Seguimento vulcanismo Islândia 2011

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por irpsit 22 Jun 2011 às 19:57.

  1. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    É algo subtil, mas o Katla desde há umas semanas para cá tem tido mais sismos de profundidade, especialmente nos últimos dias.

    Este é o penúltimo sinal que espero antes da erupção larga que é esperada (o último é inflação considerável, medida do GPS - que ainda não ocorreu)

    Quase todos os sismos têm ocorrido entre a camara magmática a 4km e a superfície, mas agora os sismos tem começado a ocorrer desde 20km a 4km também. De dia para dia, são cada vez mais.

    Foi este comportamento que ocorreu cerca de 1 mês antes da erupção do Eyjafjallajokull, e que eu espero ocorrer novamente com o Katla. São estes que indicam que novo magma está a ascender à camara magmática.

    Estes sismos têm ocorrido com magnitudes também algo elevadas, na ordem dos 2. Quando começarem a ultrapassar os 3, e a tornarem-se numerosos, então a erupção estará mesmo a dias ou horas de ocorrer.

    Ou seja estámos a ficar cada vez mais próximos da erupção esperada do Katla. Mas ninguém pode ter a certeza para quando. Com algum grau de forte possibilidade a erupção poderá ocorrer nos próximos meses. Vamos ver o que acontece com estes sismos de profundidade.

    Outro sinal, que ainda não ocorreu claramente e eu estou à espera, é que esta nova entrada de magma de profundidade cause inflação súbita no vulcão (medida no GPS). Para já a inflação continua a ritmo lento. Ou seja, ainda espero esse último sinal e o aumento dos sismos de profundidade.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Iceberg

    Iceberg
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    751
    Local:
    Braga
    A previsível erupção do Katla é uam certeza, mais tarde ou mais cedo, mais ou menos catastrófica, mesmo que apenas localmente ou regionalmente.

    Mas quando ocorrer, tenho a certeza que dará muito que falar, até porque quando da última (1918) o mundo era outro, sem a dependência actual do transporte aéreo, a fragilidade económica dos tempos que vivemos, o sensacionalismo dos media, a histeria das populações.

    Quando ocorrer, a erupção será verdadeiramente um show mediático.

    A ocorrer em 2012 (ano mítico) o impacto sensacionalista aumentará.

    É o novo mundo em que vivemos. Tão desenvolvido e ao mesmo tempo tão frágil face às manifestações naturais do nosso planeta.

    A contagem decrescente já começou e nós aqui no MeteoPT seremos uns privilegiados. Por isso, Irpsit, serás os nossos olhos e a nossa voz ao vivo e em directo! ;)
     
  3. Iceberg

    Iceberg
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    751
    Local:
    Braga
    3 de diciembre de 2011

    Se teme que el Volcán Katla podría registrar su mayor erupción del siglo

    Según han informado los expertos, el volcán Katla amenaza con interrumpir el tráfico aéreo. A lo largo del pasado mes, se han registrado más de 500 terremotos en Katla. Además, desde julio de 2011, el aumento en la actividad del volcán está preocupando a los expertos, ya que el aumento en la temperatura y la actividad sísmica han causado una inundación, que ha arrastrado un puente.

    Katla experimentó su erupción más explosiva en el año 1918, provocando tal deshielo de glaciares que los icebergs se vieron arrastrados por la riada hacia el mar.

    Se teme que, en el caso de entrar en erupción, Katla podría provocar su mayor explosión del siglo. El volcán podría provocar inundaciones catastróficas debido al deshielo de la superficie del volcán, enviando grandes cantidades de agua al océano Atlántico.

    Según ha explicado el experto en vulcanología, Andy Hooper, de la Universidad de Delft, resulta difícil pronosticar cuándo entrará en erupción. No obstante, ha explicado que las implicaciones de una erupción del volcán serían muy grandes debido a la importante cantidad de hielo que mantiene la superficie del volcán y que podría arrastrar carreteras.

    Además, provocaría una intensa lluvia de cenizas volcánicas en los alrededores, afectando a granjas y cultivos. Al mismo tiempo, el resto del mundo sufriría los efectos en el clima.
    En el caso de que Katla entre en erupción, la ceniza volcánica afectaría al tráfico aéreo.

    alertatierra.com
     
  4. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Iceberg, lamento desiludir-te, mas uma erupção do Katla não é nada de extraordinário.

    Na realidade este ano tivemos uma erupção do Grimsvotn de quase VEI5 na escala de vulcanismo, que foi similar à erupção de 1918 do Katla.

    E o que foi? Brutal sem dúvida.
    Uma nuvem de cinzas bem mais gigante que a do Eyjafjallajokull.

    E que, como é norma, não se arrastou para a Europa, visto os ventos predominantes aqui serem os de nordeste e normalmente levam a cinza para o Atlântico.

    O mundo faz muito sensacionalismo em relação ao Katla. Mas na realidade o Katla só teve uma vez uma erupção semelhante à do Pinatubo, em 934. De resto, a cada 50 anos, têm uma erupção similar à do Mt St Helens, algo largo mas sem impacto mundial.

    As erupções do Katla são algo bastante largo à escala islandesa, mas ficam aquém da dimensão de algumas erupções famosas como o Tambora ou Krakatoa.

    Há cenários de vulcões na Islândia que me metem mais medo, e potencialmente mais catastróficos, mas esses ninguém fala deles. Mais tarde ou mais cedo o Hekla terá o seu primeiro evento de caldeira, mais tarde ou mais cedo o mesmo poderá ocorrer no mais vulcão islandês (o Oraefajokull), e preocupa-me igualmente o segundo maior vulcão do país estar adormecido há séculos (e está no topo da hot spot), o Bardarbunga. Esse sim, detém muitos recordes na história do vulcanismo islandês, como extraordinárias fissuras de lava e emissões de cinza.

    No Katla, existe uma pseudodome, Godabunga, que se explodisse, poderia originar um evento relativamente catastrófico, mas parece até ver pouco provável já que está no flanco do vulcão e é aparentemente, especulam alguns cientistas, um sistema independente.

    Mas tirando estes casos bastante raros, normalmente o vulcanismo islandês é mais do tipo efusivo e menos explosivo.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Iceberg

    Iceberg
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    751
    Local:
    Braga
    Ok, Irpsit, respeito muito os teus comentários, porque aqui no forum conheces como ninguém o vulcanismo da Islândia.

    Os meus termos podem ter sido mal interpretados, não estou a dizer que uma erupção do Katla será catastrófica, mas que no mundo globalizado e sensacionalista em que vivemos, facilmente qualquer acontecimento toma essas proporções.

    No entanto, uma erupção do tipo St. Helens ou Pinatubo (ainda que algo menores), conjugada com predomínio de ventos de oeste na Islândia, e algo persistente no tempo, pode causar transtornos significativos na Europa, tão dependente do transporte aéreo, ainda para mais numa época de crise económica. Os media adorariam esta conjugação de factores.

    Sei que o vulcanismo islandês é do tipo efusivo, mas mesmo este género pode provocar graves consequências. Conheço muito bem o evento do Laki, pelas leituras que já efectuei dessa gigantesca erupção de lava e os seus efeitos em alguns países europeus.

    Por isso, não me desiludiste, pelo contrário, toda a tua informação sobre o vulcanismo islandês é apaixonante e muito interessante e reforça o meu fascínio por essa ilha e a sua geologia. És um privilegiado por seguires estes acontecimentos ao vivo. Espero um dia poder visitar essa magnífica ilha e observar a geologia islandesa. Poucos locais do mundo possuem os quatro elementos do planeta no seu máximo esplendor (terra, água, ar e fogo). Um abraço e boas observações.
     
  6. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Descobri algo interessante relativo à história eruptiva do Hekla e do Katla, dois dos mais activos e poderosos vulcões islandeses.

    As erupções em séculos anteriores parecem mostrar uma tendência do Hekla ter erupções geralmente em Fevereiro, Março ou Abril:

    1878, Fevereiro, Março, Abril
    1913 Abril e Maio
    1947 Março e Abril
    1970 Maio a Julho (um pouco mais tarde)
    1980 Agosto (a excepção)
    1981 Abril
    1991 Janeiro, Fevereiro e Março
    2000 Fevereiro e Março

    O interessante é que andando para trás, as erupções continuam a ocorrer, a grande maioria delas, no meio ou final do Inverno.
    E de um modo semelhante, o Katla também costuma ter quase todas as erupções ocorrendo entre Julho e Novembro, especialmente em Outubro e Novembro.

    No Katla, há geológos que especulam ser o derretimento da calote glacial em cima no final do verão, que costuma ser o trigger das erupções, quando estas estão próximas de ocorrer.

    Quanto ao Hekla, não sei se isto será uma coincidência ou se também existe alguma explicação para esta tendência.

    - - - -

    Com um pouco de sorte, e visto ambos estarem próximos de ter nova erupção, eu até apostava numa erupção do Hekla no inverno e depois do Katla no final do verão, nestes próximos anos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Nos últimos 2 dias ocorreram alguns sismos em redor e no Hekla.
    Sismos pequenos mas foi exactamente este tipo de sismos que em 2000 sinalizaram a erupção, apenas 2 horas antes.

    Agora, os sismos começaram já há muito mais horas, e entretanto nada aconteceu. Esta sismicidade, num vulcão que somente regista sismos horas antes das erupções, é estranha. Mas tb agora há mais estações em redor do vulcão para detectar movimentos do magma.

    É possível que o Hekla esteja bastante próximo de uma erupção, ninguém para quando; poderá começar nas próximas horas ou nos próximos meses. A julgar pelos movimentos GPS, esta erupção deverá ser um VEI3 a VEI4.

    Aqui na Islândia nada há medo nenhum disso, um vulcão aqui é algo como uma tempestade, vem e passa; se calhar só vai ser chato para dormir se fizer um pouco de barulho mais forte, e a cinza que é tóxica para os animais.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,240
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    O Heckla ainda pode provocar algum impacto na população local, mas de longe o Vesuvio é o mais perigoso da Europa..

    Portugal entra na lista dos 10 vulcões mais perigosos da Europa com 3 vulcões: Agua do Pau (Fogo), Furnas e Sete Cidades..todos em S.Miguel.

    [​IMG]
    Fonte
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Não vive assim muita gente junto ao Hekla, existes duas vilas a 30km com cerca de 1000 habitantes, e são as mais próximas. Mais próximo só algumas quintas isoladas. Eu vivo a 50km e o meu local só tem 100 habitantes. No global são afectadas 3500 habitantes caso haja uma erupção muito larga, considerando um raio de 40km.

    O Katla afectará sempre uns 1000 habitantes que estão muito mais próximos do vulcão.

    Mas existem 3 vulcões activos ao pé de Reykjavik que esses sim provocariam um desastre semelhante ao do Vesúvio. O Hengill, o Krisuvik e o Bláfjoll, todos entre 15 a 25km da cidade; em erupções passadas a lava chegou à cidade que entretanto não existia. Mas estes não são vulcões explosivos, são mais efusivos. Uma erupção dessas afectaria 200.000 pessoas.

    Mesmo assim o Etna, o Vesúvio e o Campo Flegrei afectariam muitos mais milhares de habitantes. Este último está praticamente à entrada de Nápoles e é uma caldeira enorme, com potencial para erupções muito largas. Uma erupção destas seria catastrófica para a zona do Mediterrâneo, afectando milhões.

    Na Lista falta pelo menos o Santorini, que em ~1600 BC causou um tsunami considerável no Mediterrâneo, o que hoje em dia afectaria milhões tb.

    E falta o vulcão Laacher See na Alemanha, há muito adormecido, mas é outro vulcão de tamanho considerável, e cuja erupção destruíria parte considerável de uma zona muito populada da Alemanha. Este ainda afectaria mais milhões que o Santorini.

    Na Islândia erupções muito largas poderiam também afectar milhões se emitissem grandes quantidades de cinza como fez o Hekla em 1104 ou de gases tóxicos como fez o Laki em 1783. Historicamente o Laki matou milhares de pessoas na Europa devido a um inverno vulcânico em 1783.




     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,240
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    A lista foi baseada em vulcões que tiveram erupções >= VEI2 nos últimos 2 milénios e que tivessem uma erupção igual à sua maior erupção..ex: Hekla (VEI5), Katla (VEI4), Vesúvio (VEI4), Agua do Pau (VEI4)..

    Alguns dos vulcões que referiste estão na lista do estudo (pág 11), mas não se encontram no top 10.

    Na Islândia fala-se abertamente sobre vulcanismo, as entidades fornecem dados cientificos (como Espanha), em Portugal o vulcanismo é tabu..ninguem fala, ninguem sabe de nada..quando acontecer, aconteceu e dps vê-se. Em caso de sismo toda gente sabe o que fazer, mas em caso de erupção ninguem sabe..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Posso dizer-te que se uma erupção começasse em São Miguel, o melhor seria obviamente dirigir-se rapidamente aos barcos ou aviões e evacuar a ilha. Aqui aconteceu uma situação semelhante em 1973 numa pequena ilha habitada na costa da Islândia.

    A erupção provavelmente começaria violenta e explosiva, devido à presença do lago na caldeira, mas poderia ser igualmente apenas uma fissura lateral efusiva. Pelo sim pelo não é melhor manter a população a 40km, se for efusiva a população pode estar a poucos kms, mas há sempre riscos.

    Outra coisa é que provavelmente haveria sismos significativos antes de uma erupção desse tipo começar. Em Portugal só pode haver vulcanismo nos Açores, nos outros lugares está extinto há muito tempo.


     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Ontem registou-se algo interessante.

    Houve alguns sismos na zona onde costumam ocorrer as mais largas erupções de fissuras do planeta (como as fissuras Laki ou Elgjá).

    O evento foram apenas 4 ou 5 sismos de magnitudes entre 1 e 2, o que pode parecer pouco, mas esta zona de fissuras nunca apresenta seismicidade; pois é bastante dúctil, plástica, e portanto dificilmente sofre sismos, apesar de sofrer episódios de rifting gigantesco a cada poucos séculos.

    A análise do evento permitiu observar que este evento foi puramente tectónico mas desencadeado pelo Katla, provavelmente a pressão no Katla propagou-se lateralmente para essas fissuras, mas para maiores profundidades. Algum tremor foi registado quer no Katla quer na zona da fissura a nordeste. Nada a recear portanto, mas não deixa de ser interessante e mostra mais uma vez que o Katla está próximo de uma erupção maior.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Tremor volta a ser sentido hoje no Katla.
    Provavelmente até pode ter sido uma nova e pequena erupção subglacial, mas para já não passa de uma incerteza.

    Estes eventos têm repetido-se desde Julho passado, altura em que uma erupção pequena foi confirmada.

    Mas o que quer que esteja a acontecer debaixo dos 700 metros de glaciar, é difícil de saber, até alguém voar sobre o glaciar, ou ocorrer alguma cheia.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,743
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Não sei qual a data exacta destas belas fotos, mas retratam dois fenómenos da natureza ocorridos ai na Islândia: uma erupção vulcânica nas montanhas Fimmvörðuháls e a aurora boreal.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Fotos de James Appleton
     
  15. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Inverness, Escocia
    Os sismos no Katla tem vindo a ser mais fundos e mais largos. Isto significa que mais magma está a entrar para a sua câmara magmática localizada a 4km. Creio que a erupção deste está para breve, muito provavelmente no espaço de um ano ou dois, prov até dentro de uns meses...

    Por outro lado, tb tem ocorrido mais sismos na zona da fissura sudoeste do Bardarbunga (não só na zona Hamarinn mas agora também na zona Veidivotn). Parece-me que os primeiros sinais para uma erupção nessa zona, já começaram. Provavelmente este processo vai continuar durante anos, mas quando ocorrer essa erupção será prov bastante larga (as erupções no Veidivotn costumam ser na ordem dos 15 km cubicos de lava, as maiores erupções efusivas em todo o planeta)

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página