Seguimento - Incêndios 2009

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Gerofil 7 Fev 2009 às 23:06.

  1. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,997
    Local:
    Olhão (24 m)
    Cinco fogos por circunscrever no Norte do país


    Cinco incêndios florestais estavam por circunscrever às 9h00 de hoje, nos distritos de Vila Real, Braga e Aveiro, de acordo com o 'site' da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

    Um incêndio em mato em Frutuoso, concelho de Valpaços (Vila Real) teve início sábado às 20h00, e continua sem ser circunscrito, obrigando ao trabalho de 16 bombeiros, ajudados por quatro veículos.

    Em Vila de Abril, Montalegre (Vila Real) está a lavrar, desde as 19h00 de ontem, um incêndio em mato, combatido por 55 bombeiros e 11 veículos.

    Em Regoufe, concelho de Arouca, distrito de Aveiro, está a lavrar, desde as 23h40 de ontem, um incêndio numa zona de minas, que exige combate com material sapador e envolve quatro homens e um veículo.

    No Parque Natural do Alvão, em Barreiro, concelho de Mondim de Basto (Vila Real), está por circunscrever um fogo, que começou a arder ontem às 23h24 e que se reacendeu às 4h42 de hoje, estando a ser combatido por nove bombeiros e duas viaturas.

    Na Mata de Albergaria, Terras do Bouro (Braga), no Parque Nacional da Peneda Gerês, está a lavrar um incêndio florestal que envolve 36 combatentes e dez veículos.

    No local estão uma equipa de Sapadores Florestais e uma equipa do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro da GNR, tendo sido entretanto pedido um helicóptero bombardeiro pesado.

    Entretanto, ficou circunscrito às 6h47 um incêndio em mato em Monte Eiras, Guimarães (Braga) . No local continuam 51 bombeiros e 13 viaturas.

    Em Bornes, Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, entrou em rescaldo às 6h45 um incêndio em mato, permanecendo no local duas equipas do Grupo Intervenção Protecção e Socorro da GNR, num total de 53 homens e 12 viaturas.

    Fonte: Publico
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Hazores

    Hazores
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Out 2008
    Mensagens:
    1,430
    Local:
    AGH,terceira,açores
    boa tarde

    felizmente nos Açores os incêndios não é coisa que nos preocupa, pois estes são raros e os existentes são pequenos (muitas das vezes apenas queimadas mal controladas) e ainda bem que não existe pois é uma coisa que me faz muita confusão.

    agora gostava de perceber 2 coisas:

    1 será que a madeira queima têm assi tanto valor para andarem a incendiar as matas?

    2 como é possivel combater incêndios com tantos poucos bombeiros? ficam aqui alguns exmplos do post anterior.

    Ex:
    mato em Frutuoso - obrigando ao trabalho de 16 bombeiros, ajudados por quatro veículos.

    Montalegre (Vila Real) - combatido por 55 bombeiros e 11 veículos.

    arouca -quatro homens e um veículo

    sinceramente não compreendo a coordenação destes meios.

    se não há bombeiros, coloquem tropa, GNR .... não sei
    mas com este numero de pessoas é impossivel combater um incêndio.
     
  3. HotSpot

    HotSpot
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Nov 2006
    Mensagens:
    3,613
    Local:
    Moita, Setubal
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. nimboestrato

    nimboestrato
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    1,865
    Local:
    Pedras Rubras-Aeroporto
    Pois é: -até de minha casa se vê mais um pequeno foco de incêndio.

    [​IMG][/URL][/IMG]


    Com esta reduzidíssima humidade relativa e com este vento leste moderado
    não admira que estes focos estejam a proliferar...
    Agora que o vento estará a acalmar talvez o nº de incêndios
    diminua um pouco...
     
  5. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,487
    Local:
    Bragança (675m)
    Vento de leste esta tarde.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Lightning

    Lightning
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jul 2008
    Mensagens:
    4,114
    Local:
    Corroios
    Tenho reparado em várias queimadas aqui na zona de Corroios, mas nenhuma delas "fora do normal".

    Costumam acontecer a meio da tarde ou antes da hora de almoço. Quando tiver oportunidade fotografo uma. :thumbsup:
     
  7. DMartins

    DMartins
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    2 Dez 2008
    Mensagens:
    822
    Local:
    Guimarães - 199mts Altitude
    3º incêndio desde as 4h da madrugada...
    Assim não...

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,487
    Local:
    Bragança (675m)
    Procurem colocar imagens mais pequenas aqui no fórum.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    Vi imagens na TV do incêndio do Gerês com neve ainda nos pontos mais altos da Serra. Incríveis contrastes.
     
  10. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,487
    Local:
    Bragança (675m)
    Esta tarde, incêndios no Parque Nacional Peneda-Gerês e no Parque Natural de Montesinho

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,997
    Local:
    Olhão (24 m)
    Chamas regressam à Peneda-Gerês

    As chamas voltaram ao Parque Nacional da Peneda-Gerês, com o reacendimento do incêndio em S. Lourenço.

    O fogo, que havia sido dado como controlado, reacendeu cerca das 10.30 desta manhã, em São Lourenço, na Peneda-Gerês. Um Helicóptero Bombardeiro Ligeiro está a participar no combate às chamas, em apoio a 12 homens e 3 viaturas no terreno.

    No mapa dos incêndios, Braga tem sido o distrito mais afectado. Nas últimas horas, deflagraram três incêndios no distrito, dois no concelho de Vieira do Minho e um em Amares.

    Em Cantelães, Vieira do Minho, o fogo voltou reacendeu às 09h33, depois de ter sido dado como circunscrito. No local encontram-se duas equipas de Sapadores Florestais e uma equipa do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro da GNR. No total, 26 bombeiros e oito veículos combatem as chamas, detectadas pela primeira vez na noite de terça-feira.

    Em Abadia, no concelho de Amares, deflagrou um incêndio às 8 da manhã. Para combater as chamas estão em acção uma equipa de Sapadores Florestais, uma equipa do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro da GNR e Helicóptero Bombardeiro Pesado Kamov. No local encontram-se 14 combatentes e 3 veículos.

    Um outro helicóptero pesado Kamov está já em acção num incêndio na localidade de Cardinho, no concelho de Resende, em Viseu. O alarme foi accionado às 7h16, desta quarta-feira, e encontram-se no local, além do héli, quatro combatentes e dois veículos.

    Em Pandoso, Vieira do Minho, entrou já em fase de rescaldo o incêndio que eclodiu cerca da 1.30 horas da madrugada de quarta-feira. No local estão 30 homens, apoiados por 10 viaturas.

    Entrou, também, em fase de rescaldo o fogo que deflagrou em Vazielas, distrito de Viana do Castelo, teve início às 7h19 desta quarta-feira, e estava a ser combatido por 31 bombeiros com apoio de 10 viaturas e está em rescaldo. Para o local foi accionado um helicóptero bombardeiro.

    Na terça-feira, a ANPC registou 212 fogos que obrigaram à mobilização de 2.142 bombeiros e 606 viaturas.

    A previsão de tempo quente e seco levou a ANPC a alargar o alerta Amarelo, o segundo nível menos grave de uma escala de quatro, atendendo ao agravamento do Risco Meteorológico de Incêndios.

    O alerta vai prolongar-se até às 12:00 de sexta-feira para os distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

    A ANPC recomenda à população medidas de precaução na realização de fogueiras e outras formas de fogo em espaços rurais e que se evite a sua realização neste período de alerta.

    Fonte: JN

    Incrível em pleno Março, temo um Verão escaldante e terrível em relação aos incêndios, a continuar sem chover vai ser lindo vai.:disgust:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. mr. phillip

    mr. phillip
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Dez 2006
    Mensagens:
    3,870
    Local:
    Quinta do Conde, Sesimbra (20m)
    É verdade, impressiona... Tentei documentar isso mesmo na viagem que fiz há uma semana atrás, e via-se isso mesmo: fogo e neve...

    Aliás, os incêndios ali nasciam de "geração espontânea", o que apenas prova a mão criminosa dos mesmos...:disgust:
    Se quiseres, passa neste tópico, que dá para ver isso mesmo...:thumbsup:
    http://www.meteopt.com/forum/nature...montalegre-16-20-de-marco-de-2009-a-3220.html
     
  13. kikofra

    kikofra
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Abr 2008
    Mensagens:
    1,337
    Local:
    Leiria (115m)/Lourosa/Porto
    Na serra do ameal/castanheira de pera/ leiria a coisa parece complicada a 10m o incendio voltou a reacender-se ja é o 2 reacendimento.
    o local 4 elementos do Grupo Intervenção Protecção e Socorro com 1 veículo. 17h42 Mobilizado Helicóptero Bombardeiro Pesado. Kamov. 17h55 Saida do Helicóptero Bombardeiro Pesado. Kamov. 18h20 - Actualização de meios no local: 77 bombeiros com 20 veículos, 7 elementos do Grupo Intervenção Protecção e Socorro com 2 veículos, 2 elementos dos Sapadores Florestais com 1 veículo e 1 Helicóptero Bombardeiro Pesado Kamov. 18h50 Desmobilização Helicóptero Bombardeiro Pesado Kamov. 19h30 - Actualização de meios no local: 112 bombeiros com 27 veículos, 12 elementos do Grupo Intervenção Protecção e Socorro com 3 veículos e 2 elementos dos Sapadores Florestais com 1 veículo. 20h42 Actualização de Meios: 157 bombeiros com 37 veículos, 12 elementos do Grupo Intervenção Protecção e Socorro com 3 veículos. 19h40 Comandante Operacional Distrital e Veículo Comando e Comunicações a caminho do local. 21h10 - Comandante Operacional Distrital no local. 21h45 - Veículo Comando e Comunicações no local. Circunscrito ás 00h05. Rescaldo ás 02h00. 03h10 Saida do local Comandante Operacional Distrital. 06h35 Reacendimento, Incêndio não circunscrito. Actualização de Meios: 98 Bombeiros com 24 Veículos, 5 elementos do Grupo Intervenção Protecção e Socorro com 1 veículo, accionado Helicóptero Bombardeiro Pesado.Kamov. 07h47 - No local Presidente da Câmara Municipal de Castanheira de Pêra. 08h00 Saida do Helicóptero Bombardeiro Pesado Kamov. 08:20 Helicóptero Bombardeiro Pesado Kamov no TO. 08:32 Incêndio circunscrito. 11:41 Reactivação do incêndio, 1 Frente activa.
     
  14. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,727
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Incêndios: Reacendimento na Serra do Ameal

    Perto de uma centena de bombeiros, apoiados por 24 viaturas, estão mobilizados no combate às chamas de um incêndio que reacendeu ao início da manhã deste domingo, na Serra do Ameal, distrito de Leiria, o qual já tinha entrado em fase de rescaldo durante a madrugada. Segundo informação da Protecção Civil, disponível no seu site, o fogo deflagrou em zona de floresta da serra, no concelho de Castanheira de Pêra, às 17h23 de sábado e chegou a mobilizar 157 bombeiros, 38 veículos e doze elementos do Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro (GIPS), mas entrou em fase de rescaldo às 02h00 de hoje.
    As chamas voltaram, no entanto, a atingir a zona às 06h35 e estavam ainda por circunscrever às 08h15, hora em que estavam no local, além dos bombeiros, cinco elementos do GIPS com um veículo. O combate ao incêndio implicou também ao accionamento de um helicóptero bombardeiro pesado Kamov, entretanto retirado da zona.
    No local está já o presidente da Câmara Municipal de Castanheira de Pêra, Fernando Pires Lopes.

    Correio da Manhã

    Fogo cortou A27 e ameaçou povoações

    Um grande incêndio, que lavrou durante a tarde de sábado nas duas margens da A27 entre Viana e Ponte de Lima, obrigou ao corte de trânsito naquela via. De acordo com o segundo-comandante do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, Robalo Simões, o fogo, que já tinha ardido durante algumas horas na sexta-feira, reacendeu ontem por volta do meio-dia e só foi dado como circunscrito às 17.10 horas, sendo que entretanto algumas zonas das freguesias de Lanheses, Meixedo e Vila Mou, mais próximas da auto-estrada viram as chamas chegar muito perto.
    Viveram-se momentos de pânico. "Foi terrível. As labaredas atingiram 10 metros de altura, o fumo era tanto que não deixava ver nada.O fogo andou mesmo a rondar as habitações", contou, à Lusa, Olivério Afonso, morador no lugar das Fontes, em Vila Mou. "O que valeu foi eu ter um potente motor, do poço de casa, para combater as chamas, senão teria acontecido o pior", acrescentou. Olivério disse ainda que o incêndio foi, na sua fase mais crítica, combatido "apenas por populares", já que os bombeiros, na altura, "estavam dispersos" a acudir a várias outras frentes. "Só se ouvia gente a gritar, com medo de perder as suas casas, mas felizmente não foram atingidas", concluiu.
    Os lugares de Picarota, Barreiros, Vilela, Balteiro e Rasas também estiveram ameaçados, não tendo, contudo, o incêndio atingido qualquer casa ou propriedade. Envolvidos no combate às chamas esteve um helicóptero pesado Kamov, 47 bombeiros dos municipais e voluntários de Viana do Castelo, da corporação de Vila Praia de Âncora e duas equipas de sapadores florestais também de Viana, além de um grupo de mais 30 homens oriundos de nove corporações de Lisboa, que, com nove viaturas, prestaram apoio naquele distrito durante a última semana.
    À hora do fecho desta edição, não estavam circunscritos três incêndios: serra do Carvalho (Braga), serra do Ameal (Castanheira de Pêra) e Barro Lobo (Bombarral).

    Jornal de Notícias
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. kikofra

    kikofra
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Abr 2008
    Mensagens:
    1,337
    Local:
    Leiria (115m)/Lourosa/Porto
    Circunscrito o incendio de castanheira de pera a 20m
     

Partilhar esta Página