Tornado em Castelo Branco 25 de Outubro 2012

Tópico em 'Eventos Meteorológicos' iniciado por vitamos 25 Out 2012 às 17:00.

  1. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,128
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    O fluxograma é útil e melhor que nada, não exclui subjetividades baseando-se apenas no aspecto visual..

    Importante saber nestas situações, além do aspecto visual:
    - Sentido do vento
    - Antecipação de rajadas de vento
    - Relatório de estragos, e extensão dos estragos (centenas de metros, quilômetros?)
    - Variação de temperatura
    - Variação da %HR (um pouco difícil..)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. FRibeiro

    FRibeiro
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    26 Nov 2009
    Mensagens:
    96
    Local:
    Paris/Romainville
    Boas!
    Descobri este video...Acho que tira todas as conclusões! :D

     
    #17 FRibeiro, 28 Out 2012 às 22:34
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  3. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    E que sao.......
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Norther

    Norther
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Nov 2010
    Mensagens:
    1,869
    Local:
    Tortosendo 600m Encosta sul Serra da Estrela
    bela descoberta, afinal ouve alguém que gravou
     
  5. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,128
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Notícias de última hora, relativamente ao video publicado:

    http://www.reconquista.pt/pagina/edicao/228/23/noticia/24435

    Castelo Branco: Vídeo mostra tempestade de 25 de outubro

    Um video amador divulgado através do Youtube mostra a tempestade que destruiu alguns pavilhões da zona industrial de Castelo Branco na tarde de 25 de outubro.
    O Instituto de Meteorologia garantiu horas depois dos acontecimentos que o caso não se tratava de um tornado, mas logo após a saída do jornal para as bancas um leitor fez chegar ao Reconquista um vídeo com quase dois minutos que mostra a deslocação do vento, afirmando ter contactado diversos sites americanos especializados em tornados, questionando o que seria aquele fenómeno.

    Segundo ele, a resposta foi unânime, afirmando tratar-se, efetivamente, de um tornado.

    O meteorologista Paulo Pinto declarou ao Reconquista ter visto, também, o vídeo, já depois de o jornal estar na rua e sobre isso deixa alguns esclarecimentos. Começa por explicar que nesse dia 24 o instituto recebeu diversos relatos de vento forte provenientes da zona de Castelo Branco, um deles falava de ventos fortes na zona, numa área não identificada, por volta das 13H00 e o relato da zona industrial, referindo-se a ventos fortes pelas 14H40.
    "As condições meteorológicas naquele dia e na região, foram favoráveis à ocorrência de fenómenos de vento forte, podendo mesmo ter ocorrido diversos fenómenos independentes entre si em áreas próximas. Assim, não se coloca de parte que o vídeo recolhido na zona possa relacionar-se com um episódio diferente do que causou o vento muito forte na zona industrial, embora possa dizer respeito a fenómeno ocorrido na região. O fenómeno que se vê no vídeo aparenta corresponder a um mesociclone baixo, cuja rotação é visível na massa nebulosa mais próxima do autor do filme. Nestes casos, segundo alguns autores, é difícil decidir se o fenómeno deverá ser denominado tornado, ainda que o movimento de rotação organizado tenha vorticidade vertical suficiente. A base nebulosa que vem até ao solo em parte do filme, parece ter movimento de rotação no contacto com o mesmo, embora não seja definitivo afirmá-lo", explica Paulo Pinto.
    O meteorologista admite que mediante o filme, o fenómeno possa ser classificado como um tornado.

    "A questão que se coloca é que os termos da notícia se referem a uma classificação que efetuámos com base em relato visual e observação da natureza dos danos a partir de filmes e fotografias. Destes, concluí que o tipo de danos é mais ajustado a vento essencialmente horizontal, downburst, e não a tornado. Esta análise fundamentou-se essencialmente no facto de o vento ter sido suficientemente forte para ter arrastado uma viatura e ter produzido arrancamento de coberturas mas, nas fotos que tive oportunidade de analisar, ter causado poucos danos nas estruturas de suporte das coberturas, o que seria mais típico de um tornado. Quanto ao filme, existe a incerteza em saber-se se o fenómeno identificado foi exatamente o que, pelas 14H40, causou os danos", concretiza.
    Para ele, este é um caso que levanta alguma complexidade de análise e pode tornar-se difícil conseguir-se uma investigação mais detalhada.

    A tempestade provocou diversos estragos. Cristina Mota Saraiva/ Reconquista



    Conclusão:

    Da análise do video, verifica-se que se trata de um mesociclone, com carateristicas de tornado ou de downburst. Observa-se algum movimento rotacional até ao solo. Contudo, desta análise não é possível concluir com certeza, por não se garantir que se trate da mesma nuvem que provocou os estragos. Em conjugação com os estragos observados, é mais favorável a hipótese "downburst" mas sem excluir completamente a hipótese "tornado"!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    O video tem que ter a hora a que foi filmado. Isso ve-se nas propriedades do ficheiro;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,128
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Não é assim tão simples.. Depende se a hora está correta ou não, da máquina que filmou!

    Eu vi o vídeo umas quantas vezes, e para mim a filmagem da nuvem ocorre uns 15 segundos após a passagem no local. Como sou de castelo branco, reconheço na imagem o local afetado, e a direção que a nuvem toma já a fugir para fora do local.

    Conclusão: é sempre difícil demonstrar os factos. Por um lado referem que sem mais meios audiovisuais que é difícil de analisar, por outro, quando são publicados, colocam a questão se a filmagem diz respeito ao momento exacto.

    Assim é complicado..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    Claro, como tudo neste país é dificil que algo seja feito á primeira.:mad:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página