Monitorização Clima de Portugal - 2019

Tópico em 'Climatologia' iniciado por guisilva5000 1 Jan 2019 às 17:06.

  1. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,359
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Tentou, mas Zebreira com 38,3ºC ainda tentou com mais força :D
     
    guisilva5000 gostou disto.
  2. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,310
    Local:
    Bragança (675m)
    Último dia do mês e já é possível ver como fica a média das mínimas. Apesar da forte subida nestes 5 dias, a média das mínimas deste junho acaba com uma anomalia negativa de mais de 2ºC e é uma das mais baixas (ou mesmo a mais baixa) das últimas 3 décadas, pelo menos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, guisilva5000 e N_Fig gostaram disto.
  3. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,359
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Não sei se terá havido máximas acima de 40ºC no começo do mês, mas caso não tenha acontecido, será também o 2º junho desde 2003 sem temperaturas acima de 40ºC, depois de 2007
    PS: Vendo melhor, apesar de 2008 ter tido um junho quente, também não vejo referência a temperaturas superiores a 40ºC, pelo que é possível que também não tenha havido
     
    Dan e guisilva5000 gostaram disto.
  4. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,664
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Elvas com 38.7ºC toma conta da nova máxima absoluta do ano:

    [​IMG]

    Esta verticalidade de Portugal a fazer o interior arder enquanto que o litoral contínua com rajadas de 70 km/h com a nortada.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, Dan, RStorm e 1 outra pessoa gostaram disto.
  5. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    5,421
    Local:
    Arronches | Leiria
    Durante uma onda de calor em que exista Nortada, a discrepância entre o litoral e o interior é sempre muita, tal como aconteceu durante uma onda de calor em 2017.
    Só para relembrar, foram estes os valores alcançados na mesma enquanto o litoral tinha temperaturas idênticas às registadas nestes últimos dias ou até mais baixas:
    [​IMG]
    __________
    Tal como as sazonais mostraram, a anomalia negativa junto ao litoral vai manter-se e no interior, dentro do normal.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, guisilva5000 e RStorm gostaram disto.
  6. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,359
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    O IPMA lançou um dos seus já habituais resumos provisórios sobre junho, o mês foi normal em relação à precipitação, 74%, e muito frio, -1,23ºC, sendo de destacar a temperatura mínima, -1,84ºC e o 4º valor mais baixo dos registos
     
    guisilva5000 e algarvio1980 gostaram disto.
  7. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,470
    Local:
    Olhão (24 m)
    Em relação à máxima, foi a 2ª máxima mais baixa desde 2000 (a máxima mais baixa foi em 2007).

    Junho de 2019, foi o 13º Junho mais frio desde que há registos e o mais frio desde 2000.

    Curioso, para ver quem vai publicar essa notícia. :D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar e guisilva5000 gostaram disto.
  8. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,664
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Notícias esperadas e bem-vindas. Contudo anomalias não são tão drásticas como as anomalias positivas do início do século e dos últimos anos... Quase -2ºC de mínima é de sublinhar, claro, mas -0,6ºC de máxima é quase que como tentar dar esperança aquilo que não vai voltar para trás.

    Ainda mais drástico é o facto da média da temp. máxima de Junho ter sido INFERIOR à de Maio. :eek:

    A chuva, que caiu acima do Tejo essencialmente, fez com que a seca não progredisse muito acima dessa linha, contudo o Sul está numa situação muito má:

    [​IMG]

    E a zona do Gerês com Chuva Fraca :rolleyes:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #128 guisilva5000, 3 Jul 2019 às 20:29
    Última edição: 3 Jul 2019 às 23:15
  9. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    5,421
    Local:
    Arronches | Leiria
    O facto da média da máxima ter sido inferior à de Maio, tal como, em 19 anos, apenas 3 tiveram junho com anomalia negativa na temperatura e todas pouco significativas, ao contrário das anomalias positivas, demonstram bem como está tudo a mudar.
    Acho que terem caraterizado o mês como "muito frio" não é correto, pois, não foi nada por aí além. Mas também não é nenhuma crítica, eles lá sabem.
    _
    No que diz respeito à situação hidrológica, está mesmo muito má aqui a Sul e só não está pior graças ao facto de Junho não ter tido temperaturas extremas. A situação de seca revela algumas assimetrias, pois, houve eventos generosos principalmente no final do mês, a Norte de Tejo tal como referiste. A sul, grande parte das estações terminaram o mês com acumulados completamente nulos e a minha zona é uma delas. A estação netatmo que tenho como referência (localizada entre Arronches e Elvas), terminou junho com 1mm. A barragem do Caia, terminou o mês com 24.7%, quase -4% em relação a Maio. O próximo ano hidrológico será, sem dúvida, decisivo quanto à situação hidrológico do Continente, muito principalmente para o Sul, pois, será necessária uma situação idêntica a Março de 2018 que infelizmente é cada vez menos frequente e a situação atual reflete bem isso.
    Já agora, só para corrigir, a zona do Gerês está com Chuva fraca. :p
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos e guisilva5000 gostaram disto.
  10. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,359
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Em relação à caracterização dos meses, creio que o IPMA o faça por decis, ou seja se estão nos 20% mais quentes/frios e assim. É a única explicação que encontro para alguns meses com anomalias de quase 1 ºC serem "normais" e outros com anomalias de apenas 0,3 ºC serem "quentes/frios". No entanto, não concordo que a anomalia tenha sido pouco significativa. É certo que temos tantas anomalias positivas de 2/3 ºC que até parece banal, mas anomalias superiores a +/- 1 ºC já são significativas.
    Outra coisa que não entendo, é que já não é a primeira vez que vejo o "Este mês foi o mais frio desde 2000". Não é que seja mentira, e acho que querem dizer "Foi o mais frio deste século", mas dá ideia que em 1999 junho foi mais frio, e não é verdade, nos gráficos dá para ver que foi o mais frio desde 1997. Já em março de 2018 escreveram o mesmo, e nesse caso tinha sido o março mais frio desde a década de 80!
     
    bandevelugo gostou disto.
  11. bandevelugo

    bandevelugo
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    3 Jan 2008
    Mensagens:
    171
    Local:
    Lisboa
    A classe "chuva fraca", por oposição a "seca fraca" é que é totalmente descabida.

    Mas também não consigo arranjar alternativa melhor: o substantivo oposto de seca poderia ser qualquer coisa que significasse "pluviosidade excessiva", e não simplesmente "chuva", porque para situações em que ocorre precipitação persistente ou bem acima do "normal" é tolo qualificá-las de "chuva fraca".
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  12. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    458
    Local:
    Faro
    Porque as coisas vêm já dos termos em inglês, o Ipma não os inventa, porque o contrário de seco é molhado, portanto o contrário de seca será molhada, o que nos termos em inglês será drought e wet.
    Traduzindo para português e assim mesmo, é traduz os efeitos da precipitação ao longo do tempo. Nada a ver com a nomenclatura do termo chuva fraca ou chuva moderada. Não existe termos.
     
  13. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    458
    Local:
    Faro
    Bom em relação às anomalias a mínima não me surpreende, o que me surpreende é a anomalia da máxima não ser maior pois em minha opinião uma anomalia de - 0.6 c não é nada!!
     
  14. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    1,035
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    O índice de Palm Springs, aquele que o IPMA usa para classificar a seca no nosso país, é dividido em 9 classes, que são:

    (EN) Extreme drought - (PT) Seca extrema
    (EN) Severe drought - (PT) Seca severa
    (EN) Moderate drought - (PT) Seca moderada
    (EN) Weak drought - (PT) Seca fraca
    (EN) Usual - (PT) Normal
    (EN) Weak rain - (PT) Chuva fraca
    (EN) Moderate rain - (PT) Chuva moderada
    (EN) Severe rain - (PT) Chuva severa
    (EN) Extreme rain - (PT) Chuva extrema

    Agora, se os termos em português que incluem "chuva" estão certos, isso cabe a quem inventou este índice, e não ao IPMA, que apenas "traduziu" os termos em inglês. :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    bandevelugo gostou disto.
  15. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,664
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Máximas e mínimas do dia 11 de Julho, mais quente até agora em Portugal:

    [​IMG]
    [​IMG]

    Alvega já tipicamente a marcar máxima do ano com 43,1ºC e Portalegre a mínima mais alta com 26,7ºC.
    Bom era investir em mais estações pelo vale do Tejo.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página