Seguimento Rios e Albufeiras - 2013

FJC

Cumulus
Registo
14 Dez 2009
Mensagens
291
Local
Marinha Grande
Essa barragem descarrega sempre assim? Porque é que não fazem descargas de fundo para evitar que a barragem encha completamente?
Posso estar errado, mas julgo que na maioria das barragens há uma margem de segurança e nunca deixam chegar aos 100%.

Essa barragem está programada para descarregar mais que o Cabril. Ela descarregar sempre assim, e pode subir mais 2 metros do que está agora. Por isso a beleza dessa Barragem! Foi estudada para descarregar dessa maneira! Já a vi a descarregar na cota máxima, e foi a coisa mais linda de se assistir!
Ela tem descarga de fundo, que não é utilizada. Só foi quando despejaram a barragem para obras à largos anos. E pela foto, vê-se que era difícil de acontecer, pois vais parcialmente tapado.



Uploaded with ImageShack.us

Link para fotos Barragem Cabril a descarregar.

http://www.facebook.com/photo.php?f...02108677.26314.100002213542671&type=1&theater
 
Última edição:

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,874
Local
Coimbra (75 m)
Essa barragem está programada para descarregar mais que o Cabril. Ela descarregar sempre assim, e pode subir mais 2 metros do que está agora. Por isso a beleza dessa Barragem! Foi estudada para descarregar dessa maneira! Já a vi a descarregar na cota máxima, e foi a coisa mais linda de se assistir!
Ela tem descarga de fundo, que não é utilizada. Só foi quando despejaram a barragem para obras à largos anos. E pela foto, vê-se que era difícil de acontecer, pois vais parcialmente tapado.
Interessante. Nas fotos da página anterior a barragem já estava a mais de 98%, certo?

:thumbsup:
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,045
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Boas!

Entretanto o Fratel começou a descarregar mais de 1500 m3/s, talvez entre 1700/1750.
A Barragem do Cabril também está a debitar mais caudal, e chegou aos 300 m3/s, acredito que Castelo de Bode deve estar perto dos 500 ou mesmo acima. 400 Cabril + Bouçã, e em cerca de 40 Kms de Albufeira vai buscar mais de 100 em tantos Ribeiros que lá desaguam.
Algumas fotos da Barragem da Bouçã a descarregar! Conheço muitas, mas pela maneira de descarga (catarata), acho esta uma das mais bonitas do pais! Mas sou suspeito nesta afirmação.... :lol:

As fotografias são todas destes dias? Brutal!

Cabril está desde as 14h de ontem a descarregar 200m3/s. O que somado à produção continua (100m3/s), faz os tais 300m3/s.

Castelo de Bode, no dia 26, não efectuou descargas. Mas já estava a rondar os 90%. A barragem tem estado em plena produção, o que significa um caudal de saída na ordem dos 150-200m3/s.


O Fratel já andou pontualmente nos 2000m3/s.
O que já colocou a bacia do Tejo em alerta amarelo.

Subida do rio coloca Bacia do Tejo em "alerta amarelo"


A Proteção Civil de Santarém ativou o plano de emergência para cheias na bacia do Tejo e decretou alerta amarelo para a zona onde nas próximas horas pode verificar-se a subida dos caudais.
"É expectável nas próximas horas uma subida gradual do rio Tejo", informou o comando Distrital de Proteção Civil de Santarém (CDOS) num aviso difundido ao final do dia de hoje e em que anuncia a ativação do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo.
A previsão que colocou a região sob o nível de "alerta amarelo" resulta da precipitação sentida no distrito mas, "essencialmente das descargas das barragens espanholas e portuguesas" que fizeram aumentar os níveis higrométricos e caudais do rio Tejo.
No comunicado, o CDOS aconselha a população, sobretudo das zonas ribeirinhas, a retirar das áreas normalmente inundáveis, equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e animais.
Não atravessar com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas é outro dos cuidados sugeridos pela proteção civil.
A situação está a ser acompanhada pelos CDOS de Santarém, em articulação com a Agência Portuguesa do Ambiente, IP, EDP produção, Serviços Municipais de Proteção Civil e Agentes de Proteção Civil.

DN.pt

Quanto à Bouça, trata-se de uma barragem de pé-de-barragem, ou seja, é uma barragem de menores dimensões ajusante de uma grande barragem: Cabril.
A albufeira de Cabril deve ser pelo menos umas 50 vezes maior que a Bouça.

A função desta barragem é aproveitar a energia entre duas grandes barragens (Cabril e Castelo de Bode). Tem uma potência instalada de 50MW, metade de Cabril e 1/3 de Castelo de Bode.

Daí a barragem estar sempre cheia, e o descarregador ser no topo da barragem.
Também tem descarregador descarregador de fundo, cujo caudal de descarga é 200m3/s. O descarregador de topo deve descarregar até 2000m3/s.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,045
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Protecção Civil alerta para previsão de aumento de inundações na Bacia do Tejo

LUSA 28/03/2013 - 12:57
Zona está em alerta amarelo e deverá manter-se face à previsão de tempo instável.

Estradas, campos agrícolas e um parque de estacionamento estão já submersos nos concelhos de Coruche e Benavente e a Protecção Civil prevê que até ao final desta quinta-feira possam ocorrer inundações em Santarém e Vila Nova da Barquinha.

Apesar de a barragem do Fratel registar desde as 6h “uma ligeira descida”, a Protecção Civil de Santarém mantém o “alerta amarelo” para as povoações da bacia do Tejo onde, nesta manhã, havia várias zonas submersas.

De acordo com um comunicado emitido pela Proteção Civil, estão submersos o parque de estacionamento de Constância junto ao rio Zêzere, campos agrícolas na margem esquerda do Rio Soraia, no concelho de Coruche e, ainda no mesmo concelho as estradas de Ponto do Rebolo, Ponte da Amieira e Estrada das Meias.

Submersa está também a estrada do Campo (EM1456) no concelho de Benavente.

“Face à instabilidade da situação meteorológica para os próximos dias, a situação actual deverá manter-se com ligeiras oscilações”, informou a Protecção Civil. Durante o dia, poderá ficar submerso o Cais de Tancos e é possível a inundação da Av. Dos Plátanos, na zona baixa de Vila Nova da Barquinha.

Em Santarém admitia-se, até ao final desta manhã, a submersão da EN365 na Ponte do Alviela; da EM Ribeira de Santarém - Vale Figueira e da EN365 na Ponte do Alviela a jusante do Pombalinho isolando a povoação do Reguengo do Alviela. Para o início da tarde prevê-se a submersão da EN365 em Palhais.

A Proteção Civil mantém os conselhos para que a população retire das zonas confinantes, normalmente inundáveis, equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e animais e para que não atravessem com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas.

Público.pt

Caudal do Tejo no Fratel e em Almourol nas últimas horas:

capturarhb.png
 

david 6

Super Célula
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
8,879
Local
Fajarda - Coruche(57m)
rio sorraia em coruche

E0Kimwd.jpg

http://i48.tinypic.com/1zxbmuu.jpg

já desceu, mas continua fora da margem, disseram me que comparado com ontem não tem nada a ver, que ontem estava tudo coberto de água, hoje já se vê alguns campos verdes, vamos lá ver com a chuva que vem amanhã o que vai acontecer
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Protecção Civil admite aumento de inundações na bacia do Tejo nas próximas horas
Sete estradas estão submersas devido ao aumento dos caudais dos rios Tejo e Zêzere, mantendo-se o "aviso amarelo" para as zonas ribeirinhas, com a protecção civil de Santarém a admitir que mais estradas possam ficar inundadas.
"Considerando o aumento de precipitação na zona norte da bacia hidrográfica do Tejo, é de prever aumento de caudais dos seus afluentes da margem direita, sobretudo do rio Zêzere", informou a Protecção Civil em comunicado, admitindo que algumas estradas de Vila Nova da Barquinha e Santarém fiquem inundadas até ao final do dia de hoje.

Em Vila Nova da Barquinha a Protecção Civil prevê a submersão do Cais de Tancos e a possibilidade de início de inundação da Avenida dos Plátanos, na zona baixa.

Já em Santarém, poderão ficar submersas a Estrada Nacional (EN) 365 (na Ponte do Alviela), a Estrada Municipal Ribeira de Santarém (Vale Figueira), a EN 365 na Ponte do Alviela (a jusante do Pombalinho e isolando a povoação do Reguengo do Alviela) e a EN 365 em Palhais.

Quanto à bacia do Sorraia, a Protecção Civil não prevê agravamento da situação, "verificando-se uma ligeira descida nos caudais debitados pelas barragens de Montargil e Maranhão", refere o comunicado.

A subida dos caudais dos rios levou à activação, às 18:30 de quarta-feira, do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, mantendo o nível de alerta "amarelo", o segundo da escala de perigo.

O parque de estacionamento de Constância, junto ao rio Zêzere, é uma das zonas que se encontra submersa, tal como três estradas de Coruche (Ponte do Rebolo, Ponte da Amieira e estrada de Meias), concelho onde se regista também a inundação de campos agrícolas na margem esquerda do Rio Sorraia.

Em Benavente, está submersa a Estrada Municipal (EM) 1456 (Estrada do Campo), na Golegã, a EM 30 (que liga Azinhaga à Ponte do Cação) e a EM 1 (entre a Ponte da Broa e a Ponte dos Lázaros).

Em Alpiarça, a água chegou à Estrada do Mouchão.

Segundo as previsões meteorológicas disponibilizadas pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos dias, prevê-se, até ao final da manhã de sexta-feira, "precipitação persistente nas regiões do norte e do centro, mais expressiva nas regiões do litoral Norte e Centro, com valores acumulados que poderão superar 40 mm/6h, podendo no litoral Norte acumular 80 mm/24h", alertou a Protecção Civil.

No próximo domingo, dia 31, "a partir da tarde prevê-se um novo período de precipitação, embora com valores acumulados inferiores a 30 mm/6h", conclui o comunicado, que aconselha as populações a retirarem bens das zonas inundáveis e a não atravessarem estradas inundadas.

Lusa/ SOL
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,045
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Pois é....não consigo colocar a foto :(:(

Talvez ajude:

-> Como inserir imagens no fórum.


------------------------------

Desde as 2h que o caudal do Douro a chegar a Miranda do Douro anda na ordem dos 700m3/s. Um valor bastante superior ao dos últimos dias.

Tendo em conta que na quarta-feira, o caudal médio que chegou a Miranda era metade do actual (365m3/s), e que a Crestuma chegaram 2726m3/s, hoje o caudal do Douro em Crestuma deverá andar bem acima dos 3000m3/s.

Já na quarta-feira, as barragens de Valeira, Régua, Carrapatelo, Torrão e Crestuma fizeram descargas.

Hoje, com tanta energia eólica disponível a entrar na rede, e a hídrica a não conseguir ser aproveitada, o resultado do mercado de energia só poderia ser o seguinte:

wp5RqzM.png