Monitorização Clima de Portugal - 2009

frederico

Furacão
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
10,093
Local
Porto
Analisando os gráficos do IM pode-se verificar que por exemplo em relação ao mes de Fevereiro a precipitação média diminuiu cerca de 20 mm em todas as estações (analisei Porto, Lisboa e Faro) !!

Esta nova série 1971-1990 traz novas tendências que não se tinham verificado em nas décadas anteriores.

Uma das mais marcantes é a redução da precipitação no mês de Março. Em manuais antigos considera-se que Março pode ter o segundo pico de precipitação do ano, mas a tendência actual é para ser cada vez mais seco. Os anos 90 foram muito anómalos em termos climáticos em relação às décadas anteriores. E é possível que na série 1981-2010 as reduções das precipitações médias se voltem a acentuar. Basta pensarmos que nesta década vivemos alguns dos anos mais secos dos últimos 100 anos.

Alterações climáticas?
 


AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Re: Seguimento Previsão do Tempo e Modelos - Fevereiro 2009

"Em termos de precipitação total média, o valor observado em Janeiro de 2009, 140,1 mm, situa-se pouco acima do valor da média climatológica de 1971-2000 (117,3 mm). No entanto, os 21 dias com precipitação registada superior a 1 mm é muito superior à média observada no mesmo período (10 dias) e situa este mês de janeiro logo atrás de Janeiro de 2001, quando se observaram 22 dias com precipitação nas estações do Continente."

Fonte:IM

Repete-se o cenário de Maio de 2008.
Muitos dias de chuva, mas pouca quantidade de precipitação tendo em conta a média.

Percentagem de precipitação do mês de Janeiro, nas estações do INAG.
(A estação assinalada não registou dados.)
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Basta pensarmos que nesta década vivemos alguns dos anos mais secos dos últimos 100 anos.

Isso vem bem explicito no relatório climático do ano 2008 do IM:




E os desvios já são em relação a 1971-2000, porque se fossem em relação às normais 1961-1990, os desvios para valores negativos, seriam maiores.

E numa nova série que inclua a década de 2001-2010, as quebras nos valores da precipitação, serão ainda mais significativas.
 

frederico

Furacão
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
10,093
Local
Porto
Isso vem bem explicito no relatório climático do ano 2008 do IM:




E os desvios já são em relação a 1971-2000, porque se fossem em relação às normais 1961-1990, os desvios para valores negativos, seriam maiores.

E numa nova série que inclua a década de 2001-2010, as quebras nos valores da precipitação, serão ainda mais significativas.





É isto mesmo que eu tenho andado a dizer. Reparem que só numa década tivemos 4 dos 10 anos mais secos desde 1931. E não tenho aqui os dados desde 1900 mas provavelmente iria dar ao mesmo. E os efeitos já se começam a ver na paisagem, que noto cada vez mais árida no sul do país.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Muito interessante !!

Mesmo assim creio que assim dá-nos uma distruibuição da precipitação ao nível de portugal mas penso que poderemos ter um ano extremamente chuvoso no Norte e Centro e seco no sul, e assim dá uma anomalia positiva.

Creio que se fosse mais espacial era ainda mais interessante esse gráfico!!

Se em vez disso tivessemos para Porto, Lisboa e Faro por exemplo ....
.................
Contudo analisando somente nesse aspecto posso concluir que não tem sido assim tão mau quanto isso .... estaria mais preocupado se todos os anos ou quase todos os anos tivessem tido anomalia negativa !!

Sim mas de facto ... temos nos ultimos 8 anos ... os 3 anos mais secos na média nacional desde que existem registos .... o que como diz o Frederico o sul está cada vez mais árido !!

Dá também a ideia de que antigamente é que era .. !!
E se fosse em relação á media de 61-90 teriamos as anomalias positivas mais baixas mas por outro as anomalias negativas seriam mais altas ... ou se quisermos mais baixas ... OK, por exemplo em vez de -250 seria por exemplo -350.
E se calhar aquelas anomalias positivas dos ultimos 20 anos eram ainda mais baixas ...

Mas se quisermos olhar melhor pode-se observar que já desde 1979 parece que a tendencia tem vindo a ser a diminuição da precipitação ..
Seria também interessante se existisse um gráfico de comparação com a média de 61-90.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Re: Seguimento Previsão do Tempo e Modelos - Fevereiro 2009

Repete-se o cenário de Maio de 2008.
Muitos dias de chuva, mas pouca quantidade de precipitação tendo em conta a média.

Percentagem de precipitação do mês de Janeiro, nas estações do INAG.
(A estação assinalada não registou dados.)

isto apenas prova que não foi um mes extremamente chuvoso ... como chegou a parecer mas que foi um mes que em termos nacionais ficou digamos na média !!
Nós se calhar é que já não estamos habituados a tantos dias de chuva !!

PS: A média do gráfico é em relação a 61-90 ou 71-2000 ????
 

Fil

Cumulonimbus
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
3,926
Local
Bragança (740 m)
Em Bragança este Janeiro "chuvoso" foi o 6º Janeiro consecutivo a ficar abaixo da média... :mad:

No ano passado Faro foi das pouquíssimas cidades a ficarem com precipitação anual dentro da média.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
11,060
Local
Olhão (24 m)
Em Bragança este Janeiro "chuvoso" foi o 6º Janeiro consecutivo a ficar abaixo da média... :mad:

No ano passado Faro foi das pouquíssimas cidades a ficarem com precipitação anual dentro da média.

Sim, Faro no ano hidrológico 2007/2008 ficou até ligeiramente acima da média, agora este ano o ano hidrológico tem sido seco, devido aos meses de Outubro, Novembro e Dezembro. Janeiro ficou quase na média faltando uns 20 mm. Quanto aos próximos meses vão ser assim Fevereiro acima da média, Março ligeiramente acima da média ou normal, Abril mês chuvoso e Maio na média, agora matem-me se eu tiver errado.:D:D.:)

Dou razão ao Vince quando ele diz que ontem choveu um 1/3 da precipitação deste mês, claramente, eu sou aquele por incrível que pareça sou o mais seco do Algarve, só levo 155 mm acumulados desde de 1 de Outubro e façam uma comparação com as restantes estações e vejam como as nuvens não querem nada comigo.:sad::sad::D

Falta as gotas frias onde andam elas:rolleyes::rolleyes:
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Sim, Faro no ano hidrológico 2007/2008 ficou até ligeiramente acima da média, agora este ano o ano hidrológico tem sido seco, devido aos meses de Outubro, Novembro e Dezembro. Janeiro ficou quase na média faltando uns 20 mm. Quanto aos próximos meses vão ser assim Fevereiro acima da média, Março ligeiramente acima da média ou normal, Abril mês chuvoso e Maio na média, agora matem-me se eu tiver errado.:D:D.:)

Dou razão ao Vince quando ele diz que ontem choveu um 1/3 da precipitação deste mês, claramente, eu sou aquele por incrível que pareça sou o mais seco do Algarve, só levo 155 mm acumulados desde de 1 de Outubro e façam uma comparação com as restantes estações e vejam como as nuvens não querem nada comigo.:sad::sad::D

Falta as gotas frias onde andam elas:rolleyes::rolleyes:

Sim choveu um terço agora depende a qual média nos referimos porque por exemplo salvo a média de 61-90 para Faro é de 72 mm salvo errro ... e agora na média de Fevereiro (periodo 71-90) aparece 46 mm para VRSA e teoricamente os valores deveriam ser semelhantes com Faro !!
Ou seja provavalemnte a média deve ter baixado uns 20 mm aqui para Faro !!

Nos proximos dias até ao dia 10 creio que alcançaremos a média de 71-90 e quem sabe de 61-90!!
Depois é AA até ao final de fevereiro penso de que ...

PS: No final deste mês já saberemos !!
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,532
Local
Maçores (Torre de Moncorvo) / Algueirão (Sintra)
O mês de Janeiro de 2009 foi o 3º mais chuvoso do Sec. XXI, com valores de precipitação total média no Continente de 140,1 mm. Este valor acumulado de precipitação ficou bastante aquém do registado em Janeiro de 2001 , quando se registou uma precipitação média total de 254,2 mm.

Em termos de precipitação total média, o valor observado em Janeiro de 2009, 140,1 mm, situa-se pouco acima do valor da média climatológica de 1971-2000 (117,3 mm). No entanto, os 21 dias com precipitação registada superior a 1 mm é muito superior à média observada no mesmo período (10 dias) e situa este mês de janeiro logo atrás de Janeiro de 2001, quando se observaram 22 dias com precipitação nas estações do Continente.

Fonte:IM

Como a comunicação social ainda vive no século XX eles pensaram que foi o mês mais chuvoso dos últimos 30 anos :lmao::lmao:
 

frederico

Furacão
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
10,093
Local
Porto
Sim choveu um terço agora depende a qual média nos referimos porque por exemplo salvo a média de 61-90 para Faro é de 72 mm salvo errro ... e agora na média de Fevereiro (periodo 71-90) aparece 46 mm para VRSA e teoricamente os valores deveriam ser semelhantes com Faro !!
Ou seja provavalemnte a média deve ter baixado uns 20 mm aqui para Faro !!

Nos proximos dias até ao dia 10 creio que alcançaremos a média de 71-90 e quem sabe de 61-90!!
Depois é AA até ao final de fevereiro penso de que ...

PS: No final deste mês já saberemos !!


VRSA tem diferenças climáticas significativas em relação a Faro. É uma cidade mais seca, com noites mais frias no Inverno e dias muito mais quentes no Verão.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,770
Local
Estremoz (401 metros)
PORTUGAL CONTINENTAL: Metade com seca fraca em Fevereiro

Quase metade de Portugal Continental ficou em situação de seca fraca no passado mês de Fevereiro por falta de chuva, segundo o Instituto de Meteorologia, mas mesmo assim melhoraram os níveis de armazenamento de água nas barragens. Depois de um mês de Janeiro chuvoso, Fevereiro fez regressar a situação de seca a Portugal Continental, atingindo as regiões do interior norte e centro e "grande parte" das regiões do sul, segundo o boletim climatológico do Instituto de Meteorologia.
"Quarenta e seis por cento do território está em situação de seca fraca, 37 por cento em situação normal e 17 por cento em chuva fraca", lê-se no mesmo relatório, que calcula este índice com base na quantidade de chuva, temperatura do ar e capacidade de água disponível no solo. A seca fraca é apenas o primeiro de uma classificação de quatro níveis de seca (fraca, moderada, severa e extrema), mas reflecte uma média de precipitação inferior ao valor médio de 1971-2000.
Em resultado dos níveis de precipitação, também os valores de água no solo eram inferiores "aos normais para a época" em todo o território do continente, segundo aquele documento do Instituto Meteorológico.
Janeiro foi um dos meses mais chuvosos dos últimos tempos, que permitiu subir o nível das barragens em todas as bacias hidrográficas e atenuar a situação de seca registada em quase todo o território nacional no final do ano passado. Fevereiro já não foi tão benévolo, mas, mesmo assim, segundo o Instituto da Água (Inag), permitiu que o volume de água armazenado subisse em dez das 56 bacias espalhadas pelo país e baixasse apenas em duas bacias, quando comparado com os níveis de armazenamento do mês anterior.
Mas a situação piorou quando comparada com a do mês de Janeiro, quando os níveis de armazenamento de água tinham subido em todas as bacias monitorizadas, das quais 17 conseguiram registar disponibilidades superiores a 80 por cento do volume total. Em Fevereiro passado, das 56 bacias hidrográficas monitorizadas pelo Inag, 20 apresentavam disponibilidades hídricas a 80 por cento do volume total e quatro registavam disponibilidades inferiores a 40 por cento.
Com excepção das bacias do Douro, Mondego, Ribeiras do Oeste, Sado e Mira, em todas as outras a água armazenada em Fevereiro foi superior à média registada desde a década de 90 até ao ano passado.

Agência LUSA
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,532
Local
Maçores (Torre de Moncorvo) / Algueirão (Sintra)
Penso que esta imagem esclare bem a seca que se faz sentir, basta saber por onde anda o AA hoje, qual era o "normal".

Entradas de sudoeste e oeste, era aquilo que mais ocorria em Portugal, antes da mudança do anticiclone para os montes Cantábricos, hoje é oeste e noroeste.



Neste momento estamos dependentes do jet stream para que empurre o AA para as Canárias, algo que aconteceu durante os fins de Dezembro e Janeiro deste ano, sem ser assim não estou a ver chuva há vista, penso que só a vamos voltar a ver lá Outubro, isto em quantidades razoáveis, mas claro que me posso enganar :D caso não acontecer chegamos há seca severa depressa. E se estão a contar com as trovoadas para alimentar os solos, então esqueçam que isso não vai acontecer :p
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,770
Local
Estremoz (401 metros)
Situação de Onda de Calor em Portugal Continental

Comunicado do Instituto de Meteorologia

No dia 7 iniciou-se uma onda de calor, que em 17 de Março tem já uma duração de 11 dias no interior Centro-Sul do território continental (Penhas Douradas, Portalegre, Castelo Branco, Elvas e Benavila).
Desde o dia 7 de Março que os valores da temperatura máxima do ar são altos e muito superiores aos respectivos valores médios (1971-2000) e mesmo superiores aos correspondentes valores do percentil 90 (dias quentes), isto é, valores superiores aos actuais apenas ocorrem em 10% dos casos. Os desvios da temperatura máxima em relação aos valores médios atingiram valores superiores a 8°C em grande parte do território e em particular nas regiões do interior. Esta situação de ondas de calor, tem ocorrido com alguma frequência em Março, não tendo portanto carácter excepcional.
Desde 1990 ocorreram ondas de calor no mês de Março em 1992, 1994, 1995, 1997, 1998, 2000 e 2002. Os valores da temperatura máxima até 17 de Março 2009, não ultrapassaram os maiores valores anteriormente observados, na grande maioria em Março de 2002, em muitas das estações meteorológicas da rede.
O valor mais alto de temperatura máxima observado este mês, até à data, na rede do IM foi de 29.1°C em Ponte de Lima, no dia 16 de Março de 2009 (29.4°C foi o valor observado em 23 de Março de 2002). De referir que o valor máximo absoluto observado em Portugal continental durante o mês de Março foi de 31.6ºC em 31 de Março de 2005, na Amareleja.
De referir que as ondas de calor, que podem ocorrer em qualquer altura do ano, são mais notórias e sentidas pelos seus impactos, quando ocorrem nos meses de Verão.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Evolução da temperatura este Inverno (21 de Dezembro a 20 de Março).

Bragança

Bragana-1.gif



Porto, P.Rubras

Porto.gif




Lisboa, C.Coutinho

Lisboa.gif




Beja

Beja.gif




Faro

Faro-1.gif