Monitorização Criosfera - 2009

Tópico em 'Climatologia' iniciado por AnDré 13 Jan 2009 às 02:19.

  1. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    NASA | A Tour of the Cryosphere 2009



    Vale a pena ver...;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #31 Meteo Trás-os-Montes, 4 Set 2009 às 20:03
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  2. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Brunomc

    Brunomc
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Abr 2008
    Mensagens:
    1,975
    Local:
    Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
    Pausa no derretimento do Árctico

    O derretimento da camada de gelo do Árctico durante este ano foi muito inferior ao verificado nos últimos anos. Os investigadores falam em pausa na tendência, que se mantém. para o derretimento.

    Neste Verão, ao contrário da tendência dos últimos anos, a taxa de derretimento da camada de gelo do Árctico não foi tão extensa como a verificada nos anos anteriores.

    Actualmente, a camada de gelo do Árctico cobre cerca de 5,1 milhões de quilómetros quadrados e iniciou agora a sua recuperação natural de Outono. Trata-se de um resultado muito animador comparativamente com o mínimo recorde atingido em 2007 de 4,1 milhões de quilómetros quadrados.

    Os investigadores demonstram que os dados deste ano ainda não são suficientes para contrariar a tendência para o declínio da camada de gelo.


    Fonte: BBC news
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,928
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Gelo no ártico no final do verão de 2009 - aquecimento global parou?

    Uma leitura menos atenta do resultado da medição do gelo polar levaria à velha questão do "aquecimento global: sim ou não". Mas os cientistas colocam água na fervura aqueles que poderiam fazer uma leitura simples da questão.

    O gelo no árctico atingiu este ano a sua 3ª menor extensão de sempre depois do recorde atingido em 2007, seguido do ano de 2008.
    Apesar de um ligeiro aumento no gelo neste final de verão comparativamente aos 2 anos anteriores os cientistas consideram que esta situação não implica necessariamente que o árctico esteja a recuperar a sua camada de gelo habitual. Aliás consideram que o esperado derretimento do gelo polar a longo termo irá continuar nos próximos anos.

    Desculpem colocar o artigo em inglês mas de momento não tenho tempo para passar a português (o "google translate" é rápido mas o texto ficaria com muitas "gralhas");)

    "Arctic ice melts to third-smallest area on record
    (2009-09-17)
    (Reuters) -

    By Steve Gorman

    LOS ANGELES (Reuters) - The Arctic's sea ice pack thawed to its third-lowest summer level on record, up slightly from the seasonal melt of the past two years but continuing an overall decline symptomatic of climate change, U.S. scientists said on Thursday.

    The range of ocean remaining frozen over the northern polar region reached its minimum extent for 2009 on September 12, when it covered 1.97 million square miles (5.1 million square km), and now appears to be growing again as the Arctic starts its annual cool-down, the National Snow and Ice Data Center reported.

    That level falls 20 percent below the 30-year average minimum ice cover for the Arctic summer since satellites began measuring it in 1979, and 24 percent less than the 1979-2000 average, the Colorado-based government agency said.

    This summer's minimum represents a loss about about two-thirds of the sea ice measured at the height of Arctic winter in March. By comparison, the Arctic ice shelf typically shrank by a little more than half each summer during the 1980s and 1990s, ice scientist Walt Meier said.

    The lowest point on record was reached in September 2007, and the 2009 minimum ranks as the third smallest behind last year's level. But scientists said they do not consider the slight upward fluctuation again this summer to be a recovery.

    The difference was attributed to relatively cooler temperatures this summer compared with the two previous years. Winds also tended to disperse the ice pack over a larger region, scientists said.

    "The long-term decline in summer extent is expected to continue in future years," the report said.

    The U.S. government findings were in line with measurements reported separately by the Nansen Environmental and Remote Sensing Center in Norway, which reported this summer's minimum ice extent at just under 5 million square km (1.93 million square miles).

    Scientists regard the Arctic and its sea ice as among the most sensitive barometers of global warming because even small temperature changes make a huge difference.

    "If you go from a degree below freezing to 2 degrees above freezing, that's a completely different environment in the polar region," Meier said. "You're going from ice skating to swimming. Whereas if you're on a tropical beach and it's 3 degrees warmer, you probably wouldn't even notice it."

    World leaders will meet at the United Nations in New York on Tuesday to discuss a climate treaty due to be agreed on in December.

    MARITIME IMPLICATIONS

    The shrinking polar cap poses a loss of crucial habitat for polar bears and has implications for maritime shipping, opening up new routes to navigation.

    Once again this year, the Northern Sea Route through the Arctic Ocean along the coast of Siberia opened, enabling two German ships to navigate the passage with Russian icebreaker escorts.

    Russian vessels have traversed the passage many times over the years, but the maritime fleets of other nations are showing more interest in the route as the summer thaw expands.

    This year, the Amundsen's Channel through the Northwest Passage also opened briefly, as it did in 2008, but the deeper Parry's Channel did not. Both opened in 2007.

    Scientists have voiced concern for years about the alarming decline in the size of the Arctic ice cap, which functions as a giant air conditioner for the planet's climate system as it reflects sunlight back into space.

    As a greater portion of the ice melts, larger expanses of darker sea water are exposed, absorbing more sunlight and adding to the global warming effect attributed to rising levels of heat-trapping greenhouse gases emitted into the atmosphere by human activity.

    Scientists also have measured a thinning of the frozen seas, as older, thicker ice more resilient to warming temperatures gives way to younger, thinner layers that melt more easily in summer.

    Scientists monitor Antarctic sea ice as well, but the Arctic is considered a more critical gauge of climate change because more of the northern sea ice remains frozen through the summer, playing a bigger role in cooling the planet.

    (Additional reporting by Alister Doyle in Oslo; Editing by Dan Whitcomb and Peter Cooney)
    © Copyright 2009, Reuters"


    Ainda para ajudar a perceber com um gráfico a extensão do gelo no verão no ano de 2007, a média (desde 1979 a 2000) e agora a de 2009:
    [​IMG]

    Mais informação em detalhe no NSIDC- National Snow and Ice Data Center
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    [​IMG]

    Boas indicações no PN! Já a recuperar da época estival!:D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Verão mais frio impede perda tão grande como 2007

    Área da placa de gelo do Árctico alcançou o terceiro mínimo de sempre e já começou a recuperar

    No último sábado a placa de gelo do Árctico encolheu até ao seu máximo, alcançando o terceiro mínimo de sempre desde que se regista este fenómeno. O manto branco cobriu 5,10 milhões de quilómetros quadrados de oceano, metade da área da Europa. O mínimo ocorreu em 2007, por esta altura o gelo só cobria uma área mínima recorde de 4,1 milhões de quilómetros quadrados.

    Mesmo assim, os cientistas alertam que a área que o gelo que cobriu o oceano foi 24 por cento menor do que a média entre 1979 e 2000. “Tivemos condições de nebulosidade e zonas de baixas pressões no final do Verão o que provavelmente ajudou que as temperaturas mantivessem-se mais baixas”, disse à BBC News Walt Meier, cientista do Centro de Informação da Neve e do Gelo (NSIDC, sigla em inglês) dos Estados Unidos.

    A análise foi compilada pelo NSIDC. Meier explicou que vai ser necessária mais investigação, mas adianta que este ano “não foi certamente tão quente como foi o de 2007, que foi mais quente na ordem de dois ou três graus em média, em muitos lugares”.

    “Se se vai de um grau abaixo de zero para dois graus acima da temperatura de congelação, é um ambiente completamente diferente na região polar”, disse Meier, acrescentando que a mesma variação num clima tropical passa quase despercebida.

    No ano passado a massa de gelo não derreteu tanto como em 2007, mas houve mais do que este ano. O que mantém os cientistas preocupados é que a maioria do gelo é muito recente e pode derreter muito mais facilmente.

    “Se acontecer mais um quente como foi o de 2007, então o gelo vai mesmo desaparecer”, disse Meier. “E as hipóteses são que a dado ponto, vamos ter um ano assim.”

    Público
     
  7. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Apesar do degelo no Ártico este ano atingir um mínimo acima dos dois últimos anos, neste mês de Outubro a recuperação do gelo está a ser mais lenta do que nos últimos anos.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Anomalia da temperatura da água do mar dos últimos três anos no mês de Agosto:

    [​IMG]

    Extensão de gelo no mês de Setembro nos últimos anos, e tendência:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    é normal que este mes o re-congelamento do oceano artico esteja lento maioritariamente devido ás intensas trocas termicas que se teem feito entre as regioes tropicais e temperadas do hemisferio norte.
    desde meados de setembro que o jet esta muito mais fraco o que permite grandes ondulaçoes e consequentemente uma grande instabilidade no que toca á disposiçao das "weather patterns" o que por sua vez leva a um aumento na mistura de massas de ar tropical e polar, se assim continuar é possivel que neste outono/inverno as temperaturas sejam bem elevadas no polo e que nos tropicos seja mais baixa que os respectivos valores medios;)
    no que toca á precipitação nos tropicos seria mais fraca que o normal e nas altas latitudes superior enquanto nas latitudes medias seria irregular, com zonas a receber muita e outras em seca...;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página