Esquilo-vermelho (Sciurus vulgaris)

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Seattle92 1 Out 2010 às 16:35.

  1. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    Fotos de esquilo na minha aldeia, creio ser o vermelho:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Em plena aldeia, no Bairro do Souto, lá andava o D. Esquilo à procura de alimento e, aquelas ameixas “caranguejas” estavam mesmo a pedi-las…

    Blog Fidalgos de Paradela

    Eles andam aí!;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Está mais acastanhado do que vermelho, mas é um Sciurus vulgaris :)

    Eles vão mudando o tom da pelagem durante o ano.
     
  3. Meteo Trás-os-Montes

    Meteo Trás-os-Montes
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    4,393
    Local:
    Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
    Mais foto na minha aldeia:

    [​IMG]

    [​IMG]

    Castanho, felpudo e saltitando de árvore em árvore, eram características de um esquilo . Aproximei-me lentamente sem afugentar o bicho e, como de facto, tirei as minhas dúvidas . Era um esquilo ! Andava ele a saltar de amieiro em amieiro no ribeiro aos pinheiros . Acompanhei-o durante algumas dezenas de metros, ribeiro acima . Era esquivo e mais rápido do que o tempo em que eu demorava a focar a criaturinha . Bem... mas lá consegui !

    Blog Fidalgos

    http://fidalgosdeparadela.blogspot.com/2010/10/que-bichinho-e-este.html
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Depois de alguns séculos de interrupção, aí está mais um duelo de volta aos bosques portugueses



    Este video é espanhol, mas não interessa :lol:
     
    #19 Seattle92, 2 Nov 2010 às 17:54
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  5. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,845
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    No fim de semana passado quando estava a passear a minha cadela na Mata do Estádio Nacional (Oeiras) encontrei diversas pinhas roídas, que tenho quase a certeza que é obra de esquilos.:)

    A Mata do Estádio Nacional está completamente cercada de prédios e outras Construções a toda a volta, por isso acho pouco provável que os esquilos do Parque Florestal de Monsanto conseguissem chegar ao Estádio Nacional, acredito mais que alguém os tenha lá ido introduzir:huh:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,902
    Local:
    Sintra
    Sim, alguém pode ter lá ido reintroduzi-los. Mas as pinhas também podem ter sido abertas por cruza-bicos ( que existem nessa zona) ou por roedores mais pequenos do que o esquilo.
    O único corredor ecológico significativo que conheço nessa zona, é o do Rio Jamor e suas margens.
    Mas não me parece que haja grandes hipóteses de haver colonização assim tão rápida desde Monsanto, pois o Rio Jamor, não passa por Monsanto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    ^^
    Esse corredor poderia ligar à Matinha de Queluz, mas também aí tenho a certeza que não existem esquilos. Os milhões de bolotas de Sobreiro que estão no chão desse parque são uma coisa indescritível. :shocking:


    Quanto às pinhas, tenho ideia de ter visto num site uma forma de distinguir que tipo de animal tinha roído determinada pinha. A forma como fica uma pinha roída por um esquilo é diferente do "trabalho" feito por um outro roedor ou uma ave.

    A ver se encontro essa explicação
     
  8. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,902
    Local:
    Sintra
    Sim, é verdade que existe uma ligação entre as margens do Rio Jamor e a Matinha de Queluz ( apenas separados por uma estrada e um muro).
    Tenho estudado alguma da fauna dessa floresta espectacular e confirmo que a quantidade de bolotas excedentária é impressionante.
    Talvez um dia se combine com alguns dos membros aqui do forum que possam estar interessados, em fazer uma visita a essa floresta e semear algumas das bolotas que se estão a estragar à sombra de muitos dos seus sobreiros centenários...
    Nem precisava de ser um encontro oficial de membros do forum, podia ser apenas uma iniciativa particular.

    Relativamente às pinhas, sim, claro que existem diferenças, mas pela descrição fornecida não é possível discernir esse aspecto... Só com fotos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,845
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Posso estar enganado mas acredito mesmo que foram esquilos a roer as pinhas, de qualquer das formas, quando voltar a Lisboa, (neste momento estou em Bragança) vou voltar à mata do Estádio Nacional e vou tentar recolher algumas das pinhas roídas, vou tirar fotos e publica-las aqui pode ser que algum de vós saiba dizer se foram esquilos ou não a roer as pinhas;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    ^^
    Também fiquei curioso. Qualquer dia também passo por lá para investigar :thumbsup:
     
  11. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Nem imaginas as centenas de bolotas que já apanhei por lá e espalhei por outros sítios, nomeadamente serra de Sintra e Monsanto. É um desperdício a quantidade de bolotas que apodrecem naquele terreno.

    Neste momento tenho num vaso quatro pequenos sobreiros de bolotas que apanhei lá. Queria transferir para um sitio definitivo lá para o Outono, mas as raízes estão a crescer tanto, que parece que vou ter de antecipar essa plantação :)

    A matinha de Queluz não parece ser muito rica em mamíferos. Pelo menos dá ideia que se houvessem muitos roedores talvez não se acumulassem assim tantas bolotas. Em Monsanto isso seria quase impossível.

    Muitas dessas bolotas nem apodrecem, muitas conseguem germinar e criar pequenos sobreiros. O problema é que aquele sobral é tão concentrado que não há grande espaço para novas árvores. Muitos desses pequenos sobreiros acabam por não ter grande futuro.

    Em vez de centenas, acho que no próximo Outono vou lá com sacos recolher uns bons milhares e espalhar em zonas onde haja espaço para novas árvores.
     
  12. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Para quem não conhece a Matinha de Queluz, seguem uns exemplos:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  13. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    3,902
    Local:
    Sintra
    Fizeste muito bem.
    Eu também já apanhei milhares de bolotas e já as semeei.
    A Matinha de Queluz ainda está em bom estado ( até pode ser catalogada como climácica), só tem umas ou outras exóticas ( pitósporos) que deviam ser retiradas já e em seu lugar, plantados sobreiros.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,845
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Deixo aqui uma foto das pinhas roídas tirada à pouco quando fui passear a cadela;)

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Tinha impressão de ter lido em algum lado que a forma como esquilos roíam as pinhas era diferentes dos outros roedores.

    No caso dos esquilos a pinhas ficavam mais como os exemplos que se seguem:

    [​IMG]

    [​IMG]

    Ou seja, a pequena parte que não fica roída é a ponta final da pinha e não a inicial como nas tuas fotos.

    Não tenho grande certeza disto, ou se as pinhas são roídas sempre da mesma forma. Mas tenho ideia de a maior parte das pinhas em Monsanto ficarem neste estado.
     

Partilhar esta Página