Sismos Portugal 2018

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por luismeteo3 1 Jan 2018 às 14:09.

  1. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,937
    Local:
    Loures
    Apesar de ser o sistema vulcânico activo de S. Miguel que manifesta a mais reduzida actividade eruptiva recente, é nele que se desenvolvem com maior frequência importantes crises sísmicas, de natureza tectónica e vulcano-tectónica. Portanto, a nível vulcânico, penso que não há razão para alarme.
     
  2. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,534
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    O que se está a passar na Ilha de São Miguel? Será vulcânico ou tectónico? :unsure:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e Wessel1985 gostaram disto.
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,312
    Local:
    Açores
    Açores: tsunami após os sismos “é sempre possível que aconteça”

    :facepalm:

    Era só o que faltava. Assustar mais a população fazendo referência a um evento com uma probabilidade quase negligenciável de assumir contornos relevantes na região.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #273 Orion, 12 Fev 2018 às 10:45
    Última edição: 12 Fev 2018 às 10:52
  4. Wessel1985

    Wessel1985
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    21 Set 2013
    Mensagens:
    1,039
    Local:
    Angra do Heroismo, Ilha Terceira, Açores
    Bom Dia a todos

    Esperemos que a situação se normalize por São Miguel e que seja somente mais uma das inúmeras pequenas crises sísmicas a que somos por vezes sujeitos ...

    Em relação à possibilidade de tsunami é de facto lamentável que se levante essa hipótese quando a grande maioria dos sismos registados tem tido epicentro em terra ...

    Mais grave se torna quando é alguém com responsabilidades a fazer estas declarações ...

    Haja rigor e verdade e a partir dai que se façam as declarações agora induzir ao pânico sem necessidade nenhuma é que não me parece correto por parte de algumas entidades ...

    Voltando à realidade ouvi o João Luís Gaspar do CIVISA que afirmou que não se põe a possibilidade de tsunami visto esta crise estar a ter o seu foco em terra ... para além disso descartam de momento qualquer origem vulcânica mas vão continuar a monitorizar os elementos dos vulcões da zona mas tudo indica que esta seja uma crise com origens tectónicas devido àquela zona em concreto ser de cruzamento de placas ...

    E este é de momento o diagnóstico mais próximo da realidade que temos ... o resto são somente especulações gratuitas feitas por alguém que não mediu bem as consequências das suas declarações que carecem totalmente de rigor científico para a situação em questão ...
     
    criz0r, luismeteo3, Tyna e 4 outras pessoas gostaram disto.
  5. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,275
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    http://www.acorianooriental.pt/noticia/sismos-nos-acores-nao-implicam-fenomenos-vulcanicos-286057


    Dias como hoje, com tanta sismicidade, só relembra a crise sísmica do Fogo-Congro em 2003~2005 e tenho receio que este episódio de hoje se torne noutra crise sísmica prolongada.

    Em termos de sismograma, só vejo mesmos sismos tectónicos, todos muito semelhantes uns com os outros, só diferenciando na magnitude...tremores vulcânicos não há qualquer registo (pelo menos nesta estação sísmica) e sismos de baixa frequência que tem sido registados nos últimos anos nesta zona, também não encontrei.
    Mas numa outra crise em 2011, nesta mesma zona, houve primeiro um episódio de sismos "normais" e depois veio um episódio de sismos de baixa frequência.
    Estes sismos de baixa frequência estão muito associados a processos magmáticos (libertação de gás, etc).

    Na última hora continua a ocorrer diversos sismos, mas de menor magnitude.

    É aguardar para ver, mas crises sísmicas tem sido sucessivas na zona nas últimas decadas..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Wessel1985 gostou disto.
  7. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Até ver é tectónico.
     
    Wessel1985 gostou disto.
  8. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    10,061
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    A que se deve esta crise sísmica nos Açores? Presidente do IPMA explica

    O presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) explicou hoje que os Açores são alvo de crises sísmicas com alguma regularidade estando na sua origem uma interação entre os sistemas vulcânicos e tectónicos.

    "Os Açores são alvo de crises sísmicas com alguma regularidade e que são semelhantes às que estão a ocorrer hoje. Na origem desta crise sísmica está a interação entre os sistemas vulcânicos e os sistemas tectónicos da ilha.

    De acordo com o presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as ilhas dos Açores estão localizadas numa zona particularmente ativas.

    "É uma fronteira de placa reconhecida e tem uma velocidade de extensão entre os 4 e os 5 milímetros por ano. Todos os anos existe um bocadinho mais de extensão, o que leva a uma interação entre os sistemas vulcânicos e tectónicos que dão origem a uma libertação de energia sobre a forma de pequenos sismos, que podem não ser pequenos", disse.

    Miguel Miranda explicou que a região do Congro é das regiões mais ativas dos Açores e a mais ativa de São Miguel.

    "Existem condições do ponto de vista geológico que conduzem a este tipo de situações. No IPMA fazemos a vigilância sismológica e os nossos colegas da Universidade dos Açores fazem a vigilância geoquímica e cronológica. Só quando pudermos juntar todos os dados de um lado e do outro é que vamos ter uma avaliação mais realista do que se está a passar. Estamos todos em contacto e a trabalhar", sublinhou.

    O geofísico destacou também que ainda é difícil dizer com certeza quantos abalos foram sentidos e as magnitudes, sendo previsível dados mais concretos dentro de dias.

    Miguel Miranda disse também à Lusa que a crise sísmica "ainda agora começou, salientando que para já não é possível prever se vai haver abalos com maior intensidade nos Açores.

    "Para já não é previsível saber se vamos ter sismos mais importantes ou não. É preciso que estejamos preparados para todos os acontecimentos que possam ocorrer. A proteção civil regional tem sido bastante clara sobre os aconselhamentos que dá a população e é muito importante que as pessoas sigam estritamente o que os serviços estão a emitir", disse à Lusa Miguel Miranda.

    O responsável recomendou ainda às populações que estejam informados e sigam os conselhos do Serviço Regional de Proteção Civil.

    "Volto a sublinhar que nunca é demais dizer às populações para seguirem as indicações da proteção civil regional (...). É preciso atuar como se o risco fosse sempre muito importante", destacou.

    "É provável que tenhamos novos sismos sentidos pela população"

    Centenas de sismos com magnitude entre 1,9 e 3,6 na escala de Richter foram registados desde as 00h47 de hoje na ilha de São Miguel, Açores, mantendo-se uma atividade sísmica acima dos valores de referência.

    Em comunicado, o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) adianta que desde as 23h47 de domingo (00h47 de hoje em Lisboa) foram registadas várias centenas de microssismos com epicentro entre as lagoas do Fogo e das Furnas, na sua maioria de magnitude inferior a 3 na escala de Richter.

    "Na generalidade, os eventos têm sido sentidos numa faixa entre Água de Pau e Povoação, a sul, e Rabo de Peixe e Fenais da Ajuda, a norte", revela o CIVISA, acrescentando estar a acompanhar o evoluir da atividade.

    O responsável pelo CIVISA, João Luís Gaspar, alterou também para o facto de que "é provável que tenhamos novos sismos sentidos pela população".

    Refira-se, contudo, que de acordo com o responsável pela Proteção Civil da região, o Tenente Coronel Carlos Neves, a frequência da atividade sísmica baixou discretamente ao início da tarde desta segunda-feira.

    [Notícia atualizada às 14h20]

    https://www.noticiasaominuto.com/pa...ification&utm_medium=push&utm_campaign=955395
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    guisilva5000, luismeteo3 e Wessel1985 gostaram disto.
  9. SpiderVV

    SpiderVV
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2010
    Mensagens:
    8,234
    Local:
    Portalegre (400m)
    Ainda assim, no mesmo comunicado:

    http://www.cvarg.azores.gov.pt/noti...px?IsDlg=1&iframe=true&width=1008&height=100%
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 e luismeteo3 gostaram disto.
  10. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Wessel1985 gostou disto.
  11. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    3,188
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    A zona em questão é a que está assinalada a amarelo.
    Este corte vertical foi-me cedido pelo @Azoreanstrombuster, podemos observar que é uma zona de graben. Portando, zona de afastamento entre as placas e é uma estrutura bastante expressiva... [​IMG]


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,312
    Local:
    Açores
    AO

    [​IMG]

    O último parágrafo (do artigo acima publicado) é o mais relevante de todos.

    [​IMG]

    Também há o caso de 1939 com uma onda não-gigante -> http://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/19475705.2016.1218944

    Mais sobre este tópico -> https://www.nat-hazards-earth-syst-sci.net/9/25/2009/nhess-9-25-2009.pdf

    Em suma, e como já escrevi, pode-se ter uma confiança razoável de que não haverão tsunamis decorrentes dos sismos indígenas. Só mesmo com derrocadas secundárias -> https://www.jn.pt/local/noticias/ac...soes-no-corvo-criou-novos-ilheus-2862892.html

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #282 Orion, 12 Fev 2018 às 20:40
    Última edição: 12 Fev 2018 às 20:47
  13. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,440
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    É impressionante, a forma como pessoas supostamente entendidas na matéria espalham notícias a meu ver completamente disparatadas que só irão potenciar alarmismo na população sem necessidade nenhuma. Não fosse isto uma espécie de "Pinners" para os Açorianos e já a malta andava doida à espera de um eventual Tsunami. Confesso que mal vi essa notícia a passar na TV fiquei perplexo, ainda para mais sabendo que se trata da já conhecida falha do Fogo-Congro onde estas crises são o "prato do dia" e o epicentro é precisamente em Terra. Sensacionalismo ao estilo Tuga.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,312
    Local:
    Açores
    -> http://observador.pt/2018/02/12/sis...-destrutivo-dos-ultimos-200-anos-em-portugal/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 gostou disto.
  15. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,312
    Local:
    Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #285 Orion, 12 Fev 2018 às 21:38
    Última edição: 12 Fev 2018 às 21:59
    Wessel1985 gostou disto.

Partilhar esta Página