Seguimento Açores e Madeira - Dezembro 2020

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Duarte Sousa 1 Dez 2020 às 12:04.

  1. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,986
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Falhanço fatal das capacidades de previsão do IPMA na Madeira, para este tipo de situação. Falta de experiência?
    Revejam a altitude dos topos das células: se as imagens estão correctas, atingiram os 18 Km?
     
  2. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    7,061
    Local:
    Arronches (272m) | Leiria
    A orografia gera surpresas e todos sabemos o historial da Ilha da Madeira. É para situações imprevisíveis que os radares são instalados e também as estações.

    O IPMA, após os acumulados registados ao início da manhã na zona de Santana tinha lançado pelo menos um aviso laranja, mas nem isso fez. Acho que não há desculpa nesta situação porque havia vários registos de chuva intensa em variados pontos da costa norte da ilha.

    Para além daquilo que o radar mostrava, das 4 estações existentes na costa Norte, à exceção de S. Vicente, uma delas registou um acumulado justificativo de aviso laranja e outras duas para o lançamento de aviso vermelho.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. AJJ

    AJJ
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Nov 2015
    Mensagens:
    367
    Local:
    Avenidas Novas, Lisboa
    Delegado do IPMA na sic notícias a explicar a questão dos avisos.

    “As condicoes que havia até ao fim da manhã não apontava para valores tao elevados de precipitação”
     
  4. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    3,193
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Onde é que eu já vi isto antes? E até nem foi há muitos dias... no arquipélago vizinho, nomeadamente no grupo central. 43,2mm em pouco mais de hora e meia, o aviso foi gerado à última da hora, suspeito que o radar tenha sido a razão do aviso repentino.
    A orografia nos arquipélagos é uma caixinha de Pandora.


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    3,193
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Situação ocorrida na Ilha do Faial no dia 21-12-2020.
    Correção, valor total foi 42,3mm


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,342
    Local:
    Açores
    O IPMA-M ignorou o AROME :D

    Fiaram-se na água precipitável?

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,986
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Quando há situações invulgares à partida, dificilmente modeláveis em detalhe, ou pelo menos com o detalhe tão especial que a Madeira exige, entra o factor experiência. Se temos declarações dizendo que nos últimos dez anos não viu uma situação semelhante, então talvez seja necessária a entrada em cena, em tempo útil, de meteorologistas com uma experiência mais longa ou de registos descritivos e estudos mapeados que mostrem o que esperar nessas poucas situações raras.

    Mapa WU com os registos de precipitação de hoje. Valem o que valem, claro, e a par dos registos nas estações oficiais mostram uma variabilidade espacial extremada mas que é bem característica das precipitações na ilha da Madeira.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Perante a surpresa, refiro sempre o mesmo: o que acham que moldou o violento relevo da Ilha? Obviamente que foi a precipitação ao longo dos milénios. O relevo da Ilha poucas alterações tem sofrido ao longo dos mais de cinco séculos, mas as derrocadas e as enxurradas são uma constante. Não há extensão suficiente da memória das populações nem tempo suficiente de conhecimento e ocupação da Ilha para se saber quão extremos podem ser os fenómenos de precipitação. Mas a geomorfologia da Madeira é um livro aberto para quem o saiba ler: a Ilha continuará a desmoronar-se em falésias gigantescas, as ribeiras continuarão a escavar cada vez mais os profundos vales, os picos e encostas continuarão a desmantelar-se em derrocadas. Nada vai fazer parar esse processo. O que está mal na Madeira não é a Ilha nem o clima da Madeira, ou até a previsão meteorológica, é a ocupação humana e a alteração de delicados equilíbrios de vertentes e de escorrências.
     
    Wessel1985, efcm, DaniFR e 6 outras pessoas gostaram disto.
  8. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,986
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Este vídeo ilustra bem que há algo profundamente errado na implantação de certas obras na Madeira:

     
    Wessel1985, efcm, FJC e 5 outras pessoas gostaram disto.
  9. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    7,061
    Local:
    Arronches (272m) | Leiria
    O radar apontou e as estações que lá estão, também.
    Diferenças significativas, sem dúvida. Porto Moniz tem 170mm e Lombo da Terça pouco mais de 10mm.
    Concordo a 100% contigo e tal acontece um pouco por todo o lado. Não tenho dúvidas de que a Madeira sempre teve e sempre terá eventos extremos de precipitação e quando lá estive é que fiquei com uma melhor noção daquilo que causa situações deste género. No Continente, a orografia também faz das suas, mas são realidades diferentes.
    Aquilo que há em comum um pouco por todo o lado, é construir certas coisas em locais pouco indicados. É verdade que é tudo muito bonito, as vistas são magníficas, mas e quando chove? Pois...
    Quando estive na Madeira fiquei estupefacto com certas construções. Casas construídas em encostas cujo risco de derrocada é elevado e pensava cá para mim, "Se fosse eu, tinha medo de viver ali". Outra coisa é "roubar" os leitos aos cursos de água e é óbvio que quando chove mais também não há milagres porque a água tem de passar por algum lado.

    Entretanto, as células estão outra vez a ganhar força na Costa Norte. O fluxo intenso de E/SE juntamente com a orografia continua a fazer das suas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    2,015
    Local:
    Funchal
    Fiquei chocado com o delegado do IPMA a referir que a precipitação acumulada em Ponta Delgada devia andar entre os 70 mm e os 120 mm que são os valores de São Vicente e Santana. Desvalorizou completamente a assinatura de radar e fez uma espécie de interpolação entre as duas estações mais próximas que, numa região como a Madeira, vale zero. Por algum motivo existem dezenas de estações espalhadas pela ilha e mesmo assim parecem poucas para caracterizar a meteorologia da ilha.

    De resto a RTP-Madeira tem feito uma série de diretos de Ponta Delgada onde ainda chove torrencialmente mas as estações mais próximas estão a zeros na última hora. Mas o radar mostra a verdade. Precipitação intensa e localizada ainda em curso.

    Felizmente os danos são para já bastante limitados tendo em conta que caíu praticamente 200 mm em 12h. Algumas estradas obstruídas que amanhã já estarão limpas. A ilha está bastante mais resiliente a intempéries do que há 10 anos atrás. Disso não tenho qualquer dúvida.

    Não digo que não haja problemas estruturais nalguns sítios, mas convenhamos, se na Madeira não se pudesse construir em zonas de declive acentuado ou perto de linhas de água, a ilha nem poderia ser colonizada há 600 anos atrás. Existem milhares e milhares de linhas de água com potencial pujante por toda a ilha. Os vales pronunciados, as escarpas abruptas, os lombos, as fajãs, etc, já lá estavam muito antes de haver intervenção humana na ilha.
     
  11. AJJ

    AJJ
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Nov 2015
    Mensagens:
    367
    Local:
    Avenidas Novas, Lisboa
    já houve sequer algum estudo profundo e exaustivo ao aluvião de há 10 anos? Com dados factuais de precipitação com as condicionantes orográficas e restantes anexos?
     
    Wessel1985 e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  12. AJJ

    AJJ
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Nov 2015
    Mensagens:
    367
    Local:
    Avenidas Novas, Lisboa
  13. PedroN

    PedroN
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    21 Jul 2020
    Mensagens:
    20
    Local:
    Madeira (Calheta)
    Sem dúvida impressionantes as imagens e vídeos que retratam o sucedido em algumas zonas do norte, estou abismado. Na zona costeira da Calheta tivemos um dia soalheiro, com algum vento de leste e sol quente até o início da tarde e meia dúzia de pingas ao final da tarde (creio que nem deve ter acumulado e se acumulou foi, certamente, uma coisa mínima). Incrível disparidade entre o noroeste e o sudoeste...
     
  14. PedroN

    PedroN
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    21 Jul 2020
    Mensagens:
    20
    Local:
    Madeira (Calheta)
  15. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    2,454
    Local:
    Montijo/Lisboa
    Isso é o mais chocante. Aquela zona está desde MADRUGADA a ser fustigada por precipitação intensa constante, perfeitamente marcada no radar.
    Entendo que os modelos não o previssem e que se tenha falhado no aviso inicial, tudo ok, é aceitável.
    Inaceitável é a persistência no erro, como se nada se passasse, ainda por cima numa situação que persiste (embora local) há cerca de 20h! É completamente incompreensível!

    Aliás, vendo o radar atual, continuaria AGORA a ser justificado mudar para aviso vermelho, por mais atrasado que fosse, para cúmulo do ridículo da situação...

    Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk
     

Partilhar esta Página