Tecnologias inovadoras ou curiosas

Tópico em 'Ciência Geral, Tecnologia e Energia' iniciado por LUPER 29 Mar 2008 às 22:03.

  1. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,817
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Bem, pelo que li na página da Witricity, parece uma tecnologia muito interessante!!

    Parece que não causa problemas de saúde... resta ver a questão da eficiência e como resolvem essa questão para aplicarem em larga escala este conceito (será interessante ver, por exemplo, o aparelho indutor/emissor ligado ao quadro de electricidade de uma casa e depois, no interior dessa casa, todos os aparelhos eléctricos (já com os receptores incorporados) não necessitarem de fios para se ligarem à corrente!!!:D:huh::confused: Claro que será um cenário para daqui a alguns anos...mas de acordo com o que eles dizem, viável!!)...

    Parece-me que ainda vamos ouvir falar muito desta nova forma de electricidade!!
     
  2. rijo

    rijo
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    252
    Local:
    Queluz
    [VIDEO]http://cache01.stormap.sapo.pt/vidstore01/videos/66/bc/c0/840757_ZNZNv.flv[/VIDEO]​
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. godzila

    godzila
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    2 Nov 2008
    Mensagens:
    539
    Local:
    Barragem de santa luzia -600m
    Bom dia, eu adaptei uma câmara wairless a visão nocturna, processo que me correu ás 100 maravilhas, agora o problema é a iluminação por ledas infravermelhos isto é nenhuma câmara vê sem fonte de luz ela vê sim um espectro invisível a todos os seres vivos logo não incomoda em nada as suas actividades, mas passando á frente eu encontrei uma loja na net que vende leds infra-vermelhos mas tem de dois tipos uns a 25 cêntimos e outros a 1 euros e 8 cêntimos a duvida é: o que compensa mais compras 10 euros de leds normais o que dava 40 leds ou dos de alto brilho que dava só 9 leds?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,174
    Local:
    Sintra

    Não estava a colocar em questão a actividade direccional mas a faculdade atractiva que poderá ter.
    De acordo com os artigos que postei, só com determinadas condições, é que tal ocorre.



    O custo inicial de compra é mais elevado, mas a curto/médio prazo, consoante o grau de investimento, haverão benefícios ambientais, funcionais e até económicos.






    :thumbsup:



    Depende das características de cada LED e o uso que lhes queres dar.
    Se as mais baratas servem para o teu objectivo, não vejo porque não as comprar.
    Eu, numa loja perto do Cais do Sodré, compro-as por menos de 25 cêntimos ( mas também não sei quais a que te referes...). Eu uso as que são usadas nos computadores ( ecran,teclado,etc...).
    Em relação às mais caras, se forem da mesma intensidade e tamanho, só perguntando ao vendedor, porque razão são mais caras ( presumo que sejam ainda mais duradouras...).
    Espero que tenha ajudado. :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Os detritos cuja reciclagem tradicional é dificil estão a caminho de ser bastante uteis num futuro proximo....tal significaria a transformação das lixeiras em coisas como isto:
    http://www.plasma-wr.com/

    O método usado é baseado no aquecimento dos materiais a valores superiores a 10000º, por meio de jactos de plasma, tais temperaturas decompoem as moleculas gerando materiais inofensivos para o meio ambiente ou até mesmo bastante uteis para certas industrias...sendo que o processo de decomposição molecular é uma fonte energetica que poderá tornar as centrais não só autosuficientes como tambem com capacidade de fornecer energia extra para a rede publica..

    http://en.wikipedia.org/wiki/Plasma_arc_waste_disposal

    Uma optima tecnologia que pode ajudar a garantir o futuro sustentavel da humanidade, em equilibrio mais harmonico com o sistema global:)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Processo interessante mas...

    Que energia alimentará o reactor para a decomposição dos diferentes materiais. 10 mil graus é um dispêndio energético significativo.

    O processo garante que não há cinza mas de certeza que haverá escória, material não aproveitável incluindo metais pesados. E que fazer a esses materiais?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #37 Agreste, 6 Fev 2012 às 15:41
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 04:01
  8. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    A memória tal como outras coisas, degrada-se e "morre". A tua musica, os teus documentos, os teus ficheiros, o teu computador. Ninguém espera que a memória funcione para sempre mas... e se isso fosse possível? A Hitachi anunciou ter desenvolvido um novo tipo de quartzo capaz de armazenar dados para sempre.

    Os CD's e os discos rígidos só podem durar algumas décadas ou eventualmente um século mas este novo tipo de quartzo pode resistir a temperaturas e condições tão hostis sem se degradar, praticamente para sempre. Como funciona? Os dados são armazenados na forma binária através de um sistema de pontos dentro de uma pequena camada de quartzo. Os dados são depois lidos com um normal microscópio.

    «O protótipo de armazenamento tem 2 centímetros quadrados e apenas 2 milímetros de espessura feito a partir de quartzo, um material estável e altamente resiliente, usado para fabricar lasers e outros instrumentos de laboratório.

    O chip, resistente a vários químicos e ondas rádio, pode ser exposto directamente a chamas e a altas temperaturas da ordem de 1000ºC por pelo menos 2 horas sem sofrer danos.»

    Actualmente, o material - que também é à prova de água - contém 4 camadas de pontos que podem agrupar 40 megabytes por cada polegada (aproximadamente a mesma densidade de um vulgar CD) mas os investigadores acreditam que podem conseguir adicionar mais camadas. Armazenamento em quartzo. Surpreendente como é que um material tão frágil pode tornar-se no mais resistente no armazenamento de dados.

    [​IMG]

    http://gizmodo.com/5946110/this-piece-of-glass-can-store-data-forever
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Menos de um ano após ter recebido a autorização para implantar comboios MagLev, a JR Tokai (Companhia Nacional de Comboios do Japão) apresentou o seu protótipo Série L0 que promete colocar os "velhos" comboios bala (os Shinkansen) a comer pó. Desenhado para atrelar até 16 carruagens (1000 passageiros) este comboio super rápido pode viajar a 500Km/h.

    http://english.jr-central.co.jp/company/ir/annualreport/_pdf/annualreport2012-05.pdf

    [​IMG]

    Até agora os japoneses demoravam entre Nagoia (9 milhões de habitantes) e Tóquio (15 milhões de habitantes) - 260Km - cerca de 90 minutos, mas este novo comboio promete reduzir o tempo para apenas 40 minutos. Anunciado há 5 anos atrás, o projecto tinha vindo a ser adiado para estudar a inclusão da extensão da linha MagLev até Osaca (9 milhões de habitantes) - mais 40Km - e terá um custo global de 86 mil milhões de euros.

    Mas fazer as malas e experimentar o novo Shinkansen está fora de questão. A ligação até Nagoia só estará disponível em 2027. A extensão até Osaca em 2045.

    Quem quiser pode ir até à China experimentar o Xangai Transrapid que liga o aeroporto até ao centro da cidade a uns 500Km/h. Os chineses estão a planear um novo tipo de MagLev de formato tubular capaz de acelerar até aos 1000Km/h.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. BozoBR

    BozoBR
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    15 Set 2013
    Mensagens:
    9
    Local:
    Brasil
    Grandioso. Imagino quanta água pularia se isso caísse na água.
     
  12. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,883
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Não sendo estruturas maciças... ocas por dentro até que nem seria muita. Se fossem completas por dentro pesariam 20x mais. O chão ficava deformado.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    16,039
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Esta noticia saiu hoje, anda a circular na net, pensei em partilhar aqui, belo projecto.
    Faço ideia o poder das inversões. :cold:


    Alguma fotos:

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]

    Estive a ver o relevo do local no Google Earh, impressiona, com uma "parede" destas exposta a Norte, é normal que a cidade seja bastante sombria.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Danilo2012

    Danilo2012
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    18 Abr 2010
    Mensagens:
    761
    Local:
    Japao,Nagano 720m 36N
    Po esse espelhos ai sao para aquecer a cidade ?

    Nao gostei da ideia quer sol e calor vai para outra cidade...
     
    jonas_87 gostou disto.
  15. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,374
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Já tinha ouvido falar desta povoação, No fundo desse vale deve haver umas belas inversões térmicas. :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    jonas_87 gostou disto.

Partilhar esta Página