender e aqui entra o aspecto mais cultural e social na memoria colectiva e social, associa-se muito o clima português a um clima ameno relativamente quente(Julgo que isto acontece devido á descoberta do Algarve por parte dos Ingleses nos anos 70), ignorando no meu entender mais de metade do território sujeito a uma influencia atlântica, e sim a precipitação é um factor que eu acho determinante. reparem em Atenas,Sul de Espanha,Sul de Italia chove 300-500 mm ano, quer dizer em Lisboa chove 700 mm por alguma razão é certo? Falo de Lisboa porque por exemplo se formos pesquisar os normativos climáticos de Leiria por exemplo vamos ter umas belas surpresas quer a nível de temperatura( perto dos 4 meses com temperaturas medias inferiores a 10º), precipitação no Verão frequente, já para não falar no Litoral Norte português de Aveiro para cima pois ai são claros que são mais os pontos que aproximam essa região de um clima Oceânico/ atlântico( temperatura media no Verão inferior a 22º graus/ forte probabilidade de 4,5 meses com temperaturas medias abaixo dos 10º; grande probabilidade de chuva durante os 2,3 meses secos) de um clima mediterrâneo.

    Apesar de aceitar obviamente que aceito quem sou eu para por em causa a ciência, ainda por cima uma ciência onde não passo de um curioso, obviamente que Lisboa tem um clima Mediterrâneo continuou achar e não me convenço do contrario porque conheço o meu pais que a influencia atlântica no nosso clima é no meu entender um pouco ignorada. Reparem a região do Oeste inserida na Grande Lisboa, basta vermos a flora e fauna da região entre Mafra-Leiria, própria serra de Sintra, para notarmos uma forte marca atlântica.

    Falou-se aqui também na neve, existem factos/suposições/opiniões curiosas a esse respeito,por exemplo a Serra de Montejunto tinha uma fabrica do Gelo ate ao século passado conhecida como a fabrica da Neve, por exemplo na nos filmes portugueses antigos como é a Aldeia da Roupa Branca é enunciado a queda de neve na chamada região saloia entende-se como Malveira,Loures.
    Pelo que eu pesquisei entre 1940-1950 registou-se queda de neve em Lisboa por 2 vezes em 1944 e 1945, em 1952 nevou consideravelmente durante 3 dias sem parar nevou a serio esse nevão não foi so uns flocos foi um nevão a serio, nos anos 70 nevou em Palmela Margem sul do tejo, nos anos 94,98 cairam flocos em Cascais,Mafra,Pero Pinheiro,Sintra( deu nas noticias da altura) em Jan 2006 volta a nevar na região de Lisboa e em zonas com muita intensidade Mafra e Palmela estive lá vi com os meus olhos e garanto-vos nevou e nevou e bem durante 3,4 horas, em 2007 volta a nevar no Oeste,este ano 2010 á quem diga que avistaram flocos de neve em Alverca. Enfim isto tudo somado demonstra no meu entender que apesar de ser um fenómeno meteorológico anormal poderá acontecer em Lisboa, porquê? porque quando esses fenómenos aconteceram nunca estivemos sujeitos a massas de ar frias continentais certo?!! mas sim a massas de ar frias Polares associadas a massas atlânticas húmidas... e se repararmos quando estes fenómenos acontecem em Portugal é todo o Norte Atlântico(Irlanda,Norte Espanha,Inglaterra,França) que é afectado o frio a Nortada vai por aqui abaixo e não o mediterrâneo, questão curiosa esta julgo eu?

    Julgo que se deveria reflectir um pouco sobre esta questão gostaria de deixar aberto o debate e troca de opiniões sobre este tema. :rain:
     
  2. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal

    o litoral a sul do douro tem um clima de transição entre o marítimo e o mediterraneo.... Exacto julgo que entre Serra de Montejunto e o Sul do Douro verifica-se um clima de transição se Lisboa está a 150 kms de da serra de Montejunto é natural que se note já uma marca e um cariz Atlântico no clima de Lisboa, o inverso não acontece toda a Grecia com a excepção das regiões montanhosas do Norte, apresentam um clima homogenio toda a Grecia tem um clima mediterrâneo a diversidade julgo eu ser menor repara um Ateniense tem de fazer bem mais de 150kms ou mesmo bem mais de 300 kms para encontrar outro tipologia de clima de acordo com os Modelos de Koppen so ira encontrar já na Bulgaria um clima continental, entendes? em Lisboa isso não acontece percorres 150 kms e de Lisboa já estas em Leiria. Alias eu aqui na Margem sul do tejo sinto isso, eu ate digo na Brincadeira que se quiser vou da Irlanda a Sardanha em 10 minutos, saio da Riviera Mediterrânea de Sesimbra e chego a paisagem atlântica entre o cabo espichel e a aldeia do Meco.
    Julgo que estes factores do nosso clima não deverão ser ignorados. :rain:
     
  3. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    Se em vez de usarmos a referência de 1 inverno e passarmos para vários invernos, as coisas já não devem funcionar assim.
    Aí passamos a ver alguns episódios de neve comparados com apenas 1 ( que aconteceu só após 55 anos e que mesmo assim não ocorreu em grande parte de Lisboa), temperaturas negativas mais frequentes comparadas com os valores positivos de Lisboa ( registos negativos têm décadas de distância, tanto quanto sei)... Assim sendo a coisa complica-se, digamos.
    Portanto acho pertinente não usar 1 ano como referência para expôr um assunto como este, embora tenha o seu quanto de interessante.

    Não usei so um Inverno, mas sim a constatação de um facto de acordo com os normativos climáticos, em Atenas chove entre 300-500mm ano em Lisboa entre 600-900 mm ano, os Outonos começam mais cedo os Invernos prolongam-se por mais tempo em Lisboa que em Atenas, a temperatura Media anual é mais Baixa em Lisboa que em Atenas, se os fenómenos extremos são mais notados em Atenas neste caso o frio, ai são sem duvida São massas de ar continentais, mas isso nada muda o meu raciocínio porque repara existem Regiões da Florida nos Estados Unidos onde as temperaturas podem atingir os -5 negativos e não é por essa razão que a Florida ira deixar de ter um clima Sub-tropical e mesmo tropical rodeada de uma flora e de uma fauna tropical;a razão porque em Atenas a temperatura por vezes pode descer abaixo de zero é pela mesma razão que acontece o mesmo em Berlin e não acontece na Irlanda as massas de ar são diferentes, e ai está o paralelismo que eu estou a fazer como disse o André e muito bem o Oceano Atlântico ameniza, ai está a influencia atlântica que eu quero demonstrar aqui no fórum do nosso clima + atlântica - mediterrânea






    O que tenho presenciado normalmente, é uma tendência de atribuir climas temperados marítimos a Portugal só porque este fica no Atlântico, quando estes têm uma distribuição restrita em Portugal em comparação com o resto do país.
    Um clima mediterrânico, não se mede pela quantidade de chuva que cae no inverno, mas pela que cae no verão, que além de seco deverá ser morno ou quente ( com um mínimo de 1 a 2 meses secos estivais).

    como já disse anteriormente Lisboa está a 100 kms de um clima de transição que começa na serra de Montejunto Atenas está a 800 kms; isso significa alguma coisa, obviamente que Lisboa( exemplos,Sintra,Mafra) já tem uma forte marca atlântica e essa realidade não deverá ser ignorada pelo menos eu não a ignoro






    Mais uma vez sugiro que consulte gráficos e com um período representativo mínimo de anos para obter uma amostra climática credível.

    a intenção do meu poste era apenas enunciar a influencia atlântica do nosso clima que julgo que é pouco valorizada e ate um pouco ignorada...nunca era questionar os Modelos climáticos existentes. Sim e já os consultei por diversas vezes.

    Eu reparei nessa onda de calor, mas ondas de calor em Portugal, neste último ano também não faltaram. Além de que estamos a recuperar de uma GRANDE seca!
    E em Portugal também se atingem valores de 25ºc ou mais, até em Janeiro e contudo não se deve usar esses valores para comparar com os outros países.
    Na Madeira, valores acima de 20ºc no inverno, têm sido bastante vulgares até neste inverno e ainda ninguém falou em vaga de calor lá.[/QUOTE]


    Em Portugal continental sim no mes de Janeiro 25º graus??? Possível sim em na zona do Guadiana(amareleja ou Moura) mas estas a falar de extremos climáticos, algo que acontece uma vez de 15 em 15 anos, em Lisboa é raríssimo a temperatura em Dezembro e Janeiro subir alem dos 20º graus pelos dados que consultei em 18 anos aconteceu por 5 vezes, no Porto então é quase impensável.
    Estava a falar da questão das Latitudes, e vem-me falar na Madeira??? a Madeira encontra-se numa latitude idêntica( não me apetece ir pesquisar ehhehehe) a Casablanca(+ coisa menos coisa) na Madeira existem Palmeiras produz-se Bananas e frutos tropicais o Mercado do Funchal parece um mercado tropical, não serve como exemplo eu comparei Lisboa com Atenas, quanto muito Portugal continental com a Grécia, é a mesma coisa que estarmos a dizer que o clima Espanhol é igual ao clima das Canárias onde em Las Palmas as temperaturas andam em Janeiro a volta dos 24 graus enquanto em Terruel ou em Leon estão 10 negativos enfim...


    Cumps

    :rain:
     
  4. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal

     
  5. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,678
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    A diferença na precipitação e nas horas de sol tem a ver com o tipo de sistemas que atravessam cada país.
    Lisboa, por estar à beira de um oceano, é frequentemente atingida por frentes que deixam precipitações moderadas, mas que são intercaladas por sol.
    É frequente, mesmo de inverno, termos 10 dias seguidos de sol (tempo anticiclónico). Em Atenas, a chuva fraca é mais comum. Não chegam lá frentes oceânicas. Chegam muitas vezes frentes em dissipação que trazem muita nebulosidade e pouca quantidade de chuva. Nebulosidade que chega a persistir por dias. :thumbsup:

    Quanto à neve, sou dos arredores de Lisboa, e aqui caiu bastante neve. Mas em Atenas, quando neva na cidade, os arredores ficam atolados de neve. Tal como acontece em praticamente todas as cidades. ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,904
    Local:
    Sintra


    Se está a falar de Koppen, as definições de clima mediterrânico, não são certamente essas.
    Dentro de um certo clima podem existir diversas variedades de subclimas: no clima mediterrâneo, segundo Koppen-Geiger, há pelo menos duas.





    Você veio aqui falar em temperaturas de inverno, não exclusivamente em precipitações. Além de que espero que já saiba que Lisboa e Atenas, não estão à mesma latitude e que estão em localizações bastante distintas.
    Toda a gente ( espero) sabe também que a influência atlântica aqui é maior e por isso mesmo é que os invernos aqui são amenos. O que andou a observar este inverno e deu tanto ênfase, pouco nos diz sobre a NORMA climática ( tal como alguns membros aqui do fórum vieram demonstrar com gráficos termopluviométricos que evidenciam a norma climatológica).
    Lisboa tem mais condições para ter flora tropical nos seus jardins, por isso mesmo, tem um clima mais ameno e com menos extremos.
    Florida é outro assunto, a analogia com Atenas, é por ter uns bons extremos, de resto é só mesmo essa a semelhança.








    Não, o subtipo climático ( Csb segundo Koppen-Geiger) aparece aqui mais perto, já junto a Sintra. E é bastante, natural que Atenas esteja mais longe de outro clima, pois como já lhe disse, Atenas está mais a sul, precisamente à latitude do Sul do Algarve. Se reparar do Algarve a um clima de algumas influências atlânticas ( tirando zonas de altitude ou cabos), ainda vai também uma boa distância.
    Há um porquê para tudo.









    Se tiver atento e ler os tópicos já abertos sobre o assunto, verá que a influência atlântica no nosso clima, não tem sido de forma alguma ignorada, pelo menos aqui neste fórum. É algo até alvo de interesse e paixão.
    O que acontece, é que existem regulamentos climáticos e os dados termopluviométricos obtidos num largo período de tempo, dizem-nos em que se insere região x ou y. Não há muito para teorizar sobre isto.








    Você não sabe em que intervalos de tempo isso acontece, então porque os dá?
    Extremos climáticos são apenas para a curiosidade das pessoas, pouca relevância têm para descrever um clima.




    Foi um exemplo que dei, tal como outros que você deu ( Chipre, Egipto, Israel, Florida). Mas o que acontece é que não precisei de sair do mesmo país.




    Exacto você comparou locais de latitudes diferentes ( não certamente de latitude idêntica ( Atenas-Lisboa)). É o mesmo que comparar Lisboa com Tavira ou Faro.




    Em Las Palmas, em Janeiro as temperaturas não são de 24 graus ( não é essa certamente a média ( nem sequer das máximas)), só se for num ano excepcional ( assim parecido com este), em que às vezes chega a esse valor ( não muito raro então) e Las Palmas são nas Canárias e as Canárias são em Espanha, têm tanto de clima espanhol como Teruel, que fica na Espanha continental.



    Por aqui nem passados 55 anos, vi neve alguma.
    Onde caiu neve foi no alto da Serra de Monsanto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,337
    Local:
    Bragança (675m)
    [​IMG]

    Claro que o clima de Lisboa tem mais influencia oceânica que o de Atenas. O mediterrâneo é um pequeno lago, quando comparado com o atlântico. Por ser mais pequeno, o mar Mediterrâneo, aquece bem mais no Verão e também arrefece mais no Inverno, daqui resulta uma maior amplitude térmica anual em Atenas.
    Mas existem outros locais de clima mediterrâneo também com uma grande influência oceânica como é o caso de São Francisco. Nesta localidade os verões são longos e secos, mas muito mais frescos que no litoral português.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,337
    Local:
    Bragança (675m)
    O facto de Lisboa ter o dobro da precipitação média anual de Atenas não justifica uma diferenciação climática. Também Bragança tem o dobro da precipitação de Zamora e o tipo de clima é o mesmo.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Fil

    Fil
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    3,922
    Local:
    Bragança (740 m)
    As latitudes de Lisboa e Atenas não é assim tão díspar e são perfeitamente comparáveis, 38.7ºN em Lisboa contra 38.0ºN em Atenas. O sul do Algarve está a 37ºN.
     
  10. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,904
    Local:
    Sintra
    São perfeitamente comparáveis? Ter um vasto oceano à frente ( com correntes de oeste, uppuwelling e alguma nortada) é comparável a estar a viver num mar muito mais pequeno,estéril e fechado, com montanhas a oeste e a norte, numa cidade muito maior e com níveis de poluição bem mais altos? Na latitude, eu tive a ver gráficos, em que davam 37 graus de latitude norte para Faro e Atenas, que ao que parece está claramente errado, como agora fui confirmar ( e nisso tens razão), embora Atenas continue a Sul de Beja ( segundo os dados do DAN está a 37.58ºN e não a 38.0ºN, embora mesmo a 38.0ºN, fique já no Baixo Alentejo)...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Fil

    Fil
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    3,922
    Local:
    Bragança (740 m)
    Eu só falei em latitude, e com uma diferença de 0,7º e ambas na casa dos 38º pode-se dizer que estão a latitudes idênticas e portanto nesse aspecto são comparáveis.
     
  12. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,904
    Local:
    Sintra
    Há aqui dados contraditórios, em que ficamos então?
    Eu também não sei bem qual é esse conceito de ser comparável ( sinceramente é um assunto curioso, mas que pouca relevância tem), embora eu continue a achar que o Baixo Alentejo, vai um bocado além do que é Lisboa.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Fil

    Fil
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    3,922
    Local:
    Bragança (740 m)
    Quais são os dados contraditórios?
     
  14. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,904
    Local:
    Sintra
    Estão colocados 4 posts acima.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Fil

    Fil
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    3,922
    Local:
    Bragança (740 m)
    Opá vai logo ao assunto, eu sei muito bem o que escrevi e não sei onde está a contradição.
     

Partilhar esta Página