Seguimento Meteorológico Livre - 2020

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por SpiderVV 1 Jan 2020 às 01:11.

  1. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Curiosa e interessante essa periocidade da divisão do vortex polar, no entanto todos os cientistas dizem que o vortex polar este ano está a ser dos mais fortes desde 1990
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  2. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Excelente!
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  3. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,090
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    obrigado, eu tento explicar mas atropelo-me com as palavras
     
    "Charneca" Mundial e joaocpais gostaram disto.
  4. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Neste caso o facto da existência de um vortex polar mais forte gera o aparecimento de depressões mais cavadas nas latitudes mais elevadas e parece que tem sido o caso este Inverno.
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  5. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Podes ilustrar esse tipo vortex separado em 2?
    É que tenho ideia que existe um outro tipo de vortex ou um género de sub tipo de vortex
    Tipo um vortex que se desloca numa ondulação maior à frente e mais pequena atrás mas não consigo explicar sem ilustracao
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  6. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,226
    Local:
    Loures
    2 vórtices polares? :intrigante:
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  7. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Estes tipos de vortices polares também já tinha visto mas são diferentes dos citados anteriormente
    Se alguém conseguir colocar a imagem agradecia
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  8. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,226
    Local:
    Loures
    O que aconteceu em 2018 foi o rompimento, a divisão do vórtice polar, portanto toda aquela massa de ar frio que estava aprisionada ficou "à solta". Daí termos tido um Março de 2018 bastante chuvoso, e ainda bem, pois a seca até esse momento já era bastante preocupante (cerca de 83% do território continental estava em seca severa no final de Fevereiro).
     
    "Charneca" Mundial e joaocpais gostaram disto.
  9. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Certo obrigado pela explicação
    Mas após o rompimento do vórtice, foi como se esse vórtice tivesse ficado dividido em 2
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  10. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    2,334
    Local:
    Montijo/Lisboa
    Atenção que o 6 em cada 10 anos que se referiu é a média, ou frequência, o mesmo que dizer que acontece em 60% dos anos.
    Não se refere a periodicidade. Isso acontece de forma algo "aleatoria" sem intervalos específicos ou expectáveis.

    Em relação à ligação com o aquecimento global... A teoria mais simples e imediata é que com o aquecimento dos pólos o gradiente diminui, e o jacto e vórtice tendem a ser mais fracos.
    Mas na verdade não é assim tão simples, há mais factores em jogo ao mesmo tempo. Por exemplo, a expansão dos anticiclones subtropicais, que "comprime" o gradiente de pressão latitudinal, em sentido oposto, portanto "compensando" a sua diminuição caso o vortex enfraqueça.
    Depois ainda há processos relacionados com ozono nas zonas polares, que estão também relacionados com o arrefecimento da alta atmosfera nessas zonas, fortalecendo o vortex.


    Portanto.. São muitas peças a jogar em sentidos diferentes e é muito difícil saber o que esperar...

    De qualquer forma, por exemplo no Hemisfério Sul, tem havido uma clara tendência de aumento da zonalidade, com um modo anular cada vez mais positivo em média (o equivalente à nossa oscilação do ártico), e um arrefecimento da alta atmosfera sobre o polo. Ao mesmo tempo que os sub trópicos expandem, levando então a um jacto cada vez mais forte, e a maiores latitudes, portanto "tramando" o clima de zonas semelhantes à nossa, como Chile, Austrália, África do Sul. Mas a circulação no hemisfério Sul é muito mais simples, mais zonal, e mais "previsível" que no nosso...
     
  11. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,090
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    o sul tem menos area continental o que interfere menos com o vortex
     
    "Charneca" Mundial e joaocpais gostaram disto.
  12. joaocpais

    joaocpais
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    8 Dez 2005
    Mensagens:
    332
    Local:
    Rio Mouro/Barroca Grande (720 mts)
    Muito informação para assimilar, vou ter de ler e reler com atenção umas 20 vezes
    De todas as formas muito obrigado pela explicação
    Há muitas variáveis para saber se isto do vórtice está directamente relacionado com as alterações climáticas!
    Ainda assim isto dá para explicar o padrão deste inverno e deixa me até um pouco mais sossegado de que o que está a ocorrer tem mais a ver com o comportamento do vórtice do que propriamente com o aquecimento global ainda que este também tenha o seu papel
    Grave seria se o comportamento do vórtice fosse sempre assim todos os anos, o que me parece não ser o caso.
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  13. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,090
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    como tudo no clima há muitas variáveis mas a que mais conta para um vortex estável é o gradiente de temperatura que dá origem ao vortex e a corrente de jacto associada a ele, depois temos o EL Niño por ai adiante
     
    joaocpais gostou disto.

Partilhar esta Página