Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,246
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    e as concessionarias tentam fugir de pagar como o diabo da cruz mas do que sei teem perdido todas as acções pois são responsáveis em toda a extensão da conceção
     
    Thomar, "Charneca" Mundial e frederico gostaram disto.
  2. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Penso que deveria haver muito mais sensibiização da população, ainda sou do tempo em que em horário nobre passava muita publicidade institucional a fazer campanhas contra o álcool nas estradas ou o excesso de velocidade. A população não está avisada para esta possibilidade, mas com o retorno de alguma fauna como o veado, javali ou lince tem de ser avisada para ter cuidado com a velocidade em estradas mais rurais.

    Há uns anos na serra algarvia um chico-esperto atropelou de propósito um javali e quase se matou, ficou com o carro todo partido e não morreu por milagre.
     
    Pedro1993, Thomar e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  3. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    3,246
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    A Yersinia pestis nunca desapareceu...
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Há um bicharoco que sempre achei curioso, o Dracunculus medinensis.

    [​IMG]

    Já houve mais de 3 milhões de casos nos anos 80 mas por influência do Presidente Carter foi levado a cabo um programa de erradicação, mas infelizmente está difícil chegar a 0 casos. Ainda vão surgindo casos em países como o Sudão ou a Etiópia. Neste momento só há uma doença erradicada, a varíola, mas teoricamente seria possível erradicar muitas mais, e esta é uma delas.

    [​IMG]

    A única forma de curar um doente infectado é ir puxando o bicho todos os dias, um pouquinho todos os dias, com muito cuidado para não partir o corpo da fêmea... o bicho viaja até aos pés ao longo de meses e emerge para expelir ovos. Às vezes engana-se no caminho e vai parar ao coração ou ao cérebro e aí as coisas complicam-se muito.
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Outro bicho curioso que qualquer um de nós pode apanhar se for a certas zonas do Brasil... é o Trypanosoma cruzei.

    O vector é o triatomídeo. O insecto vive em casas feitas de adobe, com rachas nas paredes, barracas, galinheiros, armazéns. Se forem de férias para a Amazonia e ficarem naquelas palhotas muito chics na selva, podem apanhar a doença de Chagas. O insecto de noite sai para se alimentar. Pica para beber sangue e defecta. O parasita está nas fezes. A vítima ao coçar-se raspa a camada córnea da pele, e o parasita entra. As fezes do triatomídeo dão um prurido insuportável!

    [​IMG]

    Muitos doentes são assintomáticos durante largos anos. Mas estão contaminados e podem desenvolver doença de Chagas. O bicho fica nos órgãos e destrói os plexos nervosos. A doença de Chagas só tem possibilidade de cura se o doente for diagnosticado nas semanas seguintes à contaminação. Em Portugal já temos casos de doença importada, de imigrantes brasileiros, mas a doença não é transmissível. Contudo, já há um caso polémico de uma portuguesa infectada por via sexual.

    Uma das formas de transmissão são os alimentos. A comida fica em armazéns e o bicho defecta em cima dos alimentos.



    [​IMG]

    A doença existe também noutros países na América do Sul.

    [​IMG]

    Quase toda a América de Sul está em zonas de risco mas na realidade as zonas mais seguras são as áreas das grandes cidadas com boa qualidade de construção.

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Gates e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  7. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
  8. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,521
    Local:
    Bragança (675m)
    Um infeliz resultado de um acidente.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Gates, "Charneca" Mundial e Pedro1993 gostaram disto.
  9. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,749
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Infelizmente, todos os dias morrem centenas de animais vítimas de atropelamentos, ainda há pouco tempo, vi também uma gineta morta na berma da estrada, e mochos, são os morrem com mais frequencia, é preciso também cuidado redobrado, por parte dos condutores, eu da última vez vi dois coelhos que estavam a acasalar, na estrada, e quase parei o carro para não os matar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Thomar

    Thomar
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    19 Dez 2007
    Mensagens:
    2,174
    Local:
    Cabanas - Palmela (75m)
    Í
    Infelizmente é verdade morrem todos dias uma quantidade absurda de animais atropelados em Portugal. eu nas minha viagens a Ponte de Sôr vejo sempre animais mortos especialmente no trajecto Coruche/Couço e é uma estrada nacional com bastante tráfego, mas se formos para outras estradas nacionais/municipais então é o descalabro.
    Deixo-vos o link de uma notícia de estudo europeu que demonstra a brutalidade das mortes na estrada na Europa, 194 milhões de mortes de aves por atropelamento por ano!!!!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,749
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Sim, esse número de aves mortas por atropelamento, é de facto muito alarmante, sei que por cá já se fazem algumas obras, para tentar evitar, que ocorram mais mortes, como é o caso do projecto LIFE LINES, mas é bem verdade, conheço essa mesma estrada que falas, e sendo ela uma estrada, que passa por zona de mato, montado onde habitam muitos mamíferos e aves, e isto aliado á velocidade que se circula, e nos locais onde existe vedações de ambos os lados da estrada, é ainda pior pois os animais nem tem, para onde fugir, exepto, por alguma pasagem hidráulica.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    algarvio1980, belem, Thomar e 1 outra pessoa gostaram disto.
  12. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,521
    Local:
    Bragança (675m)
    Normalmente os animais selvagens de grande porte costumam aparecer em estradas mais secundárias onde é possível fazer uma condução calma e até parar a viatura sem grande perigo de colisão com outros veículos. Aqui pela região, já tive de parar o carro algumas vezes por causa de animais selvagens na estrada, situações quase sempre associadas a corços ou a veados. Recordo uma vez que parei o carro para deixar passar uma perdiz e os seus perdigotos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,749
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Sim, essa situação das perdizes, com os filhotes acontece muitas vezes aqui pelas estradas secundárias, por vezes até elas voam, por cimas dos carros, de um terreno, para o outro, passando por cima da estrada.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,521
    Local:
    Bragança (675m)
    Esta manhã no Azibo.

    Milhafre-Preto.
    [​IMG]

    Duas Percas-Sol.
    [​IMG]

    Dois sardões, dos vários que deu para observar. Este um pouco maior.
    [​IMG]

    Este um pouco mais jovem.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,076
    Local:
    Olhão (24 m)
    Olhão: Descargas de esgotos na ria continuam sem solução, mas não é por falta de aviso

    https://www.sulinformacao.pt/2020/07/__trashed-4/

    Tenho 40 anos e conheço este problema desde dos meus 10 anos talvez, desde que fiz um trabalho para a escola sobre a poluição da Ria Formosa, mas o pior é que nada foi feito e hoje continua os mesmos esgotos a céu aberto na Ria Formosa, um deles fica junto ao T (cais de embarque para as ilhas) quando está a maré vazia, até se vê a boiar... :facepalm:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial, Pedro1993 e Thomar gostaram disto.

Partilhar esta Página