Previsões curto prazo: até 3 dias (Janeiro 2016)

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Thomar 1 Jan 2016 às 08:58.

  1. TekClub

    TekClub
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Out 2015
    Mensagens:
    272
    Local:
    Coimbra
    [​IMG]
    Storm Forecast
    Valid: Tue 05 Jan 2016 06:00 to Wed 06 Jan 2016 06:00 UTC
    Issued: Mon 04 Jan 2016 14:54
    Forecaster: VALOIS-BARTHE

    ...Forecast and Discussion...

    A level 1 is proposed on Southwest of France, for severe gusts and isolated tornado.

    A powerful and dynamic cold drop concerns France. Instability is clearly reinforced this Tuesday 05th January, from Aquitaine to Poitou-Charentes especially, with an enough important MUCAPE, at 150-400kg/J usually, but with peaks at 700-800kg/J on Atlantic coasts and Channel coasts. Uprising indices are well lowered, with a MULI often near to 0K, but until -1K /-2K, loc.-3K, on Channel shores and from Basque Country to Vendee.

    Winds shear 0-6km are >15-20m/s on Southwest of France, but low and discreet, even null elsewhere. SREH 0-3km remains fairly weak and disparate during the day, with <120m2/s2 values on Channel coasts and Center-West of France.

    However, from the beginning of evening to end of night, SREH 0-3km values increases on Southwest, and reach >300-400m2/s2. Consequently, a risk of severe convective gusts, LT-supercells and an isolated tornado is very likely over the area placed in level 1.

    Thunderstorms are well present on many regions, often moderates, and risk seems also strong enough on North-West of France. It doesn't deserve a level 1 but a strong thunderstorm stays possible.

    Brief but strong showers, sometimes a moderate electrical activity, little hail (2cm) and gusts up to 70-80km/h, 90-100km/h, loc. 110km/h punctually, and a low tornado (F0-F1) under the most vigorous squall lines on Atlantic coast. This stormy risk persists on South-West of France, decreasing gradually, until Wednesday 06th January, end of morning.
     
    vamm, Tiagolco e guisilva5000 gostaram disto.
  2. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    15,487
    Local:
    Fatima
    vamm, guisilva5000 e joralentejano gostaram disto.
  3. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Pela quantidade de água que descarregou e pela duração no Norte e ainda pela capacidade de levar ainda bastante chuva ao resto do território, esta depressão parece ter um potencial para ter um excelente pós - frontal.

    Vamo ver se temos um pós - frontal " à antiga ", com muito vento gélido de NO, trovoadas e as serras pintadas de branco.
     
    Thomar, vamm, Tiagolco e 1 outra pessoa gostaram disto.
  4. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    15,487
    Local:
    Fatima
    No GFS pelo que vejo ( mas sem muita experiencia ) são frentes fortes umas atrás das outras... parece que chegou o inverno a serio em termos de chuva...
     
    vamm, vortex, Tiagolco e 2 outras pessoas gostaram disto.
  5. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    A quantidade de água teve mais a ver com a pluma tropical, ou rio atmosférico como o Orion gosta de lhe chamar. Por vezes este fluxo fica "espremido" de forma estacionária entre depressão a norte e anticiclone originando estes eventos de chuva abundante no noroeste onde a orografia dá uma grande ajuda a transformar ar muito húmido em água.

     
    Jota 21, LRamos, XtraNO e 15 outras pessoas gostaram disto.
  6. Miguel96

    Miguel96
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    13 Fev 2011
    Mensagens:
    2,857
    Local:
    Cidade de Espinho (alt:450mts)
    Amanhã a possibilidade de neve vai até Arouca ( Serra da Freita)

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. trepkos

    trepkos
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Out 2008
    Mensagens:
    1,555
    Local:
    Eborae
    Na estremadura só poderá nevar na serra de san pedro em caceres e naquela serra a sul de Olivença.
     
    guisilva5000, joralentejano e lserpa gostaram disto.
  8. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,076
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Só?!
    A província de cáceres na extremadura, faz fronteira com castilla y Leon, no sistema central. Tens a serra de gata e a serra de gredos a dividir.

    Os picos mais altos da província de cáceres rondam os 2300 a 2400m altitude.
    Em dias de excelente visibilidade, e se estiverem cobertos de neve, consigo ver de castelo branco (mesmo a 150-170km de distância).

    https://es.m.wikipedia.org/wiki/La_Covacha_(pico)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, guisilva5000, vamm e 1 outra pessoa gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,317
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    A pluma tropical, como o Vince gosta de lhe chamar :D, estará de volta ao arquipélago dentro de pouco tempo:

    [​IMG]

    A situação parece-me volátil, sendo por isso ainda cedo para explorar mais o evento, mas há algumas condições para chuva forte. Uma particularidade é a menor abrangência dos ventos na baixa atmosfera (850 hPa):

    [​IMG]

    925 hPa:

    [​IMG]

    Situação muito diferente verifica-se acima (700 hPa):

    [​IMG]

    Parece que se formará uma depressão aberta nos níveis mais baixos. Em altitude haverá, em geral, uma forte circulação zonal. Não deixa de ser interessante ver a mudança radical na força e direção dos ventos a 10 metros:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #54 Orion, 4 Jan 2016 às 23:25
    Última edição: 4 Jan 2016 às 23:36
  10. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,317
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #55 Orion, 5 Jan 2016 às 14:12
    Última edição: 5 Jan 2016 às 14:25
  11. trepkos

    trepkos
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Out 2008
    Mensagens:
    1,555
    Local:
    Eborae
    Nem me tinha lembrado de plasencia.. ai é provável
     
    Norther gostou disto.
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,317
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Última atualização da depressão:

    [​IMG]

    O IPMA indica que a chuva mais forte ocorrerá no G. Central. O GFS indica a mesma coisa. Não há grandes alterações na dinâmica geral da atmosfera que abordei anteriormente.

    Expandindo um pouco mais a previsão... o LI será positivo ou marginalmente negativo e o CAPE muito reduzido (<250), o que reduzirá os fenómenos convectivos. Já abordei a saturação inconsistente do ar em altitude. Isso também será visível a 500 hPa. Por outras palavras, a frente será muito estreita em altitude, tornando a chuva um evento não muito generalizado. Há o potencial (mas não será muito grande tendo em conta as dimensões do ar saturado) para aguaceiros e períodos de chuva fortes nos Grs. Ocidental e Central, dependendo isto da água precipitável na atmosfera, especialmente a 850 hPa. Parece haver alguma diminuição dos ventos no G. Oriental mas, tendo em conta os dados atuais, parece haver alguma possibilidade de chuva forte (muito dependente das próximas saídas). Este evento, não obstante o vento à superfície, até terá muita relevância em altitude vendo as diferenças térmicas.

    Reitero a imprevisibilidades deste vento. O Hirlam mostra acumulados bastante significativos. O UKMET também não é simpático:

    [​IMG]

    ---

    A frente está prestes a atingir o G. Ocidental. Demorará +-24 horas a atravessar o arquipélago. Isto permitirá deixar acumulados que uma velocidade mais rápida não permitiria:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #57 Orion, 6 Jan 2016 às 15:17
    Última edição: 6 Jan 2016 às 15:34
  13. AMFC

    AMFC
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Nov 2012
    Mensagens:
    497
    Local:
    Queijas/Oeiras
    Informação especial

    Comunicado válido entre 2016-01-06 19:21:00 e 2016-01-10 23:59:00
    Assunto: Previsão Especial no Continente entre 06 e 10 de janeiro de 2016

    O estado do tempo no Continente, entre os dias 6 e 10 de janeiro, será influenciado por um fluxo forte de sudoeste com transporte de ar quente e húmido associado a ondulações frontais que se deslocam no Atlântico em direção às ilhas Britânicas.

    Prevê-se precipitação persistente que atingirá de forma mais significativa as regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela e, em especial nos dias 8 e 10. Nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Viseu e Guarda e, em especial nas zonas e montanhosas, os valores da precipitação acumulada no período entre 6 e 10 poderão ultrapassar 200 mm.

    No final do dia 8 e no dia 9, haverá queda de neve nos locais acima de 1400 metros, e no dia 10, a neve só deverá ocorrer na serra da Estrela a cotas acima de 1600 metros.

    O vento predominará de sudoeste soprando forte e com rajadas até 70 km/h no litoral oeste e até 90 km/h nas terras altas.

    Na costa ocidental, a norte do Cabo Raso, prevê-se ondas do quadrante oeste com 4 a 5 metros de altura significativa.
     
  14. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    9,226
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Bom dia,

    na próxima segunda-feira poderá ser um dia complicado no Noroeste:rain:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Vendo a previsão do IPMA, prevêm - se tempos complicados para os próximos dias.

    Muita chuva forte e persistente em muitos locais, muito vento ( vários dias com rajadas até 80/100km/h, é muito vento e não acontece assim tantas vezes tantos dias a soprar com tanta intensidade) e também alguma neve nas serras da Estrela e Gerês.

    Aqui no Norte, com a saturação dos solos, vamos ver qual será a intensidade das cheias ( é certo que ocorrerão) e também alguma apreensão com a intensidade do vento e as possíveis consequências.
     

Partilhar esta Página