Lobo Ibérico

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Na área onde tenho casa de fim de semana (Beira-litoral mais propriamente na zona de Alváres)ainda encontro com frequência raposas,coelhos,lebres.javalis e agora uma nova espécie introduzida que é o esquilo.O contacto visual com estas espécies é bastante repetido com a excepção da raposa que só de tempos a tempos a consigo avistar.:thumbsup:



Deixa-me corrigir mas o esquilo já existia em Portugal, e tinha o nome de ardila, e já tinha mencionado num outro topico:).
 
Registo
16 Abr 2010
Mensagens
3
Local
Vila Nova da Cerveira
Lembrei-me de tentar investigar na internet a situação do lobo em Portugal. Ao que parece encontram-se actualmente cerca de 300 lobos em estado selvagem, com cerca de 80% acima do Rio Douro. A situação é crítica, devido principalmente á urbanização do interior e da construção de estradas que resultaram também na redução do número das suas presas naturais. O lobo Ibérico já existiu em todo o Portugal Continental, inclusive no Sul do país.

Entretanto lembrei-me das histórias acerca do lobo na Serra da Estrela, os pastores e os cães da Serra que guradavam os rebanhos, etc. Dei por mim a perguntar-me se ainda existiriam lobos no respectivo Parque Natural. Pela internet não consegui tirar grandes conclusões, pois há sites que dizem já não haver, mas também outros apresentam o lobo como uma das espécies ainda residente no Parque Natural. Claro que a haver, serão poucos... mas algum de vocês, principalmente os que residem por lá, têm conhecimento da existência de lobos na Serra da Estrela actualmente? Seria viável se pudessem ser introduzidos no Parque Natural lobos de modo a recuperar a população que ao que parece foi, em tempos, numerosa?

Foi-me dito que o Lobo Ibérico, Canis Lupus Signatus está extinto na Serra da Estrela.Por outro lado, tem havido ataques,esporádicos a rebanhos, que são atribuidos ao lobo.Se regressaram, ou estão a regressar, não sei, o que sim sei é que passam a vida a atribuir ataques aos rebanhos pelos lobos, quando na realidade são cães assilvestrados. Este assunto da maior importância, tem estado muito fora das discussões e tem de ser devidamente debatido. O abandono sistemático de cães, tanto pelos caçadores como por outros, tem vindo a aumentar porque o sistema do ship não é devidamente controlado por quem de direito. Esses animais formam imediatamente alcateias, regressando fácilmente ao estado selvagem e organizando-se,como os seus antepassados.Com a impossibilidade de arranjarem alimento, vêm ter aos lugares dos homens, que conhecem perfeitamente, e que não temem.
Aqui há tempos, houve um ataque perto de Chaves, onde uma senhora ficou gravemente ferida na cara. Logo disse ter sido atacada por lobos. Segundo ela,havia-os de vários tamanhos. Não eram, portanto, lobos, mas cães.
A meu ver, e contra muitas opiniões da defesa dos animais, era necessário organizar batidas para os recolher, pois além de constituirem um perigo para as pessoas, que como disse, não temem, atacam rebanhos, gado que anda só no monte, e destroiem a comida dos lobos que, depois pagam com as favas injustamente.
Sobre a solta de lobos, como se faz com outras espácies, não se pode fazer. Para que melhor seja informado, contacte o Grupo Lobo, onde lhe darão todas as informações que pedir.
Ah! Se tiver filhos, conte-lhes a "História do Lobo Bom" e explque-lhes que a culpa foi do "Capuchinho Vermelho", que desobedeceu à mãe.

Cumprimentos e faça-se amigo do Grupo Lobo.
 

DRC

Nimbostratus
Registo
15 Set 2008
Mensagens
1,724
Local
Póvoa de Santa Iria
Há relativamente pouco tempo nas localidades próximas á Serra das Mesas (Sabugal) houve relatos de rebanhos de ovelhas e cabras que terão sido atacadas alegadamente por lobos. Provavelmente o lobo ibérico está a voltar também a essa zona.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,327
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Há relativamente pouco tempo nas localidades próximas á Serra das Mesas (Sabugal) houve relatos de rebanhos de ovelhas e cabras que terão sido atacadas alegadamente por lobos. Provavelmente o lobo ibérico está a voltar também a essa zona.

Também não se deve descartar a hipótese de serem cães assilvestrados...
Mas há alcateias de lobos confirmadas bem perto da Serra da Estrela e até em diferentes direcções. :)
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
El lobo ya llegó a Madrid


Felix Rodriguez de la Fuente (lobos cazando).


Lobos en Sanabria, a pocos kms de Portugal


 
Editado por um moderador:

Shimmy

Cirrus
Registo
27 Mai 2010
Mensagens
42
Local
Lisboa
Esta é a minha talvez utópica opinião e soluções:

Eliminar os cães selvagens seria o primeiro passo para dar espaço ao lobo. Nos EUA e Canadá têm tido problemas graves com cães selvagens a atacar não só rebanhos como pessoas e crianças - coisa que os lobos não fazem. Como já foi referido, eles não têm qualquer receio do homem. Nos Açores não há lobos, mas há cães vadios que por vezes atacam e matam o gado. O meu namorado esteve quase uma semana no mato num curso de sobrevivência para os lados de Penamacor e foram atacados por cães selvagens também.

Não só os cães causam mais perigo e problemas que os lobos (que realmente acarretam com as culpas muitas vezes), como competem com estes em presas (selvagens), podem transmitir-lhes doenças e reproduzir-se com eles, o que trás um problema ainda maior, pois os híbridos deste cruzamento são ainda mais ameaçadores e perigosos para as pessoas.

Já que não têm escrúpulos de abrir a caça ao lobo, porque não abrem a caça ao cão? Faz-lhes mais impressão caçar uma espécie que está onde não deve, introduzida por nós, do que um magnífico animal ancestral e selvagem? Em vez de armas usem tranquilizantes, armadilhas ou assim, e metam-nos num canil, com o mesmo destino que infelizmente os restantes habitantes do canil têm.

O passo seguinte seria a reintrodução de presas selvagens destes nichos (desde esquilos até cabras montesas e corços), e só depois a introdução do lobo, caso ainda não tivesse regressado "por si".

Os pastores deviam ser indmnizados pelas cabeças de gado perdidas PARA OS LOBOS (deverá ser comprovado por especialistas que não foram cães selvagens - assim também os pastores ajudariam na caça ao cão e não ao lobo) e devem ser apoiados na protecção dos seus rebanhos por meios como os cercados eléctricos nos SEUS terrenos para pernoita.

O futuro será certamente o turismo. Nos Açores quando acabou o negócio da caça à baleia, começou o da observação da baleia e os Açorianos até estão mais satisfeitos com essa solução (pois respeitam o animal desde sempre e agora sem feri-lo é melhor ainda). Acredito que o mesmo aconteça com as pessoas que actualmente têm problemas com o Lobo.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,327
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Bons vídeos, Duero.
Penso que é a população da Sanabria/Montesinho, algures entre Espanha e Portugal, a que tem a maior densidade lobeira da P. Ibérica e até mesmo da Europa Ocidental.

shimmy:

A tua opinião é muito interessante.
Mas em Portugal normalmente onde há presença estável de lobos, não há cães assilvestrados, pois os lobos nem deixam que os cães assilvestrados andem nos seus territórios, matam-nos e até os comem.
Um membro aqui do forum ( Kodiak) explicou bastante bem este tema.
Mas sem dúvida que em casos bastante raros, é possível a hibridação, mas até hoje tal ainda não foi documentado em Portugal, embora os investigadores tenham procurado por essas evidências.
Temos em Portugal , várias zonas cheias de presas, precisamente porque predadores como os lobos já não estão lá para as controlar.
 

Shimmy

Cirrus
Registo
27 Mai 2010
Mensagens
42
Local
Lisboa
Mas sem dúvida que em casos bastante raros, é possível a hibridação, mas até hoje tal ainda não foi documentado em Portugal, embora os investigadores tenham procurado por essas evidências.

Caro Belem, documentados talvez não, mas um amigo do meu pai tinha um pastor alemão traçado de lobo ibérico :) foram acampar para a Serra da Estrela e a cadela dele entrou em cio e fugiu. Voltou passados uns dias e uns meses depois nasceu um único sobrevivente da ninhada (que, escusado será dizer, era um animal lindíssimo, e estranhamente grande, maior que qualquer um dos progenitores, penso eu). Eu tinha uns 7 ou 8 anos quando o vi. Portanto há uns 20 e poucos anos havia de certeza lobos na Serra da Estrela :)

Foi por aí que pensei que os cães assilvestrado e lobos coexistissem e até competissem por territórios, embora acredite bem no que dizes, que os lobos serão suficientemente espertos e fortes para os manterem longe. De qualquer modo, pela segurança das pessoas, dos rebanhos e da fama dos lobos, penso que devia fazer-se qualquer coisa relativamente a esses cães.

Temos em Portugal , várias zonas cheias de presas, precisamente porque predadores como os lobos já não estão lá para as controlar.

Que zonas e que presas? Penso que era óptimo introduzirem lobos ou mesmo linces ibéricos nestas zonas. Não sou nenhuma especialista, mas se fosse eu que mandasse completava logo o ecossistema aí! ;)

PS - gostaria muito de ler o que o caro Kodiak escreveu, em que post está?
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
Bons vídeos, Duero.
Penso que é a população da Sanabria/Montesinho, algures entre Espanha e Portugal, a que tem a maior densidade lobeira da P. Ibérica e até mesmo da Europa Ocidental.

shimmy:

A tua opinião é muito interessante.
Mas em Portugal normalmente onde há presença estável de lobos, não há cães assilvestrados, pois os lobos nem deixam que os cães assilvestrados andem nos seus territórios, matam-nos e até os comem.
Um membro aqui do forum ( Kodiak) explicou bastante bem este tema.
Mas sem dúvida que em casos bastante raros, é possível a hibridação, mas até hoje tal ainda não foi documentado em Portugal, embora os investigadores tenham procurado por essas evidências.
Temos em Portugal , várias zonas cheias de presas, precisamente porque predadores como os lobos já não estão lá para as controlar.

Así es, la población de la SIERRA DE LA CULEBRA es la que mayor densidad de toda Europa Occidental tiene de lobos, gracias a la gran cantidad de presas, como el ciervo, el corzo, el jabali, y tradicionalmente el ganado como ovejas y vacas.
Ademas es un territorio muy poco poblado por los seres humanos.

En el video ves como los lobos son cazados porque son muchos, y el dinero se queda en los municipios, si no cazasen esos lobos, hoy estarian :lmao: casi en Lisboa:lmao:

Perros y lobos es dificil que se hibriden por varias razones:

son competidores.
Muchos perros no sobreviven en la naturaleza, ya que no saben cazar, los perros no pueden cazar animales salvajes como el ciervo o el corzo, por eso cazan animales domesticos
la mayoria muere al ser abandonados o van a las ciudades.
Los lobos matan a muchos perros.
La manada de lobos es un sistema muy jerarquizado, existe un jefe y una jefa, hay una escala, es un sistema militar, una estructura muy compleja y sus relaciones son las mas complicadas dentro del mundo animal.

Y.........un lobo solitario no sobrevive en la naturaleza, necesita una manada.

La hibridación es mas posible on el gato montes y el gato domestico, pues son animales solitarios, no viven en jerarquias o manadas..
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,327
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Caro Belem, documentados talvez não, mas um amigo do meu pai tinha um pastor alemão traçado de lobo ibérico :) foram acampar para a Serra da Estrela e a cadela dele entrou em cio e fugiu. Voltou passados uns dias e uns meses depois nasceu um único sobrevivente da ninhada (que, escusado será dizer, era um animal lindíssimo, e estranhamente grande, maior que qualquer um dos progenitores, penso eu). Eu tinha uns 7 ou 8 anos quando o vi. Portanto há uns 20 e poucos anos havia de certeza lobos na Serra da Estrela :)

Muito interessante esse relato de possível hibridação, eu não tenho dúvidas nenhumas que haviam lobos na Serra da Estrela, nem era isso que estava em causa. Era mais a questão de hibridação, que até agora ainda não está documentada em Portugal. Contudo obrigado pelo seu interessante testemunho.


Foi por aí que pensei que os cães assilvestrado e lobos coexistissem e até competissem por territórios, embora acredite bem no que dizes, que os lobos serão suficientemente espertos e fortes para os manterem longe. De qualquer modo, pela segurança das pessoas, dos rebanhos e da fama dos lobos, penso que devia fazer-se qualquer coisa relativamente a esses cães



Também acho que sim.
Esterilizar as cadelas e dificultar a aquisição de cães a quem vive em zonas lobeiras exigindo registos, podiam ser algumas medidas importantes, tanto para os lobos como para os cães e seus donos. Evitariam sofrimentos desnecessários.




Que zonas e que presas? Penso que era óptimo introduzirem lobos ou mesmo linces ibéricos nestas zonas. Não sou nenhuma especialista, mas se fosse eu que mandasse completava logo o ecossistema aí! ;)

Que zonas? Serra da Lousã, Tejo Internacional, vastas regiões do Alentejo, Beira Baixa, Beira Alta,etc,etc...
Que presas? Muflões, javalis, veados, gamos,etc,etc,etc...



PS - gostaria muito de ler o que o caro Kodiak escreveu, em que post está?

http://www.meteopt.com/forum/biosfera-atmosfera/urso-pardo-de-volta-peneda-geres-2209-10.html
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,327
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Así es, la población de la SIERRA DE LA CULEBRA es la que mayor densidad de toda Europa Occidental tiene de lobos, gracias a la gran cantidad de presas, como el ciervo, el corzo, el jabali, y tradicionalmente el ganado como ovejas y vacas.
Ademas es un territorio muy poco poblado por los seres humanos...

Sierra de la Culebra e Serra de Montesinho, são habitats conjuntos, da mesma montanha não há qualquer diferença.
Apenas a linha imaginária criada pelo Homem, que a Natureza desconhece.
 

Shimmy

Cirrus
Registo
27 Mai 2010
Mensagens
42
Local
Lisboa
Muito interessante esse relato de possível hibridação, eu não tenho dúvidas nenhumas que haviam lobos na Serra da Estrela, nem era isso que estava em causa.

Eu sei que não tinhas, só aproveitei para falar disso porque estava algures na origem do tópico. Reparei que disseste "possível hibridação" ;) mas podes acreditar que era mesmo, o veterinário confirmou. Mas bastava olhar pro bicho para perceber, em todo o caso.