Arquivo de eventos históricos

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
ESQUECISTE ENERO DE 1971, ONDE SEGURO O NORDESTE PORTUGUÉS TUVO BOAS MÍNIMAS.

VILLARDECIERVOS (900 metros de altitud), a 20 kms de la frontera portuguesa y a 40 kms de Braganza: -21ºC
 


duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
La referencia climática mas antigua de la que se tiene noticia es:

"las incesantes lluvias y crecidas de los ríos en el centro de Hispania durante los primeros meses de invierno del 181 A.C"

Fontes Hispaniae Antiquae.
Tito Livio.
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
DRAMÁTICOS EFECTOS DE CHEIAS.

En 1649 por causa de las grandes lluvias, el río Guadalquivir inundó la ciudad de Sevilla (probablemente la mas importante de España en la época).

Barrios enteros ficaran bajo el agua, incluso la avenida principal de la ciudad.

Esto produjo que no pudieran abastecerse de trigo ni otros alimentos pues era muy difícil circular por la ciudad.

El precio de los alimentos subió y muchas personas comenzaron a pasar hambre.

El hambre y las aguas estancadas con el calor de la primavera trajeron una PESTE EPIDÉMICA, que produjo 60.000 muertos en una ciudad de 125.000 personas, aproximadamente el 45% de la población murió por causa de la cheia.
 

Gilmet

Staff
Registo
12 Dez 2007
Mensagens
9,150
Local
Cacém (180 m) / Mira-Sintra (188 m)
Depois de efectuar vasculhas avultadas em datas propícias, encontrei o seguinte, em diversos jornais...


26 de Dezembro de 1926 - "Domingo Ilustrado"

meteojornaldomingoilust.jpg




2 de Fevereiro de 1954 - "Revista Municipal de Lisboa"

meteojornalrevistamunic.jpg




3 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



4 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



5 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



6 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png




11 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



12 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



13 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



15 de Fevereiro de 1956 - "Diário Popular"

meteojornaldiariopopula.png


meteojornaldiariopopula.png



(Devo afirmar, que este mês de Fevereiro de 1956 terá sido espectacular!)
 
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,976
Local
Bragança (675m)
Excelente recolha :thumbsup:

Fevereiro de 1956 foi espectacular, para além dos valores de temperatura bastante baixos, teve também nevões brutais.
 

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
Re: Seguimento Açores e Madeira - Outubro 2012

E agora por curiosidade encontrei este aqui para juntar aos tantos outros que pelos Açores passaram desde que há registos escritos:

A 4 de Outubro de 1946, um ciclone de extraordinária violência assola os Açores. Embora não tivessem sido contabilizados desastres pessoais, os prejuízos materiais foram enormes: inúmeras casas ficaram danificadas em diversos pontos do arqu
ipélago, o grande hangar do Aeroporto de Santa Maria foi completamente destruído, afundaram-se 20 batelões e lanchas de pesca, encalhou um iate e ficaram destroçadas dezenas de outras embarcações.





http://www.leme.pt/historia/efemerides/1004/

(Fonte 1: Diário Popular n.º 1445, de 04-10-1946, pp. 1 e 12)
(Fonte 2: Diário Popular n.º 1446, de 06-10-1946, pp. 1 e 3)
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Re: Seguimento Açores e Madeira - Outubro 2012

E agora por curiosidade encontrei este aqui para juntar aos tantos outros que pelos Açores passaram desde que há registos escritos:

A 4 de Outubro de 1946, um ciclone de extraordinária violência assola os Açores. Embora não tivessem sido contabilizados desastres pessoais, os prejuízos materiais foram enormes: inúmeras casas ficaram danificadas em diversos pontos do arquipélago, o grande hangar do Aeroporto de Santa Maria foi completamente destruído, afundaram-se 20 batelões e lanchas de pesca, encalhou um iate e ficaram destroçadas dezenas de outras embarcações.


http://www.leme.pt/historia/efemerides/1004/

(Fonte 1: Diário Popular n.º 1445, de 04-10-1946, pp. 1 e 12)
(Fonte 2: Diário Popular n.º 1446, de 06-10-1946, pp. 1 e 3)



Epa, isso é o meu furacão de estimação pois ajudei a "descobri-lo" :D
Tanto que eu procurei por mais informação e não encontrei quase nada de dados meteorológicos, e desconhecia essas fotos.

Eu explico, em 2009, quando estava a pesquisar coisas em sites de arquivos de notícias internacionais precisamente para este tópico do fórum encontrei uma pequena notícia de uma grande tempestade nos Açores nessa data, foi aqui que referi o assunto pela primeira vez:
http://www.meteopt.com/forum/evento...-de-eventos-historicos-1560-4.html#post133855

acores.gif
acores1.gif



Como ocorreu em Outubro fui ver as bases de dados de ciclones tropicais de 1946, mas não constava nada tropical que tivesse passado pelos Açores. Tal como (ainda) não consta oficialmente:


4weYC.gif



Entrei em contacto com Atlantic Hurricane Database Re-analysis Project a perguntar-lhes se sabiam alguma coisa deste evento, pois naquela altura do ano com tantos estragos podia ter sido um ciclone tropical desconhecido até aqui.

Por feliz coincidência eles, dois dos principais investigadores desta área, estavam precisamente a trabalhar na reanálise dos anos 1944–53 e ficaram logo muito interessados. Até me referiram que estavam a estudar um novo (não registado) ciclone tropical que também passou pelos Açores e chegou mesmo ao continente em Outubro de 1944 mas desconheciam essa tempestade de 1946. Pediram-me a ver se conseguia arranjar mais dados, quer desta de 1946 quer de 1944.

Contactei o IM, falei com algumas pessoas dos Açores, mandei emails para uns jornais, etc, mas nunca arranjei nada de especial ou sequer respondiam, arranjei apenas umas notícias do Diário de Lisboa dando conta de notícias que chegavam ao continente de que tinha ocorrido uma catástrofe nos Açores e que um emissário do governo, por acaso o conhecido Humberto Delgado, foi enviado para se inteirar da situação. Nos dias seguintes outras notícias não confirmaram os rumores de que tinha morrido muita gente, mas que houve ainda estragos significativos. Como era no tempo da ditadura, também não sei se a dimensão dos estragos e vítimas não possa ter sido algo abafada. Presumo que eles depois tenham arranjado mais dados por outras vias.


Essa tempestade faz parte então de vários estudos de reanálise publicados nos últimos 2 anos:

http://www.aoml.noaa.gov/hrd/Landsea/1944-1953_Published_Paper.pdf
http://www.aoml.noaa.gov/hrd/hurdat/Supplemental_Material.pdf


e em breve depois de algumas revisões, deve ser inserida na climatologia oficial HURDAT, ficando o ano de 1946 já a incluir esse ciclone:

Kcogj.gif






O de 1944 se a reanálise for aceite/validada (não sei bem como se processa isso), o mapa de trajectos passará a ser o da direita, passando então a ser este o único ciclone tropical nos registos que atingiu Portugal continental ainda como Tempestade Tropical (11–17 Outubro 1944). Embora ache este bastante estranho pois a única notícia que encontrei foi de um temporal de mar em Setúbal, nada mais.

ddxVi.gif
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
O que encontrei foi isto, inicialmente as notícias eram bastante alarmantes mas depois nos dias seguintes diziam que afinal não tinha sido tão grave como se julgava. Pelas fotos que colocaste dá ideia que pelo menos a maré de tempestade (storm surge) foi valente.

7RQKz.gif





589az.gif
 

Azor

Nimbostratus
Registo
8 Out 2011
Mensagens
1,477
Local
Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
O que encontrei foi isto, inicialmente as notícias eram bastante alarmantes mas depois nos dias seguintes diziam que afinal não tinha sido tão grave como se julgava. Pelas fotos que colocaste dá ideia que pelo menos a maré de tempestade (storm surge) foi valente.

Fantástico! :thumbsup:
Onde foi que encontraste toda esta informação?
É porque estou a fazer 1 levantamento de todas as tempestades tropicais e furacões que passaram pelos Açores desde o início que há registos.
Consegues-me mandar o link? Ou a fonte? Isto é uma preciosidade!!!

Olha lembrei-me agora de uma coisa, vou tentar ir à Biblioteca Pública e Arquivo Regional de P. Delgada ver os jornais da época dos anos 40 a ver se encontro alguma coisa sobre esta mesma tempestade e depois volto com novas informações, mas muito possivelmente deve de ter qualquer coisa. Eles têm jornais açorianos desde o início do século XIX se, a memória não me falha, e tenho quase a certeza que deve de haver muito mais informação sobre este tema. :thumbsup:
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Consegues-me mandar o link? Ou a fonte?
É do arquivo do DL da Fundação Mário Soares:
http://www.fmsoares.pt/diario_de_lisboa/ano

Olha lembrei-me agora de uma coisa, vou tentar ir à Biblioteca Pública e Arquivo Regional de P. Delgada ver os jornais da época dos anos 40 a ver se encontro alguma coisa sobre esta mesma tempestade e depois volto com novas informações

Ok, agradeço, sempre fui um grande interessado por eventos passados como sabem e na altura até pedi a vários açorianos a ver se podiam consultar arquivos locais, sem sucesso, se descobrires alguma coisa depois partilha.
Estou convencido de que se muitas pessoas pesquisarem em mais arquivos antigos e outras fontes descobriremos outros ciclones tropicais até aqui não catalogados. Sugiro pesquisas entre Setembro e Outubro para começar, e um pouco antes e depois numa fase posterior.
 

ijv

Cumulus
Registo
28 Nov 2010
Mensagens
481
Local
Funchal-Santo António (Altitude-808m)
Re: Seguimento Açores e Madeira - Outubro 2012

Boa tarde,
encontrei no facebook um posto a falar sobre um alivião a 9 de Outubro de 1803,
Deixo aqui o link do blog do Luís Freitas onde relata tal acontecimento:
http://rubenftas.blogspot.pt/2011/09/aluviao-de-9-de-outubro-de-1803.html

Achei interessante postar aqui.

Fico agradecido pois nem sabia bem onde colocar.
 

Aristocrata

Super Célula
Registo
28 Dez 2008
Mensagens
6,341
Local
Paços de Ferreira, 292 mts
Deixo aqui uma imagem particularmente interessante.
Reporta-se ao ano de 1911.
As cataratas de Niágara, na fronteira entre os EUA e o Canadá, completamente congeladas:

cW4X9Bk.jpg


Deve ter sido ou tremendamente frio o inverno, ou então muito prolongado no tempo, para que toda a massa de água ficasse em gelo;)
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,476
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
Hoje pensei em partilhar esta foto curiosa, está relacionada com as cheias de Novembro de 1983.
Tirei-a no ano passado,aqui na zona, no vale do Pisão(Alcabideche).

Em conversa com o proprietário da casa, calhou falar na dita cheia, de seguida, indicou-me aquela marca na parede da casa, onde chegou a água, impressionante como passados mais de 30 anos a marca perdura.
Segundo o relato, durante aquela aflição a família refugiou-se no 1ºandar/sotão, felizmente a casa tem 2 andares.
Morar junto a uma linha de água, tem os seus riscos.

A massa de água vinda da serra de Sintra deve ter sido algo de outro mundo, pois na zona da casa o vale apresenta alguma inclinação, ainda assim água atingiu os 3,5 metros de altura.
É algo de impensável para quem conhece o local, bastante revelador da magnitude da cheia.

A linha de água que aparece na foto, resulta da confluência de duas ribeiras que nascem na serra, uma na zona da Barragem da Mula (ribeira de Porto Covo/Mula) e outra na zona da lagoa azul(ribeira da Atrozela/Penha Longa).

Enfim, foi uma cheia brutal.

Fica a foto.

16h52qs.jpg

Com mais zoom
15ehapu.jpg

______

Cascais, 18 de Novembro 1983

2h3mq7q.jpg

2927kfq.jpg

2cdaljo.jpg
 
  • Gosto
Reactions: CptRena