Previsões curto prazo (até 3 dias) - Abril 2016

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Joaopaulo 1 Abr 2016 às 09:13.

  1. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,435
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Esperemos que se concretize uma boa rega no Algarve, principalmente no Sotavento.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Geopower

    Geopower
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    27 Mar 2013
    Mensagens:
    1,324
    Local:
    Lisboa (Campo Grande); Glória do Ribatejo
    Observando a carta sinóptica para as 6:00 UTC de amanhã, a frente fria irá começar a atravessar Portugal continental durante a madrugada:
    [​IMG]
     
    guisilva5000, TekClub e luismeteo3 gostaram disto.
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,321
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    O GFS indica que nos próximos 3 dias uma pequena depressão irá formar-se a sudoeste dos Açores. No seu caminho para oeste, passando a sul dos Açores e a norte da Madeira, esta depressão tem a particularidade de ser um indicador da mudança da estação. Irá trazer para perto dos Açores uma massa de ar com um conteúdo de água precipitável colossal:

    [​IMG]

    A zona convectiva mais ativa, de reduzido tamanho, irá beneficiar do ar muito saturado, provocando chuva intensa. O evento não é mais severo porque não haverá muito CAPE.

    O G. Ocidental poderá ser afetado pela distorção da pluma tropical aquando da formação da depressão (ainda incerto). Enquanto que é pouco provável que a depressão afete diretamente os Açores, a Madeira e PT continental poderão ser afetados. A acompanhar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #63 Orion, 18 Abr 2016 às 19:37
    Última edição: 18 Abr 2016 às 19:45
    Mike26 e TekClub gostaram disto.
  4. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,435
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Entretanto o Estofex:

    [​IMG]



    .... Portugal ....

    A vigorous cyclonic vortex will approach the coasts of Portugal during Tuesday, with its cold front crossing the country in the early morning. The advection of warm and moist air masses from SW increase the threat of an excessive rainfall event, even though non-convective features are expected to prevail. Nevertheless, any storm that will be able to form within this strong wind field, will be able to produce strong to severe wind gusts and downpours, as PW exceeds the 30 mm according to high resolution models.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. rafathunderstorm

    rafathunderstorm
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Mar 2016
    Mensagens:
    157
    Local:
    Almada
    Será que é hoje?? :pray:
     
    Mike26, Meteo Trás-os-Montes e Thomar gostaram disto.
  6. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,742
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    O Estofex fala apenas em chuva forte e vento... :D É isso que estás à espera? Ehehe!
    O IPMA, pelo contrário, fala em fenómenos extremos de vento em vários distritos.

    Aguardando pelos desenvolvimentos... :nicephoto:
     
    guisilva5000, PedroMAR e Thomar gostaram disto.
  7. rafathunderstorm

    rafathunderstorm
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Mar 2016
    Mensagens:
    157
    Local:
    Almada
    Estou mais a favor do IPMA :lmao:
     
    Thomar, guisilva5000 e PedroMAR gostaram disto.
  8. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    9,227
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Não deixa de ser curioso que perante esta previsão de instabilidade e com a incerteza que acarreta , os Distritos a norte do Douro estejam sem qualquer aviso:

    Devem actualizar mais logo em cima da hora ..

    Previsão para 3ª feira, 19.abril.2016

    INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA

    Céu em geral muito nublado.
    Períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados
    de trovoada, diminuindo de intensidade e frequência no litoral
    oeste das regiões Centro e Sul a partir do final da tarde.
    Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se em geral
    fraco (inferior a 20 km/h) para o final do dia.
    Nas terras altas, o vento soprará forte (35 a 50 km/h) do quadrante
    sul, com rajadas até 80 km/h até ao final da tarde, tornando-se
    fraco a moderado (10 a 30 km/h) para o final do dia.
    Subida da temperatura mínima.
    Pequena descida da temperatura máxima.

    GRANDE LISBOA:
    Céu em geral muito nublado.
    Períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, diminuindo de
    intensidade e frequência a partir do final da tarde.
    Possibilidade de ocorrência de trovoada até final da tarde.
    Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se
    fraco (inferior a 15 km/h) para o final do dia.
    Subida da temperatura mínima.
    Pequena descida da temperatura máxima.

    GRANDE PORTO:
    Céu em geral muito nublado.
    Períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes
    e acompanhados de trovoada.
    Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se
    fraco (inferior a 15 km/h) para o final do dia.
    Subida da temperatura mínima.
    Pequena descida da temperatura máxima.

    Atualizado a 19 de abril de 2016 às 0:54 UTC

    http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e TekClub gostaram disto.
  9. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,604
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    ROSWITHA

    [​IMG]


    Centrada ao largo da costa ocidental portuguesa, a ROSWITHA, nome atribuído pelo Serviço de Meteorologia da Universidade de Berlim e adoptado internacionalmente, é a depressão (ou centro de baixas pressões) que nos tem feito companhia ao longo desta semana (na imagem observa-se nitidamente o seu núcleo centrado a oeste de Portugal Continental, à latitude do Minho/Trás – os – Montes). É este centro de baixas pressões (ou sistema depressionário) que tem enviado linhas de instabilidade sobre o território de Portugal Continental, procedentes de sudoeste e que cruzam o continente de sul para norte, dando origem ao tempo instável, precipitação e trovoadas. Trata-se de correntes de ar muito húmidas que, aliadas ao aquecimento diurno da camada inferior da troposfera, rapidamente ascendem em altitude, arrefecendo de forma rápida, o que leva à formação de nuvens de desenvolvimento vertical (cúmulo-nimbo) que acabam por originar precipitação; tudo isto aliado também à presença de um núcleo de ar muito frio em altitude (entre os 20º e os 25ºC Célsius negativos aos 500 hPa, sensivelmente aos 5500 metros de altitude), posicionado geograficamente sobre a mesma posição em que se encontra o centro de baixas pressões, e que reforça a instabilidade atmosférica. As linhas de instabilidade giram em torno do centro de baixas pressões, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio.
    É previsível que a ROSWITHA tenha tendência de se ir dissipando, à medida que o ar frio seja desgastado ao longo dos dias; o que é mais saliente é o facto de ter permanecido quase estática geograficamente a oeste da Península Ibérica durante tantos dias, algo pouco frequente à latitude de Portugal Continental, zona em que os centros de baixas pressões fazem uma trajectória predominantemente do Atlântico para o interior da Europa, mas que desta vez não tem tido seguimento devido à presença de altas pressões (anticiclones) quer sobre as ilhas Britânicas quer sobre o Mediterrâneo ocidental, barreiras que impedem que as baixas pressões se dirijam para leste. A imagem de satélite é de hoje.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #69 Gerofil, 20 Abr 2016 às 23:58
    Última edição: 21 Abr 2016 às 01:43
  10. rafathunderstorm

    rafathunderstorm
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Mar 2016
    Mensagens:
    157
    Local:
    Almada
    :thumbsup: muito bom
     
    GARFEL e guisilva5000 gostaram disto.
  11. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,321
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Próximas 72 horas mediante o GFS 18z...

    A depressão a oeste dos Açores continuará a deslocar-se para este em direção ao arquipélago. A partir do final deste sábado à noite o arquipélago será novamente afetado por um sistema frontal. A chegada da frente quente parece não ser muito relevante uma vez que empurra ar (frio) muito seco. No pós-frontal (da frente quente) ocorrerá a intrusão de ar tropical com água precipitável moderada a elevada (>25 milímetros).

    Por volta das 12h (carta de superfície da NOAA) do dia 24, a frente fria chegará ao G. Ocidental. Não há muita instabilidade nos níveis baixos mas isso é compensado pela bolsa de ar frio em altitude trazida pela depressão e pela força da frente (que é moderada). O GFS parece indicar que a frente ficará parada durante algumas horas no G. Ocidental. Durante este período o SBCAPE vai variando (+-700 mas pode chegar aos +-1100 mais tarde). O cisalhamento será moderado a elevado (>10 m/s) podendo por vezes chegar aos +-22 m/s.

    A frente fria deverá trazer convecção moderada a forte. A precipitação será reduzida um pouco pelo ar a 925 hPa que não se encontra completamente saturado e pelo ar inconsistentemente saturado a 500 hPa.

    A presença de uma helicidade próxima dos 150 não exclui a ocorrência de tornados. Mas a probabilidade é baixa, a meu ver. A probabilidade associada ao surgimento de células fortes a severas é muito baixa.

    No seu percurso para este, a frente deverá ter um comportamento semelhante (mas será mais forte no G. Ocidental). O estreitamento gradual da humidade a 700 hPa deverá provocar um efeito semelhante na convecção mais significativa. O ar seco a 500 hPa irá também aumentar prejudicando a convecção especialmente no G. Oriental.

    Linhas de instabilidade poderão aparecer no pós-frontal da frente fria. O tempo associado a elas é-me ainda incerto (falta-me ver o comportamento da shortwave que servirá de suporte à instabilidade da frente fria; cartas ainda não estão disponíveis/não estão atualizadas).
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #71 Orion, 23 Abr 2016 às 00:31
    Última edição: 23 Abr 2016 às 00:50
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,321
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Confirma-se que a frente ficará estacionada algumas horas no G. Ocidental. O AROME, exagerado neste tipo de coisas, sugere a ocorrência de aguaceiros/períodos de chuva forte:

    [​IMG]

    A intrusão de ar seco a 500 hPa foi aumentada. Não obstante poder ocorrer convecção dispersa, esta deverá ser, na generalidade, linear. Linhas de instabilidade devem surgir. O GFS 6z mostra condições favoráveis à ocorrência de células fortes a sul do arquipélago (SBCAPE +-1000 e cisalhamento >20 m/s). A convecção mais intensa deverá ultrapassar o ar seco nos níveis médios. A pouca helicidade deverá impedir um desenvolvimento severo das células (a probabilidade associada à ocorrência de tornados e/ou supercélulas é muito baixa).

    Depois do G. Ocidental, a frente fria deverá ficar estacionada algures entre o G. Central e o G. Oriental até pelo menos ao dia 25 (deslocar-se-á lentamente). O estado do tempo deverá ser caracterizado por chuva moderada a forte, podendo esta ser acompanhada por trovoada. Continuará a haver muito ar seco em altitude mas a convecção persistente deverá saturar localmente a atmosfera permitindo um maior desenvolvimento das nuvens.

    Ao longo do dia 25 a convecção mais intensa tenderá a ser inibida pelo ar descendente associado à passagem da shortwave (carta ainda desatualizada).

    As Flores e o Corvo não são orograficamente muito acentuadas. Provavelmente será publicado um aviso amarelo. Células mais intensas poderão, localmente, descarregar volumes muito significativos de chuva.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #72 Orion, 23 Abr 2016 às 16:18
    Última edição: 23 Abr 2016 às 16:35
  13. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,321
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    As cartas já foram atualizadas. O parágrafo anterior já não se aplica.

    A frente fria já não deverá ficar estacionada sobre o G. Central, atravessando todo o arquipélago. A instabilidade deverá afetar todos os grupos até amanhã. Como referi anteriormente, a pouca humidade relativa deverá limitar significativamente a convecção em termos de intensidade global e localização (deverão surgir linhas de instabilidade).
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #73 Orion, 24 Abr 2016 às 00:39
    Última edição: 24 Abr 2016 às 01:36
  14. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,435
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Para amanhã, será um feriado bem ameno de norte a sul, e pode-se mesmo dizer com algum calor nas zonas do costume.
    Maximas previstas pelo GFS.
    [​IMG]

    Logo de manhã, haverá um disparo significativo na temperatura (comparativamente com a manhã de hoje, por exemplo) fruto de fluxo de leste.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,604
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Para o final da desta semana começara a existir alguma instabilidade ao largo da região autónoma da Madeira...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e rafathunderstorm gostaram disto.

Partilhar esta Página