Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,833
    Local:
    Torres Novas(75m)
    É mesmo, por cá tenho a mesma prespectiva do que tu, cada vez se avista menos coelhos, e vivo eu numa aldeia rodeados de terrenos, muito deles com excelentes condições para ele habitar, consigo contar pelos dedos das duas mão os coelhos que vejo durante um ano.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos e luismeteo3 gostaram disto.
  2. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,165
    Local:
    Sintra
    Na minha quinta de Óbidos, ainda aparecem alguns coelhos (além de adultos também tenho visto crias), mas foi no Parque natural da Serra da Arrábida, no Parque Natural do Vale Guadiana e em Monchique (Rede Natura) onde vi mais.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #3227 belem, 11 Dez 2019 às 21:00
    Última edição: 11 Dez 2019 às 21:15
    MSantos, luismeteo3 e Pedro1993 gostaram disto.
  3. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,165
    Local:
    Sintra
    Também tenho em conta a observação de latrinas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 gostou disto.
  4. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Uma linda aranha na folha da bananeira...

    [​IMG]

    Enviado do meu DRA-L21 através do Tapatalk
     
  5. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    "Natureza intocável". Parque da Grená quer afirmar-se como um novo ponto de interesse da ilha de São Miguel
    MadreMedia / Lusa
    14 dez 2019 17:30

    Este artigo é sobre Açores. Veja mais na secção Local.
    A ilha de São Miguel ganha, a partir de hoje, uma nova atração turística, com a inauguração do Parque da Grená, na margem norte da Lagoa das Furnas, uma propriedade com 18 hectares de floresta.

    Com 18 hectares de floresta, que mostram a “natureza intocável”, o Parque da Grená quer afirmar-se como um novo ponto de interesse da ilha de São Miguel, numa propriedade por onde passa um curso de água, com uma cascata, e onde se podem ver as ruínas de uma casa senhorial de 1858, explica a gerência do parque.

    O Parque da Grená é hoje inaugurado, depois de um ano a fazer a limpeza do terreno, de onde foram retiradas três toneladas de lixo.

    O investimento feito até agora representa apenas 10% do investimento total previsto, avança Norberto Botelho, administrador da Feliz Terra, empresa que gere o espaço, já que o intuito é recuperar as ruínas da casa.

    Sem se comprometer com prazos e sem adiantar os contornos do projeto “que está a ser concertado” com as várias entidades responsáveis, Norberto Botelho garante que servirá interesses turísticos, mas ressalva que tem que obedecer a uma série de restrições, uma vez que responde a “uma teia de zonas sensíveis e de legislações” de proteção da zona envolvente, como o Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica da Lagoa das Furnas, ou o regime de Parque Natural da Ilha de São Miguel.

    Depois de anos ao abandono, o terreno agora gerido pela empresa açoriana Feliz Terra, que era propriedade do Governo Regional dos Açores, foi adquirido por um grupo de investidores estrangeiros em hasta pública por 500 mil euros.

    A partir de hoje, pode ser visitado por famílias e animais de companhia, sendo aplicada uma tarifa para residentes que, com os 10 euros do bilhete, têm direito a cinco entradas, transmissíveis a outros residentes.
    https://24.sapo.pt/vida/artigos/nat...novo-ponto-de-interesse-da-ilha-de-sao-miguel
     
    belem, Pedro1993 e Aristocrata gostaram disto.
  6. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,546
    Local:
    Bragança (675m)
    Por esta altura a região fica cheia de milhafres. Hoje pude observar, literalmente, algumas dezenas, durante uma viagem que fiz de carro. Por vezes era possível avistar vários milhafres no mesmo local. Pousados perto da estrada ou a pairar, também se observaram vários búteos, peneireiros, pegas, gralhas, corvos e mais duas aves de rapina de maiores dimensões que não consegui identificar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, Thomar, MSantos e 2 outras pessoas gostaram disto.
  7. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,833
    Local:
    Torres Novas(75m)
    É daquelas coisas que me dão muito prazer é também de observar todas essas aves de rapina, no seu estado selvagem, e tão característico delas que é planar no ar, durante várias horas, á procura de uma presa que avistem cá em baixo, de destacar essa excelente capacidade de visão, deste tipo de aves.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 gostou disto.
  8. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,346
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Há duas espécies de milhafres em Portugal, uma é residente e algo rara, o milhafre-real (Milvus milvus)., a outra é migratória e mais fácil de avistar quando está cá, o milhafre-preto (Milvus migrans). Nesta altura, só pode ter sido o milhafre-real que para além da população residente, nesta altura do ano é reforçada por mais alguns que que vêm da Europa Central e passam o Inverno entre nós. :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, Pedro1993, Dan e 2 outras pessoas gostaram disto.
  9. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,546
    Local:
    Bragança (675m)
    Sim, eram milhafres-reais.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, MSantos e luismeteo3 gostaram disto.
  10. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,833
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Acabei agora mesmo de salvar uma salamandra de pintas amarelas, de morrer afogada dentro do meu poço, ainda fui a tempo, pois creio que mais umas horas passadas e já não se safava, pelo menos coloquei num lugar mais seguro, é de facto um anfíbio muito precioso, e cada vez mais se observam menos, devido principalmente a atropelamentos rodoviários.

    [​IMG]

    Foto elucidativa: https://www.google.com/url?sa=i&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwiP1Mr9iLrmAhWi2-AKHUngBTEQjRx6BAgBEAQ&url=https://www.oceanario.pt/exposicoes/exposicao-permanente/anfibios/salamandra-de-pintas-amarelas&psig=AOvVaw3K75QKY3S_vXEiOkK_Hkaw&ust=1576582267055562
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. cool

    cool
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    23 Nov 2012
    Mensagens:
    131
    Local:
    Grândola
    Boas.
    Aqui há uns anos apareceu-me um animal aqui no açude do monte que a principio pensei tratar-se de uma lontra.
    Agora já não tenho tanta certeza e talvez se trate de outra espécie.
    A filmagem é de muito má qualidade, pois foi feita ao final da tarde...já com pouca luz e com o zoom digital de uma máquina fraquinha.
    No entanto talvez seja o suficiente para o pessoal mais entendido que eu possa dar uma opinião ;)!
    Lontra ou outro animal?



    Thanks ;)!
     
    MSantos, belem, Dan e 4 outras pessoas gostaram disto.
  12. VimDePantufas

    VimDePantufas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Fev 2014
    Mensagens:
    1,048
    Local:
    C Real / Oeste
    Acho que é demasiado grande para lontra, talvez um castor .............

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial e luismeteo3 gostaram disto.
  13. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,833
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Ainda bem que podeste vir ajudar, estava aqui a dar voltas á cabeça, e não me lembrava de qual era o "primo" da lontra, por assim dizer, mas a fraca qualidade do vídeo, também não dá para identificar com exactidão qual é a espécie.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial e luismeteo3 gostaram disto.
  14. VimDePantufas

    VimDePantufas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Fev 2014
    Mensagens:
    1,048
    Local:
    C Real / Oeste
    Nada amigo, eu também não tenho a certeza de que é um castor mas parece-me muito, fui criado juntamente com castores na realidade, mas os anos passam ...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e Pedro1993 gostaram disto.
  15. cool

    cool
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    23 Nov 2012
    Mensagens:
    131
    Local:
    Grândola
    Obrigado pelas ajudas;).
    No video pelo minuto 1.30....aparece o rabo quando o animal sai da água e volta a entrar e não se parece com o de um castor.
    Eu, caso não seja uma lontra, estava inclinado para um saca-rabos ou texugo, embora não pareça compatível com os hábitos nocturnos destes animais e nem sei se sabem nadar :).
     
    VimDePantufas e luismeteo3 gostaram disto.

Partilhar esta Página