Seguimento Litoral Centro - Abril 2021

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,197
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Acordei há pouco com um ronco tremendo...

Pelo Montijo acordei com 2 trovões um pouco antes das 8h.

Bom dia! Acordei com um bom trovão eram 7h10, foi o único que ouvi

Tal como já foi mencionado, o despertar de hoje foi ao som de dois belos trovões pelas 7:50h

e ainda ouvi um trovão longínquo.

Boa tarde

Confiram: foram as duas únicas células com trovoada que descarregaram na região de Lisboa/Setúbal.

Às 7h09 hora legal, descarga dupla na Caparica.
Z0Erwl0.jpg


Às 7h50 (descarga tripla no meio do rio, em frente ao Montijo) e 7h52, descarga tripla também, no Montijo, uma delas na margem do rio.
GPZGZxg.jpg


Por aqui, 3,1 mm em Santa Iria, principalmente por dois aguaceiros cerca das 6h30 e das 8h30; 4,3 mm na Póvoa também à volta dessas horas, especialmente às 8h30..
 

Microburst

Nimbostratus
Registo
10 Set 2009
Mensagens
855
Local
Laranjeiro-Feijó (Almada)
Aqui pelo Feijó o tempo está calmo, literalmente a ver passar tudo ao lado. As notas de destaque são o tempo abafado, apesar da temperatura passar pouco dos 20 graus, e o vento moderado e por vezes com rajadas de Sudoeste.
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,197
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
foram as duas únicas células com trovoada que descarregaram na região de Lisboa/Setúbal.

Correcção: foi uma única célula, que passou primeiro na Caparica e depois no estuário do Tejo.
JxNk4Mi.jpg
j6mJjkk.jpg


Na mesma altura, o aglomerado principal da linha de instabilidade estava já quase em cima da Figueira da Foz e a começar a desmantelar-se:
bAiOVaV.jpg


Os maiores acumulados horários nas EMA's do IPMA, de hoje até às 12h, estiveram ligados à passagem desse célula ou seguintes na mesma linha local:
Ajuda, 7,1 mm das 6h às 7h utc:
anGvhy2.jpg


E Barreiro/Lavradio, 9,9 mm das 7h às 8h:
7YkjdnN.jpg


Mas estes valores não espelham, de todo, os acumulados que têm sido registados noutras estações não "oficiais" ou mesmo locais onde não há qualquer estação, e é assim o regime deste evento, pode ser muito frustrante para alguns e quase aflitivo para outros...
A não homogeneidade da distribuição da precipitação é característica de um evento convectivo, não frontal, e nunca pode ser avaliado como "fiasco" a partir da observação num único local ou região.