Seguimento Rios e Albufeiras - 2018

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por SpiderVV 1 Jan 2018 às 00:36.

  1. srr

    srr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Jan 2012
    Mensagens:
    768
    Local:
    Abrantes
    Obrigado Huguh, Isso eu sei.
    Queria mais online - Do dia de hoje por exemplo.
     
    joselamego, luismeteo3 e huguh gostaram disto.
  2. huguh

    huguh
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    1 Out 2015
    Mensagens:
    2,529
    Local:
    Godim - Peso da Régua (93m)
    pois, é pena. Pelo que tenho visto só as barragens do Douro, exceto Crestuma, e mais uma ou outra é que dá para ver de hora a hora.
    As outras só são atualizadas às 23h de cada dia
     
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  3. srr

    srr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Jan 2012
    Mensagens:
    768
    Local:
    Abrantes
    Ja me deram uma informação (pessoal) que é possível saber.

    Quem quiser mando a forma de saber, mas só pessoalmente ( por mail).
     
    joselamego gostou disto.
  4. huguh

    huguh
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    1 Out 2015
    Mensagens:
    2,529
    Local:
    Godim - Peso da Régua (93m)
    Caudal do Douro tem estado a subir durante a manhã
    a barragem da Régua já passou os 2500m3/s e está a receber pouco mais de 2000m3/s.
    Parece estar a "criar" alguma capacidade de mais tarde não ter que descarregar tanto
     
    guisilva5000, luismeteo3 e joselamego gostaram disto.
  5. huguh

    huguh
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    1 Out 2015
    Mensagens:
    2,529
    Local:
    Godim - Peso da Régua (93m)
    Por volta das 11h estava assim. Está quase a meio o café

     
  6. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,839
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,839
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Serra da Arrábida.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. huguh

    huguh
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    1 Out 2015
    Mensagens:
    2,529
    Local:
    Godim - Peso da Régua (93m)
    Parece que nos ouviram...
    Já está a ser possível ver todas as barragens atualizadas de hora a hora.

    Castelo de Bode
    [​IMG]
    [​IMG]

    Belver

    [​IMG]
    [​IMG]
     
    joselamego, luismeteo3 e Aristocrata gostaram disto.
  9. Trinity

    Trinity
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    23 Fev 2018
    Mensagens:
    27
    Local:
    Lisboa
    Era bom era, mas não será apenas às 23 e 11 horas ?



    A Protecção Civil alerta para a "elevada" a "possibilidade de galgamento de margens em algumas zonas ribeirinhas".
    LUSA 15 de Março de 2018, 12:41


    A Protecção Civil prevê que o caudal do Tejo sofra um "aumento significativo" nas próximas horas, fazendo com que seja "elevada" a "possibilidade de galgamento de margens em algumas zonas ribeirinhas", semelhante ao ocorrido no fim-de-semana.

    Em comunicado, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém afirma que "a precipitação intensa que se registou" na quarta-feira em toda a bacia hidrográfica originou o aumento das descargas das barragens de Fratel e Pracana, que "apresentam valores de 98% de capacidade de enchimento".

    Os caudais registados em Almourol, com valores inferiores aos 1800 metros cúbicos por segundo, apontam "para uma descida".

    Segundo o CDOS de Santarém, as barragens de Fratel, Pracana e Castelo de Bode têm debitado nas últimas horas valores com flutuação entre os 1500 e os 2000 metros cúbicos por segundo "no conjunto das barragens, com algumas oscilações", esperando-se "uma subida das alturas hidrométricas" durante o dia de hoje.

    Esta situação levou já a que, a exemplo do que aconteceu no passado fim-de-semana, tenham ficado submersos o parque de estacionamento de Constância junto ao rio Zêzere, parcialmente; a ponte dos Alcaides, São Vicente do Paúl, no concelho de Santarém; a Estrada Municipal 590, entre Couço e Santa Justa, em Coruche; o Caminho Municipal entre Setil e Ponte do Reguengo, no Cartaxo; e campos agrícolas na zona do Patacão, em Alpiarça.

    Para as próximas horas, o CDOS prevê um "aumento significativo do caudal do rio Tejo, com "elevada possibilidade de galgamento de margens em algumas das zonas ribeirinhas, com efeitos idênticos aos do fim-de-semana passado", esperando-se a submersão da Estrada Nacional 365 na ponte do rio Alviela, entre os concelhos de Santarém e da Golegã.

    O Plano Especial de Emergência na Bacia do Tejo, que no sábado foi accionado em nível amarelo, mantém-se desde a noite de domingo em nível azul, o mais baixo dos quatro possíveis (azul, amarelo, laranja e vermelho, o mais grave). O CDOS mantém o conselho às populações ribeirinhas para que retirem bens, equipamentos e animais de zonas normalmente inundáveis e para que não atravessem, com viaturas ou a pé, estradas ou zonas alagadas.

    https://www.publico.pt/2018/03/15/l...ficativo-do-caudal-nas-proximas-horas-1806727
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  10. huguh

    huguh
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    1 Out 2015
    Mensagens:
    2,529
    Local:
    Godim - Peso da Régua (93m)
    já voltou a atualizar às 12h, portanto pelo menos para já está a atualizar de hora a hora
     
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  11. Trinity

    Trinity
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    23 Fev 2018
    Mensagens:
    27
    Local:
    Lisboa
    Excelente, acordaram para a vida. Mas quer dizer então que a informação sempre lá esteve :facepalm:
    Mas antes tarde que nunca, pode ser que melhorem também o problema nos dados sem ser imagens, andam sempre com um dia de atraso, ou seja hoje só há dados até dia 13.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.
  12. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    6,338
    Local:
    Arronches | Leiria
    A barragem continua a aumentar:
    Comparação:
    Ontem:

    Hoje:

    ______________
    De referir que este medidor, estava completamente fora de água.
    Se aquilo que está previsto para Sábado, acontecer...a barragem poderá conseguir chegar aos 50%. Até ao final da semana talvez consiga chegar ou ultrapassar os 40%. Veremos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Então agora quais são as barragens mais em baixo?
     
    joselamego gostou disto.
  14. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,350
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Este Março está a ser uma verdadeira dádiva dos céus para a regiões que atravessavam seca extrema! :thumbsup:

    Esta chuva veio mesmo na melhor altura, ou iríamos ter um Verão muito complicado. Desta forma ainda ainda pode haver problemas mas o pior cenário que se perspectivava para o próximo Verão já está afastado.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #539 MSantos, 15 Mar 2018 às 14:28
    Última edição: 15 Mar 2018 às 14:48
  15. joralentejano

    joralentejano
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Set 2015
    Mensagens:
    6,338
    Local:
    Arronches | Leiria
    Problemas por aqui, penso que já não haverá. No ano passado, a cota máxima que a barragem chegou foi aos 45% em Março e aguentou o verão todo, se chegasse aos 50% agora, e se Abril não for a mesma desgraça do ano passado, não será complicado. A única coisa que depois terá de haver, é um outono e inverno chuvoso porque obviamente quando chegar ao final do verão, estará nos limites mais uma vez. Estava mau, mas neste momento até nem parece que os meses anteriores foram extremamente secos, as barragens privadas estão totalmente cheias, coisa que no ano passado nem chegou a acontecer. O mais complicado mesmo, foi a perda de grande parte das searas mas isso já se sabia que para algumas era tarde demais. O Alentejo, pelo menos aqui ganhou novamente vida e a alegria voltou, já merecíamos isto há imenso tempo. :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página