Clima do Algarve, que futuro ?

Tópico em 'Climatologia' iniciado por algarvio1980 10 Out 2007 às 21:40.

  1. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    3,105
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    O que é que o facto de pertencerem a países diferentes tem a ver com o serem ou não parte de África:confused:?
     
  2. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Não percebestes. Estava a querer dizer que ambos os grupos de ilhas são parte de países europeus. África só mesmo geograficamente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    3,105
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    É claro que são África só geograficamente, politicamente são parte de países europeus.
     
  4. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Pois é.;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Levante

    Levante
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    17 Fev 2008
    Mensagens:
    452
    Local:
    Olhão
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Sim claro, referia-me ao continente europeu/Europa continental :D
    E claro que existem locais mais quentes que o Cabo de Gata da península ibérica. Está junto ao mar, nao há grandes extremos. Todo o interior atinge temperaturas maiores, Sevilha por exemplo.
    Os valores das Selvagens são de facto impressionantes. É o resultado de se localizarem no meio do mar, sem factor orográfico a ajudar e com a influência de uma corrente "fria" grande parte do ano.
    Desconhecia as palmeiras no sw alentejano :thumbsup:
     
  6. Skizzo

    Skizzo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    24 Set 2007
    Mensagens:
    1,362
    Local:
    Porto (centro) - cerca de 7km da costa
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    se alguma região se tornar deserto em Portugal, será um deserto rochoso, e não aqueles mais conhecidos (mas mais raros) desertos de areia.
     
  7. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?


    Sim, as Ilhas Selvagens são rochosas.
    Porto Santo não é desértico como estas , mas não está muito longe disso e contudo tem muita areia.
    Este é um dos únicos locais que é arenoso e se pode tornar desértico.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,239
    Local:
    loule-caldeirao
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Boas sou novo por estas bandas:thumbsup:

    Como Algarvio que sou venho expressar a minha opinião acerca deste assunto. Deserto ou não o que sei é que tenho observado, e costumo andar normalmente pelo algarve e mais pelo interior, é que há zonas onde a floresta está em declinio absoluto. Os sobreiros e azinheiras estão a secar-se a um ritmo alarmante e até observei este ano eucaliptos secos ou murchos e pinheiros bravos só com o topo verde. Além disso é impressionante ver o contraste entre os topos (550-400m) da serra do caldeirão e as zonas mais baixas, limite do algarve/alentejo. Partindo da zona do Ameixial(Loulé) que se situa a cerca de 400m e à medida que se começa a descer até cotas dos 200m, num espaço de 5 km, parece que há uma parede que não deixa passar a chuva.
    O contraste entre a vegetação é bem evidente...impressionante
    Curioso também foi ver este ano uma espécie de barreira virtual que penetrou na serra nas zonas afectadadas pelos fenómenos convectivos de setembro e que receberam uma boa carga de água, de um lado tudo murcho e seco e do outro erva verde e vegetação a rebentar com alguns riachos já a correr, isto num raio de uns 40 km, fora é o deserto...
     
  9. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    6,005
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Um do fenómenos que tem contribuido para uma rápida desflorestação e desmatação no Algarve tem sido os fogos. A rápida propagação em áreas vastas de matagal e floresta contínuas, associadas a altas temperaturas e secura quase extrema, propiciaram fogos que puseram a nu as serras algarvias.
    A meu ver a mão humana é uma grande responsável pelo estado de seca que se sente aí em baixo.
    Eu só vejo uma forma de tentar aumentar a precipitação: reflorestar o mais rápida e eficientemente possível as serras - as árvores no seu conjunto iriam servir para formar uma barreira húmida e levariam a maior precipitação no Algrave.
    Podem perguntar: como iria fazer cair precipitação junto à costa? Ao condensar a humidade na floresta, esta condensação na forma de nuvens iria fazer-se sentir não só nas serras como também nas orlas desta e porventura aumentar me determinada percentagem a precipitação em todo o Algarve.
    Um plano destes teria de ser levado a cabo pelo estado, necessariamente estendido no tempo. Mas seria benéfico para todos a longo prazo.
    Nós temos ferramentas para o fazer, tem é faltado vontade para tal.
    Em Porto santo houve há dezenas de anos um projecto - não sei se terminado ou não - em que povoaram as zonas mais altas, de árvores capazes de condensar a humidade e aumentar a pluviosidade da ilha, tão necessitada de água.
    Esta medida devia ser de âmbito nacional nas zonas onde fosse mais premente o aumento de chuvas.
    Apostar em transvases ou dessalinização é uma resolução a prazo...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    O teu relato é excelente, obrigado! :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Em Porto Santo, vão proteger algumas zonas por causa de espécies endémicas de caracóis terrestres que são bastante raras e únicas.
    Não sei se no plano ambiental está incluída a plantação de árvores, mas seria algo interessante, colocar uns dragoeiros, por exemplo, a condensar nevoeiro nas suas folhas e aumentar de alguma forma a humidade nas ilhas.
    Estas ilhas conhecem períodos de seca bastante extensos, realmente é espantoso como vivem lá tantas espécies de caracóis, com um aspecto tão fascinante e em tão grande densidade.
    Faz-me lembrar um pouco Marrocos, nesse aspecto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    6,005
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Em relação a Porto Santo, a plantação de árvores na sua zona mais alta foi feita há dezenas de anos com o intuito de condensar a humidade e proporcionar o aumento de precipitação na ilha, isto para providenciar água para consumo humano. Eles tem por lá uma pequena barragem com água represada.
    Como é óbvio, aquilo que foi pensado há mais de 50 anos hoje em dia não serve as necessidades - várias unidades hoteleiras estão agora lá, a população é mais numerosa, por isso recorrem agora à dessalinização, sendo que esta opção vai ser proximamente adoptada em força no Algarve se a situação hidríca não se alterar para melhor.
    O envio de água para consumo humano da barragem do Alqueva afigura-se difícil - a qualidade desta parece que não é a melhor para esse fim.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,196
    Local:
    Sintra
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    O que plantaram já agora?
    As imagens de Porto Santo, continuam a mostrar uma ilha bastante árida.
    Provavelmente não mostram essa zona de que falas.
    As zonas de reserva em princípio não devem conhecer qualquer alteração.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,727
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Portimão: Administração da Região Hidrográfica conclui haver “relação causa/efeito” - Obra seca poços

    A Administração da Região Hidrográfica do Algarve (ARH-A) concluiu haver uma "relação causa/efeito" entre as escavações da obra do novo centro comercial Aqua Portimão e a diminuição, por vezes total, de água em captações particulares para rega nos arredores da cidade.
    "Inequivocamente, os rebaixamentos de água estão associados à obra", disse ao CM Paulo Cruz, vice-presidente da ARH-A. A conclusão foi alcançada após a realização de testes de bombagem de água da obra, entre os dias 12 e 16 deste mês.
    As primeiras denúncias de particulares chegaram à ARH-A no dia 24 de Setembro. No dia seguinte, a ARH-A fez deslocar técnicos à obra, na zona das Cardosas, principal entrada da cidade, e mandou suspender as bombagens, verificando até que a dimensão das mesmas carecia de autorização prévia, que não foi pedida. No dia 6 deste mês, o promotor da obra manifestou vontade de pagar o uso de água da rede para rega e propôs alterar o método construtivo para reduzir a profundidade. Pediu nove dias de testes com bombagens. A ARH-A só precisou de dois dias para a sua própria conclusão. Até ao final da semana serão decididos "os procedimentos futuros", garantindo desde já a ARH-A um acompanhamento apertado da obra.

    Paulo Marcelino

    Correio da Manhã
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,239
    Local:
    loule-caldeirao
    Re: O futuro do Algarve, deserto em breve?

    Acho que é uma boa altura para reavivar este tópico pois a seca no Algarve começa a preocupar principalmente pelo nível das barragens que é baixo, sendo este o centro das atenções dos media e do aglomerado populacional mas também a outros níveis a que se dá menos valor como é o caso da cobertura vegetal que tende e está a regredir.
    Pois este ano hidrológico de 2009/2010 a concretizarem-se as tendências será o segundo ano consecutivo de seca por terras algarvias.
    Relembrando que no periodo 2008/2009 os valores de precipitação foram particularmente muito baixos na orla litoral cerca de 200-300mm, ou seja entre 50% a 60% do normal e de 400 a 500mm nas zonas serranas, os mesmos 50% a 60% do normal por comparação.
    Ora até aqui nada de anormal o Algarve está habituado a lidar com essas anomalias pois fazem parte do seu clima característico, no entanto o periodo estival que se seguiu refiro-me ao final de primavera e verão de 2009 foi particularmente muito seco com ausência de precipitação em grande parte do território desde Maio até final de Setembro a aliar a uma Primavera também ela seca.
    Esta introdução vem na base de um grande risco que o Algarve tem em perder grande parte da sua cobertura vegetal e de progressivamente se ir tornando numa zona cada vez mais árida, o que já é sabido por muitos, mas que é falado numa tendência de tantos e muitos anos.
    Pois no presente o que se verifica é assustador e no ano de 2010 o rombo será grande, tirando a lenga lenga dos incêndios e tal, nota-se na serra um claro stress hidrico dos tão famosos sobreiros e também da sua parente azinheira, que não sendo isso que as mata definitivamente abre portas pra entrada de um fungo responsável pela sua morte. É assustador verificar que para qualquer lado que se olhe na serra algarvia só se veêm árvores a definhar. Até os pinheiros que parecem resistentes a tudo começam a perder agulhas e a ficar "capados", não é tão evidente de observar mas quem conhece um pinheiro saudável nota a diferença.
    O problema é que agora com a entrada do Outono/Inverno as árvores entram no seu periodo de repouso e algumas até perdem as suas folhas, como é sabido, dando um aspecto de normalidade, mas que com os tempos que se avizinham sem perspectiva de normalidade no que à precipitação dis respeito como será o inicio do novo ciclo na primavera/verão 2010? Uma mortandade em larga escala? Talvez...o tempo o dirá mas o que é certo é que muitas já estão condenadas
     

Partilhar esta Página