Ciclogénese explosiva - Depressão "Gong" - 19 de janeiro de 2013

romeupaz

Cumulus
Registo
5 Set 2008
Mensagens
418
Local
Leiria (76 m)
O membro deste fórum romeupaz que reside em Leiria diz que está sem electricidade há 39 horas!!

Correcção à 40h e continuo... O meteoleiria só está on porque tenho um gerador e meo fibra. :confused:

O incrível é que estou a 3 min da cidade... a maioria das povoações já tem mas aqui ainda não há

Para compreenderem melhor o porquê vejam as fotos
http://www.facebook.com/regiaodeleiria/photos_stream

Tenho uma tonelada de fotos e videos mas só amanhã à noite tenho tempo de partilhar
 

ferreirinha47

Cumulus
Registo
12 Jan 2009
Mensagens
212
Local
figueiras 179m / Leiria
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Bons dias, finalmente tenho net , estou no trabalho, mas onde moro ás 11h da manha de sabado fiquei sitiado, nao havia uma estrada onde nao houvesse arvores tombadas, continuo sem electricidade e telefone ha 48 horas, Em 43 anos de vida e sobretudo 25 anos de bombeiro (JA apanhei algumas tempestade e cortei mts arvores) nao tinha visto algo parecido nao em relação À velocidade do vento que ja va vi parecido , mas em relação À duração do evento foi mesmo muito tempo.
è tempo de recontruir.
 

Pisfip

Cumulus
Registo
8 Fev 2008
Mensagens
244
Local
Batalha, Leiria
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Bom dia, (esperemos nós)..
Que fim semana agitado este! Isto continua muito muito complicado por aqui! A minha ausência (e acredito que a de mais foristas) deve-se ao facto de há mais de 48 horas não haver electricidade, redes moveis, agua, telefone, internet!

Na passada sexta feira a noite desloquei-me junto ao mar, para presenciar este evento que já apelidado de "Histórico" pela tal intensidade e duração do vento e da chuva.
Foi muito complicado regressar de madrugada já havia estradas intrasitáveis o que me obrigou a fazer desvios enormes no meio da escuridão e de chuva torrencial.
Não existem quaisquer fotos ou videos que possa ter que mostrem tal intensidade. Houve sempre aquele sentimento de segurança que mais que nunca tinha de procurar em mim.
À minha volta o cenário é como já falado pelos colegas do forum residentes no distrito de Leiria "desolador". A minha garagem perdeu totalmente o telhado. Logo ai perco a vontade em postar as fotos do que quer que seja!
Lamento e tenho a apontar a falta de apoio que dentro do possivel podia ter sido feito!
Prioridades mal geridas, no que toca à reposição de energia através de geradores! É certo que é nas vilas e cidades que se encontram mais pessoas e serviços mas e as aldeias? Há ainda zonas do distrito de Leiria sem Luz! É preciso ter isso em conta. Edp, nem vê-la, combustíveis esgotados, supermercados a meio gás. Estradas algumas ainda intrasitáveis, valha-nos as nossas mãos, porque se esperarmos de alguém muito dificilmente chegará ajuda, uma vez que para bombeiros, EDP ninguem consegue fazer chamadas.
De realcar a débil e deficiente cobertura na comunicação social face a algumas zonas do País! Tanto na Tv, como nas rádios locais de quem as pessoas esperam alguma informação! Falhas nas emissoras durante horas?! Rádios locais (NazaréFm) a passar marchas de carnaval enquanto a própria vila é inundada pelas tamanhas ondas do mar?
Valeu a grande parte da população do concelho de Alcobaça as informações prestadas na Rádio da Marinha Grande.
Onde está a união, quando agora, mais que nunca precisamos uns dos outros?! Fechada em casa, à espera de melhoras?
E as romarias aos estragos em toda a zona envolvente ao pinhal de Leiria?! Tem muito que ver, agora fazer...
É mesmo caso para dizer "salve-se quem puder".
Que grande teste que neste fim de semana a mãe natureza nos deu!

Desculpem o desabafo, mas não conheço nenhum sitio (infelizmente) onde as minhas palavras façam alguma leitura e sentido.

Neste momento, céu nublado.
Temp. nos 10.2º
Humidade 57%
Vento de NO --
Esperemos que até breve.
 

ferreirinha47

Cumulus
Registo
12 Jan 2009
Mensagens
212
Local
figueiras 179m / Leiria
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Bom dia, (esperemos nós)..
Que fim semana agitado este! Isto continua muito muito complicado por aqui! A minha ausência (e acredito que a de mais foristas) deve-se ao facto de há mais de 48 horas não haver electricidade, redes moveis, agua, telefone, internet!

Na passada sexta feira a noite desloquei-me junto ao mar, para presenciar este evento que já apelidado de "Histórico" pela tal intensidade e duração do vento e da chuva.
Foi muito complicado regressar de madrugada já havia estradas intrasitáveis o que me obrigou a fazer desvios enormes no meio da escuridão e de chuva torrencial.
Não existem quaisquer fotos ou videos que possa ter que mostrem tal intensidade. Houve sempre aquele sentimento de segurança que mais que nunca tinha de procurar em mim.
À minha volta o cenário é como já falado pelos colegas do forum residentes no distrito de Leiria "desolador". A minha garagem perdeu totalmente o telhado. Logo ai perco a vontade em postar as fotos do que quer que seja!
Lamento e tenho a apontar a falta de apoio que dentro do possivel podia ter sido feito!
Prioridades mal geridas, no que toca à reposição de energia através de geradores! É certo que é nas vilas e cidades que se encontram mais pessoas e serviços mas e as aldeias? Há ainda zonas do distrito de Leiria sem Luz! É preciso ter isso em conta. Edp, nem vê-la, combustíveis esgotados, supermercados a meio gás. Estradas algumas ainda intrasitáveis, valha-nos as nossas mãos, porque se esperarmos de alguém muito dificilmente chegará ajuda, uma vez que para bombeiros, EDP ninguem consegue fazer chamadas.
De realcar a débil e deficiente cobertura na comunicação social face a algumas zonas do País! Tanto na Tv, como nas rádios locais de quem as pessoas esperam alguma informação! Falhas nas emissoras durante horas?! Rádios locais (NazaréFm) a passar marchas de carnaval enquanto a própria vila é inundada pelas tamanhas ondas do mar?
Valeu a grande parte da população do concelho de Alcobaça as informações prestadas na Rádio da Marinha Grande.
Onde está a união, quando agora, mais que nunca precisamos uns dos outros?! Fechada em casa, à espera de melhoras?
E as romarias aos estragos em toda a zona envolvente ao pinhal de Leiria?! Tem muito que ver, agora fazer...
É mesmo caso para dizer "salve-se quem puder".
Que grande teste que neste fim de semana a mãe natureza nos deu!

Desculpem o desabafo, mas não conheço nenhum sitio (infelizmente) onde as minhas palavras façam alguma leitura e sentido.

Neste momento, céu nublado.
Temp. nos 10.2º
Humidade 57%
Vento de NO --
Esperemos que até breve.

Faço minhas as tuas palavras, força companheiro,
 

Maria Papoila

Nimbostratus
Registo
27 Set 2011
Mensagens
1,012
Local
Ericeira
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Esperemos que até breve.

Pisfip,
Vá escrevendo as coisas que lhe vão na alma. Por aqui há sempre quem oiça e faz bem à saúde fisica e psicológica deitar cá para fora alguma angustia e até rancor. Limpa a alma, mais que não seja para estar um bocadinho sentado ao computador no intervalo entre a operação de limpeza e restauro da sua garagem. Os mais entendidos aqui do forum vão avisando do estado do tempo.
Coragem e lembre-se que "depois da tempestade vem a bonança" :)

(perdoem o meu off topic)
 

kelinha

Cumulus
Registo
26 Jan 2009
Mensagens
203
Local
London, UK | Pombal, PT
Na Guia continua a não haver luz. Já há água, porque arranjaram um gerador para a bomba do depósito da água. Mas não há telefones nem rede de telemóvel...

Toda a comida dos congeladores está estragada. Mais uma coisa a juntar aos prejuízos. Ontem à noite a minha rua continuava cortada com vários pinheiros caídos, e com eles os cabos elétricos...

Um técnico da EDP que andava ontem por lá disse que dificilmente vão conseguir resolver o problema da luz em menos de uma semana... E telefone no mínimo só quarta feira.
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Prioridades mal geridas, no que toca à reposição de energia através de geradores! É certo que é nas vilas e cidades que se encontram mais pessoas e serviços mas e as aldeias? Há ainda zonas do distrito de Leiria sem Luz! É preciso ter isso em conta. Edp, nem vê-la, combustíveis esgotados, supermercados a meio gás. Estradas algumas ainda intrasitáveis, valha-nos as nossas mãos, porque se esperarmos de alguém muito dificilmente chegará ajuda, uma vez que para bombeiros, EDP ninguem consegue fazer chamadas.

Uma EDP orientada para o lucro absoluto e que destrói as empresas que subcontrata com preços miseráveis. Chegará o tempo em que terá de pedir aos patrões chineses para trazerem pessoal para este tipo de trabalhos.
 

lsalvador

Nimbostratus
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
1,250
Local
Alhos-Vedros / Tomar
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

E a PT esta igual, deu 27h para arranjar a linha, vamos ver foi ontem as 15h da tarde, acaba hoje as 19h. Vamos ver.
 

kelinha

Cumulus
Registo
26 Jan 2009
Mensagens
203
Local
London, UK | Pombal, PT
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Bom dia, (esperemos nós)..
Que fim semana agitado este! Isto continua muito muito complicado por aqui! A minha ausência (e acredito que a de mais foristas) deve-se ao facto de há mais de 48 horas não haver electricidade, redes moveis, agua, telefone, internet!

Na passada sexta feira a noite desloquei-me junto ao mar, para presenciar este evento que já apelidado de "Histórico" pela tal intensidade e duração do vento e da chuva.
Foi muito complicado regressar de madrugada já havia estradas intrasitáveis o que me obrigou a fazer desvios enormes no meio da escuridão e de chuva torrencial.
Não existem quaisquer fotos ou videos que possa ter que mostrem tal intensidade. Houve sempre aquele sentimento de segurança que mais que nunca tinha de procurar em mim.
À minha volta o cenário é como já falado pelos colegas do forum residentes no distrito de Leiria "desolador". A minha garagem perdeu totalmente o telhado. Logo ai perco a vontade em postar as fotos do que quer que seja!
Lamento e tenho a apontar a falta de apoio que dentro do possivel podia ter sido feito!
Prioridades mal geridas, no que toca à reposição de energia através de geradores! É certo que é nas vilas e cidades que se encontram mais pessoas e serviços mas e as aldeias? Há ainda zonas do distrito de Leiria sem Luz! É preciso ter isso em conta. Edp, nem vê-la, combustíveis esgotados, supermercados a meio gás. Estradas algumas ainda intrasitáveis, valha-nos as nossas mãos, porque se esperarmos de alguém muito dificilmente chegará ajuda, uma vez que para bombeiros, EDP ninguem consegue fazer chamadas.
De realcar a débil e deficiente cobertura na comunicação social face a algumas zonas do País! Tanto na Tv, como nas rádios locais de quem as pessoas esperam alguma informação! Falhas nas emissoras durante horas?! Rádios locais (NazaréFm) a passar marchas de carnaval enquanto a própria vila é inundada pelas tamanhas ondas do mar?
Valeu a grande parte da população do concelho de Alcobaça as informações prestadas na Rádio da Marinha Grande.
Onde está a união, quando agora, mais que nunca precisamos uns dos outros?! Fechada em casa, à espera de melhoras?
E as romarias aos estragos em toda a zona envolvente ao pinhal de Leiria?! Tem muito que ver, agora fazer...
É mesmo caso para dizer "salve-se quem puder".
Que grande teste que neste fim de semana a mãe natureza nos deu!

Desculpem o desabafo, mas não conheço nenhum sitio (infelizmente) onde as minhas palavras façam alguma leitura e sentido.

Neste momento, céu nublado.
Temp. nos 10.2º
Humidade 57%
Vento de NO --
Esperemos que até breve.

BIS.
Como já disse no tópico relativo ao Gong, a Guia (que é vila - 24km a norte de Leiria), e as aldeias em redor, continuam sem nada! Na Guia há água só porque emprestaram um gerador para a bomba do depósito, senão nem isso tinhamos!

Repara, as carnes dos congeladores estragaram-se todas. O intermarché está aberto a meio gás, porque o gerador deles não suporta as cameras do talho e peixaria, nem as arcas dos congelados e iogurtes. E os combustíveis esgotaram.
Portanto... Não há maneira de comprar carne ou peixe para comer!

A minha rua ontem à noite continuava cortada com um amontoado de pinheiros... E um técnico da EDP que por lá andava disse, e passo a citar: "isto luz só daqui a uma semana, e mesmo assim não sei, da maneira que isto está!". Os da PT dizem que telefone no mínimo só quarta...

Os cabos da luz e telefone não podiam passar por baixo da terra, em vez de estarem suspensos em postes? É que sempre que há incêndios graves ou ventos mais fortes, isto acontece. Ainda há um ano estivemos 3 dias sem luz por causa de um vendaval. Há 3(?) anos, quando também tivemos um evento de vento extremo, com alerta vermelho, estivemos 1 semana sem luz...
 

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,888
Local
Coimbra (75 m)
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Bom dia.

Só agora consegui vir ao fórum. Estive quase 48h sem luz, a electricidade faltou no Sábado de manhã e só foi reposta na madrugada de Segunda-feira.
Durante o fim de semana, também não havia rede vodafone, internet (kanguru) e telefone. Neste momento ainda persistem alguns problemas na rede eléctrica, pois a luz de vez em quando falha.

Por todo o concelho de Coimbra a destruição era impressionante, havia centenas de árvores caídas, algumas de grande porte arrancadas pela raiz, placares publicitários torcidos, casas sem telhado, coberturas de chapa arrancadas, deslizamentos de terras, e muitos ramos espalhados pelas estradas.
Felizmente a minha casa não teve nenhum dano grave.
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Mau tempo deveu-se a um fenómeno raro em Portugal
O mau tempo que causou dezenas de desalojados e a queda de centenas de árvores no sábado foi um fenómeno raro de inverno, que provocou ventos de 140 km/h e elevou o nível do mar, explicou hoje um meteorologista.

Em declarações à agência Lusa, Nuno reira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), adiantou ter-se tratado de uma depressão muito cavada e muito rápida, cuja incidência em Portugal é invulgar.

"O que aconteceu na madrugada de sexta-feira para sábado foi a passagem de uma depressão muito cavada pelo norte do território do continente", afirmou, acrescentando que "esta depressão o cavou muito rapidamente" num processo que os meteorologistas designam tecnicamente por "ciclogénese explosiva".

A pressão no centro do fenómeno meteorológico, que "entrou junto à costa de Viana do Castelo e Porto", atingiu "valores muito baixos", originando ventos muito fortes.

"As rajadas atingiram os 140 km/h no Cabo Carvoeiro", disse Nuno Moreira, sublinhando tratar-se ainda de um dado preliminar ainda e lembrando que, quando as previsões apontam para ventos com mais de 130 km/h, o IPMA aciona um aviso de risco extremo.

A descida rápida da pressão provoca também uma elevação do nível médio do mar, explicou o meteorologista, acrescentando que isso pode ter levado a inundações costeiras.

"Este tipo de fenómeno não é muito habitual, é um fenómeno de inverno. Já aconteceu em Portugal antes", disse o meteorologista, lembrando, por exemplo, a situação que afetou a zona do oeste no dia 23 de dezembro de 2009.

Nos próximos dias, o mau tempo deverá voltar, embora com características um pouco diferentes.

"Enquanto a situação passada foi uma depressão muito cavada que passou sobre o território do continente, a situação de mau tempo para esta próxima noite e para amanhã [terça-feira] é a passagem de um sistema frontal de forte atividade", afirmou.

A nova depressão, explicou, dará origem a chuva, mas sobretudo à queda de neve em altitudes baixas e também a vento com alguma intensidade, chegando aos 100 km/h nas terras mais altas.

DN

Neste país tudo é raro...
 

Gnomo

Cirrus
Registo
19 Jan 2013
Mensagens
11
Local
Ali ao fundo
Re: Seguimento Litoral Centro - Janeiro 2013

Lamento e tenho a apontar a falta de apoio que dentro do possivel podia ter sido feito!

...porque se esperarmos de alguém muito dificilmente chegará ajuda, uma vez que para bombeiros, EDP ninguem consegue fazer chamadas...

...realcar a débil e deficiente cobertura na comunicação social face a algumas zonas do País...

Onde está a união, quando agora, mais que nunca precisamos uns dos outros?! Fechada em casa, à espera de melhoras?

Algo que marcou defenitivamente esta "tempestade", foi de facto a comunicação entre população e meios de socorro.
Já se fala disto à anos, se não há comunicação, como é que as pessoas se safam?

Vamos imaginar um caso:
- A Antonieta levou com uma árvore em cima da cabeça, rachando a parte lateral do crânio, que mais parece uma fonte a jorrar sangue por todo o lado! O seu filho Miguel, não tem possibilidades de ligar para qualquer tipo meio de ajuda, ficando assim desesperado ao ver o sofrimento continuo da mãe...
O vizinho possuía um rádio já muito antigo, do seu pai (rádio CB), e já lhe tinham falado acerca disso.
Miguel, com todas as forças possíveis e imaginárias, correu, correu, correu, entrou pela casa do vizinho e ligou o rádio, colocou no canal 34LSB e desatou a chamar por socorro. Teve bastante sorte, pois o senhor que socorreu vivia mesmo ao lado dos bombeiros, ao estabelecer contacto, os bombeiros vieram o mais rápido possível e levaram a D. Antonieta para o hospital, hoje já lhe deram alta... :)

Ao analisar isto a primeira impressão que temos é que a Antonieta escapou por pouco à morte, pois agora já ninguém liga aos rádios, e com esta mini-catástrofe, os bombeiros já têm um rádio como meio de comunicação...
Isto é preocupante, se houver mais alguma catástrofe mais forte, vai ser o descontrolo total!
Temos que investir na nossa segurança!!! Nem que seja com um par de PMR's!! Façam kits de emergência!!!

Mais vale prevenir do que remediar!