IPMA - Novidades, dúvidas, sugestões e críticas

bandevelugo

Cumulus
Registo
3 Jan 2008
Mensagens
319
Local
Lisboa
ESTAÇÃO METEOROLÓGICA MAIS A SUL EM TERRITÓRIO NACIONAL - SELVAGEM GRANDE
2016-08-26 (IPMA)


http://www.ipma.pt/pt/media/noticia...edia/noticias/textos/aws-ilhas-selvagens.html

ncuAiqB.jpg


GhqzLZj.png

Boas,

Alguém que me possa responder a esta dúvida:

A instalação da Estação Meteorológica na Selvagem Grande é uma excelente notícia, e os responsáveis atuais do IPMA estão de parabéns. Finalmente é suprida uma lacuna que não se compreendia - gastaram-se (e bem) milhões e milhões de euros nos estudos para a ampliação da ZEE e não havia nada que nos informasse do clima de um dos vértices fundamentais do nosso território, aliás incorporado já em 1438...

Contudo, pelos vídeos que andam na net (eg. http://rr.sapo.pt/video/112407/), constatei que a estação foi montada no telhado de um edifício de apoio da reserva natural, numa escarpa voltada a oeste e quase ao nível do mar.

Mesmo tendo em consideração as modestas dimensões da ilha (com fracas "interioridade" e variação altitudinal que possam determinar situações microclimáticas bem diferenciadas), não sei até que ponto esta estação meteorológica é representativa das reais condições meteorológicas e climáticas da ilha: no futuro traduzirá certamente bem o clima da pequena localidade "portuária" onde se situa, mas não da Selvagem Grande, cuja altitude média regula pelos 100m e que tem pontos no interior a mais de 600m da linha de costa.

Imagino que a decisão relativa ao local de instalação tenha sido bem ponderada, em especial quanto às dificuldades logísticas de manutenção e operacionalidade desta estação nas condições agrestes em causa, mas com sinceridade não me parece que seja este o local mais adequado para no futuro definir o "clima da Selvagem Grande" e do seu biótopo mais característico. [Um projeto interessante era colocar outra estação de "controlo" no centro da ilha, ainda que mais rudimentar e só desse temperatura e precipitação, mesmo que temporária, mas compreendo que já seria abusar dos fundos públicos...]

Esta é só uma opinião, quiçá mal fundamentada. Alguém tem mais dados sobre o assunto?
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,249
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Boas,

Alguém que me possa responder a esta dúvida:

A instalação da Estação Meteorológica na Selvagem Grande é uma excelente notícia, e os responsáveis atuais do IPMA estão de parabéns. Finalmente é suprida uma lacuna que não se compreendia - gastaram-se (e bem) milhões e milhões de euros nos estudos para a ampliação da ZEE e não havia nada que nos informasse do clima de um dos vértices fundamentais do nosso território, aliás incorporado já em 1438...

Contudo, pelos vídeos que andam na net (eg. http://rr.sapo.pt/video/112407/), constatei que a estação foi montada no telhado de um edifício de apoio da reserva natural, numa escarpa voltada a oeste e quase ao nível do mar.

Mesmo tendo em consideração as modestas dimensões da ilha (com fracas "interioridade" e variação altitudinal que possam determinar situações microclimáticas bem diferenciadas), não sei até que ponto esta estação meteorológica é representativa das reais condições meteorológicas e climáticas da ilha: no futuro traduzirá certamente bem o clima da pequena localidade "portuária" onde se situa, mas não da Selvagem Grande, cuja altitude média regula pelos 100m e que tem pontos no interior a mais de 600m da linha de costa.

Imagino que a decisão relativa ao local de instalação tenha sido bem ponderada, em especial quanto às dificuldades logísticas de manutenção e operacionalidade desta estação nas condições agrestes em causa, mas com sinceridade não me parece que seja este o local mais adequado para no futuro definir o "clima da Selvagem Grande" e do seu biótopo mais característico. [Um projeto interessante era colocar outra estação de "controlo" no centro da ilha, ainda que mais rudimentar e só desse temperatura e precipitação, mesmo que temporária, mas compreendo que já seria abusar dos fundos públicos...]

Esta é só uma opinião, quiçá mal fundamentada. Alguém tem mais dados sobre o assunto?

Na altura, quando vi essa reportagem, fiz exactamente as mesmas questões.
Tudo o que disseste é agravado pelo facto da estação estar totalmente protegida pelo vento de quase todos os quadrantes, ou seja, parece bastante agasalhada.

No entanto, e depois de ver imagens da ilha, (google earth), percebi que a única forma de chegar ao planalto da ilha, é um trilho bastante sinuoso e muito rudimentar.
Provavelmente a única forma de fazer chegar lá os instrumentos/materiais, é pelo ar e não por via marítima.

Mas depois há outra questão que me parece ter sido decisiva na instalação. A comunicação/transmissão dos dados.
Há rede na ilha? É que provavelmente as comunicações são feitas por satélite. Assim sendo, a única instalação viável seria junto aos dois edifícios da ilha.

De qualquer forma, em termos de precipitação, não me parece que possa haver diferenças.
Já no que toca a temperatura e vento...
 
  • Gosto
Reactions: SpiderVV

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,249
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Já agora, e no que diz respeito a EMAs no Continente, tenho visto a coisa a ficar bem composta. A EMA do Cabo Carvoeiro já voltou.
Observações de hoje, às 15h UTC:

XMdChbB.png


Lá há uma ou outra que falha nos dados horários (provavelmente perda de sinal), mas têm voltado pouco tempo depois.
Assim de repente só dou falta de Sintra (Colares), São Pedro de Moel e Ansião.

O grande problema, e pelo menos aquilo que me tem saltado à vista, é a manutenção dos pluviometros. Agora no Outono a coisa complica ainda mais.

O arquipélago da Madeira está bem composto, e não tenho visto grandes ausências.
Já os Açores...
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,904
Local
Coimbra (75 m)
Já agora, e no que diz respeito a EMAs no Continente, tenho visto a coisa a ficar bem composta. A EMA do Cabo Carvoeiro já voltou.
Observações de hoje, às 15h UTC:

XMdChbB.png


Lá há uma ou outra que falha nos dados horários (provavelmente perda de sinal), mas têm voltado pouco tempo depois.
Assim de repente só dou falta de Sintra (Colares), São Pedro de Moel e Ansião.

O grande problema, e pelo menos aquilo que me tem saltado à vista, é a manutenção dos pluviometros. Agora no Outono a coisa complica ainda mais.

O arquipélago da Madeira está bem composto, e não tenho visto grandes ausências.
Já os Açores...
A de Ansião está activa, mas falta a de Anadia.
 
  • Gosto
Reactions: jonas_87 e AnDré

bandevelugo

Cumulus
Registo
3 Jan 2008
Mensagens
319
Local
Lisboa
Na altura, quando vi essa reportagem, fiz exactamente as mesmas questões.
Tudo o que disseste é agravado pelo facto da estação estar totalmente protegida pelo vento de quase todos os quadrantes, ou seja, parece bastante agasalhada.

No entanto, e depois de ver imagens da ilha, (google earth), percebi que a única forma de chegar ao planalto da ilha, é um trilho bastante sinuoso e muito rudimentar.
Provavelmente a única forma de fazer chegar lá os instrumentos/materiais, é pelo ar e não por via marítima.

Mas depois há outra questão que me parece ter sido decisiva na instalação. A comunicação/transmissão dos dados.
Há rede na ilha? É que provavelmente as comunicações são feitas por satélite. Assim sendo, a única instalação viável seria junto aos dois edifícios da ilha.

De qualquer forma, em termos de precipitação, não me parece que possa haver diferenças.
Já no que toca a temperatura e vento...

Obrigado pela resposta. Concordo, penso que de facto essas terão sido as condicionantes que determinaram a localização da estação, sobretudo a questão das comunicações. Mas nesta segunda década do século XXI e atendendo à importância estratégica das Selvagens, soluções tecnológicas há de certeza.

Caramba, o Homem foi à Lua há quase 50 anos... Portugal não consegue colocar uma estação no sítio certo da ilha que lhe garante mais uns milhares de km2 de ZEE?? Veja-se o exemplo do Brasil, a salvaguardar a soberania e o carácter de "Ilhas" de uns calhaus no meio do oceano - https://pt.wikipedia.org/wiki/Arquipélago_de_São_Pedro_e_São_Paulo.

Haja vontade e engenho - e que o problema não seja o de poupar uns tostões ou incomodar a simpática osga-das-selvagens...
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: SpiderVV e Thomar

Dias Miguel

Cumulonimbus
Registo
26 Jan 2015
Mensagens
2,329
Local
Portalegre
Um comunicado conciso, completo, detalhado e bem elaborado,o IPMA devia tomar como exemplo.

@Snifa concordo plenamente com o que dizes, principalmente para alguém que, desde a infância, se recorda das informações da Meteorologia em Espanha na TVE. Não tinham nada a ver com aquela que ocorria na RTP, a qual só não era pior, graças a algumas pessoas que se preocupavam realmente em informar os Portugueses relativamente ao tempo (por exemplo o saudoso Anthínio de Azevedo).
Sou um crítico natural do estado de coisas que ocorrem na nossa Função Pública (Estado), pois menospreza-se o fundamental e valoriza-se o acessório; poupa-se onde não se pode poupar, esbanja-se em tudo onde há interesses ou bolsos largos. O IPMA vive no desprezo do classe política, pois os benefícios não são mensuráveis para os interesses instalados e só quando há desgraças e calamidades é que metem as "mãos ao céu", desculpando-se com os rigores orçamentais.
Acredito que haja muitos técnicos do IPMA que se preocupam, mas vêem-se limitados em recursos e em meios humanos, originando o estado das coisas. Alguma vez se justifica a inexistência de um espaço diário de Meteorologia na RTP e depois andamos a fazer leis para os administradores da CGD "à medida"... :dry:
Triste sina a do Português, que paga impostos e parece sempre que deve a todos... :(
 
  • Gosto
Reactions: CptRena e Thomar

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,249
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Não sei onde é que o IPMA está a ver temperaturas acima da média ( descrito na sua previsão mensal) nos próximos tempos.

Eu não vejo a médio prazo nos modelos, mas, lá está, o IPMA deve ver coisas que mais ninguém consegue ver... :huh:
Também não estou a ver onde é que isso está escrito.

No boletim diz:

"Na temperatura média semanal preveem-se valores acima do normal, para todo o território, na semana de 31/10 a 06/11. Preveem-se valores abaixo do normal, para todo o território, na semana de 07/11 a 13/11, e apenas para a região centro, na semana de 14/11 a 20/11. Na semana de 21/11 a 27/11, não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo."

Portanto, na primeira semana bate certo, na segunda semana também parece bater certo.

O boletim até está bastante eloquente.
 

james

Cumulonimbus
Registo
16 Set 2011
Mensagens
4,541
Local
Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
Também não estou a ver onde é que isso está escrito.

No boletim diz:

"Na temperatura média semanal preveem-se valores acima do normal, para todo o território, na semana de 31/10 a 06/11. Preveem-se valores abaixo do normal, para todo o território, na semana de 07/11 a 13/11, e apenas para a região centro, na semana de 14/11 a 20/11. Na semana de 21/11 a 27/11, não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo."

Portanto, na primeira semana bate certo, na segunda semana também parece bater certo.

O boletim até está bastante eloquente.


Mas onde consegues ver isso?

Ainda agora carreguei no " IPMA" - longo prazo e aparece temperatura acima da média em todo o período da previsão mensal.
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,390
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
Mas onde consegues ver isso?

Ainda agora carreguei no " IPMA" - longo prazo e aparece temperatura acima da média em todo o período da previsão mensal.

A mim aparece-me isto:

N14cfCL.jpg


E no documento em pdf tem lá o resumo:

Na precipitação total semanal preveem-se valores abaixo do normal, para a região litoral norte, na semana de 31/10 a 06/11. Nas semanas de 07/11 a 13/11, de 14/11 a 20/11 e de 21/11 a 27/11 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo. Na temperatura média semanal preveem-se valores acima do normal, para todo o território, na semana de 31/10 a 06/11. Preveem-se valores abaixo do normal, para todo o território, na semana de 07/11 a 13/11, e apenas para a região centro, na semana de 14/11 a 20/11. Na semana de 21/11 a 27/11, não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

A confusão está no título ( antes de abrir o pdf ) , que dá a sensação que será todo o mês com temperatura acima e precipitação abaxo da média..

Estes comunicados são mais uma " confusão made in IPMA"

Se no titulo fala em precipitação abaixo do normal , mas no resumo PDF fala "Na precipitação total semanal preveem-se valores abaixo do normal, para a região litoral norte, na semana de 31/10 a 06/11. Nas semanas de 07/11 a 13/11, de 14/11 a 20/11 e de 21/11 a 27/11 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo" então se não há sinal significativo , como concluem que a precipitação vai ser abaixo do normal no periodo de 31 de Outubro a 27 de Novembro ? :intrigante:

Precipitação abaixo do normal será apenas na semana de 31/10 a 06/11 , depois disso não se sabe, é assim que eu vejo o comunicado, mas o título é enganoso.. :unsure:

http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.longo.prazo/mensal/index.jsp
 
Última edição:

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,249
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
E temperaturas mínimas diferentes no mesmo dia? :D

jzZ6jiG.gif

Isso até poderia fazer sentido.
Estamos habituados a máximas e mínimas diárias. Mas quando o IPMA divide a previsão das 0h às 12 e das 12h às 24, então se calhar também faz sentido distinguir as mínimas e as máximas nesses períodos.
Ou seja, entre as 0 e as 12 a temperatura vai variar entre x e y, e entre as 12 e as 24 entre w e z. ;)