Como se formam os fenómenos meteorológicos

Tópico em 'Aprendizagem e Formação' iniciado por Mário Barros 23 Nov 2007 às 22:07.

  1. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    778
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Muito bom! Excelente! Este tópico vem mesmo a calhar, pois fiquei a perceber muitas mais coisas!!!
    Parabéns:D
     
  2. mvbueno

    mvbueno
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    2 Nov 2007
    Mensagens:
    44
    Local:
    Maringá - PR - Brasil
    Grande Iniciativa do Mário!!
    Gostei muito do tópico!

    Acho que deveria ser fixo... e que todas as informações não fornecidas no post inicial, deveriam ser acrescentadas, como as apresentadas pelo Vince. Assim ficaria mais fácil de encontrar o que se procura :D
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Malta qual é a influencia do Jet Stream ainda não percebi muito bem sei o que é mas não sei que influencias tem ??

    Empurra Anticiclones e depressões ?? :huh::huh::unsure:
     
  4. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Mas afinal o que é um depressão cavada :huh::huh: eu não sei alguém me ajudee...:p
     
  5. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    Uma depressão cávada é uma depressão com um mínimo de pressão muito baixo. Não sei quais serão os valores típicos mas penso que deverão ser tipicamente depressões com o centro inferior a 990hPa
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. Charlie Brown

    Charlie Brown
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    4 Mai 2008
    Mensagens:
    2
    Local:
    Madeira
    Eu tb não sei o seu significado, mas só pelo nome prefiro que se mantenha bem longe neste Verão
     
  7. Charlie Brown

    Charlie Brown
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    4 Mai 2008
    Mensagens:
    2
    Local:
    Madeira
    Na verdade empurra também os aviões bem lá no alto. Quando apanham uma corrente destas é só poupar combustivel.:D
     
  8. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,069
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Parabéns Mário!

    Excelente tópico, não só para os visitantes do forum como para todos os membros do forum, pois eu considero-me um iniciado nestas coisas embora apaixonado desde a infância. Todos aprendemos mais, sendo também importante conhecer o nome correcto a dar aos fenómenos, situações na Meteorologia.

    Ps: Massa de ar polar quente, deve significar menos fria!
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. BARROS

    BARROS
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    29 Set 2007
    Mensagens:
    119
    Local:
    jardim peri -zona norte de são paulo
    e qual é a lógica dos ciclones extratropicais, como o que está causando ventos de 100km horários, inundações e estragos no sul do Brasil?
     
  10. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    A lógica é a mesma dos nossos ciclones extra tropicais no Atlântico norte, são depressões com a mesma génese em latitudes médias, nem são ciclones polares nem tropicais, por vezes (muito raro) podem adquirir características tropicais sendo chamados de subtropicais, depressões híbridas que apresentam algumas características tropicais mantendo no entanto outras características frontais/extratropicais.
    Algumas vezes estas depressões/ciclones extra tropicais passam por um processo de cavamento profundo (ciclogénese explosiva) gerando ventos muitos fortes e destruidores com a intensidade ao nível de ciclones tropicais/furacões de catergoria 1 ou 2, embora com um perfil e distribuição de ventos diferente daquele que se encontra num ciclone tropical.

    No Atlântico Sul afectam mais frequentemente a Argentina do que o Brasil, tal como aqui afectam mais a Irlanda e ilhas britânicas do que Portugal, mas quase todos os anos acaba por haver algum que afecta também o Brasil de forma mais ou menos importante como foi o caso deste, agora mais a norte e próximo da costa brasileira. Curiosamente nós em Portugal também tivemos uma depressão (Balduína) destas mais a sul e em cima do noroeste da península embora sem consequências graves como foi agora no Brasil. São raras mas lá vão ocorrendo de vez em quando.

    O Eugenio Hackbart da Metsul fala disso mesmo na sua coluna de jornal que tem aí no Brasil

    [​IMG]
    http://www.metsul.com/blog/
     
  11. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
  12. Teles

    Teles
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Dez 2007
    Mensagens:
    2,210
    Local:
    Rio Maior
    Coloco aqui este video porque tem algumas imagens de vários fenómenos meteorológicos,se está no tópico errado peço o favor de algum Staff que o mude obrigado:

     
    StormRic, XtraNO, CptRena e 4 outras pessoas gostaram disto.
  13. rokleon

    rokleon
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    2 Abr 2016
    Mensagens:
    508
    Local:
    S. M. da Feira
    Turbulência, um dos fenómenos físicos mais complexos... Na atmosfera sobretudo. (Eddies locais, Convecção, Furacões, etc.)
    Excelente vídeo que não explica exatamente o fenómeno pela sua (ainda) não resolução matemática/física, mas mostra observações e estudos feitos interessantes. :D
    (Vídeo em inglês)
     
    Rajujas gostou disto.

Partilhar esta Página