Seguimento Meteorológico Livre - 2021



Marco pires

Cumulus
Registo
23 Out 2017
Mensagens
491
Local
Pinhal novo
se isto não é deprimente não o que seja!


Captura-de-ecr-2021-11-11-s-22-57-07.png
 
Registo
30 Nov 2015
Mensagens
104
Local
setúbal
Por aqui é só choradinhos. De que vale tanta ansiedade sobre se chove ou não chove? É o que é, não nos agrada, mas apenas nos resta aguardar e avaliar a evolução a cada nova saída dos modelos. Aliás, o novembro de 2021 seco já se perspetivava nas previsões para o mês. Logo, não é sequer surpresa. Teremos de "mudar a agulha" e ajustarmo-nos, como se usa dizer, a um novo normal climático. Também adoraria outubros e novembros chuvosos (aliás nos dois anos foram-no), mas se o que os dias nos dão são tédio meteorológico, há que encontrar animação noutros céus da vida.
 

"Charneca" Mundial

Cumulonimbus
Registo
28 Nov 2018
Mensagens
4,295
Local
Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
Por aqui é só choradinhos. De que vale tanta ansiedade sobre se chove ou não chove? É o que é, não nos agrada, mas apenas nos resta aguardar e avaliar a evolução a cada nova saída dos modelos. Aliás, o novembro de 2021 seco já se perspetivava nas previsões para o mês. Logo, não é sequer surpresa. Teremos de "mudar a agulha" e ajustarmo-nos, como se usa dizer, a um novo normal climático. Também adoraria outubros e novembros chuvosos (aliás nos dois anos foram-no), mas se o que os dias nos dão são tédio meteorológico, há que encontrar animação noutros céus da vida.
Isto explica o porquê de haver ansiedade: :nugget:
https://www.ipma.pt/pt/agrometeorologia/smi/

A situação atual é bem bera e não parece ter fim à vista... :facepalm:
 
Registo
30 Nov 2015
Mensagens
104
Local
setúbal
Compreendo a ansiedade de quem vive daquilo que a terra dá direta e indiretamente. A minha região é das mais afetadas pela seca. Contudo, olhar para os boletins, previsões a médio prazo, etc. deve levar-nos a uma atitude pró-ativa, pensar o que podemos fazer face a um cenário que, provavelmente, será recorrente e não meramente conjuntural. Ou seja, estamos a olhar para o presente e provável futuro e continuamos a chorar os outonos e invernos do passado por muito que nos tenham talhado boas memórias. No entanto, estas não vão resolver os problemas que estão ao virar da esquina. Portugal não é um caso singular de um país a derrapar para um processo de desertificação (especialmente o sul). Vamos tornar-nos refugiados climáticos ou arregaçar as mangas?
 

N_Fig

Cumulonimbus
Registo
29 Jun 2009
Mensagens
3,649
Local
Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
Compreendo a ansiedade de quem vive daquilo que a terra dá direta e indiretamente. A minha região é das mais afetadas pela seca. Contudo, olhar para os boletins, previsões a médio prazo, etc. deve levar-nos a uma atitude pró-ativa, pensar o que podemos fazer face a um cenário que, provavelmente, será recorrente e não meramente conjuntural. Ou seja, estamos a olhar para o presente e provável futuro e continuamos a chorar os outonos e invernos do passado por muito que nos tenham talhado boas memórias. No entanto, estas não vão resolver os problemas que estão ao virar da esquina. Portugal não é um caso singular de um país a derrapar para um processo de desertificação (especialmente o sul). Vamos tornar-nos refugiados climáticos ou arregaçar as mangas?
Mas no caso específico de novembro, nem sequer faz sentido falar em "meses chuvosos do passado", a maioria dos últimos anos tem tido novembros chuvosos (alguns mesmo muito chuvosos) ou quanto muito normais. Nos últimos 12 novembros, só 3 tiveram precipitação abaixo do valor de 71-00...
 

jamestorm

Cumulonimbus
Registo
12 Jan 2010
Mensagens
2,087
Local
Lisboa e Alenquer
nao vejo o país a atacar ou mitigar os problemas da desertificação...pelo contraio. Sabiam que Israel proíbe a plantação de eucalipto por lei? Portugal prepara-se para aumentar mais a área de eucalipto. Não tenho nada contra, mas já chega. O Eucalipto está à solta nas nossas Serras, já se propaga sozinho . Devia haver um controlo maior.! Não ha mais nada que dê dinheiro neste país do que produzir papel higiénico? Árvores nativas resilientes ninguém planta! folhosas que devolvam à terra alguma coisa e cujas raízes nao vão directo aos aquíferos>! Portugal está a perder rapidamente a fracção vegetal no solo e isso é um dos grandes factores de desertificação.
 

Aurélio Carvalho

Nimbostratus
Registo
5 Out 2018
Mensagens
1,328
Local
Faro
E curioso de ver essa previsão para Dezembro que existe em vários modelos sazonais que mostra forte possibilidade de cut offs que afectaram especialmente uma zona entre Açores Madeira e a Sudoeste de Portugal..

Olhando com cuidado aos modelos de médio prazo observa se tb que existe possibilidade ainda baixa porventura da existência de uma cutt off!
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,141
Local
Açores
Última edição: