Seguimento América do Norte - 2007

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Graves inundações no Texas matam pelo menos 5 pessoas

20070618t161309450x294uum6.jpg



GAINESVILLE, Texas (AP) -- More search teams and trained dogs were brought in Tuesday as authorities expanded their search for a 2-year-old girl whose family's home was swept away during flooding blamed for at least five deaths.

The girl and her 5-year-old sister, mother and grandmother were all inside the mobile home when it was washed down Pecan Creek early Monday after torrential storms poured nearly a foot of rain on parts of North Texas.

Their mother was rescued, but the bodies of the oldest child and 60-year-old grandmother were recovered from the water, Texas Department of Public Safety Trooper Rebecca Uresti said.

Authorities also were looking for at least four other people Tuesday, searching the creek and checking to see if the four were among the hundreds forced from their homes and staying in two shelters.

Gov. Rick Perry sent three helicopters and Texas National Guard troops and equipment to help with the searches.

About 500 homes were flooded in and around Gainesville along the Oklahoma state line. At one point, about 450 displaced residents had sought refuge at the shelters. (Watch floodwaters flow through Gainesville Video)

Among the other victims of the flooding, 4-year-old Alexanderia Collins died after she was swept away in Haltom City, about 60 miles south in the Fort Worth suburb of Haltom City. (Watch rescuers pull residents from rooftops Video)

A woman died in Sherman, about 35 miles east of Gainesville, after her car stalled in rising water and was swept away, police said. A 74-year-old man died in Grayson County after driving into high water, authorities reported.
http://edition.cnn.com/2007/WEATHER/06/19/texas.storms.ap/
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
A chuva volta a atacar no Texas... já vão 11 mortos nos últimos 11 dias....
em alguns locais caíram mais de 400 mm numa manhã:shocking:


specseasonal2600ennc4.jpg



Associated Press Writer

MARBLE FALLS, Texas (AP) - Weary from constant downpours that have claimed 11 lives in the last 11 days, residents of central Texas braced for yet another deluge Thursday.

About 3 inches of rain fell overnight in some areas, far short of the 10 inches forecast, but more was expected during the day and flash flood warnings were in effect.

Almost a week of nonstop rain - including 18 inches near Marble Falls on Wednesday morning - left dozens of people stranded on rooftops, cars and in trees. No fatalities were reported in the latest storm.

Marble Falls, about 40 miles northwest of Austin, was spared any rain overnight, but Williamson County north of Austin got about 3 more inches. Storms near Austin and San Antonio were expected to dump at least 4 more inches of rain Thursday, and up to 10 inches if any of the weather systems merge, the National Weather Service said.

Early Wednesday, the downpour and winds were so treacherous that helicopters were forced to halt efforts to rescue people from rooftops. Marble Falls Mayor Raymond Whitman said there were 32 high-water rescues, and Austin-area officials said there were reports of up to 20 people needing to be saved.

Whitman, whose own living room was filled with water, said some looting had been reported in flood-damaged areas. No curfew had been mandated in this town of 7,200, but Whitman said he would institute one if people were out.

Lakefront residents in two subdivisions near Buchanan Dam were advised to evacuate. In one area, about seven families were evacuated from their homes by helicopter because the roads were not passable.

The Texas National Guard dispatched troops and vehicles to Central Texas, as well as other areas hit by storms from the Oklahoma border to the Rio Grande Valley. About 150 troops and 50 vehicles were mobilized.

Whitman said the flooding washed out three bridges and also tore the back wall off the funeral home. He also warned that more rains could cause bigger problems.

``The ground is fully saturated ... it could be severe,'' Whitman said. ``If people do not pay attention and move to high ground, it is very possible that there will be fatalities.''

In Georgetown, north of Austin, 10 people were evacuated from three homes Thursday morning because of flooding on a branch of the San Gabriel River, said Keith Hutchinson, the city's public information officer. There were no reports of injuries.

Authorities also closed several impassable roads in surrounding Williamson County. Some cars stalled in the high water, but the occupants were able to get out without the help of rescue workers, county spokeswoman Connie Watson said.

Rains drenched North Texas as well, creating flooding along some creeks and rivers. Floodwaters were rising along the Brazos River after the Brazos River Authority opened the floodgates on the Possum Kingdom dam.

In Parker County west of Fort Worth, County Judge Mark Riley has declared an emergency and ordered mandatory evacuation of subdivisions along the Brazos.

It's the wettest year on record in Austin, where more than 30 inches of rain has fallen since January, and Dallas-Fort Worth, Waco and Wichita Falls have near-records. The rainfall has more than compensated for a drought that much of Texas had been experiencing since 2005, the National Weather Service said.

Citing the bad weather, American Airlines is letting affected travelers change tickets once without a fee. Passengers on the nation's largest carrier, based in Fort Worth, can change reservations as late as July 9 for original travel dates between June 26 and July 1.

FONTE
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Entretanto já se ultrapassaram os 50 ºC:

Bookmark Max Temperature [°C]: Jul 05 2007
Sorting: North - South A - Z Warm - Cold Cold - Warm

Goldsboro/Wayne (41 m, North Carolina) 52°
Bullhead City (167 m, Arizona) 48°
Twentynine Palms (626 m, California) 47°
Las Vegas/McCarran Airport (664 m, Nevada) 47°
Blythe Riverside Co (118 m, California) 47°
Barstow-Daggett (587 m, California) 47°

Fonte: WeatherOnline
 

mocha

Nimbostratus
Registo
5 Dez 2006
Mensagens
1,596
Local
Barreiro
EUA: temperaturas acima dos 50 graus


À onda de calor vem associada uma vaga de incêndios

A onda de calor que está a assolar a costa oeste dos Estados-Unidos trouxe temperaturas acima dos 50 graus. Com o calor veio também uma vaga de incêndios que atingem proporções recorde.

Centenas de pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas e várias auto-estradas foram cortadas devido aos fogos.

Os serviços de meteorologia prevêem a continuação do tempo quente que começa a afectar também o centro e leste do país.

As situações mais graves registam-se na Califórnia, onde a cidade de Baker atingiu os 51 graus centígrados.


:shocking: :shocking: :shocking:
 

mocha

Nimbostratus
Registo
5 Dez 2006
Mensagens
1,596
Local
Barreiro
Tempestade provocou o caos, interrompendo o serviço de metro para Manhattan

Dia de grandes constrangimentos em Nova Iorque, com a chuva e os ventos fortes a provocarem o caos nos transportes públicos. A água chegou mesmo a inundar o metropolitano e interrompeu o transporte, informam as agências internacionais.

A tempestade ocorreu de madrugada, destruiu telhas de casas, causou cortes de energia e fez disparar os alertas de aproximação de tornado, tendo afectado gravemente as linhas de metro que vão até Manhattan.

«Os passageiros estão chocados por o sistema ser tão vulnerável à chuva», disse Gene Russianoff, representante de uma campanha sobre o trânsito. «Não moramos no deserto de Gobi», queixou-se.

A confusão instalou-se, com os táxis e os autocarros a tornarem-se prioridade para os mais insistentes, enquanto os restantes optavam por trabalhar a partir de casa.

ontem, in Portugal Diário
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Recorde de calor em Washington e 'minifuracão' em Nova York

Uma onda de calor que atinge atualmente o centro e o nordeste dos Estados Unidos causou uma temperatura recorde de 39 graus à sombra em Washington, informaram os seviços de meteorologia. Desde 1930 não se registrava em Washington uma temperartura tão elevado nessa época do ano, que normalmente é de 31 graus. A taxa de umidade atingiu 85% na quarta-feira.
Já Nova York passou por uma forte tempestade e um 'minifuracão', que chegou a rajadas de vento de 177 km/h, um fenômeno raríssimo que atingiu o bairro do Brooklyn obrigando a dezenas de famílias a abandonar suas casas, cujos telhados foram arrancados.
O excessivo calor nas vias férreas atingiu a circulação de trens e houve inúmeros cortes de eletricidade devido à sobrecarga da rede.

Último Segundo
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Calor já fez pelo menos 41 mortos nos EUA

A vaga de calor que atinge o centro e o Sul dos Estados Unidos já causou 41 mortos e uma central nuclear foi parcialmente desligada por causa das altas temperaturas da água de um rio, foi hoje revelado. A Tennessee Valley Authority, a maior empresa norte-americana de serviços públicos, desligou uma das três unidades da central nuclear de Browns Ferry, en Atenas, Alabama, porque a temperatura média da água retirada do Rio Tennessee ultrapassou os 32 graus durante mais de 24 horas.
«Nunca desligámos uma unidade nuclear por causa da temperatura do rio», comentou John Moulton, porta-voz da Knoxville, a filial no Tennessee da empresa de serviços públicos. A interrupção não representa qualquer ameaça à segurança mas registaram-se grandes subidas do consumo de energia, nas duas últimas semanas, no Tennesse, Alabama, Mississippi, Kentucky, Georgia, Carolina do Norte e Virgínia. Para compensar as perdas de energia, a empresa terá que ir comprá-la algures.
No Arcansas, as temperaturas chegaram a atingir quarta-feira 44 graus. As autoridades de saúde multiplicam-se na divulgação de conselhos contra o calor, em especial no caso das pessoas mais idosas.
No Verão de 2006 morreram pelo menos cinquenta pessoas no centro e no Leste do país. A Califórnia anunciou oficialmente 143 mortes mas, no mês passado, aquele número foi revisto em alta. Em 1995, registaram-se em Chicago 700 mortes atribuídas ao calor.

© 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Fortes chuvas nos EUA causam inundações em Oklahoma e Minnesota

Quatro pessoas morreram no estado de Minnesota (norte), por causa das inundações, disseram as autoridades, acrescentando que outras duas possíveis mortes ainda devem ser confirmadas. Pontes, casas e edifícios foram destruídos pelas inundações e chuvas de mais de 300 mm em Minnesota, Oklahoma e Wisconsin.
A localidade de Stockton, em Minnesota, foi totalmente evacuada pelas autoridades, que utilizaram botes para resgatar 75 pessoas, incluindo as que tiveram de subir nos telhados de suas casas para se salvarem, contou Bob Reinert, administrador do condado de Winona.
Vários outros povoados rurais nas proximidades do rio Whitewater e a cidade de Winona, perto do rio Mississippi, foram total ou parcialmente evacuados.
No estado central de Oklahoma, o final da tempestade tropical Erin provocou fortes chuvas e inundações.
As autoridades temem que pelo menos três pessoas tenham morrido por esse motivo, informou a imprensa de Oklahoma. Ainda estão sendo procuradas três mulheres que estavam em uma caminhonete arrastada pelas águas perto de Carnegie.

Último Segundo
 

mocha

Nimbostratus
Registo
5 Dez 2006
Mensagens
1,596
Local
Barreiro
Estado de emergência no Ohio

Chuvas torrenciais causam piores inundações desde há cem anos

O Governador do Estado de Ohio, nos Estados Unidos, declarou ontem o estado de emergência, depois de várias localidades terem ficado completamente inundadas. As chuvas fortes fizeram com que o nível das águas subisse rapidamente. Dezenas de pessoas tiveram de ser resgatadas das suas próprias casas.

Depois da tempestade, a prioridade é garantir a segurança da população.

São as piores inundações dos últimos cem anos. A água preencheu quilómetros de estrada e de campos, que ficaram transformados em autênticos lagos.

Por todo o Estado de Ohio, várias escolas foram encerradas, ruas foram fechadas e a polícia foi obrigada a transferir alguns prisioneiros.

Pelo menos 500 pessoas foram retiradas da corrente das águas pelas equipas de resgate.

Depois do Ohio, a tempestade deslocou-se para norte e atingiu o Iowa. No Wisconsin e no Minnesota, as fortes chuvas e as trovoadas danificaram milhares de casas e deixaram milhares de pessoas desalojadas.

Este mau tempo que está a afectar alguns Estados norte-americanos é o resultado da junção de duas tempestades. Uma que veio da zona alta do Ohio e outra que é ainda uma réplica do Erin, que veio do Texas.
 

mocha

Nimbostratus
Registo
5 Dez 2006
Mensagens
1,596
Local
Barreiro
EUA: chuvas torrenciais e inundações já mataram 23 pessoas

Chuvas torrenciais continuam a cair na região central dos Estados Unidos, provocando grandes inundações e a morte de 23 pessoas, assim como elevados danos em Ohio e a suspensão de mais de 500 voos em Chicado, escreve a Lusa.

Enquanto as tempestades e inudações obrigaram milhares de pessoas a abandonar as suas casas em outras regiões dos Estados Unidos, as elevadas temperaturas sem precedentes já provocaram pelo menos 25 mortes.

O serviço meteorológico norte-americano prevê mais chuvas nos próximos dias e avisou que poderão também ser afectadas cidades desde Burlington a Dayton e a Cincinnati.

Os meteorologistas advertem ainda sobre o «calor excessivo» dos próximos dias, com temperaturas entre os 38 e 41 graus.

Os alertas dos meteorologistas estenderam-se hoje ao Nebrasca, Kansas, Iowa, Misuri, Illinois, Indiana, Wisconsin, Michigan e Ohio.

in portugal diario
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Onda de calor nos EUA deixa milhares de casas sem eletricidade

Por sétimo dia consecutivo, o sul da Califórnia vive temperaturas que chegaram aos 40 graus centígrados e que hoje deixaram sem eletricidade milhares de habitantes. A onda de calor afeta especialmente a área residencial conhecida como Vale de San Fernando, no norte de Los Angeles, onde a média hoje foi de 39,4 graus centígrados. Também sofrem com o problema outros condados, como Ventura, Riverside, San Bernardino e Orange, no sul, onde fica o parque de atrações da Disneylândia.
Os efeitos do calor também foram sentidos hoje pelo sétimo dia consecutivo na cidade litorânea de San Diego. Mais de 30 mil pessoas ficaram sem eletricidade, segundo o porta-voz da companhia elétrica San Diego Gas and Electric, Peter Hidalgo. Na área de Los Angeles a companhia Southern Califórnia Edison informou cortes em 20 mil casas.
As duas companhias explicaram que os problemas se devem a um consumo que excede a capacidade de seus geradores. Elas pediram que a população economize energia para evitar que a situação piore. Mesmo assim, o sistema independente encarregado de operar a energia na Califórnia disse que não espera um blecaute geral.
Segundo o Serviço Meteorológico Nacional, as temperaturas começarão a baixar a partir de amanhã. Na quinta-feira voltarão à faixa normal de um fim de verão na Califórnia, rondando os 30 graus centígrados.

Fonte: Último Segundo