Árvores e Florestas de Portugal

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Pedro 6 Jul 2011 às 12:18.

  1. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,761
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Não diria que foi um erro, mas foi muito muito no limite, tendo em conta a zona do país... dependerá muito do acompanhamento que for dado. Se for zero então sim, pelo menos para os carvalhos será difícil sobreviverem.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,908
    Local:
    Torres Novas(75m)
    É bem verdade, é crucial plantar árvores autóctones, logo no inicio das primeiras chuvas, eu plantei 2 tabuleiros de carvalhos-cerquinho nessa época e eles seguem já com quase 1 palmo de crescimento.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial, frederico e MSantos gostaram disto.
  3. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,387
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Plantações fora de época são muito comuns. Todos os anos vejo campanhas de plantação de árvores em plena Primavera, diminuído imensamente a probabilidade de sucesso da plantação. :(
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, RStorm, AnDré e 4 outras pessoas gostaram disto.
  4. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,765
    Local:
    Loures
    Julgo que era um pinhal.

    A plantação foi feita em Lousa, noroeste do concelho de Loures.

    As árvores foram oferecidas portanto não havia poder de escolha.

    A plantação foi feita quando foi possível fazer. Sei bem que não foi a melhor altura do ano, mas também não foi possível controlar a logísitca toda pois nem tudo dependia de nós.

    Todas as semanas desde a plantação as árvores têm sido regadas, além da chuva que tem caído, e que felizmente não foi pouca.
     
  5. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,761
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Regar cerca de 200 árvores pequenas por semana não será uma logística muito complicada desde que haja vontade. No verão será crucial. Há planos para continuarem as regas?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,765
    Local:
    Loures
    Sim, o terreno faz fronteira com a sede do agrupamento de escuteiros portanto não é difícil continuar a fazer o acompanhamento, e mesmo não havendo atividades (como é o caso de agora, aliás a plantação foi a última atividade que se realizou), há imensos elementos que vivem perto e que têm lá ido regar as árvores. O facto de terem sido os miúdos a plantá-las também desperta o interesse deles em cuidar das árvores :)
     
  7. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,855
    Local:
    Porto
    Se regarem uma vez por semana as árvores sobrevivem, eu já plantei um carvalho em Março e era regado no Verão e cresceu, no Algarve, e era um carvalho-alvarinho, o que o matou foi um herbicida... foi aliás uma lição triste que aprendi, infelizmente em Portugal se não estivermos sempre por perto as árvores correm riscos elevados, ou morrem com um herbicida porque as ervas daninhas incomodavam, ou levam uma poda valente que destrói a copa.

    É necessária uma especial atenção quando houver ondas de calor de Leste, aí sim as árvores jovens morrem muito, especialmente quando não estão abrigadas com a sombra de árvores mais velhas ou numa encosta mais sombria.
     
  8. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,855
    Local:
    Porto
    Vou relatar algo que aconteceu há uns meses. Estive no Porto e fui dar uma volta na zona onde antes vivia e passei ao lado de uma casa que tinha uns cedros e uns ciprestres, para minha tristeza tinham acabado de ser todos cortados, eram umas árvores antigas, que tinham bom porte e muito bonitas. Uma senhora na casa dos 60 que passava disse-me boa tarde, e eu comentei, «que pena, eram umas árvores tão bonitas». Resposta. «bela porcaria, sujavam a rua toda, foi a melhor coisa que fizeram foi ter cortado essa porcaria».

    Perto dessa rua há uma casa com ar oitocentista que tinha um jardim enorme, notava-se que tinha novo proprietário. O jardim era muito bom, mas as magnólias ficaram totalmente sem copas e as camélias que eram enormes foram todas rapadas. Mas como é que alguém tira a copa a uma magnólia, se é uma árvore que demora tantos anos a crescer, e na qual a beleza está na copa quando dá flor? Uma magnólia sem copa não tem qualquer beleza, é um mero pau espetado! Mas que se passa na cabeça das pessoas? Estão loucas?
     
  9. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,765
    Local:
    Loures
    É verdade, no verão de 2018 passei por isso, tinha semeado umas bolotas em outubro/novembro do ano anterior. No verão tinha uns 10 recipientes na varanda (virada a norte) com as árvores jovens e a onda de calor no início de agosto coincidiu com a minha ida de férias para o Algarve. Quando cá cheguei 15 dias depois de ter saído) estavam todas secas, só se safou uma, que está ali toda verdinha e a crescer a pouco e pouco :) Erros de principiante, deveria ter colocado os vasos dentro de casa, mas é com os erros que se aprende.

    Algum tempo depois no vaso da árvore resistente surgiu outra, não sei se nasceu da mesma bolota ou se foi alguma que supostamente tinha morrido e que depois ressuscitou eheh.

    As primeiras folhas relatam bem a onda de calor desse verão.

    [​IMG]
    20200429_185509-01
    by duarthe_sousa, no Flickr
     
  10. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,765
    Local:
    Loures
    Em Manta Rota na casa ao lado onde costumo passar férias existiam 2 pinheiros enormes (acho que eram pinheiros). Nas noites de maior vento as ruas ficavam cheias de "folhas". Há cerca de 3/4 anos cortaram-nos. Acredito que para os seus proprietários foi um grande alívio em termos de limpeza do sei jardim, mas eram umas árvores bem vistosas e que davam alguma sombra à rua, agora ficou tudo despido. Ainda esta semana aqui na minha rua cortaram um da mesma espécie mas não era tão grande como esses a que me refiro.
     
  11. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,855
    Local:
    Porto
    Em Inglaterra boa parte das ruas têm folhosas nas zonas suburbanas e muitas casas têm folhosas bem como os parques, no Outono as ruas ficam cheias de folhas mas ninguém liga, ninguém quer saber. O problema com as folhas sempre me pareceu uma panca estúpida e uma futilidade, que infelizmente muitas pessoas têm em Portugal. Gostaria de ver essas mesmas pessoas a viver no Norte da Europa e a fazerem as tristes figuras que fazem em Portugal, como ir à junta de freguesia para o vizinho ser obrigado a cortar as árvores do quintal.

    De qualquer das formas esses pinheiros provavelmente foram cortados por causa da pressionária.
     
  12. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,761
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Cerquinhos :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,761
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Este desprezo endémico pelas árvores que existe em Portugal é uma coisa que não consigo compreender. As pessoas são completamente ignorantes e desligadas da Natureza, qualquer coisinha é motivo para abater uma árvore. Mesmo aqui no Porto, com grande tradição de coleccionismo de plantas e construção de jardins, estes últimos anos têm sido uma desgraça... quem os construiu, ingleses e afins muitos deles, já não está cá, e quem compra... bem, já se sabe, querem é rentabilizar o terreno com construção, árvores nobres e antigas não têm valor absolutamente nenhum, antes pelo contrário, são um problema a erradicar de imediato. Cortar copas significa não ter folhas para varrer no outono, ou pétalas de magnólia na primavera...

    Aqui na avenida da Boavista há em frente ao McDonald's um grupo de bétulas e uma magnólia-de-flores-grandes, perene. Todos os anos as bétulas levam uma poda surreal ao ponto de pelo menos uma já estar morta ou a morrer. Na magnólia, como "não suja" não lhe tocam... esta mentalidade deixa-me doente.

    Quando vivi nos EUA vivia numa rua cheia de árvores, quando vinha o outono era um mar de folhas e ninguém se queixa, aproveita-se a oportunidade. Saudades desses tempos, tinha um magnífico sugar maple mesmo ao lado da janela do meu quarto :)

    Ah, e o nome da lagarta é processionária, porque vão juntinhas em procissão :D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, bandevelugo, Dan e 5 outras pessoas gostaram disto.
  14. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,908
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Os carvalhos que plantei, foram cerca de 100, no inicio do outono, e junto a cada um coloquei uma alfazema, já para lhe fazer essa mesma sombra de protecção, se bem que vão ter outras tantas árvores a protege-los, pois estão inseridos numa linha agroflorestal, como por exemplo, o sabugueiro, casuarina, freixo, salgeuiro, ou choupo, umas de crescimento mais rápido, que irão funcionar de corta vento, e de sombra.
    Também ainda não percebi o que vai na cabeça das pessoas quando simplesmente cortam as copas ás arvores, um vizinho meu fez isso a 2 tílias, com uns 30 anos, este ano, já não vou cheirar o perfume, quando estavam em floração, e a minhas abelhas, já não vão ter trabalho, a polinizá-las.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,282
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    essa parte das podas é um crime e os municípios insistem em fazer de maneira estúpida depois as árvores crescem e ficam ocas e são abatidas pois estão doentes e esta , quanto as árvores autóctones é a parte comercial no tempo que leva ter um bom carvalho um eucaliptal é cortado umas 3 vezes e um pinhal umas 2 logo as pessoas fogem para o que rende, por sorte herdas um e tens a consciência de o manter e tirar algum partido com a gestão abatendo alguns para vender para moveis
     

Partilhar esta Página