Meteorologia, Oceanografia e Geofísica - Licenciatura

Daniel Vilão

Super Célula
Registo
22 Mar 2007
Mensagens
6,977
Local
Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
Tenho algumas dúvidas...
Alguém consegue ajudar-me?

Estou a acabar o 10º ano de escolaridade, em Ciências Sociais e Humanas e pretendia, quando acabasse o 12º ano, especializar-me em Meteorologia ou Climatologia.
Acontece que, não sei se o meu curso, com as disciplinas que tem, dá para ingressar em Meteorologia, pelo que tenho algumas dúvidas.
De qualquer forma, acho que dá para Climatologia.

Primeiro que tudo, gostava de formar-me numa destas especialidades e depois, quanto ao mercado de trabalho, logo se vê, mas gostava de informar-me acerca da viabilidade destas graduações no mercado de trabalho (oportunidades de emprego, remunerações...).
 

Rui_MR

Cirrus
Registo
10 Mai 2007
Mensagens
31
Local
Agualva-Cacém, Concelho de Sintra, Lisboa, Portuga
Olá Daniel!
Pois eu abri este tópico exactamente com as mesmas questões que tu.
Estou a acabar o 12º, vou começar os exames amanhã(com o de PT), e vim aqui pedir mais informações sobre entidades empregadoras e possibilidade de trabalho/investigação no estrangeiro. Aconselho-te a leres o tópico desde o início e ficarás mais esclarecido quanto à meteorologia. Este é um curso ligado predominantemente à matemática e à física. Creio que não tens essa preparação no curso de ciências sociais e humanas, apenas matemática b, e nada de física ou química. Portanto, as tuas disciplinas não são para meteorologia. As provas de ingresso são: Matemática ou Matemática e Fisico-Quimica ou Matemática e Biologia-Geologia.
Em relação à climatologia, deixo para os mais conhecedores, dado que esta já está mais ligada à geografia do que às ciências atmosféricas, embora interligadas. Não te posso adiantar nada em relação ao curso.

Boa sorte!

Esclareçam aqui o Daniel.
 

Geostrofico

Cirrus
Registo
8 Jan 2007
Mensagens
63
Local
Lisboa
na faculdade de letras, no curso de geografia, há quem estude meteorologia! não sei quais são os exames necessários para la entrar, mas sei que não é matemática ou física.
 

Geostrofico

Cirrus
Registo
8 Jan 2007
Mensagens
63
Local
Lisboa
temos aqui uma oferta de trabalho para os interessados:

METEOROLOGICAL AVIATION FORECASTER

SERCO - IAL LIMITED

Our office in Abu Dhabi is currently looking for a meteorological aviation
forecaster. You will be working in a multi-national environment supporting
the operations at Abu Dhabi and Al Ain International Airports.

Abu Dhabi is the capital of the United Arab Emirates. It is a cosmopolitan,
quickly growing, modern city where amenities commensurate with the sub
tropical climate abound.

Qualifications:

1. A Bachelor of Science degree in meteorology or equivalent from a
recognized university.
2. A minimum of 4 years experience as an operational aviation forecaster.
3. Good interpersonal skills and the ability to work well in a
multi-cultural dynamic environment.
4. Good written and verbal English language skills.

Benefits:

1. A tax-free starting salary package of 170,000 dirhams($46,000 US)
2. Accommodation supplied and most utilities paid.
3. 56 days annual leave.
4. Annual return flight to your country of hire.
5. Medical insurance coverage.

This vacancy is immediate and will be filled as soon as possible.
 

Geostrofico

Cirrus
Registo
8 Jan 2007
Mensagens
63
Local
Lisboa
mais uma:

01 June 2007

Weathernews Benelux is looking for a meteorologist/ risk communicator

Location: Soest, The Netherlands
Engagement: Permanent, part-time is possible
Salary: EUR 30.000,- to EUR 55.000,- a year,
depending on qualifications and experience
Number of positions: 1

Description
Weathernews Benelux is a subsidiary of Weathernews Inc, the world's largest
full service weather company based in Japan. Weathernews Inc has 14 offices
in Japan and 22 elsewhere in the world. We provide weather services to
industries such as marine, aviation, road, media and many others.

Weathernews has an open and informal, yet professional culture. Within our
company ambitious team-members find the challenge to accelerate the latest
weather related developments as well as their career. We offer plenty of
further opportunities for people with drive and initiative.

Our Soest office comprises of both sales and operational teams. Within the
operational team meteorologists create usable solutions for the weather
related risks and advise our clients how to mitigate these risks.

Due to the rapid growth of our global organisation, we are now looking for
enthusiastic and passionate people to help grow our world-class operational
department.

We offer the following position:

Risk Communicator Sea
The Risk Communicator Sea will provide services to sea based and coastal
working clients, such as oil companies, harbor authorities and marine
construction companies. You will use the general weather forecast as your
guidance, and will add more detail to it to be able to advise your clients
in the best possible way. It is essential that you have extensive knowledge
of meteorology and are capable of sensing the array of possibilities that
will affect our clients' operations and safety.

For the risk communicator role it is critical to communicate the
consequences of the weather in a professional and timely manner to our
clients. To achieve this, we expect you to have sound knowledge of the
weather, added with knowledge of the market you will be serving.
Furthermore, you have the ability to not only focus, but simultaneously see
the overall picture.

All services are provided 24/7. Salary is dependent on education and working
experience.

Requirements:
* Bachelor's Degree in Meteorology or experience in meteorology
for several years
* Knowledge of Sea-operations is a preference
* Customer orientated, team player, result driven, and boundless
initiative
* Excellent Communication skills
* Excellent knowledge of the English language (additional
languages highly regarded)
We offer positions for both junior-meteorologists (just graduated, up to 3
years of experience) and more experienced (3-7 years of experience)
meteorologists. By law, citizens of the EU have first option.

Information
For more information about this position, please contact Mr. Michiel
Severin, Forecast Operation Manager. Tel: +31 (0)35 603 9003, email:
nl_recruit @ wni.com
 

Daniel Vilão

Super Célula
Registo
22 Mar 2007
Mensagens
6,977
Local
Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
na faculdade de letras, no curso de geografia, há quem estude meteorologia! não sei quais são os exames necessários para la entrar, mas sei que não é matemática ou física.

Estive na página da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e há 3 provas de ingresso, das quais só é necessário escolher uma:

  • 02 Biologia e Geologia
  • 04 Economia
  • 09 Geografia

No meu caso escolhia Geografia, pois é a única disciplina que eu tenho e que consta aqui.
De qualquer forma, penso que qualquer especialização dentro do ramo da Geografia exige a mesmas provas de ingresso, não é?
Nesse caso, e se Meteorologia constar neste curso, é opção a ter em conta...irei decidir-me entre Climatologia e Meteorologia.
 

Rui_MR

Cirrus
Registo
10 Mai 2007
Mensagens
31
Local
Agualva-Cacém, Concelho de Sintra, Lisboa, Portuga
Bom dia!
Estive, por curiosidade, a ver os cursos da faculdade de letras da universidade de lisboa. O curso de geografia tem os seguintes ramos:
01 Perfil Geografia
02 Perfil Geografia Humana
03 Perfil Geografia Física
04 Perfil Cartografia e Sistemas de Informação Geográfica

Talvez o mais ligado à meteorologia e/ou climatologia e que poderá dar acesso a alguma deve ser a Geografia Física, não? O que acham?

Para o caso do Daniel, a prova de ingresso deve ser a de Geografia, pois não teve nenhuma das outras.

Cumprimentos,
 

rossby

Cumulus
Registo
10 Mar 2007
Mensagens
158
Local
Ponta Delgada - São Miguel
Para quem tenha ainda dúvidas da formação necessária para ser meteorologista, aconselho que consultem o site da OMM:

http://www.wmo.ch/pages/prog/etr/howtobecomeameteorologist.html

Paradoxalmente,:huh: julgo que é mais facil entrar para o IM com um contrato do que antigamente com concurso de ingresso. Para terem uma ideia do que se passava a relativamente pouco tempo, era necessário possuir uma licenciatura em física, engenharia física, química, mecânica, geográfica, agrícola ou do ambiente com as necessárias disciplinas de matemática e física. Depois de ter sido admitido a concurso, o candidato era submetido a uma prova escrita (cujo conteúdo está definido num despacho que não me lembro agora) e uma entrevista. A classificação final tinha em conta o CV do candidato, a prova escrita e a entrevista. De acordo com a classificação obtida o candidato entrava ou não de acordo com as vagas disponíveis. Seguia-se um estagio probatório de um ano, incluindo acções de formação com provas a valer, e ao fim do qual o candidato devia apresentar um relatório. O candidato passava (ou não) a meteorologista superior de 2ª classe e progredia de acordo com um esquema equivalente ao da carreira de técnico superior da administração pública. O topo da carreira é meteorologista assessor principal, mas atenção ao contrário do que as pessoas normalmente pensam, os provimentos NÃO SÃO AUTOMÁTICOS. Para cada provimento tem de haver um concurso com vagas limitadas e por vezes tem de se apresentar provas públicas como para a passagem para assessor. Actualmente as categorias para a carreira de Meteorologista Superior são:

Met. Sup. 2ª classe
Met. Sup. 1ª classe
Met. Sup. Principal
Met. Assessor
Met. Assessor Principal

Existem também mais duas carreiras de meteorologia, onde julgo há também necessidade de pessoal:

  • Observador Meteorológico
  • Técnico especialista (antigo Meteorologista Operacional)
Actualmente, as pessoas são recrutadas não sei bem como, mas o facto é que os contratos a termo certo ou de avença, embora com menos "garantias", são menos "penosos" e rigorosos do que todo o processo que descreví.
Mas como aparentemente a estratégia é acabar com as carreiras e passar toda a gente para contrato individual, lá se vai o vínculo definitivo e todas as provas e filtros que os actuais meteorologistas de carreira passaram pouco ou nada serviram. Isto é, parece que ao contrário do que muita gente pensa o facilitismo e a cunha vão finalmente prevalecer ao rigor e à isenção. Mas os resultados desta situação só se poderão verificar mais tarde quando ninguém se lembrar das asneiras que entretanto se fizeram.:sad:

Curiosidade: Ha cerca de 20 anos, houve concurso público para preenchimento de 5 vagas em meteorologia e apenas concorreu 1 pessoa ! Nessa altura apenas podiam concorrer licenciados em Física com especialidade em Geofísica ou Física da Atmosfera. No concurso seguinte alargaram o leque as licenciaturas que referí atrás...:rolleyes:

Um abraço
 

Rui_MR

Cirrus
Registo
10 Mai 2007
Mensagens
31
Local
Agualva-Cacém, Concelho de Sintra, Lisboa, Portuga
Bom dia.
Agradeço ao rossby pelas informações detalhadas acerca do ingresso no Instituto de Meteorologia. Não fazia ideia de que era tão complicado.
Mas actualmente parece que o sistema das cunhas é o método de recrutamento favorito - e pelo menos nunca faltam candidatos, como aconteceu há 20 anos! lol.
Ninguém sabe como se faz actualmente para tentar entrar no IM? Apresentar o CV? Ou nem vale a pena tentar?

Cumprimentos,
 

rossby

Cumulus
Registo
10 Mar 2007
Mensagens
158
Local
Ponta Delgada - São Miguel
Bom dia.
Agradeço ao rossby pelas informações detalhadas acerca do ingresso no Instituto de Meteorologia. Não fazia ideia de que era tão complicado.
Mas actualmente parece que o sistema das cunhas é o método de recrutamento favorito - e pelo menos nunca faltam candidatos, como aconteceu há 20 anos! lol.
Ninguém sabe como se faz actualmente para tentar entrar no IM? Apresentar o CV? Ou nem vale a pena tentar?

Cumprimentos,

Julgo que tens de estar atento aos empregos que eventualmente forem anunciados no www.bep.gov.pt

De momento o IM esta a adaptar-se a re-estruturação que entrou em vigor a muito pouco tempo. Por outro lado, brevemente vai ser aprovada uma nova legislação para as carreiras da Administração Pública onde todas as carreiras vão sofrer uma profunda reforma. Por isso não adianta agora dizer como se entra pois esta situação vai mudar muito nos próximos meses.

Boa Sorte