Seguimento Marítimo 2010 (Praias, Temperatura água, ondulação, vento, etc)

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Tópico de 2010 para seguimento de informação marítima e costeira, praias, temperatura da água, ondulação, vento, etc, bem como para acompanhar outras notícias que sejam importantes neste tema como por exemplo a limpeza/poluição, interdições, segurança, etc.

Link's úteis:

Temperatura da água
-> IM - Informação Costeira
-> IM - Modelo Estado do Mar (MAR3G) - Previsão Temperatura
-> Modelo MOHID
-> Modelo OOF-CESAM
-> NOAA AVHRR Europe Sea Surface Temperature
-> Instituto Hidrográfico (Temperatura Bóias)
-> CLIMAAT Temperatura Bóias Açores
-> CLIMAAT Temperatura Bóias Madeira
-> Meteogalicia - Temperatura da água do Atlântico - Meteosat 9
-> Meteogalicia (Temperatura Bóias Galiza)
-> Temperatura del agua del mar AEMET
-> AEMET Predicción Playas (Espanha)

Ondulação e Marés
-> IM - Modelo Estado do Mar (MAR3G) - Previsão Ondulação
-> Instituto Hidrográfico (Bóias, ondulação, marés, etc)
-> NOAA Wave Watch III
-> WindGuru
-> Storm Surf - Wave Model - North Atlantic Sea Height (em pés)

Segurança, Qualidade, etc
-> Qualificação de Águas Balneares 2008 (Resultados de análises por praia)
-> SNIRH - Zonas Balneares
-> Associação Bandeira Azul
-> Associação Bandeira Azul - Lista Praias 2009 (Anúncio a 8 de Maio de 2009)
-> Instituto de Socorros a Náufragos (Vigilância, segurança, riscos)

Surf
-> Offshore
-> Suftotal
-> WindGuru

Webcams
-> BeachCam (várias webcams)
-> Praia da Salema Algarve
-> Sagres
-> Lagos
-> Peniche
-> Cascais
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga

Toneladas de polvos mortos deram à costa em Valadares


Toneladas de polvos mortos deram à costa em Vila Nova de Gaia, entre as praias de Valadares e Canide-Sul. As razões para tal mortandade ainda não estão claras: a Câmara diz que tudo aponta para fenómeno natural; a Polícia fala em forte descarga poluente.

José Nogueira vive há 55 anos junto à praia de Valadares. Garante que já viu "muita coisa", "muita poluição colorida, muita espuma esquisita", mas nunca se deparou com uma situação como a de ontem. "Até dói ver tantos polvos a serem atirados para a areia pela força do mar. Tem de ser coisa forte para matá-los desta forma", afirmou, ontem, ao JN.

Essa "coisa forte" foi, para os agentes da Polícia Marítima que permaneceram no areal entre as 10 horas e o princípio da tarde, uma "forte descarga poluente com metais pesados". "Não venham com conversas. Isto é poluição e apanhou os polvos porque são os que estão mais fundos no mar", garantiram, apesar de passarem as certezas para depois. "O Parque Biológico de Gaia está a fazer exames. O serviço ambiental da GNR anda a percorrer terreno junto à ribeira de Paço, de onde poderá ter vindo a descarga. Aguardemos", remataram.

A preocupação da Polícia era evitar que moradores levassem os polvos para consumo e que eles fiossem retirados rapidamente do areal. No entanto, os poucos bombeiros de Valadares e a ausência de pessoal camarário, à hora do almoço, não surtia efeito, sobretudo fora da praia de Valadares.

Mas, segundo os resultados preliminares da autópsia efectuada pelo Parque Biológico de Gaia, "não há nenhuma razão de carácter agressivo que justifique a morte dos polvos", assegurou ao JN o vice-presidente da Câmara de Gaia, Marco António Costa. "Está completamente fora de hipótese tratar-se de algo relacionado com poluição", disse o autarca.

A meio da tarde de ontem, o director do Parque Biológico de Gaia mantinha-se no local a acompanhar os trabalhos de limpeza do areal. E eram muitas as dúvidas de Nuno Oliveira e para as quais apenas as conclusões vindas do Laboratório Nacional de Medicina Veterinária acharão resposta.

Na análise "muito sumária" feita pelos técnicos do Parque Biológico apenas se estabeleceu tratarem-se de polvos frescos, já que havia a suspeita de poder tratar-se de moluscos atirados ao mar. Ainda de acordo com o presidente do Parque Biológico, a hipótese da morte dos polvos estar relacionada com poluição "elimina-se com facilidade", uma vez que não houve outros peixes mortos. No entanto, o JN viu algumas tainhas entre os moluscos mortos, se bem que em menor quantidade

"A origem da morte deve ter sido uma causa natural", adiantou, estranhando, no entanto, o facto de os cadáveres terem dado à costa todos ao mesmo tempo.Dúvidas que deverão ser esclarecidas dentro de alguns dias.

Marco António Costa sugeriu, ainda, que na origem do fenómeno poderão ter estado a alterações das condições biológicas, resultantes da agitação verificada nos últimos dias.

*com Cláudia Monteiro
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pai...va de Gaia&Option=Interior&content_id=1460480






Mistério em Gaia
Polvos e pé humano dão à costa


ng1237342.jpg


Não há explicação para o aparecimento de milhares de polvos na costa de Gaia. Nem para o pé humano ali encontrado.

As equipas de Protecção Civil da Câmara Municipal de Gaia e a Polícia Marítima foram alertadas ontem de manhã para o aparecimento de milhares de polvos mortos que deram à costa numa extensão de cinco quilómetros, entre as freguesias de Canidelo e Valadares. Quando procediam à recolha dos cerca de quinhentos quilos de moluscos, as autoridades descobriram um pé humano, ainda dentro de uma bota.

Para já ninguém tem explicação para estas estranhas ocorrências. Quanto aos polvos está afastada a hipótese de poluição ou de descarga ilegal de peixe congelado. O vereador da Protecção Civil da Câmara de Gaia adianta que "alguns polvos foram abertos e tinham no seu interior alimentação consumida nas últimas 24 horas". "E se fosse poluição seriam afectadas mais depressa outras espécies como a dourada ou o robalo, pois o polvo é mais resistente", sublinha Nuno Fontemanha.

Em comunicado enviado às redacções, a capitania do Porto do Douro anunciou que "por se desconhecer até ao momento a causa da morte das diversas espécies, aconselha-se toda a população a não usar as referidas espécies para consumo humano". Informação reiterada pelo vereador da Câmara de Gaia, que diz ter tido conhecimento que "algumas pessoas levaram sacos de polvos para casa". Alguns exemplares serão entretanto enviados para o Laboratório Nacional de Investigação Veterinária, para procurar apurar as causas da morte dos polvos.

Já quanto ao pé humano, Nuno Fontemanha adiantou ao DN que "a Polícia Marítima tem registo de alguns desaparecimentos de pessoas junto à costa, mas apenas na zona de Viana do Castelo". A Polícia Judiciária foi entretanto chamada ao local para efectuar a recolha e proceder às necessárias investigações.

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1460789&seccao=Norte
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Forte ondulação desaloja seis pessoas na Cruz Quebrada

A ondulação forte que se fez sentir na madrugada de hoje na foz do Tejo desalojou seis pessoas na praia da Cruz Quebrada, Oeiras, tendo destruído as habitações precárias onde viviam.

«Hoje à noite houve uma grande tempestade e a forte ondulação destruiu as barracas de seis pessoas da praia da Cruz Quebrada. A sorte foi que estas pessoas já tinham sido realojadas de emergência pela Junta de Freguesia e hoje já não estava lá ninguém. Senão tinha sido uma catástrofe», contou à agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia da Cruz Quebrada e Dafundo, Paulo Freitas do Amaral.

Três das pessoas desalojadas, de 50, 60 e 80 anos, passaram a noite num lar da rede de segurança social do concelho. Os restantes estão a viver em casa de familiares.

No entanto, o autarca afirma que é necessária uma «solução urgente» e um «realojamento definitivo», apelando à Administração do Porto de Lisboa (APL), à REFER [dado que as habitações clandestinas foram construídas junto à Linha férrea de Cascais] e à Câmara uma «acção conjunta» para a solução destas seis pessoas.

DD
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
Em dia de serenata à chuva, perdido por cem ,ganho de mil:
Ou seja :
Já que estou todo encharcado no corpo pela água que cai dos céus ,

vconde025.jpg
[/URL][/IMG]
( foto tirada hoje à tarde, na praia de V.Conde)

embora lá ver como está a água cá da Terra...
E estava soberba...
Não tanto para o corpo, mais prá "vistinha" ...
 

Brunomc

Nimbostratus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
1,977
Local
Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
Gaia: Polvos morreram com excesso de água doce - análises

14 de Janeiro de 2010, 18:10

Lisboa, 14 Jan (Lusa) - Os polvos que deram à costa em Vila Nova de Gaia morreram devido ao excesso de água doce que correu para o oceano durante as fortes enxurradas que assolaram a região nos dias anteriores, revelaram as análises.

De acordo com fonte oficial do Ministério da Agricultura, as análises efectuadas aos polvos pelo Laboratório Nacional de Investigação Veterinária (LNIV), antigo IPIMAR, revelaram que houve um "desequilíbrio na salinidade" dos polvos que lhes provocou a morte.

A explicação para este desequilíbrio está nas enxurradas e chuvas fortes que causaram "escorrências de água doce em elevadas quantidades dos rios para o oceano".

Fonte : http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10548101.html
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
Domingo de forte ondulação na Praia de Sampaio (norte de Angeiras):

sampaio019.jpg
[/URL][/IMG]

Na ausência do sol, para grandes males , grandes remédios

sampaio054.jpg
[/URL][/IMG]

Se não há sol, haja ao menos a beleza desta rebentação ,
desta energia incontável ainda por nós totalmente desperdiçada...
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Não sei o que se passa com as praias de Gaia, mas depois dos polvos mortos, do pé humano e dos fémures, eis que hoje, deu à costa um golfinho morto.

Golfinho dá à costa em Gaia


Um golfinho morto, com aproximadamente 1,5 metros, deu hoje, domingo, à costa na praia de Francemar, freguesia de Gulpilhares.

A remoção do golfinho começou a ser efectuada às 17:00, disse o sub-chefe Mesquita, dos bombeiros sapadores de Vila Nova de Gaia, à agência Lusa.

JN
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Muito bizarro...

Provavelmente um navio de pesca de polvos naufragou, um dos ocupantes, ficou com as pernas dilaceradas. O golfinho seria mera coincidência. Só falta a cabeça e os braços...

Não sei o que se passa com as praias de Gaia, mas depois dos polvos mortos, do pé humano e dos fémures, eis que hoje, deu à costa um golfinho morto.
 

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,072
Local
Casal do Rato (Odivelas)
A situação na zona da Praia do Sol na Costa da Caparica não é muito animadora.

O mar já "comeu" uns bons metros de areal em toda a Costa da Caparica, mas na zona da foto o caso está mais grave.

Está mais que visto que colocar areia nas praias não é solução, o mar torna a levá-la mais cedo ou mais tarde... assim terão que estar eternamente a por areia.
 

ecobcg

Cumulonimbus
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
4,882
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Temporal no mar ameaçou restaurantes e lojas na Marina de Portimão
Temporal no mar ameaçou a Marina de Portimão
A força do temporal do mar, o vento forte rodando entre sul e sudoeste e a maré cheia, quase taparam, esta tarde, os molhes de Portimão e Ferragudo e ameaçaram restaurantes e lojas na Marina de Portimão.

Na zona nascente da Marina, a preocupação é de que o tempo piore. É que a força do mar que entra no rio Arade é tanta, que as ondas chegam a entrar nos corredores mais baixos da Marina, ainda que exista um muro naquela zona.

Apesar de não parecer que haja risco de inundações nos estabelecimentos, a piscina do No Solo Aqua, um dos bares da praia da Marina, já transborda, tendo sido colocados sacos de areia para evitar males maiores, como apurou o barlavento.online no local.

A estrutura de madeira do bar tem estado, aliás, a ser fustigada pelas ondas, como se pode ver nas fotografias.

Para prevenir a inundação dos corredores que ficam ao mesmo nível do mar, algumas tampas dos esgotos também foram abertas para que a água possa escoar.

A forte ondulação já chegou também à Área Desportiva da Praia da Rocha, que funciona durante a época balnear. Nesta zona são também vários os bocados de madeira espalhados pelo areal

Ainda assim, mesmo com a água que entra pela zona nascente da Marina ou que tapa os molhes de Portimão e Ferragudo, o temporal acaba por ser um verdadeiro espetáculo.

Tanto que, no local, o barlavento.online encontrou dezenas de turistas e curiosos e espreitar o mar e a força das ondas.

Enquanto uns se refugiaram na Fortaleza de Santa Catarina a observar de longe, lá no alto, outros mais afoitos, de máquina fotográfica ou de telemóvel em punho, chegaram-se à frente para tirar uma foto para memória futura... é que uma imagem sempre vale por mil palavras.

3 de Março de 2010 | 17:50
ana sofia varela
http://www.barlavento.online.pt/index.php/noticia?id=40224









 

ecobcg

Cumulonimbus
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
4,882
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Ontem, a situação de maré cheia e bem grande, associada a ondulação forte, colocou muitas zonas aqui do litoral algarvio em perigo.
Ficam aqui as fotos da praia de Vale de Olival (perto de Armação de Pêra), aqui do concelho de Lagoa, e da situação de muito perigo em que os 2 restaurantes estiveram submetidos:

Praia de Vale de Olival e de Armação de Pêra "desaparecidas". Entre a arriba e a linha de rebentação costuma haver uma boa extensão de areia!


Com a maré vazia:


Com a maré cheia:






 

PedroAfonso

Nimbostratus
Registo
18 Fev 2008
Mensagens
1,205
Local
Covilhã (700 m) / Almada
Ontem, a situação de maré cheia e bem grande, associada a ondulação forte, colocou muitas zonas aqui do litoral algarvio em perigo.
Ficam aqui as fotos da praia de Vale de Olival (perto de Armação de Pêra), aqui do concelho de Lagoa, e da situação de muito perigo em que os 2 restaurantes estiveram submetidos:

Fotos muito assustadoras. Costumo passar férias em Armação de Pêra e recordo-me perfeitamente de haver uma grande extensão de areia entre o restaurante do Vale de Olival e o mar. Aqui, simplesmente desapareceu todo e qualquer areal.:shocking::shocking:

Costumo ir mais para a praia junto ao Hotel, aí nem quero imaginar. Vamos lá ver se há praia por altura do Verão.