Clima do Algarve, que futuro ?

Tópico em 'Climatologia' iniciado por algarvio1980 10 Out 2007 às 21:40.

  1. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,287
    Local:
    Porto
    A média anual acumulada de precipitação na região do Algarve, dos últimos 27 anos, foi
    de 578 litros/m2.

    A média da precipitação ocorrida tem-se mantido constante ao longo dos anos
    analisados (a soma dos 1ºs 14 anos é semelhante à soma dos últimos 13 anos).
    Os níveis de precipitação não têm vindo a diminuir ao longo dos últimos anos, no entanto, e
    analisando os dados diários e horários, verifica-se cada vez mais, a regularidade com que ocorrem
    situações extremas, isto é, períodos curtos com grandes intensidades de precipitação (horas)
    seguidos de longos períodos de ausência da mesma (semanas).
    Tem-se verificado uma irregular distribuição de precipitação ao longo dos meses da época de
    chuvas (Outubro a Abril), ocorrendo por vezes concentrada num ou dois meses e nem sempre nos
    tipicamente mais chuvosos (Dezembro e Janeiro), tendo essa irregularidade sido prejudicial em
    muitos aspectos, agronómicos e não só.

    Fonte: http://www.drapalg.min-agricultura.pt/ema/images/artigos/DRAPALG EMAs - clima no Algarve.pdf

    Anos hidrológicos mais húmidos:

    1989/1990: 1011 mm
    1995/1996: 925 mm
    2009/2010: 959 mm
    2010/2011: 813 mm

    Anos hidrológicos mais secos:

    1994/1995: 304 mm
    1998/1999: 305 mm
    2004/2005: 254 mm

    Consultando o documento nota-se que o Algarve não se tem saído nada mal em termos de precipitação acumulada face a outras regiões do país como o Nordeste Transmontano. Saliento que a maioria dos anos mais secos desde 1931 em Portugal Continental ocorreram nos últimos 20 anos. Em 2007 ou 2008, por exemplo, o Algarve teve um acumulado normal. Em 2009/2010 e 2010/2011 teve um período húmido que parece ter um retorno de 10 em 10 anos. Em 1989/1990 a precipitação concentrou-se em 3 meses (Outubro, Novembro, Dezembro) mas em 2009/2010 distribuiu-se entre Dezembro e Maio, por isso as consequências foram menos graves. Em 1989 foi destruída a ponte do rio Gilão, em Tavira. A ponte da ribeira do Almargem ficou danificada e os campos das campinas de Faro e de Olhão ficaram debaixo de água. Recordo que muitos pomares se perderam devido ao excesso de precipitação.

    Este ano civil a região terminará mais ou menos na média, o Barlavento provavelmente acima e o Sotavento na média ou ligeiramente abaixo, mesmo que não chova nada em Dezembro.

    Em relação a uma suposta diminuição da precipitação em Dezembro não deixa de ser favorável. Entre os 1981 e 2010 houve uma gande redução da precipitação em Março e um assinalável aumento em Dezembro, face a normais anteriores. Nos últimos anos parece que está a ocorrer uma recuperação da precipitação na Primavera, portanto as médias poderão estar a ajustar-se a um padrão climático que já existiu antes de 1980.

    Se não há redução da precipitação no Algarve, apesar de muito alarmismo, seria sim interessante saber se houve uma redução do número de dias com precipitação e um aumento do número de dias com mais de 10 mm acumulados.
     
    Gerofil e StormRic gostaram disto.
  2. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Boas Frederico,

    Estive analisando aquilo que disseste e comparei por exemplo com a normal de 31-60, que também foi um periodo seco, com as normais em geral a não ultrapassar os 80 a 90 mm mensais tendo sido nessa altura o mês de Março o mais chuvoso, com cerca de 90 mm salvo erro.

    No que toca ao carácter torrencial nessa normal noto que o mês de Março embora sendo o mais chuvoso, não tem caracter torrencial, logo a precipitação ocorrida foi de caracter mais estacionário, ou seja, os anos mais uniformes, enquanto que os outros meses com um acentuado regime torrencial, sugere uma grande variabilidade inter-anual. Portanto as médias podem dizer muito ou não dizer nada, dependo do ponto de vista !

    No meu ponto de vista o regime torrencial não aumentou aqui no Algarve sendo que isso me parece uma grande falácia, pois nessa normal os extremos não eram menores do que agora ......

    Em relação ao mês de Dezembro não me parece de todo que a precipitação esteja a diminuir quando na verdade ela está fortemente inflaccionada ou influenciada pelos episódeos extremos anos de 87,88, 89 e 95/96, sobretudo estes dois ultimos que fizeram termos a média que temos hoje em dia ...

    Onde podes encontrar uma clara diminuição da precipitação e essa é clara é nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março embora nos ultimos anos este pareça querer recuperar alguma precipitação !

    Em termos anuais ... e apesar das nossas queixas a verdade é que a precipitação anual nem por isso está a diminuir mas algo estática, o que temos é um tira aqui e poe ali !
     
  3. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,918
    Local:
    Olhão (24 m)
    Por 1988 é que Dezembro não está influenciado, a estação Faro/Aeroporto só registou 6.6 mm nesse ano, O ano em que Dezembro foi mais chuvoso foi em 1989 e depois seguido por 1996, e depois 1992 ano que tu nem referes e 2009 também não ficou assim tão longe quanto isso.

    Carácter torrencial existe em todos os meses, sendo mais notória entre os meses de Setembro e Dezembro e entre Março e Maio, até Agosto já teve um episódio torrencial em 2007.

    Tal como existe no histórico anos em que houve meses como o Dezembro, Janeiro e Fevereiro que não choveu como existe valores elevados nesses meses.

    Dezembro pode estar numa fase mais seca, mas não quer dizer que não venha aí um Dezembro com 300-400 mm como já existiu no passado e eleve a média novamente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #243 algarvio1980, 27 Dez 2014 às 13:33
    Última edição: 27 Dez 2014 às 13:39
    Gerofil gostou disto.
  4. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Pus os anos que tinha memória de serem mais chuvosos e por acaso quando escrevi até tinha a intenção de escrever Dezembro e Novembro, mas pronto as mãos somente escreveram Dezembro ... loolll
    Efectivamente foi mesmo esses anos cujo mês de Dezembro foi o mais chuvoso, mas 92 por exemplo esteve longe de ser um ano chuvoso, pelo que me caiu em esquecimento, e agora para eu recuperar todos as memórias tinha que vasculhar todos os dados presentes no Forum, pois esqueci-me de muita coisa que tinha em memória.
    Mas por este caminho que temos tido nestes ultimos 4 anos aqui no Algarve vamos levar com um grande tombo na média anual da precipitação para o mês de Dezembro !
     
  5. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,918
    Local:
    Olhão (24 m)
    Depois de mais um ano hidrológico, aqui fica a média dos últimos 8 anos:

    Entre Outubro de 2007 e Setembro de 2015

    Outubro: 59.9 mm (8 anos)

    Novembro: 80.6 mm (8 anos)

    Dezembro: 71.9 mm (8 anos)

    Janeiro: 41.5 mm (8 anos)

    Fevereiro: 47.5 mm (8 anos)

    Março: 65.5 mm (8 anos)

    Abril: 51.8 mm (8 anos)

    Maio: 18.4 mm (8 anos)

    Junho: 1.5 mm (8 anos)

    Julho: 0.5 mm (8 anos)

    Agosto: 0.5 mm (8 anos)

    Setembro: 26.1 mm (8 anos)

    Média anual dos últimos 8 anos: 465.7 mm

    Ou seja, Novembro passou a ser o mês mais chuvoso do ano, seguidamente de Dezembro e Março

    Para que os meses que têm anomalia negativa cheguem à média de Faro (Aeroporto) 1971-2000 nos respectivos meses no fim do próximo ano hidrológico (Setembro 2016) é necessário que ocorra esta precipitação:

    Outubro: 90.5 mm
    Novembro: 106.7 mm
    Dezembro: 465.2 mm
    Janeiro: 190.8 mm
    Fevereiro: 195.1 mm
    Março e Abril estão acima da média
    Maio: 33.7 mm
    Junho: 47.4 mm
    Julho: 13.1 mm
    Agosto: 27.5 mm
    Setembro está acima da média

    Os meses de Inverno (DJF) têm uma anomalia bastante assinalável, Dezembro vai lançado com quase 500 mm de anomalia negativa em relação à média, Janeiro 190 mm e Fevereiro 195 mm.

    Anualmente, existe uma anomalia negativa de 356.1 mm, nestes 8 anos, devido a alguma compensação fora dos meses de Inverno mais concretamente na Primavera e Outono.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    frederico gostou disto.
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,287
    Local:
    Porto
    Com normais mais antigas ainda é mais assustador constatar a quebra da precipitação no Inverno, isto tem graves consequências na agricultura regional e nos ecossistemas.
     
  7. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    11,879
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Em que estação foram obtidos estes valores?
     
  8. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,918
    Local:
    Olhão (24 m)
    Foram dados obtidos através do meu pluviómetro, esqueci-me de referir. Ou seja, são dados de Olhão.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic gostou disto.
  9. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    11,879
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Discordo da ideia de que o clima no Algarve em geral esteja a ficar mais seco.
    Só com os valores da série completa de 120 anos se pode analisar. Vou recolher todos os dados disponíveis e tentar reconstituir a série mensal desses 120 anos, para as estações que existirem. Quaisquer comparações entre períodos parciais estarão sempre influenciadas por variações de curto período, da ordem de décadas ou até menores.

    Nestas mensagens já tinha coligido algumas estatísticas da série de Faro:

    http://www.meteopt.com/forum/topico/monitorizacao-clima-de-portugal-2015.8057/page-17#post-509270

    http://www.meteopt.com/forum/topico/monitorizacao-clima-de-portugal-2015.8057/page-18#post-509311

    Entretanto estava a juntar à série Faro 71-10 civil, os últimos anos de 2011 até ao presente, mas ainda não terminei.
     
    #249 StormRic, 10 Out 2015 às 22:31
    Última edição: 10 Out 2015 às 22:37
    frederico e Thomar gostaram disto.
  10. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,918
    Local:
    Olhão (24 m)
    A estação da Junqueira da DRAPALG foi aquela que registou mais precipitação, no mês de Dezembro com 69.4 mm, fica a sul de Odeleite mas perto da barragem do Beliche, cerca de 5 kms da barragem do Beliche. No mês de Dezembro, Odeleite e Beliche perderam armazenamento embora, não tenha chegado a 1% de perdas, em relação a Novembro, já Odelouca perdeu mais de 2%, se calhar Odelouca já está a abastecer alguma parte do Sotavento, a fim de evitar uma perda maior nas barragens de Beliche e Odeleite. As barragens do Sotavento, Beliche tinha 40.79% e Odeleite tinha 48.65% no final de Dezembro, nos 3 meses de OND só Novembro é que registou algum ganho nas albufeiras do Algarve. A barragem do Arade estava no final de Dezembro com apenas 13.63% como é que os agricultores vão regar os pomares de laranjeiras nessa região no próximo Verão se em pleno Inverno, a barragem apresenta um armazenamento que mais parece ser de final de Verão.

    Tendo em conta, que as barragens de Beliche e Odeleite perdem em média cerca de 19% entre Maio e Setembro, Beliche poderá chegar a Setembro com cerca de 20 % e Odeleite a rondar os 30%. Agora, depende se até Maio as barragens farão alguma recuperação ou não, senão fizerem qualquer recuperação, o volume armazenado pode ser inferior aquele que referi. No ano passado, as barragens perderam armazenamento a partir de Fevereiro, se este ano for igual, o próximo ano hidrológico 2016/2017 vai ser crucial para o Algarve senão 2017 poderá ser um ano com muitos problemas ao nivel do abastecimento de água no Algarve.

    Até ao final de Janeiro, não vejo condições para isto reverter, a partir de 3ªfeira instala-se o AA e não se sabe quanto tempo ele ficará por cá. Vai ser mais um Inverno sem nenhuma depressão vinda da Madeira, não fosse aquele episódio torrencial de 1 de Novembro as coisas estariam bem piores. Este ano, pode soar as sirenes de alarme no Algarve, caso o Algarve não tivesse ainda a barragem de Odelouca o alarme já teria disparado.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    frederico gostou disto.
  11. PedroAfonso

    PedroAfonso
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    18 Fev 2008
    Mensagens:
    1,180
    Local:
    Covilhã (700 m) / Almada
    Como é que com o que choveu a região está em seca? Quem for de Albufeira ou de Faro e vier a este tópico até lhe dá o fanico.
     
  12. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,173
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Claro que a região está em seca! Meses quase sem chuva não se resolvem com um ou dois dias de 100mm numa localidade da região, é preciso muito mais e de preferência que não venha de uma forma torrencial, como infelizmente tem acontecido.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #252 MSantos, 10 Jan 2016 às 15:17
    Última edição: 10 Jan 2016 às 22:40
  13. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,172
    Local:
    loule-caldeirao
    Agora é que disses-te tudo...em boa hora foi feita a barragem de Odelouca senão as coisas estavam tremidas no Algarve. Mesmo assim não chova não e vamos ver onde vamos parar.

    O Aquífero Querença-Silves está nas "lonas" também! Mesmo com estas chuvas a ribeira de Quarteira simplesmente não corre.
     
  14. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,727
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Consultando o Boletim Climatológico Mensal de 2015, constata-se que é apenas no barlavento e Algarve Central (e no interior norte e centro) onde a precipitação é igual ou superior ao normal, neste ano hidrológico que começou em Outubro. Realmente se isso é estar em seca, então o que se poderá dizer do resto do continente... :lmao:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,287
    Local:
    Porto
    Tudo indica que o Algarve não está mais seco MAS é preciso analisar outra variáveis, como temperatura, radiação solar, horas de sol, número de dias com chuva...

    Um facto indesmentível é a redução brutal da precipitação no mês de Março, e também a redução entre Janeiro e Março. Março viu a sua precipitação média cair para metade desde o início dos anos 80. No triângulo Canária-Açores-Estreito tem havido uma dominância das altas pressões nestes 3 meses, muito estáveis acomodadas pelos relevos da Península e do Atlas. Quando o último trimestre do ano não é chuvoso e com cheias, vem logo o fantasma da seca e da falta de água, especialmente para o Algarve.

    Este Outono não houve um pico de precipitação 150 a 300 mm e por causa disso as barragens não encheram.
     

Partilhar esta Página