Seguimento Açores e Madeira - Outubro 2015

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,107
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Intensidades muito fortes nas últimas horas em Nordeste, 10,3 + 20,5 mm.

As outras estações no maciço oriental não chegam a tanto mas são também na ordem dos 20 mm nas últimas horas.

VfXMt5r.gif
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: Wessel1985

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,538
Local
Açores
Pessoalmente receio que as trovoadas violentíssimas que estão ocorrendo entre os Açores e a Madeira possam mostram alguma da sua "potência" ocasionalmente na região das ilhas mais orientais. Devido aos meus conhecimentos mais empíricos que científicos sobre a matéria, não sei explicar porque razão, em condições mais ou menos semelhantes às previstas nos Açores para a próxima noite, para CAPE, LI, humidade aos 700 hpa e movimentos verticais, estão a ocorrer fortes trovoadas entre os dois arquipélagos... Não quero dar tiros no escuro, mas certo é que me questiono do seguinte: se as condições vão ser semelhantes, o que esperar? Que outros ingredientes estarão a explicar essas fortes trovoadas para além dos aqui descritos? Serão os fortes diferenciais de humidade associados às linhas de instabilidade?
Mas as trovoadas fortes existem também em lugares vastos de pouco diferencial de humidade...
De qualquer maneira, não nos podemos esquecer que algo está a provocar uma evolução enorme a registar-se nas próximas horas naquela região, muito mais agressiva do que para cá...

Lá há coisas que aqui não há (saída GFS 12 + 24 para demonstrar).

1- Água precipitável total superior (fruto de uma corrente de sudoeste):

MZLXsTX.gif


2- Humidade a 700 hPa tendencialmente mais consistente e elevada:

T8IknLx.gif


3- Ponto de orvalho superior à superfície:

xKN6qoP.gif


4- Cisalhamento mais elevado (impede que a célula se sufoque):

Gbbidig.png


E deixo um bónus:

5- Células com correntes de ar ascendentes com grande rotatividade (GFS 12 + 48). Valores compreendidos entre os 150 e os 300 indicam a possibilidade do surgimento de uma super-célula com tornados fracos associados:

FWVtIh9.png


O que escrevi foi a teoria. Na prática fica assim :p

htAL28C.gif
 
Última edição:
Registo
1 Set 2015
Mensagens
371
Local
Ponta Delgada
O aumento da humidade a 700 hPa aumentará (repetição) a probabilidade de aguaceiros fortes no G. Oriental. Ao longo do dia as torres estiveram omnipresentes, mas dispersas, no céu. De vez em quando houve um aguaceiro mais forte um pouco por toda a ilha.

O CAPE aumentará significativamente nas próximas horas, especialmente no G. Central, daí o aviso laranja. Não concordo contigo na parte do estacionário. Penso que no G. Oriental, por estar mais afastado do núcleo, as células irão passar mais ou menos depressa. No G. Central a questão é outra. As células tenderão a não se mexer muito/desenvolverem-se mais ou menos no mesmo local (o núcleo está centrado mais ou menos sobre o G. Ocidental). O G. Oriental poderá beneficiar de um aumento da água precipitável total para o final do dia/madrugada de amanhã:

IhVkytD.gif


O jet dá sempre uma ajuda. Mas os ventos em altitude não são muito intensos (o cisalhamento - wind shear - não é muito intenso). As células tipicamente são fortes mas de curta duração (falta divergência para impedir que se 'sufoquem'). Penso que no grupo central acontecerá mesmo isso. A formação contínua de células localizadas que vão perdendo força à medida que se afastam do núcleo. Prontamente outras surgirão no mesmo local.

Este evento não foi/é mais grave porque faltou uma corrente húmida e quente de sul (aumentando a água precipitável). Tendo em conta o CAPE, a trovoada de hoje no G. Central poderá ser semelhante àquela de 2012 (salvo erro) pelas festas do Santo Cristo no G. Oriental. Já escrevi que tenho inveja? :D



Percebido :D Mas garanto que foi um dilúvio tremendo.
@Orion, obrigado pelas explicações ;)
Então é a falta de água precipitável que limita a ocorrência de fortes trovoadas como as que estão acontecendo entre Açores e Madeira!!:p
Quanto ao que disse sobre a tendência para a linha de instabilidade ficar estacionária no grupo oriental, referi-me a esse termo com o sentido de dizer que, como ela vai subir em latitude, vai atingir São Miguel em termos do seu comprimento e não de largura (não vem "de lado"). Mas sim, concordo contigo que o núcleo tem condições mais constantes para tempo severo, por ser isso mesmo: um núcleo. Só não acredito muito no alerta laranja de trovoada para lá devido à falta de humidade aos 700 hpa.. o motor (de convergência) não trabalha muito bem durante muito tempo sem gasolina... Ainda acho possível a tendência de esvaziamento de células no Central, numa transferência de energia para a Terceira e o grupo Oriental - vou esperar mais umas horas.
 
  • Gosto
Reactions: StormRic
Registo
1 Set 2015
Mensagens
371
Local
Ponta Delgada
Lá há coisas que aqui não há (saída GFS 12 + 24 para demonstrar).

1- Água precipitável total superior (fruto de uma corrente de sudoeste):

MZLXsTX.gif


2- Humidade a 700 hPa tendencialmente mais consistente e elevada:

T8IknLx.gif


3- Ponto de orvalho superior à superfície:

xKN6qoP.gif


4- Cisalhamento mais elevado (impede que a célula se sufoque):

Gbbidig.png


E deixo um bónus:

5- Células com correntes de ar ascendentes com grande rotatividade (GFS 12 + 48). Valores compreendidos entre os 150 e os 300 indicam a possibilidade do surgimento de uma super-célula com tornados fracos associados:

FWVtIh9.png


O que escrevi foi a teoria. Na prática fica assim :p

htAL28C.gif
Epá assim é que gosto!!! Agora já percebi, obrigado! :thumbsup:
 
  • Gosto
Reactions: StormRic

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,538
Local
Açores
Então é a falta de água precipitável que limita a ocorrência de fortes trovoadas como as que estão acontecendo entre Açores e Madeira!!:p

Indiretamente. A pouca humidade impede o surgimento de mais células que eventualmente podem gerar trovoada. A água precipitável está relacionada com isso (intensidade dos aguaceiros; ar mais quente contém mais água em termos 'brutos').

Só não acredito muito no alerta laranja de trovoada para lá devido à falta de humidade aos 700 hpa..

Discordamos, o que faz parte. A humidade a 700 hPa está acima de 60%. É algo para se ter atenção. Se fosse de dia via-se melhor as células. De noite só os raios :D

Não acredito muito que aquela corrente venha a atingir os Açores. Poderá atingir a Madeira de raspão, o que é bom porque precisam de chuva. Se atingir diretamente será um caso sério.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: StormRic e lserpa

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,538
Local
Açores
Indiretamente. A pouca humidade impede o surgimento de mais células que eventualmente podem gerar trovoada. A água precipitável está relacionada com isso (intensidade dos aguaceiros; ar mais quente contém mais água em termos 'brutos').

@Azorean Storm Buster para clarificar. Ar com uma temperatura de 25º e uma humidade relativa de 50% é diferente de ar com uma temperatura de 18º e com uma humidade relativa de 50%. Ar mais quente contém mais vapor de água/humidade. Neste caso, e em termos brutos, a água precipitável do ar quente será superior à água precipitável do ar mais fresco.

A humidade relativa é útil para se ter uma ideia da condensação/surgimento de células. A água precipitável é útil para se estimar a severidade da chuva (se ocorrer e em conjunto com outras variáveis).
 
Registo
1 Set 2015
Mensagens
371
Local
Ponta Delgada
A saída das 18h GFS continua a apostar condições adversas para o grupo oriental. Em São Miguel alguns relâmpagos (há 10 minutos vi um clarão por cima da Lagoa). A atividade elétrica dispersa é consequência, em parte, da existência de movimentos verticais dispersos; no entanto, espero a reorganização da linha de instabilidade dentro de 3 horas.
 
Registo
1 Set 2015
Mensagens
371
Local
Ponta Delgada
Não és o único :D

vAItgDN.png


xso0SLN.png


Trovoada concentrada porque algumas ilhas estarão perto da provável zona de geração. Claro que a humidade (muito) inconsistente dará cabo de muitas. Ver-se-á.
Eheh :) mas olha, @Orion, já reparaste na trovoada que está a fazer para o lado leste da ilha? E já fez alguma também a sul de PDL há uma meia hora... São células eventuais para já...
 

lserpa

Cumulonimbus
Registo
29 Dez 2013
Mensagens
3,317
Local
Horta, Matriz, (90m)
Não são bem células eventuais, mas sim algo mais concreto...
40a58b7cf66083becd8bc42321d1136e.jpg

Agora, aumenta a probabilidade para esse lado, também no ocidental, poderá ser cruzado pela coma-cloud que está agarrada ao centro, aparentemente poderá ser intensa pela sua estrutura vertical.