METEOROLOGIA: O vosso perfil

Tópico em 'Meteorologia Geral' iniciado por Iceberg 31 Jul 2006 às 23:57.

  1. CalidumInfluunt

    CalidumInfluunt
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    3 Abr 2012
    Mensagens:
    17
    Local:
    Amadora (150m) e V.R.Sto António (15m)
    1. Sempre fui caidinho pela Natureza, mas não sei porque "carga de água" as coisas relacionadas com o Elemento Ar sempre venceram em relação a outros Elementos. É engraçado que há poucos dias fizeram-me a mesma pergunta (não sem demonstração de estranheza por parte da perguntadora...), e aquilo que me ocorreu responder foi: "pá, sempre gostei muito de nuvens..."

    Enfim, no fundo tudo se resume a uma união de "poesia" com ciência. A estética e o simbolismo sentidos das coisas que se passam na troposfera, aliadas a um espírito e curiosidade científicos - que me fazem querer compreender o funcionamento do tempo meteorológico, muitas vezes com pormenor.

    2. Gosto de tudo, mas há talvez 3 situações que posso destacar.
    1ª - Calor, calor e mais calor! Neste caso prefiro o calor do Verão do meu Algarve, desde a calmaria intrigante, observando a ondulação do ar provocada pelo grande aquecimento da terra, notando a formação, à tarde, de cúmulos lá longe na serra, debaixo de um azul fortíssimo, como não há outro no país; as pedras calcárias ou xistosas a arder; as noites, por vezes mais quentes que os dias, quando o vento roda para N (terra), que provoca uma sensação espectacular, e que torna as noites do sotavento bastante quentes, com o cheiro da esteva vindo da serra.
    2ª - Nublado com tempo morno, por exemplo quando entramos no sector quente dum sistema frontal.
    3ª - Adoro nevoeiro, mais especialmente aquele nevoeiro de chuva, quando as nuvens tocam nos cerros, por exemplo, e eu estou no cerro no meio da nuvem, claro está.

    De qualquer modo, como qualquer bom apreciador de meteorologia, não posso deixar de venerar o MAU TEMPO!! :D


    3 - Talvez quando, na noite de 10 para 11 de Agosto de 2012, fizeram 34ºC em Faro, às 22h!!:surprise: Dessa vez a rotação do vento para N trouxe ar ainda mais quente que o costume, quando se saía à rua estava um forno como se fosse de dia, e um dia bem quente!
     
  2. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,070
    Local:
    loule-caldeirao
    Para mim o que me fascina na meteorologia é sem dúvida o tempo severo, essencialmente, trovoadas fortes, super-células, aquele tempo que nos é mais característico dos meses de Outono e Primavera.

    Quanto a eventos que marcaram e fascinam está em primeira ordem aquela célebre trovoada sobre Monchique em 1997(creio eu), o evento de neve em Janeiro de 2006 que pintou a serra do Caldeirão de branco e mais recentemente aquela cut-off de 16 de Novembro(impressionante a volatilidade e energia que havia na atmosfera nesse dia) e aquela espectacular tromba de água que afectou aqui o concelho de Loulé uma semana antes.

    No geral Invernos como o de 2000/2001 e mais recentemente 2009/2010 são o meu "prato favorito" e aquelas trovoadas de Abril e Maio depois de um dia quentinho, então, são um regozijo.

    Ao contrário do que possa parecer também gosto de um bom Verão (Junho/Julho/Agosto) mas irrita-me ter um Verão a começar logo em Maio e a acabar em Outubro como se tem tido recentemente na maioria dos anos.
    Este AA aqui a oeste/sudoeste sempre a influenciar-nos(sul) como temos tido este Inverno e no Inverno passado simplesmente desgraça-me e mais uma vez irrita-me, este, profundamente:lol:

    Por último ao contrário do que muito pessoal pensa quando vê o pessoal do sul a "lamentar-se", eu só anseio/desejo os cerca de 700mm de média anuais aqui da zona, que geralmente incluem sempre bons eventos;)

    Em todo o caso fascina-me aquele toque de imprevisibilidade que existe naqueles eventos mais complexos e voláteis, em que toda a gente segue a dizer que já tinha visto nos modelos essa possibilidade ou que viu no radar minutos antes, mas que na realidade não viram nada, nada puderam fazer...

    P.s: Adoro dias com mais de 100mm de precipitação:)
     
  3. fishisco

    fishisco
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2013
    Mensagens:
    350
    Local:
    Celorico de Basto
    pelo que tenho lido aqui, a maior de nós gostava de viver mais a norte, os do sul gostam da chuva pq é rara por lá, os do norte a neve, porque tem mais chuva e raramente neve que se perde mais a norte
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,199
    Local:
    Inverness, Escocia
    1 - O que vos fascina na Meteorologia?

    O contacto com a natureza e a sua expressão, as suas mudanças, ciclos, as várias manifestações de frio, calor, sol, tempestades, ventos de quadrantes diferentes, diferentes tipos de nuvens...

    2 - Qual a vossa situação meteorológica preferida?

    Tempestades. Mas sobretudo as tropicais e carregadas de chuva. Porque é a coisa que menos experienciei até agora. Neve, gosto mas já é muito trivial para mim.

    Extremos de frio e de calor não aprecio muito, nem de vento. Gosto de ver esses recordes mas quando estes não me incomodam muito!


    3 - Qual o episódio meteorológico que viveram que mais vos marcou?

    Em Portugal, o dia 31 de Julho de 2003, porque foi o dia mais quente da minha vida e eu estava no Alentejo e nesse noite andei à deriva com um amigo, após ter sido evacuado da astrofesta que se realizava por ali. Durante essa tarde, a temperatura era de +47ºC. À meia noite, chovia cinza dos incêndios e relampejava e a temperatura era de +40ºC. Nessa madrugada caíu a trovoada mais estranha e quente que alguma vez experienciei. Acho que vi alguns heat wind downbursts. Na manha de 1 cheguei a Lisboa e estavam +27ºC, e era... "fresquinho"!

    Recordo-me igualmente de um tornado em Matosinhos que vi e fotografei nos anos 90.

    No estrangeiro, o que mais me marcou: as monções que experienciei na Índia no ano passado. Em segundo lugar, certos nevões aqui na Islândia e certas tempestades de verão na Áustria (porque vivi alguns anos lá e era a rotina do verão)

    Da minha infância recordo-me do único furacão, nos anos 80, que passou no Porto e derrubou muitas árvores de grande porte, e o nevão de 87 (porque tinha sido a primeira vez que tinha visto neve e na altura foi bastante). Lembro-me igualmente de duas tempestades extra-tropicais em Braga, uma em 2002 e 2006, mais ano menos ano.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. WHORTAS

    WHORTAS
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    16 Dez 2010
    Mensagens:
    920
    Local:
    Barosa - Lra (29 metros)
    1 - O que vos fascina na Meteorologia?
    O poder dos fenómenos meteorológicos.
    Duvido que alguma vez os consigamos dominar

    2 - Qual a vossa situação meteorológica preferida?
    A trovoada e o granizo. Desde pequeno que o meu pai me levava para o exterior da casa e nos sentávamos os 2 a ver os relâmpagos.
    Vivia a 800 metros do único para raios da zona, que pertencia a uma grande empresa de produção de chapa de aço. Grande parte das descargas eram para ai direccionadas e era um espectáculo e ruído deslumbrante.
    Quanto ao granizo, gosto de o sentir nas mãos e sempre me fascinou o ruído que produz ao cair nas aguas de um rio ou lago.
    Sempre que há um destes episódios, tenho de largar tudo e ir para a rua.

    3 - Qual o episódio meteorológico que viveram que mais vos marcou?
    Um dia um relâmpago “escolheu” uma grelha metálica do esgoto no pátio da escola secundaria para mostrar todo o seu poder – Estávamos no intervalo de aulas na zona coberta (só com telhado) do pátio a uns 60 metros da descarga. Foi assustador e ao mesmo tempo espectacular e indescritível.
    Recordo também a queda de granizo que varreu a zona de Matosinhos num Outubro ou Novembro , já não sei bem o ano mas talvez em 2006 ! Parecia que tinha nevado. Nunca vi tanto granizo junto. No outro dia de manha ainda existiam montinhos de granizo nas sarjetas e recantos mais abrigados.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página