Monitorização Clima de Portugal - 2013

Tópico em 'Climatologia' iniciado por AnDré 20 Jan 2013 às 01:32.

  1. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,681
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Aurélio,

    Se Cabril (EMA), não chegou aos 600mm, pouco deve ter faltado. (É esperar pelo boletim mensal). Se a média mensal para Cabril for 120mm, então já estamos a falar dos 500%.

    Castro Laboreiro, superou os 500mm no dia 26. Depois ainda foram mais 4 dias de chuva. Não sei com quanto acabou Março, mas desde dia 1 de Janeiro já vai com 1355,0mm.
    É provável que tenha superado os 600mm. Tendo em conta que o normal (Portelinha) são 144,4mm, então estamos a falar de 417%, tal como mostra o mapa.

    Em Chaves, o normal para Março são 38,6mm. Basta que tenham caído 193mm que já estamos a falar de 500%.

    Mas é esperar pelo boletim de Março.

    Como disse, a única região que ultrapassa os 200mm em Março (71-00) é a zona mais húmida do Gerês (S.Bento da Porta Aberta/Leonte). Mas daí nunca vamos ter dados, pois desde 2002/2003 que as estações foram abandonadas.

    PS: Não é assim tão raro essas duas estações ultrapassarem os 1000mm mensais. Em Leonte, entre 1941 e 2001 isso aconteceu 17 vezes, 9 das quais ultrapassou os 1200mm mensais.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,600
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Os valores de precipitação acumulados em Portugal Continental no mês de Março de 2013 oscilaram entre o mínimo de 105,8 mm em Mirandela e os 572,0 mm de Cabril.

    Quem tem as normais de Cabril para o mês de Março faça o favor de publicar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Queda de neve em Maio 'não é inédita'
     
  4. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,600
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Dias de chuva em S. Miguel bateram recorde de 42 anos

    O arquipélago dos Açores registou "um fim de inverno e um início de primavera anormal", com a frequência de situações de chuva, por vezes intensa, durante vários dias, nomeadamente em S.Miguel.
    “Tivemos um fim de inverno e início de primavera anormal com a frequência de situações de chuva, às vezes intensa, por vários dias” afirmou o delegado regional dos Açores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Diamantino Henriques, acrescentando, por exemplo, que num período de 40 dias, choveu durante 30 em São Miguel, o que disse ter sido "um recorde dos últimos 42 anos". Diamantino Henriques falava à Lusa à margem das "Jornadas atlânticas – catástrofes e assitência a multivitimas", que decorrem até sábado em Ponta Delgada.
    Em março, por exemplo, e devido a chuvas intensas, um deslizamento de terras no Faial da Terra, no concelho da Povoação, em São Miguel, provocou a morte a três pessoas. De acordo com o meteorologista, o arquipélago teve "um fim de inverno e início de primavera anormal", indicando que "em março foram emitidos cerca de 39 avisos de mau tempo" quando "a média é de pouco mais de três a quatro avisos naquele mês".
    “É uma situação meteorológica recorrente e não podemos determinar um período certo para este tipo de situações, pois tem a ver com a própria dinâmica da atmosfera”, referiu, lembrando que os Açores "estão numa região atlântica com uma situação geográfica favorável para a ocorrência de fenómenos meteorológicos extremos", nomeadamente chuvas intensas e ventos também intensos e agitação marítima, o que quando acontece de forma persistente "podem causar ou amplificar os efeitos" destas catástrofes, nomeadamente derrocadas.
    Além disso, "podem também ocorrer situações pontuais que não são tão frequentes, mas que existem nos Açores, por exemplo, tornados", referiu.

    Diário Digital com Lusa
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Devemos estar mal habituados não ? então não é que basicamente Maio até foi um mês basicamente normalmente e até no Alentejo chegou a ser mais quente que o habitual ...:huh:

    [​IMG]

    Uploaded with ImageShack.us
     
  6. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,681
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Não digo que não estamos mal habituados, porque estamos.
    Mas neste caso, se os papeis fossem invertidos, ou seja, anomalia de +2ºC no litoral oeste e anomalias de -1ºC no Alentejo, o mês de Maio continuaria a ser um mês normal (em termos de médias), mas ninguém se queixaria.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Sim André, porque com a choradeira que tem havido para aí nos media eu pensava que a anomalia seria pra aí uns 10º C na máxima, cheguei a ficar que era isso.
    Aliás penso que se o interior tivesse com uns -5ºC de anomalia na máxima e o litoral com uns +5ºC (nomeadamente em Lisboa, Porto e claro Algarve), todos diziam que estava a ser um Maio espectacular, hum .... mesmo assim se calhar ainda não .....
     
  8. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    http://www.publico.pt/ecosfera/noti...onda-de-calor-em-junho-em-quatro-anos-1598924
     
  9. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Afinal de contas parece que Junho graças aos ultimos 10 dias do mês até vai ter uma forte anomalia positiva na temperatura e ao que parece Julho poderá muito bem seguir o mesmo caminho.
     
  10. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,681
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Não diria forte anomalia positiva, mas de uma considerável anomalia negativa, deve ter passado a um mês "normal". Pelo menos no que toca à região de Lisboa.

    Até dia 24, Caneças seguia com uma média as máximas de apenas 21,3ºC. No entanto terminou o mês nos 24,1ºC. Nas mínimas passou de 13,1ºC para 15,0ºC.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Acho que vais ter uma supresa quando veres o relatório do IPMA !

    Estes ultimos 10 dias fizeram grande mossa na média do mês, e a NOAA no que toca a 5 cidades tais como Bragança, Porto, Lisboa, Beja e Faro apresenta na temperatura média uma anomalia positiva na média da temperatura com especial relevo na zona do Vale do Tejo e Alentejo, e Grande Lisboa !
     
  12. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,681
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Publico.pt
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Skizzo

    Skizzo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    24 Set 2007
    Mensagens:
    1,362
    Local:
    Porto (centro) - cerca de 7km da costa
    Boletim IPMA
     
  14. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,600
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Temperaturas máximas dias 6 e 7 de Julho de 2013

    PORTUGAL CONTINENTAL

    -dia 7 de Julho:

    1 Beja (Portugal) 41.2 °C
    2 Beja / B. Aerea (Portugal) 41.1 °C
    3 Evora / C. Coord (Portugal) 41.1 °C
    4 Castelo Branco (Portugal) 40.6 °C
    5 Portalegre (Portugal) 39.8 °C
    6 Lisboa / Gago Coutinho (Portugal) 39.5 °C
    7 Viana Do Castelo-Chafe (Portugal) 39.2 °C
    8 Montijo (Portugal) 39.0 °C
    9 Lisboa / Geof (Portugal) 38.9 °C
    10 Viseu (Portugal) 38.9 °C
    11 Vila Real (Portugal) 38.3 °C
    12 Porto / Pedras Rubras (Portugal) 37.9 °C
    13 Braganca (Portugal) 37.5 °C
    14 Coimbra / Cernache (Portugal) 36.0 °C
    15 Monte Real (Portugal) 34.8 °C
    16 Ovar / Maceda (Portugal) 34.8 °C
    17 Sines / Montes Chaos (Portugal) 34.5 °C
    18 Penhas Douradas (Portugal) 31.6 °C
    19 Faro / Aeroporto (Portugal) 30.5 °C
    20 Sagres (Portugal) 27.7 °C

    -dia 6 de Julho:

    1 Sines / Montes Chaos (Portugal) 40.7 °C
    2 Evora / C. Coord (Portugal) 40.6 °C
    3 Beja (Portugal) 40.4 °C
    4 Beja / B. Aerea (Portugal) 40.1 °C
    5 Lisboa / Gago Coutinho (Portugal) 39.8 °C
    6 Montijo (Portugal) 39.6 °C
    7 Lisboa / Geof (Portugal) 39.2 °C
    8 Portalegre (Portugal) 38.5 °C
    9 Coimbra / Cernache (Portugal) 38.4 °C
    10 Castelo Branco (Portugal) 38.2 °C
    11 Vila Real (Portugal) 38.0 °C
    12 Viseu (Portugal) 38.0 °C
    13 Monte Real (Portugal) 37.6 °C
    14 Braganca (Portugal) 36.5 °C
    15 Viana Do Castelo-Chafe (Portugal) 35.8 °C
    16 Ovar / Maceda (Portugal) 33.6 °C
    17 Porto / Pedras Rubras (Portugal) 32.9 °C
    18 Faro / Aeroporto (Portugal) 30.6 °C
    19 Penhas Douradas (Portugal) 30.3 °C
    20 Sagres (Portugal) 27.5 °C

    Fonte: OGIMET
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,681
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Máximas do dia 6 de Julho:

    [​IMG]

    E no mapa, faltam pelo menos os dados de 5 estações que certamente também terão superados os 40ºC.
    São elas Monção, Régua, Alvega, Pegões e Amareleja.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página