Sismos Portugal - 2015

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por fablept 4 Jan 2015 às 16:19.

  1. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,288
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    Não vais ter nenhum grande sismo saído das falhas do país esses são a crosta ajustar-se e são pequenos e numerosos, o dito grande virá da zona de gorringe e não de Monchique ou de Sintra
     
    Wessel1985, algarvio1980 e lserpa gostaram disto.
  2. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,981
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    É estranho não ter sido mais sentido, pois para 3.4 de magnitude, apenas 3 Km de profundidade seriam de esperar efeitos pelo menos semelhantes ao de Sintra.

    Também é interessante que os dois maciços, Sintra e Monchique têm origens magmáticas semelhantes: a par do de Sines, são maciços eruptivos sub-vulcânicos, "vulcões falhados", intrusões de bolsas de magma que não chegaram à superfície, formadas aquando da abertura do Atlântico Norte.

    Para uma primeira ideia do processo, consulte-se, por exemplo:

    http://www.cienciaviva.pt/veraocv/2010/downloads/Caminhando com a Geologia na Serra de Sintra.pdf
    página 18.
     
    Wessel1985 e david 6 gostaram disto.
  3. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,981
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Pois virá, concordo, mas não é possível dizer que são irrelacionáveis.
     
    Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  4. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,510
    Local:
    Olhão (24 m)
    Esse foi sem dúvida, o mais assustador, quer pela intensidade, quer pela duração do mesmo.

    Essa falha de Gorringe é que assusta mais no Algarve e o último significativo faz em Dezembro já 6 anos, desde daí a falha tem tido muito pouca actividade sentida, que actividade tem todos os dias.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 gostou disto.
  5. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,952
    Local:
    Loures
    Uma ideia que tenho mas que não sei se será válida.

    Esse tão grande sismo que um dia irá destruir metade de Portugal, não terá já ocorrido em anos anteriores mas com uma magnitude menor que o de 1755?

    Refiro-me, por exemplo, ao de 12 de Fevereiro de 2007 de magnitude 5,9 ou ao de 17 de Dezembro de 2009 de magnitude 6,0.
     
    Wessel1985 gostou disto.
  6. jorgepaulino

    jorgepaulino
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    30 Jan 2006
    Mensagens:
    278
    Local:
    N Arraiolos
    Lá pelas serras de Monchique deve ter dado um grande estrondo e abanão, foi quase à superfície e daquela magnitude toda !
    Este deve ser o local de Portugal continental onde ocorrem mais sismos.

    A serra deve estar a crescer !
     
    Wessel1985 gostou disto.
  7. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,510
    Local:
    Olhão (24 m)
    O mais parecido, pode ter sido o de 28 de Fevereiro de 1969 foi o mais próximo ao de 1755.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 e Duarte Sousa gostaram disto.
  8. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,981
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Mas o facto de as pessoas se assustarem tem a ver com o saberem que há sismos que são premonitórios. Claro que neste caso recente ficariam mais descansadas se também soubessem que não é destas zonas que virá o grande sismo. O susto é provocado pela percepção de perigo iminente e os pequenos sismos, interpretados como premonitórios transmitem essa percepção. Simplesmente, os verdadeiros premonitórios neste caso serão os que estão frequentemente a ocorrer precisamente em Gorringe, mas esses as pessoas não sentem, por isso não se assustam, ou então estávamos em susto permanente, o que não está nada longe da realidade, afinal de contas.
     
    Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,342
    Local:
    Açores
    Não necessariamente. Por exemplo na Califórnia de vez em quando faz um sismo mais intenso. Mas continuam a esperar pelo the big one.

    No ano passado fez um sismo de 6.0:

    http://www.theguardian.com/world/2014/aug/24/california-earthquake-northern-san-francisco-bay-area

    Ainda assim...

    http://www.cbsnews.com/news/california-nearly-guaranteed-to-get-major-earthquake-in-next-30-years/

    Registos sísmicos pré-1755 seriam bastante úteis.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,981
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    A energia libertada nesses sismos é ínfima relativamente ao de 1755 e as tensões que se vão acumulando mantém-se. As escalas de tempo geológico e das transformações e movimentos da crusta são tão grandes que de 1755 até agora passou uma fracção de milésimo de segundo numa fricção como a que produzimos quando passamos um dedo num vidro molhado e o seu movimento se faz aos sacões.
     
    #310 StormRic, 22 Jul 2015 às 23:30
    Última edição: 23 Jul 2015 às 01:51
    Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  11. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,986
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    o Algarve tem várias falhas activas ou semi activas com potencial muito destrutivo... a mais conhecida é a de Loulé. Toda a gente passa por cima dela. :D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985, StormRic e lserpa gostaram disto.
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,342
    Local:
    Açores
  13. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,986
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    a falha de Loulé é muito fácil de ver... entre Faro e Loulé na EN125-4 mais precisamente entre os sítios da Goncinha e da Alfarrobeira... do lado direito está um barranco escavado...

    Isso é parte da falha.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 gostou disto.
  14. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    O sismo de 1755 de tão intenso e invulgar que foi para esta região ainda hoje não é inteiramente compreendido e diferentes teorias continuam a aparecer e novos estudos continuam a ser feitos, mas é relativamente consensual de que aquele conceito que temos de um sismo num dado local (Gorringe por ex.) é um bocado limitado, e que devemos mais olhar para a coisa como uma ruptura ou múltiplas ao longo de centenas de quilómetros. Há até teorias que falam de uma ruptura secundária no vale do Tejo.

    Do ponto de vista geológico e geofísico, o sismo de Lisboa de 1755, com intensidade máxima XI e magnitude
    estimada M=8,5 a 8,9 segundo Martins e Mendes Víctor (1990), apresenta-se como uma séria anomalia, um
    paradoxo da sismicidade de margens passivas, pois sismos com magnitudes semelhantes apenas ocorrem na
    vizinhança de zonas de subdução (p. ex. Japão, Califórnia, Chile) ou de colisão (p.ex. Himalaias).

    Falha de Marquês de Pombal: estrutura sismo-tsunamigénica do sismo de Lisboa de 1 de Novembro de 1755?
    http://repositorio.lneg.pt/bitstream/10400.9/1019/1/Terrinha_28627CD_L65.pdf

    O mistério do epicentro
    http://expresso.sapo.pt/dossies/dos...smos_portugal/o-misterio-do-epicentro=f553562

    Sabe-se pouco sobre o terramoto de 1755
    http://www.gazetadefisica.spf.pt/magazine/article/505/pdf
     
  15. Macroburst

    Macroburst
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    3 Dez 2011
    Mensagens:
    78
    Local:
    Lisboa
    Ainda bem que se fala no sismo de 1755. Desde muito jovem que procuro todo o tipo de registos históricos do acontecimento, isto apesar de não ser geólogo e sempre me pareceu que nos modelos possiveis existem algo que não explica a mecânica de todo o evento. Algumas informações da época referem que o sismo(?) foi sentido desde Marrocos até países como Alemanha. Estudos recentes no Reino Unido falam dos efeitos do sismo em lagos na Escócia, assim como na Suiça. Até que ponto podemos ter como informação relevante este tipo de textos da época? Alguém com formação na área me poderá explicar como está neste momento a informação que existe sobre o sismo de 1755?
     
    Wessel1985 gostou disto.

Partilhar esta Página