Tempestade Vento Região Oeste (23 Dezembro 2009)

ecobcg

Super Célula
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
5,149
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Mais uns dados sobre este tipo de fenómenos "Sting Jet".

Cause of Killer 'Sting Jets' in Storms Revealed
stingjet.jpg
Killer storm winds called "sting jets" rush the ground as fast as 150 mph (240 km/h). In Britain, sting jets cause millions of pounds in damage each year, insurers estimate. The worst gales claim lives.

Though they are linked to powerful storms called extratropical cyclones, predicting where and when sting jets will hit has been a challenge for forecasters. Now, a new study sheds light on how sting jets form.

Sting jets get their name from the hooked tail of clouds that spawn the fierce gusts — the clouds resemble a scorpion's tail. The winds usually hit over a small region, about 30 miles (50 kilometers) across, according to the U.K. Met Office. Sting jets were responsible for deaths and widespread damage during the infamous Great Storm of 1987 in Britain, which impelled scientists to hunt for the cause.

On the south side of the cloud tail, sting jets form when air rushes downward from a warm front to a cold front, researchers have found. In the new study, which relied on satellite data, researchers discovered the winds strike where the storm's temperature gradient, or difference in temperature between two locations, was weakest. The study was published online March 21 in the journal Weather and Forecasting.

http://www.livescience.com/29260-dangerous-sting-jets-in-storms-explained-video.html

"The irony is that the winds are strongest in the cyclone where the front is weakening most intensely," David Schultz, lead study author and a professor at the University of Manchester, said in a statement.

"Our findings are significant because they tell us exactly where we can expect these winds and give forecasters added knowledge about the physical processes that are going on to create this region of strong winds."

Schultz and his colleagues also suggest that sting jets only arise in a certain type of storm, called Shapiro-Keyser cyclones. These have a "T-bone" structure that keeps the warm and cold fronts within the storm from meeting, and a back-bent front that is just the right shape for triggering sting jets.
http://www.ouramazingplanet.com/4430-storm-sting-jets-explained.html
 


fhff

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2010
Mensagens
914
Local
Merceana, Alenquer / Nafarros, Sintra
Temporal de Torres Vedras quatro anos depois

CMTV

Obrigado por postares o video.
Noite que nunca vou esquecer. Lembro-me que, a primeira coisa que fiz, foi tirar o berço com a minha filha, que tinha 10 dias de idade, do quarto (junto à janela) para o corredor interior da casa. Depois foi encostar móveis às portas das varandas para ver se nenhuma entrava pela casa a dentro. Foi assustador...
 
  • Gosto
Reactions: Gerofil

rbsmr

Nimbostratus
Registo
6 Ago 2007
Mensagens
602
Local
Cabeça Gorda, Torres Vedras (140m)
So sei que esse evento derrubou o meu pinheiro com pelo menos com 4 décadas, uma palmeira e uma nespereira. Felizmente o telhado não sofreu dados mas na localidade houve pessoas com prejuízos a esse nível. Lembro - me que a minha antiga estação wmr-200 resistiu aos ventos de 120 km/H!
 
  • Gosto
Reactions: Thomar e jonas_87

Garcia

Cumulus
Registo
5 Jan 2014
Mensagens
497
Local
Santa Bárbara (Lourinhã)
e eu que não dei por nada nessa noite...:D

adormeci no sofá da sala, persiana nos "buraquinhos" e porta de correr aberta... o meu vizinho da frente, tinha um telheiro em chapas de zinco que foi arrancado e espalhado estrada fora... não dei por nada..:shocking:

de manhã quando acordei fiquei...:surprise:
 

Edward

Cumulus
Registo
21 Jul 2012
Mensagens
101
Local
Torres Vedras
Uma noite como esta jamais vou esquecer! Lembro-me de ter ficado acordado até tarde, por volta da 1 da manhã e na altura chovia. Entretanto fui dormir e às 4 da manhã deparo-me com uma cena surreal: a janela do tecto do meu quarto foi arrancada com a força brutal do vento. Eu dentro de casa nem me conseguia ouvir por causa da brutalidade do vento que soprava na altura. Ao pé da minha casa havia uma escola em reconstrução que ficou bastante danificada, os azulejos que cobriam as paredes da escola foram arrancados e projectados na direcção da minha casa. Meia hora depois de ter acordado e de ter testemunhado aquele “apocalipse” o vento parou como se nada fosse e até me recordo que na altura a temperatura estava anormalmente elevada para uma noite de Dezembro. Na manhã seguinte o que se viu na rua foi simplesmente ASSUSTADOR! Em toda a minha vida não me recordo de ver tanta destruição junta! Postes de electricidade caídos, árvores centenárias arrancadas pela raiz, casas sem telhas e chaminés partidas. Mas o mais impressionante de tudo foi, sem dúvida, ver o estado em que ficou o Parque de Campismo de Santa Cruz! Apesar de ter ficado sem janela no quarto e à conta disso ter estado quase 2 semanas fora dele, os estragos que tive até foram bem inferiores comparados aos de outras pessoas que moravam perto de mim.