Debaixo de trovoada um carro é realmente seguro?

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,032
Local
Terra
A questão dos pneus não sei se será assim tão importante... é que a distância do fundo do carro ao solo normalmente não é suficientemente grande para interromper a descarga eléctrica. O depósito de combustível deve ter explodido.
 

supercell

Nimbostratus
Registo
3 Mai 2012
Mensagens
1,180
Local
Aveiro
Falando por experiência própria, acho que o único local seguro é dentro de casa com as janelas e estores fechados... :D

Não gosto de lembrar-me de uma vez que estava a filmar à janela (aberta só o suficiente para filmar) a trovoada que estava ainda a uns 2/3 km e de rempente caiu um a menos de 20 metros que pareceu o lançamento de um míssil ao meu lado... :confused:

Não aconselho a ninguém andar de carro com trovoada em descampados, pois o risco multiplica-se nem estar perto de árvores (todos nós sabemos).

Nunca se pode prever onde podem cair os raios, nem a intensidade que eles poderão ter, por isso só quando acharmos que estamos um pouco afastados é que, mesmo com cuidados, podemos registar... :nicephoto:
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,032
Local
Terra
Os aviões são construídos para fazer escoar a descarga eléctrica numa determinada direcção e protegem o combustível. Um carro tenho sempre dúvidas.
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,032
Local
Terra
Num depósito de combustível estaremos a falar de ar misturado com combustível, portanto vapores inflamáveis. A passagem das cargas produz calor ainda que instantaneamente. Nunca aconteceu? Se calhar não.
 
  • Gosto
Reactions: supercell

jdc

Cirrus
Registo
10 Jul 2012
Mensagens
20
Local
Lisboa
Não e seguro! Estar num carro que está a ser submetido a tensões eléctricas da grandeza das existentes de um raio e algo muito perigoso e com uma série de efeitos nefasto que podem ocorrer.

E verdade que o efeito Faraday pode nos proteger devido aos electrões seguirem o curso mais rápido e de menor resistência, mas os testes realizados que são mostrados em vídeo são num cenário ideal e sem chuva. O facto de o carro estar molhado implica que a corrente não irá circular apenas pelo exterior mas também irá seguir o curso dos elementos molhados devido a menor resistência. Outro aspecto importante e que o plástico e borracha não são isoladores perfeitos, e quando submetidos a alta tensão existe uma quebra na resistência eléctrica e passam a ser condutores, por exemplo uma chave de fendas normal, feita em plástico simples, e isoladora até 1500v, acima disso e por volta dos 5000v e como se o isolador não existisse. Isto quer dizer que o plástico dentro do carro também e condutor de electricidade e nada seguro, porque entra em ignição espontânea.
Os aspectos em ter em conta e que um carro a gasolina e mais perigoso que um carro a diesel, devido ao facto de a gasolina explodir mais facilmente porque o diesel requer uma certa temperatura para existir a ignição, caso o carro tenha alguma fuga de combustível o mais certo e existir uma ignição. E muito difícil o deposito explodir, visto não existir ar suficiente para uma explosão.
Maior parte dos carro novos tem elementos de compósitos e plásticos na carroçaria, o que pode levar a que a corrente seja canalizada para o centro do veículo, matando os ocupantes.
Em andamento, e sobretudo em carros novos e de caixa automática pode levar a comportamentos estranhos do veículo, podendo o condutor perder o controlo do mesmo, isto ocorreu num caso na Alemanha, um Mercedes foi atingido pelo raio, os circuitos electrónicos por utilizarem transistores por efeito de campo, ficaram danificados e com controlos erráticos, o que levou a uma perda do controlo do veículo, inclusive dirrecao e a um aumento da velocidade do carro, tendo provocado um acidente com fatalidades. Outro caso levou aos airbags a abrirem em andamento.
Tenham em mente isto, os raios não são todos iguais, tem diversas potências e polaridades e inclusive podem ser terra nuvem.
 
  • Gosto
Reactions: supercell

supercell

Nimbostratus
Registo
3 Mai 2012
Mensagens
1,180
Local
Aveiro
Re: Debaixo de trovoada um carro é realmente seguro?
Não e seguro! Estar num carro que está a ser submetido a tensões eléctricas da grandeza das existentes de um raio e algo muito perigoso e com uma série de efeitos nefasto que podem ocorrer.

E verdade que o efeito Faraday pode nos proteger devido aos electrões seguirem o curso mais rápido e de menor resistência, mas os testes realizados que são mostrados em vídeo são num cenário ideal e sem chuva. O facto de o carro estar molhado implica que a corrente não irá circular apenas pelo exterior mas também irá seguir o curso dos elementos molhados devido a menor resistência. Outro aspecto importante e que o plástico e borracha não são isoladores perfeitos, e quando submetidos a alta tensão existe uma quebra na resistência eléctrica e passam a ser condutores, por exemplo uma chave de fendas normal, feita em plástico simples, e isoladora até 1500v, acima disso e por volta dos 5000v e como se o isolador não existisse. Isto quer dizer que o plástico dentro do carro também e condutor de electricidade e nada seguro, porque entra em ignição espontânea.
Os aspectos em ter em conta e que um carro a gasolina e mais perigoso que um carro a diesel, devido ao facto de a gasolina explodir mais facilmente porque o diesel requer uma certa temperatura para existir a ignição, caso o carro tenha alguma fuga de combustível o mais certo e existir uma ignição. E muito difícil o deposito explodir, visto não existir ar suficiente para uma explosão.
Maior parte dos carro novos tem elementos de compósitos e plásticos na carroçaria, o que pode levar a que a corrente seja canalizada para o centro do veículo, matando os ocupantes.
Em andamento, e sobretudo em carros novos e de caixa automática pode levar a comportamentos estranhos do veículo, podendo o condutor perder o controlo do mesmo, isto ocorreu num caso na Alemanha, um Mercedes foi atingido pelo raio, os circuitos electrónicos por utilizarem transistores por efeito de campo, ficaram danificados e com controlos erráticos, o que levou a uma perda do controlo do veículo, inclusive dirrecao e a um aumento da velocidade do carro, tendo provocado um acidente com fatalidades. Outro caso levou aos airbags a abrirem em andamento.
Tenham em mente isto, os raios não são todos iguais, tem diversas potências e polaridades e inclusive podem ser terra nuvem.

Excelente explicação! Não tinha pensado em diversos fatores que apresentou.. :thumbsup:
 

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,169
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Podem dizer o que quiserem, mas é "mil" vezes mais seguro circular na estrada e ser atingido por um raio, numa gaiola de Faraday com rodas e depósito de combustível, do que circular a pé com guarda-chuva e apanhar com o raio!

Mas alguém tem dúvidas??? :)
 

camrov8

Cumulonimbus
Registo
14 Set 2008
Mensagens
3,288
Local
Oliveira de Azeméis(278m)
Depende dos carros os desportivos de fibra sim, mas os carros normais teem carrroçaria monobloco em metal, os adornos plasticos não afectam o percurso electrico que percorre o carro com o efeito igual ao da gaiola de Tesla que protege o habitaculo é igual aos avioes. Ou perferem estar na rua onde se sabe que raios já mataram pessoas
 

jdc

Cirrus
Registo
10 Jul 2012
Mensagens
20
Local
Lisboa
Será mil vezes mais seguro andar na estrada de carro com raios a cair? A probabilidade de um raio acertar num carro e muito superior ao de acertar numa pessoa na rua, sem dúvidas em relação a isso, a questão punha se sobre era ou não seguro, e o facto e que não é, e existem diversos acidentes de automóveis sem explicação aparente com fatalidades que poderiam ter sido provocados por raios, as filmagens que vêem de raios a cair em carros e a ficar tudo bem são de raios de baixa intensidade, e são de baixa porque e simples, se fossem intensos as câmeras e cartões de memória iriam ficar danificados pelo EMP.
Muita vezes as pessoas tem memória curta, lembram se do PanAm 214, leiam um pouco sobre isso.
Não e seguro e muito menos com o carro em andamento, algum de vos já teve a experiência de um raio cair perto, aconteceu comigo e demorei mais de 15 minutos a recuperar a totalidade da visão e uns 2 minuto a totalidade do equilíbrio.
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,032
Local
Terra
Em andamento, e sobretudo em carros novos e de caixa automática pode levar a comportamentos estranhos do veículo, podendo o condutor perder o controlo do mesmo, isto ocorreu num caso na Alemanha, um Mercedes foi atingido pelo raio, os circuitos electrónicos por utilizarem transistores por efeito de campo, ficaram danificados e com controlos erráticos, o que levou a uma perda do controlo do veículo, inclusive dirrecao e a um aumento da velocidade do carro, tendo provocado um acidente com fatalidades. Outro caso levou aos airbags a abrirem em andamento.
Tenham em mente isto, os raios não são todos iguais, tem diversas potências e polaridades e inclusive podem ser terra nuvem.

Na ABC americana passou-se que uma daquelas carrinhas que eles usam muito foi atingida por um raio. Deu-se o caso do condutor retirar a chave da ignição e o carro continuar a funcionar. O comando electrónico torna-se errático.
 

jonekko

Cumulus
Registo
27 Mar 2013
Mensagens
298
Local
Ramada Alt.164m
Afinal um carro explode!

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.a...hannelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010

confesso que acho estranho.

Será que o carro estava a tocar em alguma coisa?

a PSP diz haver uma testemunha ocular

Boa noite. vivo na Pontinha e devo dizer que não dei conta de nada de extraordinário, nem sequer ouvi nenhum estoiro digno desse nome! Também achei estranho esta notícia, perguntei a algumas pessoas se tinham notado algo a noite passada mas ninguém se apercebeu de nada...:confused:
 

camrov8

Cumulonimbus
Registo
14 Set 2008
Mensagens
3,288
Local
Oliveira de Azeméis(278m)
Será mil vezes mais seguro andar na estrada de carro com raios a cair? A probabilidade de um raio acertar num carro e muito superior ao de acertar numa pessoa na rua, sem dúvidas em relação a isso, a questão punha se sobre era ou não seguro, e o facto e que não é, e existem diversos acidentes de automóveis sem explicação aparente com fatalidades que poderiam ter sido provocados por raios, as filmagens que vêem de raios a cair em carros e a ficar tudo bem são de raios de baixa intensidade, e são de baixa porque e simples, se fossem intensos as câmeras e cartões de memória iriam ficar danificados pelo EMP.
Muita vezes as pessoas tem memória curta, lembram se do PanAm 214, leiam um pouco sobre isso.
Não e seguro e muito menos com o carro em andamento, algum de vos já teve a experiência de um raio cair perto, aconteceu comigo e demorei mais de 15 minutos a recuperar a totalidade da visão e uns 2 minuto a totalidade do equilíbrio.

Não me parece é que na rua o raio nem tem de acertar basta cair perto e vais conhecer o criador, o carro pode ir para a socata mas ficas com uma boa historia. E acho que o topico so se refere a um raio acertar o carro e não ficares flashado e sem ver, para isso basta um gajo com os maximos, falas num avião quando andam milhares por todo o planeta e condições
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

jdc

Cirrus
Registo
10 Jul 2012
Mensagens
20
Local
Lisboa
Não me parece é que na rua o raio nem tem de acertar basta cair perto e vais conhecer o criador, o carro pode ir para a socata mas ficas com uma boa historia. E acho que o topico so se refere a um raio acertar o carro e não ficares flashado e sem ver, para isso basta um gajo com os maximos, falas num avião quando andam milhares por todo o planeta e condições

Lol, e que só me da vontade de rir! Primeiro essa do cair perto e ficar a conhecer o criador é fantástica! Já agora quem é o criador que não conheço nem nunca o vi e quando falei que caiu um raio perto de mim, foi a cerca de 5 metros na rua e com chuva, e apenas senti um ligeiro formigueiro e aqueles sintomas de referi anteriormente.
Acho sinceramente de profunda ignorância aquilo que referiu sobre o "flashado", quer dizer que ai já não conta? Só se a pessoa morrer electrocutada e que conta? Levar com um raio perder a noção espacial e a visão a 100kmh e ir contra uma árvore ou outra coisa qualquer é fatal! Qual carro ir para a sucata quem vai para a sucata são o condutor e ocupantes, sobre o avião que falei foi apenas um dos casos e para sua informação morreram 81 pessoas, nada relevante??? se não for existiram mais 17 acidentes na aviação comercial com mais de 500 mortos e do que pude apurar 123 na aviação de recreio com mais de 300 mortos.
Não vamos andar a brincar com coisas serias???