Monitorização Clima de Portugal - 2009

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
O relatório mensal do IM referente ao mês de Março, já havia sido mencionado no tópico Foi o Março mais seco em 11 anos, mas pouco mais se falou.

Além de seco, Março foi um mês quente

Março Quente e Seco (Continente)

No mês de Março, em Portugal Continental, a média da quantidade de precipitação, 20.9 mm, foi bastante inferior ao valor médio (1971-2000), 61.2 mm, classificando-se este mês como seco a extremamente seco. De salientar que o mês de Março de 2009 é o mais seco dos últimos 11 anos.
Em relação à temperatura do ar em Março, em Portugal Continental, é de realçar que a média da temperatura máxima, 19.9ºC, corresponde ao 4º valor mais elevado desde 1931 (23.3ºC em 1997; 20.2ºC em 1961; 20.1ºC em 1998) e com uma anomalia em relação ao valor médio 1971-2000 de +2.9ºC. A estação meteorológica de Alcácer do Sal registou o valor mais elevado de 29.9°C no dia 27, o extremo absoluto desta estação foi de 30.6°C no dia 31 de Março de 2005.
Também a média da temperatura média em Portugal Continental foi superior ao valor normal 1971-2000, com uma anomalia de +1.7ºC, correspondendo ao 6º valor mais elevado para este mês (13.6ºC) desde 1931 (valor mais elevado ocorreu em 1997 com 15.9ºC).
Em relação à média da temperatura mínima do ar no Continente esta também foi superior ao valor normal mas apenas em +0.5ºC.

Fonte: IM



Se este Março de 2009 já foi bastante quente então o Março de 1997, deve ter sido algo infernal...:hehe: Lembro-me que foi o mês quente, mas não pensei que tivesse sido assim tanto.

Achei ainda curioso o facto de ter sido o extremo nordeste de Portugal Continental, a região que mais insolação teve no mês de Março.

Insolação
Os valores da insolação variaram entre 234 horas em Anadia e 289 horas em Bragança e foram bastante superiores aos valores normais (71-00) em todo o território.
 


HotSpot

Cumulonimbus
Registo
20 Nov 2006
Mensagens
3,614
Local
Moita, Setubal
Sendo uma estação muito recente, só posso fazer o comparativo entre os 2 últimos invernos:

meteomoitainverno.png


O Inverno passado foi mais frio e mais húmido. ;)
 

rpm

Cirrus
Registo
30 Abr 2009
Mensagens
1
Local
figueira da foz
Boa tarde a todos

Será que me poderiam informar onde posso arranjar informação sobre aspectos climatéricos da zona entre douro e vouga ou mais precisamente da zona de vale de cambra?
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,954
Local
Bragança (675m)
Já está disponível o Boletim Climatológico Mensal – Abril 2009

Temperatura mínima mais baixa dos últimos 23 anos

O mês de Abril, em Portugal Continental, foi mais frio que o normal, em particular no que respeita à temperatura mínima do ar, cujo valor médio foi de 6.6ºC, que representa uma anomalia de –1.5ºC em relação ao valor normal de 1971-2000 e corresponde ao 3º valor mais baixo desde 1931 (valores mais baixos: 5.4ºC em 1986 e 5.9ºC em 1932), Figura 1. Quanto aos valores médios da temperatura máxima e média do ar em Abril, também foram inferiores ao valor médio 1971-2000 (–0.6ºC e –1.1ºC, respectivamente) o que já não se verificava desde 2000. Em relação à média da quantidade de precipitação em Portugal Continental, esta foi inferior ao valor médio 1971-2000, classificando-se este mês como normal a seco em quase todo o território. De salientar que a situação de seca meteorológica se mantém, tendo-se agravado a extensão de seca severa de 8% para 16% relativamente a Março de 2009, estando o resto do território do Continente em seca fraca, 37% e em seca moderada, 47%.

http://www.meteo.pt/pt/
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Depois de um mês de Abril fresquinho, veio Maio quentinho. :hehe:

Evolução da temperatura durante o mês de Maio:

Beja
Beja-1.gif


Bragança
Bragana-3.gif


Faro
Faro-2.gif


Lisboa
Lisboa-1.gif


Porto - Sem dados na primeira dezena do mês.
Porto-1.gif
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,383
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Já está disponível o resumo mensal do mês de Maio na página do IM.

Maio quente, com agravamento de seca meteorológica

Maio caracterizou-se como sendo um mês seco a muito seco, com quantidades de precipitação, em Portugal continental, bastante inferiores aos valores médios de 1971-2000, o que levou ao agravamento da situação de seca meteorológica em todo o País. No final do mês 66% do território continental encontrava-se em seca meteorológica severa e extrema, de acordo com as classes de PDSI.

Relativamente aos valores de temperatura, o mês de Maio apresentou uma anomalia de + 2,5ºC na temperatura máxima, uma anomalia de + 1,4ºC na temperatura média e uma anomalia de +0,1ºC na temperatura minima, muito próxima da normal de 1971-2000.

Em Maio ocorreram ainda dois períodos muitos quentes, no início e final do mês, com ocorrência de onda de calor entre 2 e 8 de Maio em várias estações da rede do IM. O número de dias com temperatura máxima superior a 25ºC e 30ªC foi superior à normal de 1971-2000.
 

Skizzo

Nimbostratus
Registo
24 Set 2007
Mensagens
1,410
Local
Porto (centro) - cerca de 7km da costa
E mais uma vez o IM a pecar ao nao ter mais nenhuma EMA no Porto. Dados incompletos de P.Rubras portanto não revelam nenhuns dados, nem aqueles que foram registados na estação.
E este mês com jeitinho vai ser igual. A estação já não fornece dados há alguns dias...
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,954
Local
Bragança (675m)
Em 2 de Maio iniciou-se, uma onda de calor (Figura 9), que teve maior duração nas regiões do interior nomeadamente em Évora e Miranda do Douro com 8 dias e em Beja, Bragança e Figueira de Castelo Rodrigo com 7 dias.
Em 27 de Maio, iniciou-se nova onda de calor em muitos locais do interior, a qual persistia no final no mês.

Fonte IM

Ainda o Verão mal começou e já ocorreram duas ondas de calor.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,770
Local
Estremoz (401 metros)
Primeira semana de Junho (1 a 7 de Junho):

T. máxima e T. Mínima

Aljustrel 35,7 ºC; 9,7 ºC
Alvalade do Sado 35,2 ºC; 11,4 ºC
Beja 35,4 ºC; 10,5 ºC
Castro Verde 36,0 ºC; 10,2 ºC
Elvas 36,2 ºC; 10,0 ºC
Estremoz 34,2 ºC; 10,6 ºC
Évora 35,9 ºC; 10,4 ºC
Ferreira do Alentejo 35,8 ºC; 9,6 ºC
Moura 36,5 ºC; 8,7 ºC
Odemira 22,1 ºC; 11,8 ºC
Redondo 36,9 ºC; 10,5 ºC
Serpa 36,6 ºC; 10,4 ºC
Viana do Alentejo 35,7 ºC; 9,6 ºC
Vidigueira 36,5 ºC; 8,8 ºC

Fonte: COTR

Enormes contrastes de temperatura entre o litoral e o interior e acentuadas amplitudes térmicas, com temperaturas máximas muito altas e temperaturas mínimas ainda bastante baixas nesta época do ano.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Fonte IM

Ainda o Verão mal começou e já ocorreram duas ondas de calor.

Nem dei por isso ... aqui em Faro com as temperaturas perfeitamente dentro do normal ...
Este mes de Junho vai desagravar bastante a seca meteorológica no Norte e Centro !!
Palpitamente que este Verão será recheado de aguaceiros e trovoadas nas regiões do Interior.
Poderá também ser algo quente !!
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Já vamos na 3ª onda de calor este ano conforme as regiões obviamente.

1) A que começou entre 7 e 9 de Março

43523519.gif

http://www.meteo.pt/opencms/pt/oclima/acompanhamento/



2) A que começou a 2 de Maio

53936770.gif

http://www.meteo.pt/opencms/pt/oclima/acompanhamento/

3) A que começou a 27 de Maio

Sem mapa do IM dado que se prolongou para o início de Junho, mas terá sido sobretudo no interior.


O que não deixa de ser curioso num ano que teve bastante neve (que já vinha de trás, dos últimos meses de 2008) mas não teve nenhuma onda de frio o que demonstra de certa forma que a associação que muitas vezes se faz entre neve e muito frio é um pouco errada, as ondas de frio estão geralmente associadas a entradas continentais frias mas muito secas, e a neve em Portugal está mais associada a algum frio q.b e humidade/precipitação disponível.

Tem sido um ano com bastantes contrastes, Março e Maio com ondas de calor e Abril o mais frio dos últimos 23 anos, pelo que também acho prematuro fazerem-se extrapolações para o Verão com base nestas ondas de calor.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,770
Local
Estremoz (401 metros)
Onda de calor vai continuar em seis zonas do País

Seis zonas do Sul do País estão sob o efeito de uma onda de calor, há sete e oito dias, com as temperaturas a atingirem o valor mais alto na Amareleja, Alentejo, no dia 12 com 41,1 graus. Os meteorologistas calculam que até segunda-feira os termómetros vão continuar acima dos 30 graus, baixando a partir de terça-feira. Neste quadro, várias regiões estão expostas a risco "muito elevado" de incêndio, tanto no interior do Centro e Norte como no Sul do País.
Para além do caso extremo da Amareleja, a onda de calor está a fazer-se sentir em Setúbal e Vila Real de Santo António, onde durante oito dias consecutivos as temperaturas subiram bem acima dos 30 graus. Já em Faro, Sines e Sagres, no Algarve, o quadro prolongou-se por sete dias seguidos, disse ao DN uma climatologista do Instituto de Meteorologia. Segundo a especialista, "é necessário que se registem temperaturas, pelo menos cinco graus acima dos valores normais para a época e por um período de seis dias consecutivos para que possa falar-se de uma onda de calor ".
Aquele requisito explica o facto de Lisboa ter escapado a esta classificação. Apesar de a capital ter registado dias com temperaturas muito elevadas de 35 e 36 graus, eles não foram consecutivos, tendo interregnos de dias mais frescos pelo meio. Ontem mesmo, ao início da tarde, a temperatura em Lisboa ameaçava subir acima dos 35 graus quando um súbito vento de sudoeste trouxe um rápido arrefecimento.
Os meteorologistas consideram que os valores registados nos últimos dias não podem ser considerados anormais. "Provavelmente estamos é mal habituados pelo facto de nos dois últimos anos não termos estado sujeitos a temperaturas tão altas durante tantos dias", refere aquela especialista. Mas, relembra, "tanto nos anos de 2003, 2004 2005 e 2006 foram registadas ondas de calor, sendo que neste último ano a situação foi mais intensa". Segundo os registos do Instituto de Meteorologia, em 30 anos, entre 1970 e 2000, a temperatura média do mês de Junho foi de 21 graus a nível nacional, o que não significa que não tenha havido dias igualmente muito quentes nesse período. Por isso, vai ser "preciso esperar pelo fim do mês, para podermos estabelecer a média final, embora já saibamos que este ano ficará acima dos 21 graus", explicou a climatologista.
No distrito de Beja, onde têm sido registadas algumas das temperaturas mais elevadas no País, com valores próximos dos 40 graus, os serviços de saúde sentem um aumento da afluência às urgências. Segundo disse ao DN fonte do Centro Hospitalar de Beja, nota-se que, sobretudo os idosos, procuram as urgências com problemas de saúde que não derivam directamente do calor, mas são agravados pelas temperaturas mais elevadas. Em todo o caso, não foram relatadas situações preocupantes nestes últimos dias.
Também um responsável da Linha de Saúde 24 garantiu ao DN não se terem registado situações clínicas directamente relacionadas com a onda de calor. É para esta linha telefónica que a população deve ligar se precisar de aconselhamento médico. O responsável recomenda alguns cuidados especiais com o calor, sobretudo para os idosos e crianças, que devem beber mais água, porque sentem menos a sede. Também os doentes cardíacos estão mais vulneráveis.
CARLA AGUIAR

DN
 

Mjhb

Super Célula
Registo
15 Abr 2009
Mensagens
6,105
Local
.
É verdade, esqueci-me da onda de calor de Março. Aqui durou quase metade do mês.

Metado do mês?
Não concordo, pelo menos a meu ver...
É que aqui nesse mês esteve sempre céu limpo/pouco nublado, excepto meia dúzia de dia que quase nem arrefeceu nem choveu.
Não registei mais de 20mm de precipitação.
Foi, até agora, o mês mais seco de 2009...:rain::disgust: