Seguimento vulcanismo Islândia 2011

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
O Katla já teve uma pequena erupção subglacial em Julho passado. Talvez seja outra idêntica, ou então algo maior em progresso, para já não se consegue saber, mas que alguma coisa se está a passar, isso está. Logo por azar, o ipsirit está ausente da Islândia.

katla.gif

http://en.vedur.is/earthquakes-and-volcanism/earthquakes/myrdalsjokull/#view=table

We’ve been keeping an eye on Iceland’s Katla for quite a while now and over the past year; the volcano has been showing signs that magma is moving under the ice-capped edifice. There have been frequent seismic swarms around and within the caldera that is currently filled with the Mýrdalsjökull (glacier) and on at least two occasions, small glacial outburst floods (jokulhlaups) have issued from Katla. Part of the Mýrdalsjökull ice cap was seen as partially melted after each of these floods, which suggests that the area was at least getting hot — now, whether that meant an eruption (a very small one) or merely vigorous hydrothermal venting is still unclear. What is clear is that something is happening under Katla.

Last night, Jon Frimann noted that a new earthquake swarm picked up along a linear feature under Katla. So far, there is no indication if a new eruption or flood, but it does show that things are still very active under the ice at Katla. Jon noted that so far, there is no sign of harmonic tremor, the usual harbinger that magma is moving and an eruption might be in the cards and when I checked this morning on the Icelandic Meteorological Office page, it looked like the swarm was over, with a total of a few dozen small (<M4, most <M3) earthquakes between 00:00 and 06:00 (GMT). Most of the earthquakes were between 1-5 kilometers in depth, so likely this was an emplacement of magma beneath the caldera — the question would be if that magma is eruptible or merely an intrusion at depth, a very common occurrence in a volcanically active terrane like Iceland. However, any activity is well worth noting as other volcanoes in Iceland have seen similar patterns of earthquake swarms for months to years before an eventual eruption, so Katla will be watched closely.

If and when Katla has its next eruption or you just want to see what is going on now, you can check out the new Mila.is webcam for the volcano.

http://www.wired.com/wiredscience/2011/10/earthquake-swarm-keeps-icelands-katla-rocking/
 

Gil_Algarvio

Nimbostratus
Registo
23 Mar 2009
Mensagens
1,770
Local
Manta Rota - Algarve
os sismos já se aproximam da casa dos 4 graus de magnitude. Há um mês no máximo tinhamos sismos de grau 3.
A possível erupção aproxima-se. Vamos esperar e ver o que acontece.


Existe alguma anormalidade no facto de existir tanta actividade em vulcões distintos em simultâneo?

Sim, mas 4 para o Katla ainda é bem sustentável, há registos de eventos mais fortes que não deram em nada. Mas claro que estes agora não são pontuais e insulados, estes aparecem no meio de enxames de tremores harmónicos consecutivos. o que é muito mais grave, mostra o reajustamento da câmara de magma ao consecutivo aumento de pressão, é como se a mesma fosse expandindo e quando não suporta mais pressão ocorrem pequenas facturações que a vão aliviar e ao mesmo tempo dar espaço para mais enchimento. Até que fractura até a superficie de vez e ocorre a erupção.


Anormalidade não lhe chamaria, mas sim uma possível relação. É de notar que o que estamos a ter em actividade vulcânica não são os típicos vulcões de zonas de subducção que têm curtos períodos de actividade mas sim hotspots, como a Islândia e em menor escala a Ilha El Hierro. No caso de Tambora é algo misto, por isso é tão violento e expulsivo, e é ele um Super Vucão, por características mais concretas que não vou estar agora aqui a citar.
Existem fases de maior e menor actividade e é de reparar que nas ultimas décadas não houve grandes acontecimentos a este nível, a Terra está agora a entrar na fase de maior actividade vulcânica e é sim de preocupar ou deixar no mínimo receptivo. Pois eles não são assim tão distintos. Em profundidade o manto comporta-se com uma proximidade "muito pequena" pelos fortes fluxos magmáticos, que podem e estão mesmo interligados entre eles.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Existe alguma anormalidade no facto de existir tanta actividade em vulcões distintos em simultâneo?

Não vejo qualquer anormalidade, há sempre dezenas de vulcões activos praticamente todos os dias em variados locais do mundo, uns são é mais mediáticos que outros. Quem seguir com regularidade newsletters como a USGS Weekly Volcanic Activity percebe que há sempre vulcões activos nalgum lado:
http://www.volcano.si.edu/reports/usgs/

Por vezes pode acontecer que haja coincidência temporal de haver mais do que é o habitual, e penso que atravessámos umas décadas com menos actividade que noutras alturas, mas para já não li nada que mostre haver algum tipo de anomalia global.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Informação oficial do IMO, com um comparativo a anteriores crises sísmicas, de 1999 e 2002-2004.


Earthquake activity in Katla volcano October 2011

Heightened earthquake activity is presently occurring in the Katla volcano, southern Iceland. Earthquakes are taking place within the volcano's caldera, which is covered by the Mýrdalsjökull ice-cap. The current period of unrest began in July 2011, when a short-lived glacial flood burst from Mýrdalsjökull in connection with increased seismicity. Since then, several hundred micro-earthquakes have taken place within the area of the caldera. The enclosed graph shows how the ongoing activity compares to earlier episodes of seismic unrest at Katla in 1999 and 2002-2004.

In the early hours of today, 05 October 2011, an intense swarm of earthquakes was registered in the Katla caldera; the largest of these earthquake had a local magnitude of ~3.7. Most of the ongoing seismicity is sourced at shallow (< 5 km) depths.

There are presently no measurable signs that an eruption of Katla is imminent; however, given the heightened levels of seismicity, the situation might change abruptly. Monitoring teams at IMO are following the ongoing activity closely, and sensor-based networks around the volcano ensure that all seismological, geodetic, and hydrological changes are detected.

Historically, Katla is one of Iceland's most frequently erupting volcanoes. The last eruption to break the ice surface of Mýrdalsjökull occurred in 1918, and it lasted about a month.

katlacalqunew.png


http://en.vedur.is/about-imo/news/2011/nr/2360
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,647
Local
Olhão (24 m)
Sismo de 3.5 na Islândia
Magnitude ML 3.5
Region ICELAND
Date time 2011-10-09 17:36:35.6 UTC
Location 63.62 N ; 19.11 W
Depth 1 km
Distances 149 km E Reykjavík (pop 113,906 ; local time 17:36:35.6 2011-10-09)
148 km E Hafnarfjörður (pop 22,289 ; local time 17:36:35.6 2011-10-09)
61 km E Vestmannæyjar (pop 4,203 ; local time 17:36:35.6 2011-10-09)

Fonte: EMSC

Penso que tenha sido no Katla.
 

Tyna

Cumulus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
113
Local
Livramento-Mafra
Segundo Noticias no Sol

"Katla está agitado e tem pior acordar do que o Eyjafjallajokul"
Para quem ainda se lembra do Eyjafjallajokul, há uma notícia boa e outra má. A boa é que o vulcão islandês que dá sinais de poder entrar em actividade tem um nome muito mais fácil de pronunciar. Agora a má: os prejuízos podem ser muito maiores do que há um ano.
Se a paralisação do tráfego aéreo no ano passado pareceu catastrófica, a sequela anunciada por alguns especialistas promete ser ainda mais aterradora.

Têm-se registado movimentações debaixo do vulcão Katla, que é muito maior e mais poderoso do que o Eyjafjallajokul, que no ano passado causou prejuízos de 1,45 mil milhões de euros.

O Katla localiza-se no sul da Islândia, tem nome de troll maléfico e uma bolsa de magma maior do que a do Eyjafjallajokul. Teve a sua última grande erupção a 12 de Outubro de 1918 e durou um mês: os dias ficaram noite e o gelo que cobria o seu topo derreteu, lançando sobre as quintas uma torrente de água cujo leito foi comparado ao do Amazonas.

Agora, estão a ser detectados pequenos tremores de terra à volta do Katla, cuja intensidade tem gradualmente aumentado, tornando iminente uma erupção, dizem os sismólogos. Depois de um longo período de sismos de magnitude 3, na última semana registou-se um de nível 4.

Pall Einarsson, professor de geofísica na Universidade da Islândia, diz que «são com certeza sinais de inquietação». Uma inquietação que levou especialistas à região para estudarem o desenrolar da actividade sísmica, e as autoridades a prepararem-se para um cenário de desastre.

Há um plano de evacuação e há abrigos preparados, mas há quem tema que depois de acordar o Katla dê menos de uma hora aos 300 habitantes de Vik para fugirem.

Depois da erupção do Eyjafjallajokul, o Presidente da Islândia instou o resto da Europa a preparar-se para futuras erupções e as empresas ligadas à aeronáutica para desenvolverem motores menos sensíveis às cinzas vulcânicas.

AP/SOL


Não me parece bem os sismologos dizerem que está iminente....no entanto as pessoas ficam mais alerta..., por outro lado se não acontece nada lá entram em descrédito.... é um bocadinho dificil tentar alertar sem provas... o que no caso de vulcões não é facil...
 

Profetaa

Cumulus
Registo
20 Jan 2009
Mensagens
329
Local
Febres -Cantanhede(altitude 57m)
Hoje foi um dia de bastante actividade sismica na Islandia, parece que toda esta ilha ganhou vida....
Foram vários os locais com aumento de actividade sismica, zona do Katla, no Glaciar Vatnajokull, na zona do Hengill e tambem numa zona onde ultimamente têm acontecido alguns sismos de maior intensidade, a Zona da Fractura Tjörnes (TFZ) onde existe um vulcão submarino.



Uploaded with ImageShack.us
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Por ter estado em viagens, não pude comentar.

Mas queria dizer, que não se pode afirmar que o Katla está nada próximo de uma erupção. Isto é tudo fearmongering.

Primeiro, sismos até 4 costumam ocorrer no Katla, todos os anos. Este "estar próximo de erupção" no Katla já vem de há vários anos. Houve crises sísmicas em vários anos, por exemplo, em 2000 ou em 2002.

Depois não é por haver muitos sismos de 3 que vamos esperar uma erupção. Estes sismos são todos superficiais, e surgem depois de um evento em Julho de 2011.

Neste evento, após tremor harmónico houve uma cheia glacial do Katla e foi confirmado que se tratou na verdade de uma mini-erupção, somente efusiva, e dentro do glaciar, que por ter sido pequena, não emitiu qualquer nuvem de cinzas.

Isto mostra que o magma da camara magmatica, a cerca de 3-4km, já chegou à superficie, (quase todos os sismos têm entre 0 a 4km) mas o magma não tem pressão suficiente para sair sob a forma de uma erupção massiva, o que é esperado por muita gente e é comportamento habitual do Katla.

Antes da erupção do vizinho Eyjafjllajokull, houve um período de sismos de profundidade antes da erupção, que mostrou o influxo de magma de profundidade que causou um aumento súbito de pressão, até sair sob a forma da erupção, que primeiro em finais de Março foi apena efusiva. Houve tb inflação considerável do vulcão.

Estes sinais ainda não aconteceram no Katla, o que mostra que este pode estar ainda longe de uma erupção! No entanto, se estes sinais começassem amanhã, poderíamos estar a apenas uns dias ou breves semanas de uma erupção.

Portanto, espero também haver sismos de bastante profundidade antes da suposta erupção larga do Katla. Mas não quero afirmar que este passo é necessário a 100%, pois vulcões há muito adormecidos já tiveram erupções sem ter tido qualquer sismo anteriormente (exemplo, Westman Islands 1973). A Islandia de certa forma desafia os geologos.

Por outro lado, o Katla pode ter entrado num silêncio longo e não ter qualquer erupção nos próximos anos. Outros dois vulcões muito activos, o Hekla e o Grimsvotn, também passam por fases, ora têm erupções a poucos anos, oram adormecem durante mais de um século.

Havia pessoas que falavam da ligação Eyjafjallajokull-Katla, no entanto pensa-se que os dois sistemas são distintos, mas que por proximidade, um pode despertar o outro. Passou-se mais de um ano, e a teoria que um segue o outro, não se verificou. Porém, o Katla despertou e o magma está agora acumulado próximo da superficie. E em Julho de 2011 chegou mesmo a ter uma erupção, que passou despercebida aos olhos do mundo.

O magma do Katla provém de uma camara independente do Eyjafjallajokull. E mais. Existe uma "criptodome" entre ambos, local onde há anos que regista sismos. Alguns cientistas afirmam ser um terceiro vulcão entre ambos.

E se querem entrar no campo da especulação das grandes erupções, então olhem para o "vizinho" Bardarbunga, 80km para nordeste, que é o maior e mais alto da Islandia, e já está adormecido há mais de 100 anos, o qual já teve erupçóes VEI6. Este vulcão teve uma erupção subglacial lateral (Hamarinn), em Julho de 2011, apenas uns dias a seguir ao evento erupcional do Katla. Da mesma forma, houve uma cheia glacial, enorme, mas sem qualquer nuvem de cinzas. Antes de isso acontecer, houye um pânico aqui na Islandia, no inicio do ano, quando se achou que este iria ser o próximo "big one".

Isto para dizer que crises sísmicas nos vulcões são coisa frequente na Islandia, e muitas vezes estes não têm erupções (ou muitas vezes não observadas). E noutras ocasiões, erupções largas surgem do nada, sem qualquer aviso. Do Katla, na última erupção em 1918, houve relatos de fortes sismos antes da erupção (prov 4.5 ou 5.0), portanto espero o mesmo antes da próxima erupção.

Este ano já tivemos crises sísmicas e erupções em 3 vulcões. O Grimsvotn em Maio (VEI4) e no Katla e no Hamarinn, ambas no ínicio de Julho a apenas uma semana uma da outra, mas erupções subglaciais e pequenas, agora confirmadas pelos cientistas islandeses (VEI0). Os 3 eventos foram claramente observados na Islandia, mas ninguém falou deles pelo mundo. No caso do Grimsvotn a erupção foi imensamente superior à do Eyjafjallajokull, como eu próprio experienciei. Ninguém consegue saber qual será o próximo. Pode ser o Hekla, Katla, Hamarinn, Askja, ou até um vulcão que ninguém espera. Eu creio que os próximos serão o Hekla e o Hamarinn.

os sismos já se aproximam da casa dos 4 graus de magnitude. Há um mês no máximo tinhamos sismos de grau 3.
A possível erupção aproxima-se. Vamos esperar e ver o que acontece.
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Tinha postado esta informação num blogue. Como sei que muitos de vós têm interesse em aprender mais sobre os vulcões islandeses, decidi partilhar esta informação.

Os vulcões islandeses apesar de ter tido das maiores erupções dos últimos séculos, não são dos vulcões mais explosivos do planeta. São bastante menos explosivos. No entanto, podem emitir largas quantidades de lava (muito superior a outros vulcões) e por vezes, muito gás sulfúrico, o que pode resultar também em interferências climáticas pronunciadas.

Rank por quantidade de material libertado sob a forma de tephra:
(erupções desde o settlement dos Vikings estão numeradas):

- 8330 BC Grimsvotn (Saksunarvatn) 15 cu km
1- 1362 Oraefajokull 2.3 to 10 cu km (estimates varied)
2- 1477 Bardarbunga/Veidivotn 10 cu km (+ 3 cu km lava)
– 1100 BC Hekla 7.3 cu km, perhaps more, since it cause a volcanic winter
- 2310 BC Hekla 6 cu km
3- 934 Eldgjá/Katla 5 cu km (+ 18 cu km lava)
4- 870 Bardarbunga (Vatnaoldur) 4.5 cu km
5- 1104 Hekla 2.5 cu km (estimates varied)
- 5150 BC Hekla 1.8 cu km
6- 1875 Askja 1.8 cu km
7- 1755 Katla 1.5 cu km (second largest Katla eruption)
8- 1262 Katla 1.5 cu km
9- 1625 Katla 1.2 cu km
10- 1721 Katla 1.2 cu km
11- 1783 Laki/Grimsvotn 0.9 cu km (+15 cu km lava)
12- 1918 Katla 0.7 cu km
13- 1357 Katla 0.7 cu km
14- 1963 Surtsey 0.7 cu km
15- 2011 Grimsvotn 0.66 cu km !!!!!!
(… several Katla eruptions)
…- 1766 Hekla 0.3 cu km (+ 1.3 cu km lava)
…- 2010 Eyjafjallajokull 0.25 cu km
…- 1947 Hekla 0.2 cu km (+ 0.8 cu km lava)
…- 1727 Oraefajokull 0.1 cu km

Como podem ver, o Katla não está no topo das maiores erupções históricas da Islândia. O recorde vai para o Grimsvotn, numa erupção em 8300 BC, seguida da potente erupção do Oraefajokull em 1362 e do Bardarbunga em 1477.

No entanto, o Katla teve uma erupção muito larga em 934, que é ligeiramente menor que as mencionadas anteriormente. Outras erupções muito violentas incluem também a do Hekla em 1104 e do Askja em 1875. Todas estas erupções são dez vezes superiores a uma erupção normal do Katla, e cerca de 20 vezes mais que a do Grimsvotn em 2011, e 50 vezes mais que a do Eyjafjallajokull em 2010!

- - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rank por quantidade de material libertado sob a forma de lava:
(erupções desde o settlement dos Vikings estão numeradas):

- 6650 BC Bardarbunga/Veidivotn (Þjórsárhraun) 25 cu km lava
- 9500 BC Theistareykjabunga 18 cu km lava
1- 934 Eldgjá/Katla 18 cu km lava (+ 5 cu km ash)
2- 1783 Laki/Grimsvotn 15 cu km lava
- 5000 BC Bardarbunga 15 cu km lava
- 8250 BC Hengill/Thingsvellir 11 cu km lava
- 7550 BC Prestahnukur 11 cu km lava
- 5850 BC Hveravellir 11 cu km lava
- 9000 BC Brennisteinsfjöll 10 cu km lava
3- 950 Hveravellir 9 cu km lava
- 7100 BC Bardarbunga 8 cu km lava
- 2050 BC Hveravellir 7.3 cu km lava
- 5000 BC Kverfjoll 7 cu km lava
- 1950 BC Grimsvotn 6.9 cu km lava
- 1200 BC Bardarbunga/Veidivotn 6.5 cu km lava
- 8600 BC Hveravellir 6.3 cu km lava
- 8900 BC Askja 6 cu km lava
- 3250 BC Hengill 6 cu km lava
- 4000 BC Reykjanes 5.7 cu km lava
- 5550 BC Katla/Holmsá fires 5 cu km
- 5000 BC Reykjanes 5 cu km lava
- 8500 BC Krisuvik 4.5 cu km lava
- 8200 BC Hengill 4 cu km lava
- 4600 BC Bardarbunga 3.8 cu km lava
- 6000 BC Krisuvik 3.5 cu km lava
- 4200 BC Bardarbunga/ Veidivotn 3.4 cu km lava
- 1250 BC Krafla 3.3 cu km lava
4- 1477 Bardarbunga/Veidivotn 3 cu km lava (+ 10 cu km ash)
- 2660 BC Brennisteinsfjöll 3 cu km lava
- 300 BC Krafla 2.5 cu km lava
- 5000 BC Hengill 1.6 cu km lava
5- 1766 Hekla 1.3 cu km lava
- 4270 BC Grimsnes 1.2 cu km lava
- 1730 BC Hengill 1 cu km lava
- 7050 BC Ljósufjöll/Eldborg 1 cu km lava
(…)
6- 1947 Hekla 0.8 cu km lava
7- 1996 Grimsvotn 0.7 cu km lava
8- 1240 Reykjanes 0.7 cu km lava
9- 1325 Krisuvik 0.5 cu km lava
10- 950 Brennisteinsfjöll 0.5 cu km lava
11- 1728 Krafla 0.4 cu km lava
12- 1875 Askja 0,3 cu km lava
13- 1963 Surtsey 0.3 cu km lava
14- 1924 Askja 0.3 cu km lava
15- Heymaey 0.2 cu km lava
16- 2000 Hekla 0.2 cu km lava
17- 1984 Krafla 0.1 cu km lava
18- 1961 Askja 0,1 cu km lava

A nível de lava, existem quantidades colossais das erupções do Bardarbundga e do Theistareykjabunga, antes do settlement. As erupções do Edgjá (Katla) e do Laki, figuram no lugar 3 e 4, das quantidades colossais de lava libertada. Estes lava fields têm entre 100 a 200 km de extensão. Pensem bem nisso!

- - - - - - - - - - - - - - - - - -

E aqui comparando com um ranking mundial:

- Paraná traps 8000km3, 132 M years ago
- La Guarita 5000km3, 27 M years ago
- Toba 2800 km3, 75.000 years ago
- Yellowstone 2500 km3
- Tambora 160km3
- Santorini 100km3
- Krakatoa 22 km3
- Laki 15 km3
- Pinatubo 1991/ Bardarbunga 1477 ~10km3
- Katla (usually) / - Mt St Helens 1km3
- Grimsvotn 0.7km3 (2011)
- Eyjafjallajokull 0.3km3 (2010)

O Toba foi 2800 vezes superior a uma erupção do Katla, e a espécie humana sobreviveu a esta erupção. Já o Tambora foi 100 vezes superior ao Katla, e a civilização continuou.

Espero que isto dissipe alguns mitos existentes em relação ao Katla.